recadosdoaarao



Viagens
Voltar




26/01/2006
Buscando Almas


Viagens - 49 Buscando almas
Viagens - 49 Buscando almas

2060121 BUSCANDO ALMAS (49)
 
     A seguir, relataremos as mensagens relativas à nossa caminhada pelos cemitérios do Sudeste do Rio Grande do Sul, obedecendo ao pedido e programação da Mãezinha. Foi uma viagem espetacular, talvez a melhor que já tivemos, em termos de desprendimento, ajuda mútua, compreensão, carinho, verdadeiro amor entre todos os membros da nossa equipe. Até o encontro com o pessoal que nos aguardava, íamos ao todo em nove pessoas na camionete, o que apertava bastante, mas ninguém reclamou, antes foi sempre festa. E houve, durante toda a caminhada, muita, mas muita oração. Como sempre, os números (..) são explicações do Cláudio, e as OBS. são de Aarão.
 
    16 de Janeiro de 2006 > Visitantes: João, Marlene, Arnaldo, Dulce, Sálvio, Esperança, Anselma, Marlene, Miguel, Norma e Cláudio.
 
01 > Filhinhos, Paz!  Muito obrigada por vossa disposição e  amor. De fato, tudo esta para acontecer, e acontecerá a qualquer momento, sem hora determinada! Não, para os homens!” (Para Deus a hora está determinada, mas não é conhecida para  os homens) Deus confiou-vos uma tarefa e a estais cumprindo com precisão! Isto facilita o trabalho do Céu: portanto, sois colaboradores do Céu! Contai com minha presença nesta caminhada, assim como a presença do Exército de Miguel! Agrada-nos neste momento, pronunciarmos vossos nomes: Marlene, João, Dulce, Arnaldo, Esperança, Sálvio, Anselma, Marlene, Miguel, Norma, Cláudio, e jamais os apagaremos de nossos corações! Muito obrigada. Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!” “Maria, Mãe do Universo!”
 
OBS > As mensagens recebidas nesta viagem, tal como as da Anistia do Amor, contém cada uma instruções especiais, que vão formando como que um quebra-cabeça. É preciso tomar atenção, porque o Céu vai aos poucos revelando seus segredos, e realmente há um sinal de urgência que se nota nela. Tudo pode acontecer a qualquer momento. Temos um confidente americano que há poucos dias disse: tudo pode acontecer ainda neste ano. Acreditem, quando começar, será uma explosão.
 
02 > “Paz!” Obrigado, filhos. Como já sabeis: as almas do Estado do Rio Grande do Sul estão livres, porém houve um pedido das glorificadas, a Deus, para que fosse visitada esta região pelo vosso movimento! (1) Neste momento então, todas vos acompanham e intercedem por vós e por suas famílias! (2) Isto também é presente de Deus! Amém! Neste cemitério, estão colocados 19 dos perdidos e seus erros eram a ganância com brigas por territórios”.“São Miguel!” 1- Região Sudeste. 2- Suas famílias: as famílias destas almas.
 
OBS > Vejam que, mesmo estando todo este estado remido, mesmo assim as caminhadas continuam, e continuarão mesmo depois do todo o grande purgatório estar liberto. Nos é pedido a todos este pequeno sacrifício, como para acumularmos graças para o período difícil que se aproxima, para nós todos e para nossa Igreja. Isso se refere a todos, de todos os lugares, que devem continuar as visitas, na medida do possível pois esta é uma bela forma de resgate. Além disso, como aqui se viu, as visitas contribuem para a conversão dos vivos daquela região.
 
03 > “Filhinhos, muito obrigada por vossa confiança! Deus sempre virá em vosso auxílio e estais então, protegidos. Mas filhinhos, tal o vendaval que enfrentastes, assim será a investida dos demônios, após esta Anistia! (1) Deveis agir da mesma forma (que agistes): procurar não enfrenta-los. Parar e pedir a ajuda do céu! E mais ainda: manter a unidade em oração, já que não conseguireis, ou tereis dificuldades de ver vossos amigos ou vossas famílias! Só o Céu! Só Deus, naqueles momentos, pois a força humana será nula diante do poder do inferno! Continuai confiando em Deus, e ensinai esta confiança a muitos outros! Amém! Eu estarei sempre por perto!” “Maria, Mãe do Universo!”

1 – Trata-se de um vendaval, com muita chuva, que desabou naquele momento, enquanto viajávamos pela rodovia. Foi impossível conduzir os veículos, e então tivemos de aguardar. Rezamos muito. Soubemos depois, que houve muitos estragos e inclusive a morte de uma jovem daqueles lugares. Conosco, nada aconteceu! Deus seja louvado! Mas não devemos temer os demônios e parar. Deus quer nossa luta, juntos, com Ele, cada um ligado Nele, então nada precisamos temer.
 
OBS > Em toda a minha vida de motorista, com mais de um milhão de Km rodados, jamais enfrentei uma situação destas. Tanta era a água que desabava dos céus, tanto era o vento com pedras, que se tornou impossível prosseguir viagem e tive de estacionar na beira do asfalto. Ninguém mais, nenhum carro sequer conseguiu ir avante, por uns 15 minutos. Havia gente parada no meio do asfalto, pois o limpador do pára-brisa dos carros não conseguir tirar a água. Além disso o vento balançava o carro como se o fosse tombar tamanha a fúria da tempestade, e não é de espantar que tenha morrido gente ali por perto, pois havia árvores caídas, quebradas, e ramos espalhados por dezenas de quilômetros.
 
04 > “Obrigado, filhos! O resgate das almas do Grande Purgatório é espantoso! Viviam em completa escuridão, sem esperança alguma! Raios de Sol as iluminaram, quando do início da Anistia do Amor e puderam ver o que as esperava. Agora, recebem o céu para a eternidade!”
A seguir...
Deus faz maravilhas! Muito obrigado! Somos 19, que neste momento abraçaremos a Deus...e, O abraçaremos por vós! Amém! Muito obrigado! Contai também com nossa total proteção. Amém!
 A seguir: Somos 9, os sacerdotes que há centenas de anos penávamos aqui! Muito obrigado!”
A seguir: “Sim, filhos: isto é maravilhoso! Amém!”
“São Miguel!”
 
OBS : Maravilhoso é participar deste grande mistério do amor de Deus. Deste amor ilimitado, que se desdobra e se desvela por nós – criaturas suas – e que vai a extremos para lhes dar o Céu. O Grande Purgatório é um destes limites extremos, pois na realidade as almas que para lá vão, mereceriam o inferno. Mas as orações, as súplicas, os sacrifícios, e estas anistias, têm contribuído para que milhões de almas sejam ainda resgatadas, mesmo no limite último, e ganhem o Céu, até sem mérito algum. Participar deste resgate, é algo que devemos agradecer dia e noite ao nosso Bom Deus. Poucos foram chamados a isto! Saber que neste momento 9 sacerdotes, destes não merecedores, ganham o céu por um tão pequeno sacrifício, vale uma eternidade.
 
05 > Filhos, uma das fases mais difíceis para viver a paz, é realmente, a vida a dois. Com efeito, isto tem feito com que muitos se percam, por falta de paciência, falta de amor. Contudo, é também Deus que escolhe os casais e os prepara, e quase sempre a missão de um deles é a salvação do outro! Muitas pessoas são colocadas frente a frente, nesta vida terrena, para que um seja a alavanca, a razão de salvação para o outro... É, portanto, plano de Deus, e aos que conseguem vencer, cumprir tal missão, o prêmio será de eterna gratidão, paz e amor. Assim somos nós!” ( A... e M... )
Muito obrigada, filhinhos! Vossa caminhada de hoje resgatou 397.414 almas. Amém! Muito obrigada. Descansem bem! Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!” “Maria, Mãe do Universo!”
“Boa noite, filhos!” “São Miguel!”
 
OBS : Aqui um casal, onde um foi responsável pela salvação do outro se manifesta. Infelizmente milhões de casais hoje se separam, e passam a viver em ódio um contra o outro. E ao invés de serem casa de salvação, um para o outro, acabam sendo causa de condenação, por ódio e falta de perdão. Quanto ódio deve povoar o inferno! Quanta falta de perdão! Quantos casais estão hoje no grande purgatório, porque foram causa de perda, um para o outro. Por não se suportarem, se agredirem mutuamente até por mínimas coisas, dando ouvidos ao inimigo, ao maligno, que a tantas famílias dilacera. Para os bons casais, onde pelo m
enos um leva a carga da dor com paciência, o prêmio será eterno, e será grande. Deus abençoe os casais que rezam! E se suportam!
 
17 de Janeiro de 2006
 
06 > “Bom dia, filhinhos! Obrigada por vossa disposição!” “Quero vos pedir que incluais o Terço de Exorcismo da Virgem Dolorosa, em vossas orações desta caminhada: o inimigo está furioso convosco e vos preparará muitas ciladas. Deveis ficar alertas, manter o cuidado e muita calma. Contai Comigo. Sálvio e João: abençoai sempre os companheiros e os cemitérios, e ficai vigilantes. O Céu vos convida a serdes hoje os vigilantes, os guardiões. Amém? Eu vos abençôo a todos, filhinhos, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!”“Maria, Mãe do Universo!”
“Mas não deveis ter medo: Eu também caminho junto com meu pessoal. Amém?”
“São Miguel!”
 
OBS: Sempre Nossa Senhora nos pede orações especiais, para fins específicos. Esta é a grande vantagem que temos quando caminhamos com o Cláudio, porque sabemos exatamente como proceder em cada situação. Assim não perdemos temo e vamos sempre direto ao alvo. E, como veremos adiante, realmente o inimigo nos aprontará ciladas, às quais, com a presença atenta de São Miguel sempre são anuladas.
 
07 > (Neste cemitério, e no próximo, tivemos a grata presença do Padre Léo Persch, talvez o primeiro grande sacerdote iluminado do Brasil que desfraldou a bandeira dos fins dos tempos, com seu Livro “Parusia”) “Paz!” “Filhinhos tão amados: Muito obrigada! Muito obrigada! De fato, no Céu não existe diferença de classes; não há desigualdade de espécie alguma. E todos, para o merecerem, terão de passar pela mesma porta: pequena, estreita... Todos precisam passar por ela.  Muitos, enquanto vivos, observam a Deus como Misericórdia e procuram caminhos largos, livres e assim caminham despreocupadamente, e ainda mais: cometendo erros de todas as espécies, aguardando a Misericórdia de Deus! Esbarram nesta porta, se atropelam e ficam por séculos e até milênios pagando por suas responsabilidades... E muitos se perdem para sempre! Cuidai, filhos: sejais sempre humildes e prestai atenção não só à Misericórdia Divina, mas também à Sua Justiça! Obrigada, filhinho sacerdote. Muito obrigada! Do olhar de Deus, também vertem lágrimas, e neste momento isto acontece por causa de vosso amor! Obrigada a todos vós, filhinhos! Eu vos abençôo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!” “Maria, Mãe do Universo!”
 
OBS. Como todos já sabem, a presença de um sacerdote nas orações nos cemitérios é extraordinária e sempre dobra o peso e a força de remissão. Se todos os padres fizessem uma visita diária aos cemitérios de suas paróquias, não haveria ninguém no purgatório, podem ter certeza disto.
 
08 > Quando no purgatório, sente-se saudade imensa da casa, dos filhos, da família, e mais ainda: corroe-se pelo remorso dos atos maus praticados e sente-se a vontade da volta para recomeçar... Quando no Céu, sente-se a saudade imensa da casa, dos filhos, da família, mas não se tem vontade da volta! Sente-se a vontade imensa de abraçar a todos, mas, no Céu! E reza-se por todos, para que isto logo aconteça! Assim são todos, inclusive os de vossa casa, pois também querem vos abraçar. E este abraço será para sempre, junto ao abraço do Pai. Amém! Muito obrigada, filhinhos. Continuai vossa caminhada e jamais desanimeis, pois sois importantes operários da Messe do Senhor. Amém!”“Maria, Mãe do Universo!”
 
OBS. Com instruções assim, vamos nos acostumando com o Céu. Então lá sente-se também saudade daqui, porém ninguém jamais quer sair da presença de Deus para voltar a terra. A atração por Ele é mais forte. Sim, se adiante houver mesmo alguma transfiguração, alguma ressurreição – caso dos sacerdotes que voltam – então sim, mas aí se trata de missões de Deus, o que será fantástico. E acredito com todas as letras: veremos estas coisas. Sim, no purgatório o remorso, o arrependimento. A gente poderia até chamar o purgatório de “poço do arrependimento”. Mas é tarde. A
qui é fácil pagar a conta, lê terrivelmente difícil.
 
09 > “Paz!” Os sacerdotes que visitastes hoje,(1) tiveram em sua jornada, lutas incríveis, difíceis e muitos momentos de dúvidas, por provações, perseguições, fracassos... Venceram! São pois, vitoriosos! E assim, muitos outros existem, com a mesma luta, a mesma trajetória... Muitos sucumbem! Muitos precisam de ajuda! Rezai por eles e ajudai-os no que vos for possível, e apoiai-os divulgando o que fazem de bom. Muito obrigada! Eu vos amo muito!” “Maria, Mãe do Universo!” “Podeis continuar a viagem, não tendo necessidade de visitar outros cemitérios nesta cidade! Amém!”
      (1) (Visitamos o Padre Léo Persch, em Pelotas, e o Frei Luis Maria de Ávila, da congregação dos Carmelitas Descalços, em Rio Grande)
 
OBS: Frei Luiz aliás está bastante doente. Ele fez muitas caminhadas pelos cemitérios conosco, no tempo em que estava em Florianópolis. Mas infelizmente o transferiram para tão longe... e ele parece ter perdido a alegria de viver. Parecia querer entrar no carro e correr junto conosco, pois nos acompanhou, mesmo apoiado na begalinha, até o outro lado da Rua, parando o trânsito. Muito triste estas coisas... Em especial se feitas com sentido de afastar... Muitos padres velhinhos sofrem tremendamente com estas atitudes.)
 
OBS. Padre Léo no levou a ver um Santuário de Nossa Senhora de Guadalupe que ele vem construindo há já 19 anos, e sobre uma encosta montanhosa domina todo o vale de Pelotas e Rio Grande, de onde se avistam ambas cidades. Este sacerdote ainda hoje é calado, por voto de obediência, seu livro é combatido, pois foi dos primeiros iluminados a entender que nós realmente somos a “geração dos últimos dias”, aquela que presenciaria o retorno de Jesus em Glória. Ele continua acreditando e no mandando seguir firmes adiante e sem medo. Podem calar a boca, mas não calam o coração. E quando a verdade explodir aos ouvidos surdos, e aparecer diante de olhos cegos, haverá pânico e dor, porque não estavam preparadas, as noivas imprudentes.
 
10 > “Muito obrigado! O Estado do Rio Grande do Sul tem sua população de almas já salvas, e milhares delas devem ao trabalho dedicado dos próprios moradores deste estado que aderiram ao Movimento Salvai Almas, e participaram com fervor das Anistias, como é o caso de João, Marlene, Natalino, Érica e seus grupos, e assim muitos outros. Pelos números da Anistia do Tríduo e pelos outros números, o Céu agradece e como já lhes foi dito: receberão graças incontáveis! Amém!” “Muito obrigado!”
“São Miguel!”
 
11 > “Quanta Misericórdia no Coração de Deus!” “Quanto desleixo a Ele a à Sua Igreja ou Seus Caminhos! Quantos não procuram a Igreja; não procuram o conhecimento de Deus... ou conhecê-LO! Quantas vezes, Deus poderia ter-se dirigido a muitos filhos e dizer-lhes que não os conhecia? Contudo, muitos, por causa da oração de muitos, acabam sendo beneficiados e retornam aos caminhos da salvação... Incentivai, no entanto, filhos, a busca por Deus, pois nem sempre será assim, pois nas tribulações que virão, todos deverão realmente, demonstrar seu amor por Ele! Muito obrigado por vosso amor. Aqui são 9 os perdidos!” “São Miguel!”
 
OBS: Veladamente aqui, mas contém um aviso importante. É necessário que todos já agora voltem ao caminho, pelo amor, porque ainda é tempo de amor, ainda é tempo de graça e de misericórdia. Adiante, na tribulação que vem, os espíritos estarão de todo conturbados e haverá grande dificuldade de encontrar os caminhos, encontrar a Deus. Por isso é importante levar a todos, agora, a mensagem do fim dos tempos, porque o Bom Deus ainda se deixa encontrar. Um dia ela velará Sua Santa face, e nos deixará a mercê daquilo que plantamos.
 
12 > “Obrigado, filhos!” Não há mérito algum no purgatório: as almas precisam pagar suas penas e não há como fugir disto. Não há opção! Então, vossas orações de amor são pérolas valiosas; vossas visitas são dádivas, já que ninguém as merece! Por vosso amor, muito obrigada. Embora aqui
já estejam todas salvas, houve 93 que jamais haviam rezado em Cemitérios quando em vida, e por isso merecem, menos ainda, este vosso gesto. No entanto, exatamente por isto, receberam o céu! Amém! Contai com todas para a vossa caminhada de amor! Muito obrigado!”“São Miguel!”

 
OBS: Sempre com insistência o Céu lembra que as almas do Grande Purgatório estão lá sem mérito algum. Elas não têm escolha ali, como tinham aqui na terra. Lá só existe o caminho do sofrimento purificador, a única forma de chegarem ao Sumo Bem, que é Deus. E as pessoas que, em vida, jamais adentraram num cemitério para rezar pelas almas, têm conta ainda mais salgado, porque isso é descaso com a salvação. Este número 93, lembra ainda o percentual de 93% das pessoas que, em Finados do último ano, entraram nos cemitérios do mundo e não salvaram nenhuma alma. Vão lá sem amor, sem desejo de salvar, apenas como ato social, desencargo de consciência.
 
13 > Filhinhos amados: Gostaria de vos pedir para sempre rezardes pelos profetas e suas famílias. E não deveis importar-vos com quais sejam: rezai por todos! Todos receberam missões, ou uma missão, todas importantes para a historia da salvação. Nem todos, contudo, suportaram ou suportam as provações e abandonam... Ou são abandonados... Rezai por eles, pois um dia foram chamados por Deus e em outro dia serão novamente chamados, quando tiverem de prestar contas de seus feitos! Não existem profetas maiores ou menores (dos atuais): cada um cumpre uma determinada missão! Muito obrigada, filhinhos, por vosso amor! Rezai também por todos os sacerdotes, que na verdade, são profetas! Amém!” “Maria, Mãe do Universo!”
 
OBS: Muito importante continuar rezando por todos os profetas atuais. Pelos bons, para que continuem firmes e fiéis a apenas aquilo que o Céu lhes revela. Pelos maus, pelos falsos, para que retornem atrás, se retratem publicamente de sua anomalia, e assim atraiam sobre sai a Misericórdia Divina. Ai dos profetas falsos, que morrerem sem a retratação pública, quanto as suas falsas revelações! 
 
14 > “Obrigado, filhos!” “Nos encontraremos ainda por muitas vezes nestas caminhadas, já que Deus continuará a vos pedir assim, mesmo que todo o purgatório se liberte! Vossa missão continuará, pois Deus tem planos ainda maiores e necessita de vossa ajuda. Contai então, sempre Comigo em todas as caminhadas: temos, Eu e as milícias do Céu, imenso prazer em vos servir! Amém!”  “São Miguel!”
   “Sim, filhinhos, Deus está feliz, satisfeito com vosso trabalho e o quer em continuidade, porém a meta será outra! Amém! Muito obrigada por vosso amor e disposição! Hoje, foram 73 os sacerdotes libertados do Grande Purgatório. Amém! Eu vos abençôo, filhinhos amados, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém.”
“Maria, Mãe do Universo!”
OBS: Aqui a menção de que as caminhadas da equipe pelos cemitérios continuarão mesmo depois de libertado todo o Grande Purgatório. E isso não somente para a equipe central, mas para todas as equipes, de todo o Brasil. Poder-se-ia dizer que isso visa acumular “cacife espiritual”, que não é mérito mas fortaleza de Deus, para os tempos da grande dificuldade que se avizinha. E Deus quer precisar da gente para isso, coisa que devemos fazer sem medo.
 
15 > “Muito obrigada, filhinhos! Termina aqui vossa jornada de hoje! Quero me dirigir a todos os participantes desta Anistia: Muito obrigada! Muitos gostariam de participar desta caminhada, mas o fizeram através das orações. Todas as orações, de todos os participantes são levadas a Deus pela libertação do Grande Purgatório! Contudo, as almas do Purgatório que lá chegaram durante esta Anistia, também foram e estão sendo libertadas pelas caminhadas de Sálvio e do grupo que com ele reza e visita cemitérios ou Santuários! Amém! Muito obrigada! Hoje, 1 milhão de almas do Grande Purgatório sobem ao Céu, e muitas dos que lá estavam, receberam seus corpos! Muito obrigada! Descansem agora, filhinhos. Boa Noite. Eu vos abençôo, em nome do Pa
i, do Filho e do Espírito Santo. Amém.” “Rezai agora, com vossas mãos unidas, pelos sacerdotes jovens! Amém!” “Maria, Mãe do Universo!”

 
OBS: Estes votos de “boa noite”, vindos da Mãe de Deus, acreditem, são como um bálsamo santo derramado no cansaço de um dia inteiro de viagem, entra e sai do carro, sobe e desce morros de cemitérios. E o bom Dia inicial, é sempre uma alavanca para recomeçar. Aqui a menção dos sacerdotes jovens, o pedido de oração por eles, deve-se certamente a má formação que muitos recebem, e que no ímpeto de ajudar acabam pregando esta falsa teologia que aprenderam e contaminando assim a sua comunidade. Muitos não têm tanta culpa – embora sempre reste alguma – mas sim os formadores deles, estes sim, pagam caríssimo, os seus maus ensinamentos. E o Grande Purgatório está cheio de maus formadores. Estes ainda continuam a provocar escândalo, a ser causa de ruína e queda para muitos.
 
      Separamos aqui o texto em dois, por questão de espaço. A seguir virá o texto (50) com o restante da caminhada. Não deixem de ler. Que Deus vos abençoe.
 
Aarão
 
 



Artigo Visto: 2275

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br


Total Visitas Únicas: 3.974.931
Visitas Únicas Hoje: 189
Usuários Online: 35