recadosdoaarao



Histórias
Voltar




20/09/2009
Família que reza!


Histórias - Família que reza!
20/9/2009 22:53:36

Histórias - Família que reza!


 Paz Arnaldo
 
Segue História real, (os nomes eu troquei).
 
Muitas graças já foram alcançadas na Gruta Rainha da Paz, de nossa casa.
Arnaldo, segue uma história real que aconteceu sábado dia 05/09/09 lá pelas 20:30 hs aqui próximo de casa.
Dona Ana é uma senhora que tem muita fé e também muitos filhos (acho que são 7 ou 8). Ela quando pode, sempre vem no Rosário dia 25 na gruta Rainha da Paz. Dia 25/08/09 teve um grande Cenáculo com Missa, participaram em torno de 150 pessoas. Foi muito lindo. Dona Ana já falou logo que recebeu uma graça, mas ainda não teve tempo de contá-la (Nossa Senhora tinha reservado uma maior ainda).
Dia 05/09/09 as 17:00 Hs duas meninas e um menino me chamam lá no portão. Quando fui atender era Maria e o irmãozinho, filhos de Ana e a menina Clara (estava de visita na casa de Ana). Perguntaram-me se eu já havia impresso a mensagem de Nossa Senhora do Cenáculo do dia 25/08/09 (mensagem Felicidade Intensa com data de 31/08/09). Disse que sim. Também lhes dei olinho de São Rafael que eu, minha esposa e Gabriel fizemos com as 12 rosas que trouxeram para o Cenáculo. Foram contentes para casa.
Nós já estávamos fechando a porta para ir á Missa, quando as crianças voltaram correndo pedir também uma garrafinha de água benta. Entreguei uma garrafinha cheia e fomos para a  Missa das 18:00 Hs. Depois da Missa fomos fazer a compra da semana que fica na outra saída da nossa rua.
Ao voltar para casa tranquilamente as 20:30 Hs percebo sirenes de ambulâncias se aproximando, dei sinal e passaram (acho que eram 3, Bombeiros e Samu). Ao chegar na curva antes da casa de dona Ana, vejo um grande alvoroço. Dou meia volta e vou até a rua geral e volto para casa pelo outro acesso. Depois fui até o local da tragédia onde os socorristas estavam atendendo. Logo fui para casa sem procurar saber detalhes para não atrapalhar. Coloquei as vítimas em minhas orações.
Só no fim de semana seguinte consegui falar com dona Ana. Ela me relatou o ocorrido.
Um carro veio muito rápido e se perdeu na curva que estava cheia de arreia solta e subiu na calçada onde estavam as crianças e adolescentes. O carro atropelou 5, sendo que Clara e o menino se machucaram pouco. Maria ficou embaixo do carro sem sinal de respiração. Também atropelou o menino e menina da cunhada de Ana. Esses se machucaram muito. O menino teve o pé todo rasgado, pois o carro freou sobre o pé. A menina quebrou a perna em 2 lugares. Essas duas crianças tinham sido alertadas por minha esposa dois dias antes, pois estavam no meio da rua e vinha vindo um carro. Minha esposa pediu para sair, o menino riu debochando...
Ana contou que quando aconteceram os atropelamentos ela estava lendo a mensagem de Nossa Senhora em casa. Vieram correndo dizer que Maria estava morta embaixo do carro. Ela conta que antes de juntar forças para se arrastar até a rua para ver a filha, implorou para Nossa Senhora devolve-la com vida. Quando chegou na rua viu seu marido Joaquim puxá-la para fora, estava completamente sem respiração. Quando de repente ela se pôs de pé.
Os 5 foram levados para o hospital, recebendo alta no dia seguinte. Quando chegou em casa Maria ao mexer a cabeça sentia muita tontura. Ana com muita fé aplicou-lhe o Óleo de São Rafael que a curou completamente.
Já para os pais da menina e do menino que se machucaram muito também dei o Olinho de São Rafael com um lembrete colado com as orações para fazer ao usá-lo (eles são de pouca oração e muita festa...)
Eu também tive uma cura total naquele Cenáculo. No final do mesmo eu quis perguntar ao Cláudio sobre o meu problema, e ele imediatamente me disse: Recebestes a cura hoje. Realmente fui curado totalmente sem eu ter pedido a cura. Eu estava muito preocupado, mas nem havia pedido a cura, pois estava mais preocupado em receber todos bem para que tivessem um lindo Cenáculo...
===========================================================



OBS: Minha esposa Dulce ficou encantada com a simplicidade e a devoção daquela mãe e daquels crianças simples, tão pobremente vistidas. Esta mãe lhe disse que todos os dias pela manhã eles rezam juntos e lêem alguma passagem da Bíblia. Vejam o resultado destas orações, desta devoção e desfa fé...



Sim as três crianças delas inclusive a que ficou em baixo do carro não se machucaram quase nada, enquanto as duas outras da familia que faz festa em vez de rezar, e tem filhos debocham dos avisos a que tomem cuidado nas ruas foram as mais lesadas. Familia sem oração, familia sem proteção dos céus!



 




Artigo Visto: 2458

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br


Total Visitas Únicas: 3.948.109
Visitas Únicas Hoje: 156
Usuários Online: 56