recadosdoaarao



Conversões
Voltar




09/10/2008
Santo Sangue


Conversões - Santo Sangue
09/10/2008 14:30:36

Conversões - Santo Sangue


Santo Sangue de Jesus 

Carta de uma divulgadora do Movimento, relatando a graça da conversão de seu filho. Serve de exemplo de fé, para todas as mães que têm filhos mais rebeldes. Nunca se desesperem. Nenhuma de vocês que confiar, perderá um só dos seus.

Com os tempos finais que se aproximam, e em que Nossa Senhora pede demais por Orações, sobretudo do Rosário em Família, senti-me intuída a escrever este testemunho, em que passei por uma vivência com a presença muito forte de Jesus e de Nossa Senhora Aparecida, em minha vida.

Passei por uma situação muito dolorosa de saúde, em que fiquei num total de 8 meses de cama, antes e depois de uma Cirurgia bastante grave do coração. Dias depois de saber que ia ser submetida à tal Cirurgia, o nosso filho de 23 anos nos abandonou, por uma discussão completamente irrelevante, pois era a ação do maligno agindo em nossas vidas.
 
A partir daí, chorava de soluçar, todos os dias, mesmo sabendo da fragilidade pela qual passava, e que tinha que lutar pela minha vida. Porém, com uma Fé imensa em Deus, eu nunca deixei de acreditar e ter esperança, e rezava muito, um Rosário por dia, mesmo nos 22 dias, em que estive internada no hospital,(e mesmo na UTI).
 
Os médicos chamaram meu marido, durante a Cirurgia, dizendo que as chances de vida eram mínimas, nas próximas 24 horas, e se eu salvasse, o melhor que aconteceria, seria uma paraplegia, uma cegueira ou AVC. Sei que quase morri, se não fossem as Orações fervorosas do meu grupo da Igreja Católica, dos amigos, e dos cuidados incessantes do meu marido, e dos outros dois filhos.

Continuamos sem uma comunicação com o nosso filho, e tínhamos notícias apenas de sua queda gradativa nas garras do demônio: ele envolveu-se com traficantes (vários vieram procurar meu marido, com ameaças, e ele teve que cobrir as dívidas do meu filho); ele tornou-se álcoolatra, ele engordou uns 30 kilos, ele largou a Faculdade Federal, ele perdeu o estágio remunerado, ele andou com péssimas companhias, e envolveu-se com homossexualismo.
 
Certa vez, consultando um confidente-vidente Católico, ele me disse que Jesus lhe mostrava que ele ia ser morto por dois traficantes, do alto de uma cachoeira; o meu desepero era tanto que cheguei a ligar em vários presídios para saber do seu paradeiro, mas tudo continuava no nada......, e eu nunca largava o Terço!!!!!!!

Meu marido e meus filhos me propuseram de passar uns dois meses na minha Terra Natal, em solo Europeu, para superar melhor a minha recuperação. Continuava rezando muito, e um dia resolvi ir de trem para o Interior, numa cidade chamada Brugge. Fiquei caminhando pela cidade, pelos pontos turísticos, e acabei entrando na "Basílica do Sangue Sagrado". De repente, ouvi pelo microfone, que o Sangue Sagrado de Jesus ia ser exposto na Capela, das 14 às 15 horas.

Chegando lá, estava o Ostensório com o Santo Sangue de Jesus, exposto no Altar. Prostei-me de joelhos, em frente ao Altar; fiquei arrepiada de emoção, implorei, supliquei pela Misericórdia de Jesus, pelo meu filho. Isto era no dia 15 de Junho.
 
Dois dias depois, eu estava na casa dos meus parentes, e recebi o telefonema  do meu marido, dizendo que o nosso filho estava de volta, e falei com ele, chorando, vibrando e agradecendo muito ao Senhor; meu marido , disse-me que o primeiro contato tinha sido feito exatamente na data em que eu estivera na Basílica.
 
Foi como a volta do Filho Pródigo: ele chegou muito doente, com infecção grave, só com a roupa do corpo, sem dignidade, arrependido, comovido, e com muito amor no coração para nós e os irmãos, que o recebemos de braços abertos, e sem nunca cobrar nada de seu passado.

Resolvemos, então, em família, ver o que seria melhor para a sua recuperação, longe de todas as más influências; e ele optou por ir morar na Inglaterra, e aprender a se sustentar. Depois de três meses de preparação, de trocas afetivas e de muitos cuidados, ele embarcou para lá, exatamente no dia 12 de
Outubro, dia de Nossa Senhora Aparecida.

Antes, porém, resolvemos ir no Santuário de Nossa Senhora Aparecida, para agradecer com ele, todas as Graças alcançadas. Dentro do Santuário, dirigi-me à parede, onde estava a Sua Imagem, e de joelhos, pedia muito pela sua viagem e recuperação. De repente, aproximou-se de mim, um Frei capuchinho, vestido com um hábito cinza, apertou a minha mão e disse-me:
 
"Nossa Senhora atendeu o seu pedido. Não tenha medo! Deus vai lhe dar a glória e a vitória em sua vida, e de sua família." Muito emocionada, escrevi o que ele tinha dito, no meu Livrinho de Orações, e fui comprar Velas. Ao passar por um dos Portais do Santuário, eu o vi, ajoelhado humildemente, no fundo da Igreja, e era a hora da Consagração. Era mais uma confirmação!!!

Meu Deus, quantas Bênçãos!!! Portanto, nunca pensem que algo totalmente impossível (este menino era para estar morto!!!), é impossível para Nosso Pai. É preciso ter Fé, rezar, prostrar-se de joelhos, suplicar a Misericórdia Divina. E somos atendidos, nas nossas misérias.

Atualmente, ele continua morando lá, com estabilidade profissional de 2 anos, já veio nos visitar 2 vezes, casou-se, saiu do alcoolismo, emagreceu e tem uma vida com dignidade; e o principal: recuperou a sua Fé, pois recebe e sempre gosta das Mensagens e artigos que lhe envio do "Movimento Salvai Almas". Por todas estas graças alcançadas, eu não podia me calar, e guardar os candeeiros, debaixo da mesa. MS.


Artigo Visto: 2808

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br


Total Visitas Únicas: 3.976.881
Visitas Únicas Hoje: 104
Usuários Online: 47