recadosdoaarao



Artigos
Voltar




05/05/2020
Crianças torturadas
Pela Vossa dolorozissima Paixão: Tende misericórdia de nós, das almas, dos agonizantes e das crianças torturadas...


CRIANÇAS TORTURADAS. (Para quem tem coração forte)

Preciso escrever isso até como um desabafo. Eu vi, e senti que devo escrever porque é muito importante em especial para aqueles que estão rezando as orações da nova anistia contra os ataques dos demônios infernais, isso sem levar em contas que existem também humanos demônios. Vou procurar ser breve, mas bem incisivo. Prepare-se!

Eu estava rezando as 15 Orações desta anistia com Dulce em nossa capelinha e quanto rezávamos a 7ª Oração que é contra os pecados da carne, a luxúria, de repente eu vi diante dos meus olhos um menino, loirinho, cabelos curtos e o via só da cintura para cima, que estava próximo do nosso altarzinho. Por um mistério que somente Deus pode realizar, esta criança, de uns quatro anos no máximo cinco, não me disse nada com a boquinha, mas foi como se o coraçãozinho dele falasse direto ao meu, e as palavras foram estas: vai começar a sessão de tortura.

Digo para vocês que o que senti foi uma das coisas mais terríveis que um coração pode suportar. De um momento para outro os seus olhinhos se encheram de terror e depois foram mudando, como me parecendo de uma infinita impotência e conformidade. Ele não tinha como reagir, nem fugir, tinha que suportar. Sua boquinha começou num choro compulsivo, mas silencioso, de uma forma tão profundamente comovente, que eu desandei a chorar na mesma hora, de soluçar e nem conseguia mais rezar direito. Isso foi até terminarmos todas as nossas orações, cada vez que a imagenzinha dele me surgia diante dos olhos os meus vertiam lágrimas de compaixão e de pura angústia, por não ter como socorrê-lo.

Vi ao lado que me pareceu duas lágrimas nos olhos de Nossa Senhora, e eu supliquei a Jesus que interviesse naquele caso, porque meu coração me dizia, sem nenhuma dúvida de que aquela não era uma situação aleatória como exemplo, mas real, estava acontecendo naquele momento. Eu não vi o mostro que o iria torturar, mas digo sem o menor sentimento de culpa, que se eu tivesse vendo a situação real e tivesse uma espingarda na mão eu o mataria sem dó nem piedade e ainda cuspiria em cima do cadáver, tamanha emoção violenta que me tomou, de verdadeira e justa ira.

Então em oração falei para Jesus que fosse dar um abraço de conforto naquela criança e senti na minha alma que Ele atendeu o meu pedido de resolver aquela situação: salvar aquela criança das garras daquele monstro, não permitindo que a tortura acontecesse. Então prometi em oração a Ele que daria um abraço em minha esposa, já que não podia pegar nos braços aquele pequenino sofredor, que sabe lá quantas vezes já tinha sido seviciado por aquele demônio humano. Porque existem sim, homens demônios, que suplantam a satanás em maldade. E a lista deles e delas é imensa!

De fato, por revelações particulares sabemos que os demônios sabem que o ato homossexual ofende a Deus como nenhum outro, depois do aborto provocado, mas devido a sua natureza angélica anterior são incapazes de presenciar um ato destes, imagine se contra uma criança inocente. Eles o incentivam porque ofende a Deus, mas viram as costas para não ver. E tal é que, se eles tivessem um órgão sexual masculino – que não tem – e se lhes fosse permitido praticar o sexo - que não podem - jamais transariam com outros homens, menos ainda com uma criança inocente. Sinal de que existem sim, os demônios homens, piores dos que os verdadeiros. Foi isso o que vi hoje...

Mas aproveito para lembrar um caso que já anotei no site, onde a polícia prendeu uma quadrilha de pedófilos no Norte do Brasil, a partir de mensagem do zap onde uma mulher dizia para a outra: meu filho está para nascer nos próximos dias, e meu marido já está todo eufórico porque daqui a dois meses já pode transar com ele. Ou seja, demônios homens, demônios mulheres.

Completo com outra visão que tive, quando eu rezava na Capelinha de Sion com nossos amigos, onde vi o seguinte: vinha pela rua um homem enorme, cabeça raspada, barba não muito crescida, gordo e vermelho, com mais de 100 quilos com certeza, que trazia pela mão um menino magrinho, de terninho, muito bem vestido, cabelinho penteado, parecido com um menino que conheço, que deveria ter uns sete anos. Olhando aquela cena, percebi no homem uma espécie de gozo satânico, e era como se ele estivesse orgulhoso ostentando o seu objeto de prazer, que ele tinha comprado, como se tivesse comprado um boneco destes infláveis, ou bonecas que usam para fazer sexo. Mas seu “boneco” era vivo.

O interessante é que no mesmo momento percebi que se tratava de uma situação real e que a polícia desconfiou, porque pela aparência não poderia ser filho ou neto dele, prendeu aquele monstro e fazendo o exame de corpo de delito na criança comprovou a tortura. Como nestes casos temos o Cláudio para perguntar para Nossa Senhora, ele confirmou que se tratava de uma situação real, que nalgum lugar do mundo acontecia naquele momento.

E só digo: que ninguém queria ter uma visão destas, como a que vi hoje, e ver provocado em si tal emoção. Uma pessoa sensível irá chorar pelo resto da vida, quando ver diante de si aqueles olhinhos suplicantes, como pedindo ajuda, mas sabendo que eu não o poderia ajudar, porque isso é forte demais para qualquer coração.

Termino lembrando de um sonho que já coloquei nos site “eu vi o inferno” dos homossexuais e principalmente dos pedófilos, que não volto a descrever, apenas digo que o tormento eterno destes monstros é tal, superior até o dos demônios, onde o prazer mórbido que sentem aqui, se transforma lá numa espécie de moto perpétuo de esmagamento.

Ou seja, eles lá desejam continuamente praticar tal ato, mas o que aqui na terra produzia prazer, lá se torna em tormento, em dor inimaginável, muito maior do que as crianças – meninos ou meninas até de poucos meses – sentiam, e o pavor que elas viviam. E quanto mais sentem o desejo, mais aumenta o tormento e o pavor... Por isso se sabe que, depois do Juízo final, o tormento das almas dos condenados será de REMORSO ETERNO.

Encurtando: Havia naquele inferno também o fogo onde muitas pessoas ali estavam, e senti no espírito que, se eles pudessem fugir daquele remorso de dor, sabendo que nunca acabará e sempre ficará pior, eles preferiam queimar no fogo eterno, se lhes fosse dado saber que um dia aquilo acabaria. Não importa quando fosse.

Quando depois nós rezávamos o Terço da Misericórdia eu caí de joelhos e enquanto Dulce puxava: Pela Vossa Dolorosa Paixão... Eu respondia: TENDE MISERICÓRDIA DE NÓS, DAS ALMAS , DOS AGONIZANTES E DAS CRIANÇAS TORTURADAS.

Senti que deveria relatar isso, foi real, não inventei e certamente Deus tem um plano para isso. Quem puder então, ao rezar o Terço da Misericórdia, se achar por bem reze como senti que deveria. Contra os demônios humanos, que são piores que os do inferno! ( Aarão)

 


Artigo Visto: 961

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br


Total Visitas Únicas: 3.774.728
Visitas Únicas Hoje: 160
Usuários Online: 75