recadosdoaarao



Biblia
Voltar




29/11/2005
A Nova Terra (1)


Biblia - 08 A Nova Terra (1)
Biblias - 08 A Nova Terra (1)

A NOVA TERRA!
(Escrito em 21/08/2003)
Texto antigo, mas sempre novo, destinado a elevar o ânimo dos que suspiram por um mundo melhor.
 
   Temos escrito muitas coisas nestes últimos anos, voltadas especialmente a esclarecer aos leitores o caminho das profecias. Novas ou especialmente as antigas, elas nos indicam um tempo excepcional, este que estamos vivendo. Um tempo de enorme, estrondosa, ímpar e esfuziante Misericórdia. Pois embora tudo ao redor pareça caminhar para o caos – e tudo está de fato um caos, uma Sodoma, uma Babilônia – verdade é que deveríamos agradecer a Deus todos os dias pelo simples fato de estarmos vivendo neste tempo, só por isso. Eis que, enquanto o mundo se tortura em prantos para os que se afastam de Deus, para os que O AMAM, os que se ligam Nele, o Céu se derrama em graças e bênçãos abundantes.
 
   Nossos escritos têm sido muitas vezes pesados e difíceis – pois falam sobre as tribulações que devem anteceder à Segunda Vinda Gloriosa de Jesus – mesmo porque não é possível mais falar apenas de “água com açúcar”, quando o ódio esparrama ao nosso redor, apenas fel e vinagre, quando não puro veneno. Mas eles têm um só motivo: alertar o povo de Deus para os graves momentos dos quais a humanidade se aproxima. Mas também para o grande momento da nossa libertação do jugo de satanás, para sempre! E quando finalmente formos livres dele, veremos à nossa frente se descortinar um mundo esplendoroso, inenarrável e indescritivelmente belo!
 
   Assim, neste novo trabalho, vamos levar ao leitor uma palavra de ânimo e de consolo. Vamos apenas imaginar, “como será”, ou “como poderá ser”, esta Nova Terra que Deus nos está preparando. É que, sempre, a cada tempestade sucede a bonança. E agora não será diferente! E com certeza, se a próxima tempestade – sabemos disso – será tão violenta que mudará a face não só da terra, mas de todo o universo, verdade é que o mundo que há de vir depois, é inversa e duplamente proporcional em maravilhas.
 
    E é sobre esta maravilha que virá depois, que iremos falar hoje. Claro que não podemos dizer que SERÁ assim, mas com certeza poderá ser desta forma, pois para ela os sinais apontam. Como será esta Nova Terra? Deus disse: Eis que Eu faço novas todas as coisas!... (Is 65,17) E Deus as fará melhores sem dúvida. Por isso, não vale a pena lamentar e chorar por este mundo que passa. Pense apenas naquele que virá, porque nenhum olho humano jamais viu, nem criatura alguma jamais imaginou, aquilo que Deus tem preparado para aqueles que O amam.
 
     Antes perguntamos: Como você gostaria que fosse o mundo futuro? O que seria preciso eliminar da terra de hoje, para que ela se tornasse o mundo dos seus sonhos, onde pudesse deixar seus filhos? Ao fazermos esta pergunta à qualquer pessoa, ela dirá fatalmente: fim das guerras! Paz no mundo, especialmente nas famílias! – Claro que alguns pedirão dinheiro e riquezas – outros, muito amor! Ausência de fome, doenças e misérias, dor... Sim, tudo isso é importante, mas podemos dizer que você é muito singelo ao pedir tão pouco e pensar tão pequeno. Acreditem, nós tivemos todas as chances de ser felizes, mas fizemos tudo errado. Aliás, não fizemos nada certo, e querer viver longe de Deus e construir uma civilização sem o Criador, foi certamente a nossa maior falha.
 
    Vamos então pedir o seguinte: que o leitor “passe uma borracha” sobre estas poucas coisas que pensou, o tão pouco que pediu, e “apague” tudo o que existe neste mundo – ou seja, tudo mesmo – pense completamente diferente, e vamos começar uma coisa completamente nova. Sim, Deus fará “novas TODAS as coisas”! E se for NOVO, temos que acabar com o VELHO! Então...
 
    IMAGINE E SONHE! Imagine inicialmente uma terra completamente diferente, pois será uma “Nova Terra”. Nesta terra, não haverá
mais noite
(Ap 22,5), mas apenas um dia eterno. É muito provável que ela perca seu atual movimento de rotação e fique sempre com uma só face voltada para o sol, como a lua é hoje. Quem sabe, esta até desapareça. Deus pode mudar tudo! Além disso, poderá ficar mais achatada, a fim de evitar as muitas variações do clima. Também deverão sumir, muitas das grandes cadeias de montanhas, dos picos nevados e das barreiras naturais. Também sumirão os desertos atuais.  Assim, não haverá mais estações com clima adverso - muito frio ou muito calor - mas será sim uma nova e eterna primavera, uma paraíso. E isso abre diante de nossos olhos um mundo completamente diferente do que estamos acostumados a ver.
 
     Imagine um mundo, onde não seja mais permitida a tentação da parte de satanás, pois este estará “sepultado para sempre no lago de fogo e enxofre” (Ap 20,10), ele e todos os homens que o servem. Será então uma terra sem a força do pecado, sem a dominação do mal, sem a contaminação da maldade, sem os influxos maléficos do inferno e sem nada que possa provir daqueles abismos. Então, longe da presença do maligno, os homens tenderão naturalmente para o bem e para a bondade. E como estará também eliminada em definitivo a “semente dos filhos dos homens”, muito difícil será o homem voltar a pecar. Com isso, ele nascerá também sem o pecado original.
 
    Imagine um mundo sem as obras de satanás. Qualquer coisa, que o homem tenha edificado, que tenha, qualquer tipo de “marca ou vestígio" do inferno, será retirado até o último grão de pó. Sempre dissemos isto, e significa inclusive a destruição de igrejas, de catedrais católicas, de templos de qualquer religião. Nada do que ele fez aqui, ou mandou fazer por seus sequazes, ficará em pé, nem restará pó. Tudo sumirá com ele e os seus!
 
     Imagine um mundo, onde as pessoas – sem pecado – e sem o corpo pesado de hoje, tenham sim um corpo de “carne espiritualizada”. Significa ausência completa de qualquer tipo de doença física, nem mesmo dor, nem sofrimento psíquico, como angústias, prantos, medos, fobias, depressão, loucura, enfim sem nada que prive as pessoas de viverem numa alegria completa, esfuziante e permanente em Deus. Ou seja, fim dos hospícios, dos analistas, psiquiatras e de todos os que tratam de doenças somáticas.  
 
     Imagine um mundo sem a necessidade de medicamentos, de qualquer tipo de drogas químicas ou elementos estranhos ao meio natural. As plantas em si já serão medicinais como de fato Deus as fez. Sem as drogas químicas, sumirá toda a indústria da medicina e da farmácia de hoje, como hospitais, maternidades e casas de tratamento de saúde. Somem junto com eles os médicos e todas as suas medicinas. Também sumirão os asilos, creches e orfanatos. E nunca mais haverá gente abandonada!
 
    Imagine um mundo, sem nenhuma pessoa com defeito físico, pois todos terão corpos perfeitos, bonitos e sadios. O envelhecimento das pessoas cessará por volta dos 20 ou 30 anos, até menos, mesmo que elas durem séculos e séculos, talvez milênios. Não haverá mais cegos, surdos, mudos, coxos, aleijados, feios, disformes ou qualquer tipo de pessoa com alguma doença ou defeito. Ou seja, um mundo onde ninguém mais morra por doença, ou por acidentes fatais, onde não haja nunca mais “morte prematura” como abortos, nem pessoa que “não cumpra o número de seus anos, porque a vida das pessoas será como a das árvores”(Is 65).
 
   Imagine um mundo, onde a procriação será divinizada, provavelmente inexistindo o sexo da forma quase animal de hoje – ou pior que animal – e onde os partos das mulheres serão sem dor nem sofrimento. Digamos um parto quase igual ao de Nossa Senhora. A sabedoria Eterna irá fazer também isso novo, e embora havendo a procriação humana e a participação do homem e da mulher, certamente que não o será como hoje, pois o espírito prevalecerá sobre a carne. Será, pois divino e será maravilhoso! Tudo será amor! 
 
    Imagine um mundo, onde a
s pessoas não se cansem jamais. Onde não se precisará mais dormir para descansar, ou para “repor os neurônios”, pois a leveza dos corpos lhes dará uma agilidade permanente. Não se descarta as pessoas se locomoverem pelo ar, a altíssimas velocidades, usando – pela graça e pelo exclusivo poder deste nosso Bom Deus - a lei da “imponderabilidade”. Eis porque não haverá necessidade de meios de transporte, nem individuais nem coletivos, pois todos, pela graça de Deus, poderão transitar por locais hoje inacessíveis e admirar as maravilhas da criação em todos os pontos do planeta. Os homens correrão o dia inteiro sem cansar, quem sabe será uma de nossas brincadeiras futuras, apostar corrida com nosso anjo da guarda. Nem pensei nisto!
 
    Imagine um mundo, onde você se locomova pelos ares em vôo, à altíssimas velocidades, enquanto mal se mexem os fios de cabelos de sua cabeça. Caso você viesse a colidir com outro corpo, ou mesmo contra uma rocha duríssima, o impacto não seria mais do que um leve roçar de seus cabelos na rocha. Isso se chama imponderabilidade! Mesmo nesta velocidade, seu rosto não deformaria e você poderia ir observando a paisagem como se transitasse a passo lento, detalhe por detalhe. Mesmo que transite assim por dentro de uma floresta densa, não será necessário diminuir a velocidade. Embora isso, poderá ir observando os animaizinhos em suas lides diárias, como se você estivesse parado, pois desaparece a sensação de tempo e movimento.
 
    Imagine um mundo sem prisões de qualquer tipo. Um mundo onde não haverá mais nenhum tipo de ladrão, traficante, assassino, bandido ou assaltante como hoje. Neste mundo todas as pessoas serão livres, mas mesmo cheias de liberdade não quererão pecar. Desaparecerá então todo o aparelho repressivo de polícia e tudo que cerceie a liberdade do homem. Mandaram-me uns textos, dizendo que no Novo Reino até as prisões serão outras. Ora, se na Nova Terra que virá houver prisões, então quero ficar neste! O mundo futuro meus amigos, tenham certeza plena, será sem qualquer tipo de prisão ou jugo!
 
    Imagine um mundo, onde não haja mais necessidade de aprendizado, pois as crianças, pela sabedoria infusa, já nascerão com a “lei de Deus impressa no coração”. Um mundo onde todos, saberão tudo aquilo que é necessário, sem nenhum esforço de aprendizado. Onde as crianças nascerão limpinhas e já estarão falando. Neste mundo Novo, desaparecerá por completo tudo aquilo que é voltado para a escola, o estudo e o ensino de qualquer tipo.
 
    Imagine um mundo sem livros e sem cadernos. Significa que serão queimadas todas as bibliotecas da terra! Também todos os livros, todas as revistas e escritos já produzidos pelos homens serão incinerados como puro lixo. A memória passada sumirá! A futura permanecerá na mente de todos. Ficará apenas a Palavra de Deus e a Lei de Deus, sumindo por completo tudo aquilo que a mente humana produziu ou criou, coisa que, afinal, não serve é para nada. A maioria é pouco mais que lixo!
 
    Imagine um mundo, onde todas as pessoas tenham 100% de inteligência? (Hoje temos apenas 2,5% no máximo) Isso significa sermos 40 vezes mais inteligentes do que hoje, o que nos abre a possibilidade de conhecer os pensamentos dos outros, de conhecer todas as coisas pelo dom da sabedoria infusa, além, é claro, de poder participar diretamente do plano criador de Deus. Significa não só modificar, com Deus, toda a terra, transformando-a inteira num imenso jardim florido, mas também criar novos mundos, enfim, tudo aquilo que nos possa trazer ainda mais alegria e mais felicidade, sempre na presença de Deus.
   
    Imaginem neste mundo de pessoas super-inteligentes, um novo tipo de comunicação, quase ao nível de pensamento como os espíritos! Eis que as pessoas participarão até do conhecimento dos planos de Deus. Isso elimina todas as barreiras da comunicação moderna, torna inútil qualquer parafernália eletrônica e simplesmente tira da terra qualquer tipo de torre, antena, onda de rádio, cabo
ou fio de telefone e energia.
 
    Imagine um mundo, então, onde os homens vivam na presença de Deus. Onde os anjos lhe sejam permanentemente visíveis. Onde Jesus e Maria estejam conosco nos instruindo e nos tornando cada vez melhores, pois pelo menos por um tempo eles estarão conosco, pois está dito que “Deus mesmo estará no meio deles, e os servirá”. E onde “mal estejam pensando e já serão atendidos”. Isso significa que em toda a terra não haverá mais qualquer forma de pecado, nem contaminação, nem maldade, pois o demônio e seus sequazes terão sido expulsos definitivamente daqui. E haverá nos homens para sempre apenas uma só vontade: Amar cada vez mais a Deus, vivendo apenas para servi-lo e para ajudaram-se uns aos outros!
 
    Imagine um mundo, onde não haja pessoas construindo para os outros habitarem - sem que eles próprios tenham onde morar – e onde não haja mais pessoas plantando para os outros comerem, armazenarem, lucrarem e jogarem fora – quando eles mesmos não têm o que comer – pois todos terão de tudo, casa e comida, até à fartura plena!
 
    Imagine um mundo onde não se trabalhe em excesso para estocar alimentos, nem para a exploração do lucro. Neste mundo perfeito, não haverá vastas culturas para armazenamento e tampouco sobras para apodrecer e lucrar. Porém nunca mais haverá choro de fome, nem gente que sofra de miséria.
 
    Imagine um mundo onde não haja propriedades particulares, onde tudo seja de todos, mas também onde todos terão o que é de seu uso e a seu gosto. Neste mundo tudo irá pertencer a Deus nosso Pai e Criador, sendo nós todos, apenas filhos amados Dele, a quem não falta nada. Ninguém mais invejará ninguém. Ninguém mais quererá ser mais do que o outro. Melhor, todos procurarão viver a perfeita caridade, vivendo um para fazer o outro cada vez mais feliz. Enfim, todos serão felizes com o que tem, e poderão escolher a vida que querem levar – sempre em Deus – sem que outros interfiram.
 
    Imagine um mundo feito uma única chácara. Como a primavera será eterna, as plantas frutíferas, irão dar frutos até duas ou três vezes por ano, quando não permanentemente. Além disso, as plantas também serão sadias. Não haverá mais bactérias nocivas, nem vírus causadores de males, sendo os frutos extremamente deliciosos e muito nutritivos. Como as pessoas terão seus corpos espiritualizados, terão necessidade de menos nutrientes.
 
    Imaginem um mundo sem poluição. Por terem seus corpos espiritualizados, com almas sem pecado, os resíduos do processo de digestão humana, fezes e urina, serão absolutamente insignificantes, se houverem. (Jesus e Maria não tinham!) Isso implica em menos ou quase nenhuma poluição nas águas, nos rios, no mar e mesmo no lençol subterrâneo, com os coliformes fecais de hoje e tudo o mais. Também serão eliminados todos os outros detritos que hoje poluem terras, rios e mares, pois a vida será simples, com fartura permanente de tudo.
 
    Imagine um mundo onde haja muito pouco trabalho. Sim, haverá trabalho, porque é preciso que o homem se ocupe com algo, afim de não decair completamente e sentir-se inútil. Mas este trabalho não será obsessivo, nem escravo, nem cansativo, nem degradante, nem humilhante, além de nunca mais ser devotado ao lucro e ao acúmulo de dinheiro e riquezas ou bens. Trabalhar-se-á apenas o necessário, para ter o necessário, com perfeito amor e dedicação, para a colheita somente de alegrias.
 
    Imagine um mundo, onde o homem agricultor será feliz em ver a planta crescer, onde ele a acompanhará todos os dias em agradecimento. Isso significa amar o processo divino e criador da vida, admirar a obra perfeita de Deus em cada folha de capim, sentir a perfeita obra do Pai, nas mínimas coisas, vivendo harmoniosamente com plantas e animais, dentro de um ambiente de completa paz e segurança.
 
    Imagine um mundo, onde todas as pessoas estarão plenamente conformadas com a vontade divina, pois entenderão que somente em Deu
s se pode ter tudo. Então, ninguém quererá ser aquilo que não é e nem será infeliz com aquilo que tem, pois todos serão ricos, ao extremo, tanto de bens materiais, quanto e sobretudo de bens espirituais.
 
    Imagine um mundo, sonho para as donas de casa, onde não haverá sujeira, nem poluição alguma, sumindo de imediato a necessidade de limpeza obsedante de hoje. As casas ficarão sempre limpas e a comida estará sempre às mãos. Além disso, como corpos espiritualizados não suam, nem se sujam, também as roupas não sujarão nada, de modo que não haverá necessidade de lavar e passar. (Jesus que tinha seu corpo isento de pecado, viveu desde pequeno com uma única túnica, tecida por Nossa Senhora, desde os dois anos até a morte na Cruz, pois a túnica crescia com Ele). Calçados para que, se os corpos serão leves e livres de hematomas e cortes?
 
   Imagine um mundo, onde as futuras casas, terão apenas os utensílios indispensáveis, para um conforto pleno, sem a ostentação de hoje e sem nenhum excesso de supérfluos. Isso tornará pela primeira vez na terra, todas as mães verdadeiramente livres para cuidarem carinhosamente apenas de suas pequenas lides do lar e dos seus filhos pequenos. Com todo amor e carinho, pois haverá sim a geração de filhos e filhas para Deus!
 
     Imagine um mundo sem grandes cidades, nem jamais torres e arranha-céus, mas pequenas vilas. Será um mundo sem o transporte de massas, sem o transporte de produtos em larga escala, sem, portanto, a poluição de hoje. Entre as casas não haverá cercas nem muros. Entre as pessoas não haverá barreiras nem classes. Entre os homens não haverá ricos nem pobres. Nestas vilas também não haverá castelos nem casebres. Haverá apenas habitações dignas para todos sem exceção. Não haverá mais favelas nem pessoas morando em baixo de pontes e viadutos.
 
     Imagine um mundo sem combustíveis fosseis. Não haverá então mais automóveis, nem caminhões, nem navios, nem aviões, nada poluidor que use motores de combustão. Nada disso será preciso, pois em todo lugar haverá de tudo para todos. E como todos poderão se locomover facilmente, sem se cansar nem depender de nada, tudo isso é desnecessário. Isso significa literalmente demolir com toda a indústria poluente do petróleo de hoje. Nossas pernas, o poder e a graça de Deus, apenas estes serão nosso meio rápido de locomoção.
 
    Imagine um mundo, sem cidades de trânsito maluco quanto hoje. Sem buzinas, sem barulho de motores, sem qualquer tipo de poluição sonora. Se ouvirá o canto dos anjos, e se ouvirá apenas a sinfonia da criação, trinado de aves e doces melodias. O mundo inteiro será de paz! Será de plena segurança! Será um mundo sem pressa embora as pessoas se locomovam com extrema rapidez. Será um mundo calmo! E não liga e desliga como hoje, na correria e na azáfama em canseiras sem sentido, especialmente na busca exagerada do dinheiro. Sem trabalhos desnecessários, sem supérfluos e sem obras vãs o mundo será maravilhoso.
     Vamos aqui separar em dois textos. Não deixe de ler o seguinte, se quiser extasiar-se ainda mais com que Deus nos preparou adiante. Aarão!



Artigo Visto: 2052

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br


Total Visitas Únicas: 3.948.523
Visitas Únicas Hoje: 252
Usuários Online: 70