recadosdoaarao



As almas
Voltar




05/07/2005
Purgatório Urgente


As almas - 03 Purgatório Urgente
As almas - 03 Purgatório Urgente







Nova pagina 1





PURGATÓRIO URGENTE!

25/09/2002
Este trabalho é importante e pela urgência da matéria
resolvemos reeditar, mormente agora, quando o próprio Papa João Paulo II, em
recente homilia, lembrou da grave necessidade de rezarmos pelas benditas almas
do purgatório. O texto que segue, é uma verdadeira chamada a isso pois a
maioria das pessoas esqueceu dos parentes falecidos, que lá do suplício,
impedidas de rezar por si mesmas, imploram as suas orações e os seus
sufrágios. Vamos a ele!
 
Estamos chegando aos dias fatídicos. Tudo corre
perfeitamente e dentro do previsto. Até para nós, que nos preocupamos apenas
com "datas" e não com "situações", tudo vai aos poucos se
esclarecendo. Estamos aprendendo a entender o Tempo do Pai e a sentir, cada dia
mais, toda a incrível perfeição de Sua Obra. O fato-chave, a saída de cena
do Papa João Paulo II, ainda não aconteceu, embora o ano 2000 tenha chegado ao
fim, levando muitas pessoas a sentirem-se angustiadas, pensando até em
abandonar tudo. Angustiadas porque "as coisas não aconteceram",
quando "estão já acontecendo" e irão todas fatalmente acontecer.
Ora, nada mais falso do que as aparências. As aparências enganam e muito. E
para nos compenetrarmos de que o céu não está preocupado com datas, mas sim
com a situação das almas, é preciso voltarmo-nos agora para aquilo que
preocupa o céu: o Purgatório está ainda com milhares de milhares de almas
aguardando as nossas orações. E se não tomarmos providências urgentes, logo
poderemos ser nós a cairmos lá.
 
Por isso, este é um apelo urgente a todos os nossos
leitores, amigos e divulgadores. Este é um brado de "Alerta Vermelho",
a todos aqueles que têm vivido, sentido e divulgado as mensagens sobre o fim
dos tempos: os dias finais se aproximam céleres e ainda, pasmem, o
Purgatório está abarrotado de almas
, quase que esquecidas pela maioria dos
seus entes queridos.
 
Muitos sabem que nosso trabalho em prol das benditas almas
tem já alcançado um índice expressivo, embora todo feito em quase silêncio,
apenas levado adiante por pessoas abnegadas, por fiéis devotos e alguns santos
sacerdotes. Nosso grande objetivo tem sido, agora, enquanto é tempo, enquanto
há tempo, levar à glória o maior número possível de almas que ainda agora
jazem no purgatório, por Jesus é claro, para atender àquela frase de Nossa
Senhora : "Quanto mais santos houverem no céu, mas o céu terá
forças para ajudar a terra
!".

 
Como e quando haverá esta ajuda? Logo, assim que a
tribulação vier e a terra inteira mergulhar no mais profundo caos. Quando a
humanidade inteira estiver imersa num mar de sombras e trevas. Quando uma
imensa, inimaginável e terrível hecatombe desabar sobre toda a terra. Então,
junto de Deus, todos os santos em coro uníssono intercederão pelos seus entes
queridos, ou por aqueles cujas orações os libertaram, que ainda estão por
aqui, neste vale de lágrimas, porque junto de Deus, sua força de
intercessão é muitas vezes multiplicada. E a verdade é que falta muito para
ser feito. Portanto, se as coisas se alongarem ainda mais alguns dias, tenha o
leitor certeza de que isso se deve ao grande amor que Deus tem pelas almas. De
fato, o Pai não quer perder a ninguém. E se você tem alguém, da sua estima,
que está hoje vivo e você luta por lhe salvar a alma, tenha certeza absoluta:
o melhor caminho é rezar pelas almas do Purgatório.
 
Compreendamos uma coisa: quando vierem o Novo Céu e a Nova
Terra, em perfeita união, então o Purgatório será extinto par
a entrada, pois
não haverá mais pecado. Entretanto, aqueles que lá se encontrarem naquele
momento, não terão mais intercessores por eles, nem os do céu nem os da
terra, pois não teremos mais conhecimento deles. Eis que a palavra de Deus nos
diz: "Das coisas passadas não terão mais lembranças nem
nunca mais retornarão ao pensamento"
(Is 65). Assim, estas almas
infelizes, que não podem rezar por si mesmas, não terão mais ninguém a
interceder por elas e deverão ficar lá até o fim do mundo (não o fim dos
tempos que terminará logo), isto é, permanecerão naquele local de padecimento
até que a terra seja eliminada e dela acabe toda a vida humana. E só o Pai
sabe quando isso acontecerá!
 
Assim, se não agirmos rápido, milhares destas almas,
inclusive parentes nossos, deverão ficar lá até por séculos e mesmo
milênios, quando então o Pai lhes dará um destino final. Aqueles que estão
ainda hoje no "grande purgatório", isto é, no mais profundo dele,
não alcançam as orações, nem a intercessão de ninguém, e deverão lá
ficar. É preciso, então, um esforço monumental de todos nós para que este
desejo do Pai Eterno se cumpra fielmente: que todos se salvem! E nós
somos chamados a participar desta tarefa!
 
Por experiência vinda do nosso trabalho de "equipe do
purgatório", podemos antecipar um dado assustador. Ele faz parte do nosso
terceiro livro "As Almas Pedem Socorro". Podemos dizer, de fonte
segura, que em torno de 40 a 50%, ou mais do total geral de falecidos que estão
enterrados em nossos cemitérios aqui do Brasil, ainda se encontram no
Purgatório. Esta média se torna mais alta, atingindo até 80% ou mais, quando
se trata de cemitérios exclusivamente de evangélicos, principalmente os
luteranos, que não rezam pelas almas e lá as deixam esquecidas. Isso é
apavorante!
 
Temos visitado, agora nos últimos meses, mais de quinhentos
cemitérios, apenas aqui em Santa Catarina, desde cemitérios pequenos do
interior, até cemitérios das maiores cidades, para neles rezar pelas almas e
os dados que nos são passados são assustadores. No Brasil inteiro já passam
de dois mil. Eles vêm revelar os bastidores ocultos da miséria humana,
histórias de ódios e ganâncias, revelam a mazela espiritual em que vive a
maioria de nosso povo. Verdade é que, por ser doutrina pouco pregada na Igreja
Católica, a maioria das pessoas nada sabe sobre o Purgatório, este terrível
lugar de expiação, nem sobre o Inferno, destino final dos renegados.
Entretanto, as minúcias do tema, os dados estatísticos deverão ficar para o
livro, conforme Nossa Senhora o quiser revelar. Como se trata de alertar o maior
número possível de pessoas pelos meios rápidos de comunicação – e a
Internet é um deles -, vamos antecipar alguns dados que nos chocaram demais.
 

  • A maioria absoluta, de quase 99,5% das almas que se salvam,
    vai para o Purgatório antes de poder entrar no Céu. Isso bate exatamente com
    outras revelações particulares!

  • Talvez não chegue nem a um em mil aqueles que morrem e vão direto aos
    braços do Pai, sem ter necessidade antes de uma purificação;

  • Dos 99% que vão ao Purgatório, muitos podem ter um tempo de estada de
    apenas alguns minutos, ou segundos, até séculos inteiros e mesmo milênios
    seguidos; Santa Francisca disse que em média passamos lá 30 anos. Imaginem!
    Mas há gente destinada também a passar lá por 1.000 gerações, ou seja
    até 25 mil anos. Já pensou nisso?

  • Por dois motivos, preferimos não passar os dados dos que, em média,
    se perdem.
    Primeiro, para não provocar euforia e relaxamento em
    alguns e segundo, para não polemizar com os que pregam a ruína de 2/3 das
    almas. Temos a dizer o seguinte: só se perde quem quer. Só se perdem, em
    síntese, dois tipos de pessoas: os teimosos e os orgulhosos! Qualquer pessoa
    hoje viva, que seja orgulhoso ou teimoso, <
    b>ou ambos, tem no
    mínimo um pé já no Inferno mesmo ainda em vida e será por absoluta
    misericórdia que se salve!



a) Os teimosos sabem que estão errados e persistem até no
fim no seu erro, renegando a Deus mesmo naquele último minuto de contrição
possível. Em geral, estes são os ateus, os hereges, os perseguidores da
Igreja e os apóstatas. Destes dizemos: vocês são duplamente infelizes!
Primeiro, porque levam na terra uma "vida de cachorro", pois sequer
são ricos. Segundo, porque, com a sua persistência no erro, cavam para si,
também na eternidade, o mais imundo dos abismos. Quer dizer, infelizes aqui e
mis infelizes ainda na eternidade!
b) Os orgulhosos são aqueles que não precisam de Deus em
vida e julgam poder prescindir d’Ele também pela eternidade. São os
apegados até o fim ao dinheiro, ao poder, às riquezas em geral e a todas as
formas de usura e ganância. Julgam-se ao menos "felizes" aqui.
Destes, dizemos entretanto: o ser humano mais digno de pena é aquele que
não precisa de Deus
. Dizemos mais: ele é o mais cego, o mais estúpido, o
mais burro e o mais mentecapto de todos os idiotas. Ele é do tipo destes
doutores e cientistas do mundo: conhecimento muito, sabedoria nenhuma! Eis que
sábios não se perdem! Já os doutores e cientistas ateus e orgulhosos sim!
Infelizmente, quando eles próprios perceberem isso, será tarde!
c) Por ordem de volume de perda eterna das almas, vamos
citar apenas os grupos maiores:

1) Os ligados à maçonaria, principalmente nos mais altos
graus. Os ligados à "besta", às ganâncias, ao poder terreno e os
adeptos de cultos e ritos ao diabo, inclusive os que levam a cometer
sacrifícios humanos em honra ao maligno. Estes quatro tipos somam mais de
metade dos perdidos. São os orgulhosos!
2) Os ligados a questões de roubo de terras, desavenças,
ódios mortais, ódio contra a Igreja Católica, além de assassinatos comuns,
intrigas, calúnias e todos os tipos de crime premeditado. São os teimosos!
3) Os ligados aos pecados contra o sexto mandamento. Mas a
maioria dos que se perdem por este motivo são os ligados diretamente à
exploração do sexo, como donos de casas de prostituição e motéis,
lucrando com este comércio infame. Quer dizer, perdem-se proporcionalmente
menos meretrizes que donos das tais casas. Perdem-se também muitos pais que
molestam sexualmente suas filhas e pessoas que mercantilizam menores para
exploração sexual dos adultos. Também muitos homossexuais depravados e
aqueles, por exemplo, que se sabem portadores de AIDS e continuam fazendo sexo
com outros parceiros, a fim de contaminá-los também. É uma raridade uma
pessoa destas se salvar, pois são nada mais que assassinos em série, frios e
calculistas.
4) Os ligados ao aborto, como donos de clínicas, parteiras
que executam estes cruéis assassinatos (não tanto as que praticam o aborto
em si) e muitos dos que promovem as leis para aprovar este crime odioso e
nefando. Estes provocam a dupla ira do Pai, que é um Deus da Vida! Estes, se
não se converterem, não terão contemplação!
5) Os ligados à exploração da pessoa humana, que oprimem
aos outros; maridos que escravizam suas esposas e vice-versa; os invejosos e
os mentirosos;
6) Sacrílegos de todas as idades, blasfemadores contra
Deus e traficantes de drogas. Sim, alguns se perdem porque se suicidam desta
forma; o traficante tem um destino cruel, se não se converter, pois milhares
de famílias são destruídas por eles. E o Pai tem a família em conta de
sagrada!
7) Outros pecados graves de menor incidência de perda
eterna de almas, como certos professores que mexem com suas alunas e os que
provocam escândalo a inocentes.
 


Se você, amigo leitor, tem algum parente, ou um amigo, ou um
conhecido qualquer ligado a um destes pecados citad
os, comece já a rezar por
ele. Afunde os joelhos se quiser salvá-lo! Somente a sua oração, a sua
penitência e o seu sacrifício podem operar o "milagre" de
"ressuscitar estes mortos" (espiritualmente falando). Outros dados
incríveis:
 

1) A absoluta maioria dos que se perdem eternamente,
diríamos até 70% ou mais, são homens adultos acima de 50 anos
de idade, aos quais o Senhor deu todas e quase infinitas chances de salvação,
mas eles teimosamente renegaram a todas. Achamos um senhor que faleceu aos 99
anos e se perdeu, por ganância exacerbada, embora nem fosse rico, morasse numa
casa feia e num lugar miserável e ermo. Pode?
2) Em nossas mais de 150 caminhadas com Nossa Senhora,
visitando comunidades, desde catedrais até pequenos povoados, notamos que,
matematicamente, 70% e até mais dos presentes são as mulheres. Quer dizer, os
homens se perdem mais, porque rezam menos. São orgulhosos ou teimosos e acham
que não precisam de Deus.
3) Grande parte dos jovens que morrem hoje são colhidos por
Deus antes que se percam. Serve de consolo para as mães que choram seus
filhos mortos precocemente: suas lágrimas, suas angústias e suas orações
desesperadas, suas noites mal dormidas, seus sacrifícios incríveis, têm
permitido ao Pai levar seus filhos no momento certo. Sim, para um Purgatório
às vezes muito longo, fruto de sua rebeldia, mas depois, um dia, para uma
eternidade feliz. Muitas destas mães, as que se preocupam com seus filhos,
deveriam agradecer a Deus por tê-los levado em tempo. Já aquelas que não se
importam com seus filhos... Bem, com estas nem Deus se preocupará. São
orgulhosas ou teimosas demais!
4) Infelizmente também temos encontrado, em muitos
cemitérios, sacerdotes e religiosas que se perderam. Uns por sexo, outros por
inveja espiritual, outros por pura heresia e mesmo ódio e perseguição entre
si. Muitos por envolvimento com maçõns!
 

Aí o leitor perguntará: "E como você sabe
disso?". Simples, leia o nosso Livro 3, "As Almas Pedem Socorro".
Ele traz muitas informações. O Céu sabe o que faz e por misericórdia do Pai
estas revelações são possíveis; pelos nossos méritos particulares, a
maioria das pessoas não merece a salvação
. E quando o Infinito Amor
verga-se ao extremo e nos faz saber tantas coisas sobre os
"novíssimos", é simplesmente porque estamos nos aproximando de um
tempo de exceção, onde apenas exceções deste Deus misericordioso vêm assim
nos esclarecer.
 
Você é livre para DUVIDAR! Você é livre para continuar na
sua teimosa obscuridade. Você é livre para continuar em seu orgulho de se
achar dono da verdade. Mas se você for do número dos sábios, aqueles
que amam a correção, então continue seguindo a nossa linha de
pensamento. Se você for realmente SÁBIO, seu próprio "instinto" lhe
dirá que devemos estar com a razão, embora estes dados não constem de
documentos oficiais da Igreja. E isso serve também para você, sacerdote, que
costuma criticar abertamente qualquer revelação particular, mas é incapaz de
usar a sabedoria que o Pai lhe deu para, humildemente, ao menos estudar com
isenção o que lhe é proposto.
 
Compreendamos de uma vez por todas! A misericórdia de Deus
é infinita... para os que buscam a misericórdia! Mas a justiça divina é
terrível... para os orgulhosos ou teimosos que se recusam a buscar o perdão.
Quem se recusa a humilhar-se perante o Senhor, reconhecendo-se pecador, pode
ter certeza absoluta que perderá eternamente a sua alma
. Este já é
contado no número dos réprobos desde toda a eternidade, porque a sua
obstinação estúpida é a causa da ruína de sua alma. Infelizmente,
encontram-se muitos destes. Não foi Marx quem disse entre suas últimas
palavras: sinto que perdi a minha alma pela minha própria teimosia?
 
Para uma grande mística italiana, Jesus explica o seguinte:
"A Jus
tiça Divina construiu sim o inferno, mas colocou sobre ele uma
espessa rede, de malha finíssima, pela qual é impossível uma alma passar.
Esta rede se chama AMOR. Só aqueles que à viva força conseguem romper esta
malha e nela abrir um buraco, se perdem eternamente
". Os que rompem
esta malha são exatamente os citados: os teimosos – que sabem da verdade mas
se negam a aceitá-la! Os orgulhosos – que acham-se os únicos donos da
verdade! De ambos os tipos o Inferno está abarrotado. Por que não ser humilde,
ser sábio e tentar, pelo menos tentar, compreender esta tremenda verdade?
 
Enfim, neste momento difícil da história da humanidade,
quando se avizinham as mais terríveis provações para todos, tudo o que de
melhor podemos fazer é SALVAR ALMAS. Sim, é levar almas para Deus. Sejam almas
do Purgatório, seja levando outros à conversão. Estas almas, que neste
momento difícil forem por nós amparadas, haverão de ser nossos intercessores
no momento da dificuldade maior. De certa forma, elas nos ajudarão misticamente
a carregar a nossa Cruz. Quem tiver levado os outros à conversão e à
salvação "fulgirá como as estrelas do firmamento", conforme
disse o profeta Daniel. Além do mais, estas almas nos serão gratas por toda a
eternidade.
 
Perguntamos: quantos amigos você já tem no céu, caro
leitor? Quantas almas Jesus já salvou por causa da sua intercessão, da sua
oração, do seu sacrifício? Ou acaso você está ainda de mãos vazias?
 
Outro dia, um amigo nosso, que vivia "sua vidinha"
sem se preocupar muito com a salvação da própria alma, quanto mais com as
almas dos outros, de repente se viu diante de um veredicto terrível. Ele
acabava de ler e comentar com sua esposa o nosso pequeno livro "Salvai
Almas" , sentindo-se tocado e chocado. Entretanto, uma voz lhe fez um
chamado à consciência que o fez estremecer. Esta voz lhe fez lembrar aquela
passagem do Livro do Gênesis, sobre a queda dos nossos primeiros pais, quando
eles foram se esconder após haverem pecado e Deus lhes perguntara: " Adão,
onde estás
?".
 
Isso, de imediato, levou-o a refletir em outra passagem do
Evangelho, onde Jesus faz a pergunta: "Que fizeste com
os talentos que te dei?".
Então, eles se perguntaram:
"Que fizemos com os talentos que Deus nos deu? Quantas almas
teremos para apresentar ao Pai quando Ele nos chamar pelo nome?". Esta
terrível realidade os deixou, a cada um, em estado de choque: "Se eu
morresse neste momento, não teria nada para apresentar a Deus! Nenhuma alma!
Nem a minha!". Então decidiram começar imediatamente a rezar as 15
Orações... pelas almas. Isso é prova de sabedoria!
 
É, portanto, agora ou nunca mais. Ou nos preocupamos AGORA
com a salvação das almas ou não haverá ninguém a se preocupar com as
nossas, pois ninguém se salva sozinho. Egoístas contumazes não se
salvam. Vejam que nós somos o povo santo e vivemos em comum união.
Nesta comunhão dos santos, Deus permite participarmos do processo de salvação
uns dos outros, onde uns mais fortes amparam os mais fracos na fé, de modo a
buscar a salvação eterna de todos. Graças à Divina Misericórdia,
esta corrente de oração e ajuda é levada a gerar uma portentosa força, capaz
de salvar a muitos, até mesmo contra a sua vontade.
 
Vejam bem, só isso nos é permitido agora: levar o
máximo de almas ao Pai
. Não acreditem que nossas orações irão mudar
castigos preditos em profecias bíblicas, tampouco poderão mudar tempos nelas
citados. Não perca tempo rezando neste sentido, pois o que podemos é apenas
diminuir ou aumentar o tempo de pena das almas no Purgatório
. Diminuímos o
tempo de expiação, se rezamos por aquelas que lá se encontram. Aumentamos, se
não rezamos agora pela conversão dos pecadores. E ai de algum de nós que for
causa de condenação para uma alma que seja. Melhor
fora ele não ter nascido,
caso não se arrependa!
 
Enfim, fazemos um apelo. Vamos lutar pelas almas! Somente
isso importa agora! Não pensemos apenas em nós, porque isso não salva a
ninguém. O egoísmo é coisa de satanás. De Deus vêm o Amor e a Caridade. E
não existe caridade maior que salvar almas. Veja-se que, com a Vinda
Gloriosa do Senhor, tudo será mudado. Se o Céu e a Terra serão mudados,
também o Inferno mudará. O inferno de hoje é feito de ódio contra
Deus e contra os homens.
 
Hoje, as almas dos homens perdidos encontram certa
"satisfação" no inferno, em poderem odiar. Mesmo tendo ódio por
satanás, que os levou à perdição, de certa forma o "amam", porque
ele nos pode prejudicar. Entretanto, depois do julgamento final, quando eles
todos virem que se perderam apenas por causa da sua estupidez, pelo seu orgulho
e pela sua absoluta teimosia, seu inferno eterno será constituído apenas de REMORSO.
Então as almas perceberão que só estão naquele lugar maldito, não por
crueldade de Deus, nem por culpa dos outros, mas apenas por causa da sua
monumental estupidez!
 
Você já pensou nisso? Então sei que não ficará de
braços cruzados. Não basta apenas divulgar mensagens. É preciso a oração.
É preciso a ação evangelizadora pregando a conversão que começa com uma
visita ao confessionário e termina no campo, indo à luta, de porta em porta,
de casa em casa, de irmão em irmão. É este corpo-a-corpo que evitará a perda
eterna de muitos. É este combate final, lutado incansavelmente, que levará
milhares de almas para o céu, pois a colheita é do Pai. Faça-se um soldado de
Maria: leve almas ao Pai Eterno! Se quiser uma ajuda neste trabalho, peça-nos o
livro "Salvai Almas" (0xx47-356-1154). Ele tem levado milhares de
pessoas à conversão. Além disso, é de grande valia para esclarecer! No
final, traz as 15 orações de Santa Brígida. Com elas você tem a promessa de
Jesus de poder salvar toda a sua família e muitas almas mais.
 
Enquanto isso, aprenda a aceitar calado o sofrimento, porque
ele será terrível. Entenda que, se não haverá mais purgatório depois e se
não quisermos nos perder eternamente, é preciso aceitar a dura provação
imposta agora, para que possamos morrer santamente e ir direto ao Céu. Ou que
possamos ser achados santos, e dignos da Nova terra, pois só santos habitarão
ali. Quem de nós sabe se estará vivo na Nova Terra? Ninguém! Então é bom
saber que não há outra alternativa. Ou você continua teimoso, não aceita
nada, critica quem fala nestes assuntos, tem sempre uma resposta para tudo e
depois, quando a tormenta explodir, decide blasfemar contra Deus e se perder
eternamente, ou você aceita o sofrimento agora e depois recebe o prêmio feliz
da salvação eterna de sua alma. Pois o fim de todos nós é apenas este na
eternidade: Perda ou Salvação! Você decide!
 
O profeta Zacarias diz: "Em toda a terra, oráculo do
Senhor, 2/3 dela perecerão e serão eliminados. Apenas 1/3 subsistirá! (13,8)
Mas o restante será passado pelo fogo"
. Quer dizer, NIGUÉM escapará!
Não imagine que você estará livre de algo. Primeiro, você não sabe se terá
a graça de passar incólume pela grande tribulação que se aproxima. Isso
significa ter a graça de permanecer vivo, enquanto dois outros morrerem.
Passada esta fase, ainda lhe restará o fogo, para ser purificado e provado. Nenhuma
pessoa na face da terra estará totalmente livre do sofrimento.
Não existe
mais "coluna do meio", meu amigo leitor. Agora é sim, sim e não,
não! Não existe mais "quem sabe" nem "vamos ver", nem
"deixa pra depois". Ou você arregaça as mangas e vai à luta, ou
então prepare-se para encontrar-se logo com o Pai. Neste caso, lute para ser
digno de entrar no Céu. Sim, porque você não haverá de querer uma eternidade
de remorso, não é?
 
Para deixar claro que estamos em tempos de exceção, aliás
nunca vistos na terra, onde muitas pessoas
não se dão conta do que está
passando, ou melhor NÃO QUEREM VER, dou o exemplo de um de meus filhos, chamado
Fernando, de 18 anos apenas. Ele nasceu com uma vontade imensa de crescer, de se
tornar rico e possuir bens em grande escala e nada há no mundo que faça
tirar-lhe da cabeça tal sentimento. Na verdade, ele tem na raiz um sentimento
muito profundo, eu não diria de teimosia, mas sim persistência, isto é,
tenacidade que não o faz medir esforços em busca dos seus objetivos. Em sua
busca, chega a questionar o procedimento divino, embora a sua pouca idade; ele
tem se negado de forma terminante a aceitar que não há mais espaço no mundo
de hoje para este procedimento. Se ele quiser pensar e agir assim, estará indo
direto ao caminho da perdição, pois o preço pago por alguém para ser rico é
nada mais que a própria alma. Eis que a besta controla todas as coisas e não
há mais espaço fora do grupo dos conspiradores.
 
Assim, ontem mesmo tive um longa conversa com ele.
Expliquei-lhe tudo, desde a origem da vida, dos desígnios de Deus para Suas
criaturas. Não somos seres independentes, mas totalmente dependentes de Deus;
não fomos criados para nos dar bem financeiramente falando, mas para crescer em
graça e santidade. Tive de lhe dizer que esta idéia de crescimento financeiro
vem de satanás, o príncipe deste mundo. E assim, a cada nova dúvida que lhe
surgia, fui procurando abrir-lhe a mente e, mesmo com toda a minha "boa
lábia", por mais justas e perfeitas fossem as minhas colocações, sinto
que para ele é um sentimento profundo de enorme perda. Chega-lhe a ser
angustioso ter que aceitar este tremendo veredicto: acabou o sonho! Acabou a
ilusão! Tudo não passou de um sonho mau! A Babilônia que criamos vai
desmoronar e Quem fará isso é o sopro do divino Espírito Santo. Fim!
Finalizei,
dizendo: "Ainda bem que você nasceu em uma família que há tempos
percebeu este desvio! Dê sempre graças a Deus por haver nascido dentro dela,
pois se você tivesse nascido em berço de ouro, provavelmente haveria de se
perder eternamente". Aí ele "balançou"!
 
Espero, amigo, que você não tenha mais as suas raízes
pregadas nesta terra podre, assim como meu jovem filho. Ou você sofrerá muito!
Você sofrerá em dobro! Eis o conselho final a todos os que não quiserem
sofrer depois: desapeguem-se já de todos os seus bens terrenos, de imediato, e
sem reservas, livre, alegre e conscientemente. Não importa quais sejam o seu
volume e qualidade. No Novo Reino, não haverá bens particulares, somente
haverá o bem comum! No Novo Reino, a terra, com tudo que ela contém, será de
todos. No Novo Reino, haverá paz e alegria sem fim. Quem, pois, não quiser se
desprender de seus "petrechos de pastor insensato" (Zc 11,15)
será vítima de sua insensatez! Faça isso hoje, livremente! Amanhã, você o
fará "na marra" e será pior!
 
Claro, isso não quer dizer que você deva sair por aí
vendendo seus bens e fugir para se esconder. A vida deve continuar, o trabalho
deve continuar, pois quando Jesus voltar não quererá encontrar ninguém parado
ou vadiando. Pedimos com determinação: desligue o seu coração de todas as
suas coisas deste mundo
. Ligue o seu espírito nesta missão: SALVAR
ALMAS!
Para então, de quebra, salvar a sua!
 
Sim, SALVE ALMAS! Use seu dinheiro para isso! Que fruto
poderá render ele nos bancos do anticristo? Ou você quer amontoá-lo ainda
mais, para depois selar um pacto com a besta em troca de sua monstruosa marca?
Use-o para buscar tesouros no céu! Use-o para evangelizar! Se você fizer isso,
nada faltará! Se o não fizer, lhe será tirado amanhã! Escolha qual o caminho
a seguir. E graças a Deus, você é LIVRE para decidir! Mas creia, daqui para
frente só haverá dois caminhos: o do Céu e o do Inferno! Para o Céu você
irá, se ajudar os outros a se salvarem! Para o inferno você irá, fechando-se
em si mesmo. Abra-se, pois, para a Vida. Abra-se para Deus
! Comece a viver já
agora a Nova Terra!
 
Leia o artigo: Indulgências Urgente, neste mesmo site
e compreenderá bem o assunto. Ali está relatada a forma de não ter que pagar
no purgatório, aquilo que pode pagar aqui e fácil. Basta amar a Igreja e
seguir as regras por ela estabelecidas.
Rumo aos braços do Pai:
Aarão!








Artigo Visto: 3599

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br


Total Visitas Únicas: 3.974.934
Visitas Únicas Hoje: 192
Usuários Online: 33