Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
07/01/2013
Oráculos finais
 
7/1/2013 16:59:36
Profecias - Oráculos finais


2121231 – 150 ORÁCULOS FINAIS



       Neste começo de novo ano, bem que eu gostaria de trazer para todos apenas notícias boas, mas a realidade não permite que escondamos os acontecimentos futuros, quando eles estão fartamente profetizados. Segue abaixo uma sequência de 150 tópicos de profecias, mensagens, passagens bíblicas, visões e revelações, a maioria já constante do nosso livro ORÁCULOS DO FIM, com edição esgotada. Tristemente, penso que perdemos o bonde da misericórdia, a proposta era para 2012. Acaso você percebeu conversões em massa neste Natal? Era a chave, que nos teria permitido agora, caminhar para a preparação do segundo Advento, já sem os monstros da dominação, pois tudo estaria resolvido. Perdemos de fazer história! Pelo amor!


     Não farei comentários, cada um use o discernimento. Mas se pergunte: o que poderá ser suprimido ainda disso tudo, pelas nossas orações? O que poderá ser amenizado? O que farei de efetivo para evitar tantos castigos? Tanta desgraça? Nosso objetivo é apenas lembrar, alertar, e não assustar as pessoas. Só lhes digo uma coisa: os homens se arrependerão amargamente por não atenderem a todos estes alertas! Não pode ser que sejam loucos todos os que profetizaram estas passagens, algumas delas bíblicas. Eu só posso repetir aquilo que o Céu vem insistindo neste momento: rezem, rezem, rezem! Não brinquem com a justiça divina! Não escarneçam de todos estes sinais, porque significa escarnecer do próprio Deus. Alegremo-nos pelo que não aconteceu, porque poderíamos ter sido nós os alvos da justiça, se ela já tivesse acontecido. Porém se não houver conversões em massa, acontecerá assim... Pela Dor!


01 - Roma perderá a fé e se converterá na sede do anticristo!


02 - O Santo Padre, Meu vigário, corre graves perigos. Ele está rodeado pelas potencias rebeldes. Satanás marcha entre bispos, prelados, leigos e cardeais. Entre eles há uma mudança diabólica e eles dão escândalo às outras nações.


03 - Fere o pastor para que as ovelhas se dispersem!


04 - Eis como acontecerá: tirarão Pedro do poder! Nosso Pedro! O Pedro que eu escolhi para os últimos dias. E sua nau singrará os mares bravios... e ninguém estenderá os braços.


05 - Sereis entregues aos tormentos, matar-vos-ão e sereis por minha causa objeto de ódio para todas as nações.


06 - Expulsar-vos-ão das sinagogas (Igrejas) e virá o dia em que todo aquele que vos matar, julgará prestar culto a Deus.


07 - A Santa Igreja será perseguida... virá o tempo que eles verão a espada e a morte, e Roma ficará sem um pastor (Papa).


08 - Perto do fim do mundo, o Papa e os Cardeais terão que fugir de Roma para um local onde passarão despercebidos...


09 - O Vaticano será coberto de calúnias, mas saibam já, caros filhos: aquilo que é podre cairá e surgirá a era nova.


10 - Das ruas de Paris e de outros lugares sairão exércitos enlouquecidos e as ferrovias serão interrompidos pelos bandidos... uma multidão de padres encadeados uns aos outros, os conventos queimados, as religiosas ultrajadas...


11 - Igreja,  no fim de sua peregrinação terrestre, será privada de todo poder temporal; procurarão tirar-lhe todo ponto de apoio sobre a terra.


12 - Quando serão envolvidas as crianças na perversidade, então a Impiedade se retirará diante da Justiça, do mesmo modo que as trevas se retiram diante da luz;


13 - Quando os ímpios tiverem enchido o mundo de maus livros, estes acontecimentos amadurecerão.


14 - Por causa dos graves pecados de toda espécie, um grande castigo cairá sobre a humanidade. Do céu chamas de fogo cairão. As águas dos oceanos se tornarão vapores e a espuma se elevará transtornando a humanidade.


15 - Uma grande guerra se desencadeará semeando a morte e a fome, doenças de toda espécie.


16 - “Quando iniciar o último século do milênio, a fornalha do tempo começará a produzir os tijolos que servirão para construir a Torre de Babel. A nova torre será o palácio real da presunção humana”. 


17 - “Quando a santa Mãe do Senhor aparecer em vários lugares e quando Pedro (o Papa) tiver dois nomes (João Paulo), será o momento de se preparar, pois a sexta hora está próxima.” 


18 - “Andem para frente e não esperem que chegue ao mundo a guerra terrível e furiosa da qual ninguém poderá se salvar”


19 -  Haverá numerosos sinais no céu, de dia e de noite, antes que venham as tribulações. Não são sinais da terra, são sinais do Céu, sinais de preparação.


20 - Quando virem um grande sinal no céu será o grande momento terrível de angústia e pranto (...). Virá a foice e haverá um extermínio inexorável sobre toda a terra.


21 - Doenças desconhecidas e pestes acompanharão o fim do Milênio, porque a última besta liberará ouro e veneno... E o ouro terminará por produzir desespero, enquanto que o veneno produzirá a morte.


22 - No tempo do sétimo selo, a terra será uma fábrica abandonada de venenos.


23 – Quando o homem começar a brincar com o sol e com os outros astros, correrá um grande risco, porque depois que os cavalos são soltos em galope, não é fácil pará-los e existe sempre o risco que as rédeas possam escapar das mãos.


24 - Lembre-se que quando o fim estiver próximo, o homem viajará no cosmos e do espaço conhecerá o dia do fim. E que o homem se recorde que muitas cidades soberbas e ricas, terão o mesmo fim de Sodoma e Gomorra, quando o homem se acreditar patrão do cosmos.


25 - Quando os tempos estiverem maduros, o egoísmo e o dinheiro reinarão soberanos, serão vistos santos e Nossa Senhora em todos os lugares, milagres e sinais extraordinários de rodas de fogo no céu, magia, astrologia, alquimia e satanismo envolverão muitas pessoas.


26 – “Vi ao redor dos berços homens de ciência, mas não vi os genitores. E, no entanto, uma voz me informava que tudo isso virá em um tempo não longe do fim do milênio”


27 - Eis o que diz o Senhor dos exércitos: eis que o flagelo vai estender-se de nação em nação. E dos confins da terra vai desencadear-se violenta tempestade.


28 - Na Rússia, começam uma revolução e uma guerra civil. Os corpos são tantos que não é possível removê-los mais das estradas.


29 - A cidade com a torre de ferro (Paris) se torna a vítima do próprio povo. Eles colocam fogo em tudo. A revolução é violenta.


30 - As ilhas costeiras são invadidas pelas águas, porque as águas estarão muito violentas. Vejo grandes buracos no mar, que fecham quando as enormes ondas voltam.


31 - Abalarei o céu e a terra, derrubarei o trono de todos os reis, aniquilarei o poder das nações, destruirei os carros e suas equipagens; cavalos e cavaleiros cairão, e matar-se-ão mutuamente a golpes de espada.


32 - Quando este grande acontecimento se aproximar, fenômenos extraordinários aparecerão no céu. (...) Paris será arrasada como Sodoma e Gomorra (fogo) e o que restar de seus habitantes se refugiará em Lion.


33 - A França, Itália, Espanha e Inglaterra estarão em guerra civil. O sangue correrá nas ruas. Porque os pecados e crimes dos homens chegam até os céus. Paris será queimada e Marselha será submersa.


34 - A hora do grande castigo será anunciada pelos estardalhaços de um trovão apavorante.


35 - Particularmente, Paris encontrará seu destino fatal. Porque está escrito: O fogo dos céus suportará o ódio dos inimigos.


36 - O parisiense, cheio de ódio e desespero em seu coração e acreditando na teoria que os russos lhe deram, dará suporte aos esforços de ferocidade com que os bárbaros desejam destruir a rainha de todas as cidades. Tochas ardentes são lançadas nos telhados das casas. Paris estará totalmente tomada por um tremendo incêndio.


37 - Há uma cidade fabulosa, ao longe, que se chama Paris. Seus habitantes são as pessoas mais corrompidas da face da terra.


38 - Mas certo dia do ano das justas apreciações, feito de um e de nove (1999), tempestades de fogo destruirão a imensa capital. A mais ambiciosa de todas as torres curvará como feita de palha antes de se incendiar em uma chama incandescente.


39 - O sopro terrível do vento misturará todos os incêndios em um só braseiro de onde as chamas e a fumaça ligarão a terra ao céu... Só se ouvirá gritos e algazarra.


40 - Palácios desmoronando, agonizantes devorados pela força das chamas, crepitação do imenso incêndio... Durante oito dias, a força dos braseiros e o bafo ardente da fumaça testemunharão ainda o lugar que tinha sido uma grande cidade...


41 - A França será invadida e ocupada por um exército russo. Será então que os bons sofrerão perseguição da parte dos sem Deus.


42 - Compreenda também que, nos acontecimentos terríveis que virão como: guerras, inundações, tremores de terra, populações destruídas por cataclismos, a Misericórdia de Deus tem bons olhos para cada alma atingida por esta morte terrível.


43 - A França será castigada muito duramente, porque é a filha maior da Igreja e arrastou, nos seus erros e nas suas traições, muitos outros países que a seguiram.


44 - A Alemanha será castigada muito duramente, porque não foi fiel em relação àsua religião nem para seu rei.


45 - A Holanda será cancelada do mapa, por causa dos pecados de heresia que sempre gostou de conservar.


46 - A Dinamarca e os outros países Escandinavos serão gelados e a sua população não escapará do frio que abaterá em todas as regiões nórdicas do planeta. Ao contrário, as regiões vizinhas do Antártico sofrerão um aquecimento anormal e o descongelamento do gelo provocará maremotos com ondas de até 300 metros.


47 - O anticristo provocará no mundo inteiro uma terrível perseguição contra os cristãos e contra os justos. Utilizará três tipos de armas contra os fiéis: o terror, os presentes e os milagres.


48 - Um precursor do anticristo, com um exército composto de muitas nações, combaterá o verdadeiro Cristo, o único salvador do mundo; derramará muito sangue e pretenderá aniquilar o culto de Deus para que se considere a ele como Deus.


49 - O anticristo reinará de oceano a oceano. Será um filho ilegítimo sob o poder de satanás. Deus permitirá que o demônio tome posse completa dele, desde a sua pecaminosa concepção.


50 - Reinará por um breve tempo. Não será o próprio satanás, mas um ser humano parecido com um demônio por sua horripilante atrocidade.


51 - “Quando o tempo dele estiver próximo, uma religião falsa aparecerá, a qual estará contra a unidade de Deus e de sua Igreja. Isso causará o maior cisma que o mundo jamais viu.”


52 - “Assim, quando o anticristo tiver escravizado o mundo, quando tiver colocado em toda parte suas ordenanças e suas criaturas, quando puder puxar à sua vontade todos os fios de uma centralização levada ao extremo: ele tirará a máscara, proclamará que todos os cultos estão abolidos, se aclamará como deus único e, debaixo das penas mais terríveis e mais infamantes, quererá forçar todos os habitantes da terra a adorar, excluindo qualquer outra, sua própria divindade.


53 - “O tempo do anticristo chegará quando a iniquidade e a impiedade abundarem, quando a injustiça tiver enchido a medida até fazê-la transbordar e quando a maldade tiver chegado a proporções desmedidas”.


54 - O anticristo será, sobretudo, um impostor; por consequência ele encontrará como adversários principalmente os apóstolos armados com o crucifixo. Como a última perseguição revestirá o aspecto de uma sedução, estes unirão a paciência dos mártires à ciência dos doutores.


55 - Porque então a tribulação predita por Daniel será tão grande como nunca foi vista, desde o começo do mundo até o presente, nem jamais será. 22 Se aqueles dias não fossem abreviados, criatura alguma escaparia; mas por causa dos escolhidos, aqueles dias serão abreviados.


56 - Haverá um derramamento de sangue tão grande na Itália como jamais visto desde o começo do mundo.”


57 - “Cidades são destruídas. Os elementos são perdidos. (...) E então o Rei de Sion (Papa) com sua cruz, com seu cetro e sua coroa tripla, balançando, sobre as ruínas, a poeira de seus sapatos, se aproxima para fugir para outro local.


58 - Os filhos de Sion (os católicos) estão divididos em dois grupos – um que apoiará o Papa fugitivo e outro ao inclinado ou disposto a governar Sion (...). Então o Espírito me disse: este é o princípio do fim dos tempos que começa.


59 - Pelo fim... tiranos e multidões de criaturas hostis saquearão a Igreja, o clero e todas as suas posses, e afligi-los-ão e martirizá-los-ão. Naquele tempo, o Papa e seus cardeais serão obrigados a abandonar a Roma  para um lugar desconhecido, em circunstâncias trágicas. O Papa terá uma morte cruel no seu exílio.


60 - “Quando em desespero muitos souberem que irão se perder para sempre, faltarão postes para pendurar os padres que não os alertaram em tempo.”


61 - Virá sobre ti, ó arrogante Roma, um raio te porá de joelhos, nivelada a terra será, fogo te consumirá,  encolhida no próprio chão, tuas riquezas desaparecerão  nos alicerces, lobos e raposas a sua moradia ali farão,  e completamente abandonada ficarás, como se nem existisses. 


62 - Certo rei poderosíssimo virá próximo da época do anticristo e se colocará em luta com a Igreja Romana, o que ocasionará muitas tribulações e em seu tempo haverá um cisma na Igreja de Deus na criação do papa, porque surgirão outros, entre os quais haverá um que não será eleito (...). Mas, no fim, o falso papa terminará de maneira má, e o verdadeiro, será pontífice sem disputa.


64 - Ninguém de modo algum vos engane. Porque primeiro deve vir a apostasia, e deve manifestar-se o homem da iniquidade, o filho da perdição, 4 o adversário, aquele que se levanta contra tudo o que é divino e sagrado, a ponto de tomar lugar no templo de Deus, e apresentar-se como se fosse Deus.


65 - “A Itália será castigada pela ambição, por querer sacudir o jugo do Senhor dos Senhores; também ela será entregue à guerra. O sangue correrá por todo o lado, as Igrejas serão fechadas ou profanadas; fá-los-ão morrer e morrer de morte cruel. Muitos abandonarão a fé e o número dos sacerdotes e religiosos que apostatarão da religião verdadeira será grande; entre estes se encontrarão até mesmo bispos.”


66 - Estes são tempos diabólicos um século cheio de perigos e calamidades. A heresia estará em todo o lugar, e os seus seguidores estarão com o poder em quase todo o canto da terra. Bispos, prelados e religiosos dirão que estão fazendo o seu dever, que estão vigilantes, e que vivem de acordo com a sua função. Com isso apenas procuram uma desculpa.


67 - Deus permitirá um grande malefício contra a Sua Igreja: heréticos e tiranos atacarão de repente e sem aviso; eles adentrarão a Igreja enquanto bispos, prelados e religiosos estarão dormindo. Invadirão a Itália e derrubarão a Roma; incendiarão as igrejas e destruirão tudo.


68 - Todos os trabalhos aprovados pela Igreja Infalível como estão hoje, cessarão de existir por um tempo. Neste tenebroso aniquilamento, sinais brilhantes se manifestarão sobre a terra.


69 - Se por causa da maldade dos homens a Santa Igreja estará nas trevas, o Senhor enviará também a escuridão que freará o mal na busca da maldade...  Não permanecerá nenhum vestígio do Santo Sacrifício, nenhum traço aparente de fé. A confusão dominará todos os lugares.


70 – Disse um antigo Papa... “Eu vi um dos meus sucessores fugindo por cima dos corpos de seus irmãos da Fé. Ele se exilará disfarçando-se em algum lugar e após um curto isolamento, sofrerá uma morte cruel. A presente perversão do mundo é apenas o começo de aflição, antes do fim do mundo!”


71 - “Toda a Igreja, em todo o mundo será perseguida de um modo lamentável e doloroso, será despojada e privada de todos os seus bens temporais e não haverá na Igreja uma só pessoa que não fique contente só em poder conservar a vida”.


72 - As virgens santas, abandonando seus mosteiros, fugirão para uma e outra parte, para se preservarem dos ultrajes e das violências. Os pastores da igreja e os grandes, expulsos e despojados de suas dignidades e seus bens, serão cruelmente maltratados. As ovelhas e os vassalos ficarão sem pastor e sem líder, fugirão e serão dispersos.


73 - Então budismo, islamismo, protestantismo, etc. serão suprimidos e abolidos. Mas não é preciso dizer que o furor do mundo se dirigirá contra Nosso Senhor e sua Igreja. Fará cessar o culto público; desaparecerá, diz Daniel, o Sacrifício perpétuo. Só se poderá celebrar a Santa Missa em cavernas e em lugares escondidos”.


74 - Naquele dia os céus passarão com ruído, os elementos abrasados se dissolverão, e será consumida a terra com todas as obras que ela contém.


75 - Os mortais serão abatidos e o homem será humilhado; refugiai-vos nos rochedos, escondei-vos debaixo da terra, sob o impulso do terror do Senhor, e do esplendor de Sua majestade, quando Ele se levantar para aterrorizar a terra.


76 - “O terror, a fossa e a cilada vão apanhar-te ó habitante da terra. 18 O que fugir para escapar do terror cairá na fossa, o que se livrar da fossa será preso no laço. Porque os fundamentos da terra serão abalados. A terra é feita em pedaços, estala, fende-se, é sacudida, cambaleia como um homem embriagado e balança como uma rede.


75 - A todos os povos da Terra o Altíssimo a todos castigará.  Guerra e fome ao homem assolará  e Deus nas alturas honra lhes fará; sem chuvas a terra ficará,  e Deus a endurecerá.  Todos os homens choram e se lamentam, não mais se semeia. 


76 - E um tremendo fogo à terra mandará o Criador da terra e do céu.  Mas da raça humana só um terço viverá.  Através de mudanças climáticas na terra, uma seca prolongada causa. Uma fonte catastrófica na terra e 2/3 da humanidade perecem.


77 - A noite será em pleno dia e desaparecerão a lua e as estrelas. A terra estremecerá na fúria dos tremores, que destroem cidades e obras do homem. Muitas ilhas surgem das profundezas dos mares.  De sangue transborda no poderoso Eufrates.


78 - E coisas ruins acontecem, das quais os seres se maldizem... Flagelo de guerra, derramamento de sangue, desentendimento e fuga  das massas, desmoronamento de torres poderosas e destruição de cidades.  Coisas horríveis virão:   E por fogo o universo é assaltado, aparece um sinal. 


79 - O som das trombetas, o tilintar das espadas ao nascer do sol. Gritos, ruídos horríveis enchem o mundo.  E queima a terra, aniquila toda a humanidade, com suas cidades, rios e mares. Tudo será incendiado, tudo cinzas negras será. E quando tudo pó e cinzas for Deus o enorme incêndio apagará, assim como o criou.


80 - “Mas os céus e a terra que agora existem são guardados pela mesma palavra divina e reservados para o fogo no dia do juízo e da perdição dos ímpios.”


81 - E à vista todos, as estrelas caem ao mar.  Novas estrelas surgem e um cometa de raios, o qual os homens chamam de estrelas da necessidade, um sinal horrível, que trará guerras e barulho de lutas.  A abóboda celestial se revolve, noites e dias se unem em um só,  se cobre de escuridão total. 


82 - As luzes de todas as estrelas do céu desaparecem.  Nem um som humano, animal ou pássaro pode se ouvir,  estremecem e morrem todos os seres que habitam os mares.  E aí arrebentam a terra, manchada com sangue assassino da guerra.  As estações do tempo se invertem, o inverno será verão.  O dia em que todos os elementos do céu e da terra se misturam não está longe.  As estrelas novas que aparecem de novo sumirão.  Toda vida morre.  E a terra abusada de guerras sangrentas ameaça de arrebentar.


83 - Ai de ti, infeliz e maldosa enchente.  Consumida pelo fogo, através de enchentes um povo destruirás  com forças violentas na terra e fogo furioso,  como água se derrama, e toda terra destrói.  Montanhas são queimadas, rios são incendiados, desertas as nascentes. 


84 - Não só se torna a crosta terrestre flutuante como também combustível como a água.  As águas incendiadas, em ondas tremendas não só transformarão os rios e nascentes em chamas, mas queimarão também as montanhas. 


85 - O mundo não será mais mundo, quando os seres morrerão.  Arrependidos do mal, o céu aos infelizes olharão, quando as estrelas não mais iluminam e sim o reflexo do fogo.  Mas não desaparecerão de repente, deixarão de existir na carne.  Mas continuará o espírito por todos os tempos.


86 - (...) E as ondas da Fossa (se desencadearão) por causa das obras de pecado.   E elas agitarão as fundações da cidade como um barco sobre as águas;   e as ondas emitem sons ameaçadores.   E aqueles que habitam a terra ficam sendo como os que percorrem os mares,  aterrorizados por causa da grande agitação das águas. 


87 - E seus sábios são lançados nas profundezas das águas;   porque toda a sabedoria é destruída por causa da agitação das águas.  E as ondas estão agitadas, e se elevam nos ares,  e as ondas vão ressoar o barulho de sua voz.


88 - “As cidades mais fortes e mais poderosas serão tomadas e combaterão. Sinais espantosos e numerosos aparecerão nos corpos celestes, que manifestarão os eventos preditos e anunciarão muitos outros que se seguirão (...).”


89 - Os mares entrarão como ladrões nas cidades, nas casas e as terras se tornarão salgadas. E o sal entrará nas águas e não haverá água que não esteja salgada. As terras salgadas não darão mais fruto e, quando derem, será um fruto amargo. Por isso será visto terrenos férteis serem transformados em pântanos salgados.


90 - E outras terras secarão por um calor que estará aumentando. O homem se encontrará sob as chuvas salgadas e caminhará nas terras salgadas e andará errante entre a seca e a inundação.


91 - As nascentes dos rios estão nos morros e isto indica que as montanhas estão cheias de fendas e galerias, portanto frágeis a ponto de não poderem conter a fúria incontida do mar, que se infiltrará e explodirá as veias dos montes e serras, resultando nas quedas e até no desaparecimento deles... A água está em toda parte.


92 - O mar transbordará, as montanhas cairão sobre suas cabeças. Haverá terremotos, doenças. Os vulcões ficarão expostos. A carestia  de vida se generalizará no mundo. Haverá na terra uma fome muito grande. As catástrofes deverão chegar em breve”


93 - Por que o mundo perdeu sua clemência e sua piedade? É porque seus corações estão sob o poder de Satã. O mundo será, dentro de pouco tempo, punido severamente, por uma punição sem precedente e mais grave que aquela de Nínive e Babel. Quando a hora tiver chegado, eu não poderei fazer nada. A hora está próxima!


94 - Um fogo inesperado descerá sobre a terra, e a grande parte da humanidade será destruída. Este será um tempo de desespero para os ímpios: com gritos e blasfêmias satânicas, rogarão para serem cobertos pelas montanhas, e procurarão refúgios nas cavernas, mas sem sucesso.


95 - Eis a sexta praga: a crise econômica mundial. O comércio caminha para o seu fim.


96 - “Quando duas estrelas, uma vermelha e uma de prata, lutarem contra o mundo, com apoio da serpente amarela e do sol vermelho, pouco depois da queda da roda dentada, haverá uma transgressão aberrante que desencadeará a luta final.”


97 - “No fim dos tempos, quando a lua não brilhar mais uma guerra devastadora de mundos reinará.  A escuridão dos céus, sem a luz do luar.  Os cantos do mundo de trevas coberto.” 


98 - “E quando deslizar o dragão púrpura sobre as ondas, com as entranhas cheias, teus filhos ameaçará.  Horrível guerra civil rege, o flagelo da fome se espalha, perto estará o fim do Mundo, os últimos dias, O Juízo final, as decisões do eterno Deus.”


99 - As pequenas nações árabes formarão uma grande nação. E grandes serão as guerras, antes que as nações voltem a se despedaçar... Uma serpente invisível agitará os povos, que se deslocarão pela terra, como lobos famintos, espalhando fome e pestes. Roma e Moscou cairão na mais profunda desordem. O fim do milênio verá muita violência e muito sangue.


100 - Entregarei esta terra nas mãos de um soberano cruel, um rei implacável a dominará. Oráculo do Senhor dos exércitos. As águas do mar se estancarão, e o rio se tornará seco e árido.


101 - Ai de todos aqueles que este dia viverão! Trevas, intransponíveis no espaço se acumulam. No oeste e leste, também na parte sul e norte. Uma poderosa torrente de fogo brilhante descerá do céu tudo destruindo, a terra e o mar azul, a imensidão dos oceanos! Lagos, nascentes dos rios, o inexorável Hades!


102 - A abóbada celestial, as estrelas no céu se chocarão, se encobrirão na escuridão! E todas as estrelas cairão no mar. Todos os seres vivos os dentes trincarão, queimando na torrente cheia de fosfato, do assalto de fogo! Na campina florescente, tudo coberto de cinzas.


103 - “Os elementos do mundo, quando Deus, que habita o Éter! Turbilhona o céu, e o céu recolhe-se com um pergaminho quando se enrola! E desaba a múltipla escorada abóbada celestial. E cairá sobre a terra e o mar e um rio fundido de fogo poderoso. Correrá sem se cansar, queimando a terra, queimando a abóbada celestial e todos os seres em um só.”


104 – A Rússia, com armas secretas, lutará contra os Estados Unidos, conquistará a Europa e o rio Reno na Alemanha estará cheio de cadáveres.  Armas mortíferas estão ocultas no mundo inteiro... Do céu se ouvirão rumores impressionantes.


105 - O mundo será uma ruína como pelo dilúvio: inundações, fome, doenças e insetos de toda espécie, maré baixa e desmoronamentos que levarão nações inteiras, sequestros de pessoas... Igrejas, bancos e casas saqueadas...


106 - O mundo será sacudido por trovões e relâmpagos, vulcões a rugirem repentinamente, trazendo a morte.


107 - Três bombas atômicas romperão os cintos de segurança dos continentes, e toda a natureza, a terra e seu interior entrarão em convulsões.


108 - “Uma nova guerra no Oriente Médio começa de repente, grandes forças navais são posicionadas de uma forma hostil no Mediterrâneo - a situação é tensa (...). O terceiro assassinato acontece. Então, a guerra começa (...). Imediatamente, a vingança chega ao longo das grandes águas. O dragão amarelo invade o Alaska e o Canadá ao mesmo tempo.”


109 - A guerra que começará no fim deste milênio e atravessará o início do próximo que:  O terceiro milênio é o momento da terceira grande guerra. A França é destruída; a terra treme...


110 - A guerra começará em breve no mundo. Ela será cruel para toda a humanidade. Durante esta guerra, muitos morrerão, as pessoas terão fome... Graves guerras civis começarão em todos os lugares.


111 - A era atômica se aproxima. Rússia já está jogando com ela sem saber. Chegará a guerra das guerras. Será o fogo dos fogos!


112 - Os efeitos da guerra, como a fumaça dos incêndios, das explosões de bombas atômicas e convencionais provocarão completo desequilíbrio da natureza. O mundo inteiro então irá sofrer os efeitos desastrosos desta terrível guerra mundial.


113 - Esta guerra levará seus estragos a todas as partes; a peste e outras muitas pragas a acompanharão, espalhando o terror; o fanatismo das falsas crenças muçulmanas e os partidos intolerantes farão muitas vítimas em muitos países.


114 - Onde os rios Reno e Mosela se encontram, uma batalha muito sangrenta será travada contra os turcos (muçulmanos) e russos, de forma que o Reno ficará vermelho por 25 léguas.


115 - uma guerra virá, e fará com que todas as guerras anteriores desapareçam. Rios de fogo virão das nuvens, onde não há nuvens (...). Todas as capitais nos dois lados do oceano serão enterradas entre destroços e cinzas....


116 - “Começará uma guerra. E depois outra guerra. E outra guerra. Do céu cairá o inferno. Na ânsia de uma vida errada, o homem terminará envenenando todo o mundo. Nuvens envenenadas cobrirão a terra. E máquinas monstruosas dominarão os céus. O fogo destruirá muitas cidades. E os homens terminarão se destruindo uns aos outros.” 


117 - “Um único avião, que vem do leste, lança alguma coisa no mar. Então, as águas se levantam tão altas como uma torre e caem. Tudo é inundado. Há um terremoto. O sul da Inglaterra é engolido pelas águas”.



118 - “Haverá escuridão um dia, durante a guerra. Então cairá granizo com raios e trovões e um terremoto sacudirá a Terra. (...) À noite morrerão mais pessoas do que nas duas guerras mundiais.” 


119 - Duas ou três décadas após a primeira guerra virá uma segunda guerra ainda maior. Quase todas as nações do mundo estarão envolvidas. Milhões de homens morrerão, sem serem soldados. O fogo cairá do céu e muitas grandes cidades serão destruídas. E depois da segunda grande guerra entre as nações virá uma terceira conflagração....


120 - Haverá armas totalmente novas. Em um só dia, mais homens morrerão do que em todas as guerras anteriores juntas. As batalhas serão realizadas com armas artificiais. Catástrofes gigantescas ocorrerão. ... Tudo ficará diferente de antes, e em muitos lugares a Terra será um grande cemitério. A terceira guerra será o fim de muitas nações. 


121 - “Haverá uma guerra terrível. De um lado, todos os povos do Oriente, no outro, todos do Ocidente. A Rússia lançará sobre nós suas massas enormes de soldados e de cavalaria cossaca. Se combaterá por longo tempo sem resultado decisivo até que chegarão ao país do Reno. Lá, se combaterá por três dias, de tal forma que as águas do Reno ficarão todas vermelhas.”


122 - “Quando no céu aparecer um sinal extraordinário, os homens deverão saber que está próxima a punição do mundo. Muitos sinais jamais vistos virão sobre o mundo para advertir os homens que já se passou dos limites. O terrível cataclismo, jamais visto na história da humanidade, durará 70 horas”.


123 - A Rússia marchará sobre todas as nações da Europa e colocará sua bandeira sobre a cúpula de São Pedro. Que dor! Os governos não compreendem, porque não possuem o verdadeiro espírito cristão, eles abrem as portas ao materialismo.



124 - Começará uma guerra. E depois outra guerra. E outra guerra. Do céu cairá o inferno. Na ânsia de uma vida errada, o homem terminará envenenando todo o mundo. Nuvens envenenadas cobrirão a terra. E máquinas monstruosas dominarão os céus. O fogo destruirá muitas cidades. E os homens terminarão se destruindo uns aos outros.


125 - Em seguida chove um pó amarelo sobre uma linha. Quando a cidade dourada (Praga) for destruída, começa. Como uma linha amarela, ela vai até a cidade na Bahia. (Amsterdam, Roterdã) (...) Quando cai, tudo estará morto, nenhuma árvore, nenhum mato, nenhum rebanho, nenhuma grama, tudo se torna seco e preto. As casas continuam a existir...


126 - Eu não sei o que é isto, portanto, não sei dizer. É uma longa linha. Aquilo que estiver sobre esta linha, morre (...). Os aviões deixam cair um pó amarelo entre o Mar Negro e o Mar do Norte. Em seguida, uma faixa mortal é criada, direto do Mar Negro para o Mar do Norte, tão larga como metade da Baviera. Nesta zona, a grama não pode mais crescer, os humanos viverão sozinhos. O ataque russo é ininterrupto.


127 - Aqui, os pilotos lançam também suas caixas pretas. Elas não explodem, mas antes de tocar o solo, espalham uma fumaça ou poeira amarela esverdeada. Por um ano, nenhum organismo poderá entrar nesta área, caso contrário estará exposto ao elevado perigo mortal (...). Estas caixas são satânicas. Quando explodem, um pó ou fumaça amarela esverdeada levanta, tudo que entra em contato com isto morre, seja humano, animal ou vegetal. Os humanos se tornam bem pretos e a carne cai de seus ossos, de tão forte que é o veneno.  


128 - A catástrofe terá origem no próprio homem, que, por seu ódio, com suas guerras, destroem quase tudo, pois suas bombas romperão os cintos de segurança dos continentes, e estes afundarão no mar... Assim será com a América do Norte e Central, e será com parte do Sul.


129 - O Brasil perderá um terço de sua geografia! Os peixes tomarão o lugar!...  A Europa será devastada por inteiro; a África Norte; quase todo o Oriente. O continente asiático, com três quintos de seu tamanho navegará para outros mares, causando assustadoras colisões; ilhas desaparecerão, pois o mar se inflará por engolir tanta terra! 


130 - A terra será como que atirada no espaço. Verão gente correndo em todas as direções em pânico total. O medo matará a muitos. Cadáveres os vereis por todos os lados. Bons e maus! Os bons, no entanto, não sofrerão, pois terão Deus no coração.


131 - Começam então a desabar pedaços de estrelas de grandes proporções, ferindo ainda mais a terra, pois caem em diversos lugares, arrasando, queimando e ceifando a vida.  Um grande pedaço de estrela cai no Atlântico Norte e toda a América do Norte afunda até a América Central e todas as ilhas adjacentes. A América do Sul se parte, e resta apenas uma faixa desde o norte brasileiro até a Argentina.


132 - Nunca se viu igual hecatombe! As águas violentas avançarão sobre países, e cidades desaparecerão... Bombas, astros, vulcões gigantescos, todos enraivecerão ao mesmo tempo, e tudo ficará escuro... Tenebroso... E pouco sobrará! A América do Norte será uma ilha. Afundará no Pacífico.


133 - De São Luiz, um como que, raio cortará o Brasil, desde ali, até a Argentina – até seu extremo. Também no Brasil Deus terá de agir, pois também o Brasil deve muito!  O Mundo passará por catástrofes hediondas... Jamais vistas!


134 - Após quatro anos de sinais de guerra, uma catástrofe cósmica abalará a terra: após o quarto ano uma grande estrela resplandecerá, a qual apesar das honras que rendeu ao dominador dos mares destruirá o globo terrestre. Ao encontro do dilúvio salgado virá, a grande estrela; consumirá o mar até as suas profundezas.


135 - Haverá escuridão um dia, durante a guerra. Então cairá granizo com raios e trovões e um terremoto sacudirá a Terra. Então não saiam de casa! Não haverá mais luz, a não ser as de vela, a corrente elétrica será interrompida. Quem respirar com força a poeira, ficará com cãibras e morrerá.


136 - O grande desastre começará naturalmente e terminará sobrenaturalmente. Lembrem-se do que isto significa; naturalmente e sobrenaturalmente! Deus intervirá. A terra é lançada fora de seu curso e o sol não dará luz.


137 - “Nuvens com raios e uma tempestade de fogo passarão sobre o mundo e o açoite será o mais terrível que conheceu a história humana. Durará 70 horas.”


138 - “Povos esfomeados invadirão a terra do bem-estar (Europa), similares a lagartas na floresta. Não sobrará folha verde nem erva, tudo será devorado. As terras do Ocidente se tornarão terras do Oriente, as leis dos países ricos não conseguirão deter a invasão dos países pobres.”


139 - Os homens, assim como os animais, serão atingidos por diversas enfermidades e por morte súbita; haverá uma peste inenarrável, haverá uma fome cruel espantosa que será bem grande em todo o mundo e, sobretudo na região do Ocidente, que desde o começo do mundo, nunca ouviu falar de algo parecido.


140 - Haverá grão e haverá água, haverá mel e haverá vinho, mas tudo estará envenenado, porque sobre tudo terá chorado o sol. (...) Próximo do fim, tudo será um veneno, porque o homem terá decretado matar o homem e o ventre podre da Terra fará mais mortos do que a guerra.


141 - O quarto anjo derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe dado queimar os homens com o fogo. E os homens foram queimados por grande calor, e amaldiçoaram o nome de Deus, que pode desencadear esses flagelos; e não quiseram arrepender-se e dar-lhe glória.


142 – “Vi o sol ficar vermelho como sangue e gotas de sangue caíam sobre a Terra deixando a Terra em cinzas e sobre essas cinzas, eu vi o desespero.”


143 - Então vejo caras grandes, desfiguradas, com úlceras repulsivas. Sinto enfermidades terríveis, como lepra.


144 - “Eu vejo guerreiros amarelos (chineses) e vermelhos (russos) marchando contra a Europa e a Europa estará coberta de uma fumaça amarela (bomba química). O gado nos campos morrerá com esta fumaça amarela. As cidades, que se levantaram contra Cristo, serão destruídas em chamas.”


145 - “O mundo morre, o sol fica pálido (eclipse), o mar engole a terra, as estrelas luminosas caem do céu. No fim dos tempos vapores repugnantes (químicos) e chamas devoradoras circulam o céu”.


146 - “O homem fará da Terra uma casa de venenos e quando desejar limpar a casa perceberá que cada tentativa de limpeza aumentará o veneno. E o veneno adoecerá o ar. E o ar doente matará o homem, as plantas e os animais”.


147 - “Se amarelarão as plantas e morrerão uma a uma. As florestas tornarão um enorme cemitério e entre as árvores secas vagarão sem metas homens atordoados e envenenados pela chuva venenosa”. 


148 - Montanhas de cadáveres serão amontoados nas praças e milhões de homens portarão a morte sem saber. Cidades com milhões de habitantes não encontrarão braços suficientes para sepultar os mortos e muitas regiões do campo serão riscadas do mapa com uma única cruz. Nenhum medicamento conseguirá interromper a peste branca, porque essa é a antecâmara da purificação.


149 - “O pânico e o terror dos homens atingirá o seu pico, quando os animais gigantes sairão das vísceras da terra e comerão a carne humana. Esse fenômeno sem precedente será provocado por uma reação fisiológica das células de pequenos insetos em contato com a radioatividade, por causa da qual os hormônios se desenvolverão de forma completamente enorme”. 


150 – Mas quem for fiel até o fim, será salvo!  



      Atualmente, quase todos os locais de aparições com mensagens, insistem sobre a iminência do Grande Aviso de Deus. Todas as pessoas com quem temos conversado nos últimos dias nos dizem a mesma coisa: sem um choque brutal nas consciências, os homens não acordam, não mudam de vida e não se convertem! Que tal 15 minutos de Purgatório para quem estiver me pecado leve, 15 minutos de inferno para quem estiver em pecado grave, inclusive para os que zombam dos sinais de Deus? Os que estiverem em estado de graça sofrerão um pouco por não terem feito o suficiente, entretanto serão invadidos por um intenso sentimento de paz. É por causa disso que tanto o céu pede a confissão, e a Eucaristia.


      Nossos sacerdotes deverão receber antes deste o seu aviso particular. Como o Aviso vem sem aviso, deveremos estar todos preparados, para qualquer momento. O mais provável é que virá durante a guerra, e concomitante com o primeiro astro! Mas isso só Deus sabe, Ele é bom navegador e saberá preservar os seus. Estes não precisam temer nada! Só estes! Mas deixo aqui a certeza absoluta de que “passadas todas estas coisas” estaremos, como Jesus e Maria, na Nova Terra!


       Agora é acompanhar os acontecimentos e comparar com as previsões. Conforme o item 108, as tropas russas estão se concentrando no Mediterrâneo. (Aarão)





 
 
 

Artigo Visto: 3164 - Impresso: 65 - Enviado: 19

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 459 - Total Visitas Únicas: 3.078.640 Usuários online: 49