Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
06/04/2012
Aos grupos de oraçao
 

6/4/2012 13:39:27

Jean - Sobre a doença

PARA OS GRUPOS DE ORAÇÃO
05 DE ABRIL DE 2012
SER MERECEDOR
 
Meus bem amados irmãos e irmãs,
A doença faz parte da existência humana. Um dia ou outro, você vai ter que lidar com ela, face a face. A preocupação que vocês possam ter a respeito de um doente, reflete o vosso grau de humanidade. Por outro lado, é tão lamentável de se ver uma pessoa que demonstra indiferença em relação a uma pessoa que sofre.
O SENHOR JESUS encontrou muitos doentes. ELE os deixou vir a ELE e ouviu os seus apelos. ELE os aliviou, reconfortou e os curou, em grande número. Vocês serão bem merecedores, dignos, se à medida de vossas possibilidades, vocês agirem como ELE.
Nos Hospitais, há Voluntários, assim como nos Lares de Pessoas de Idosas ou nos Centros de Acolhida. Há também aqueles que se devotam para visitar os doentes, assim como as pessoas, que em uma função ou outra, trabalham nos Hospitais ou nos Asilos. É preciso que toda pessoa de Boa Vontade, e em todos os casos, se comporte com humanidade, dando a todo doente, o respeito, a atenção e toda a escuta necessária, e deste modo, eles serão verdadeiramente merecedores.
Em regra geral, é tão bom partilhar com as pessoas doentes, todo o vosso carinho. Vocês não devem hesitar em fazê-lo. Não deixem que os seus parentes e amigos fiquem por si sós, doentes ou na dificuldade. Não se trata apenas de algumas vezes dar-lhes um telefonema; mas, é necessário se aproximar deles, e viver alguns momentos, perto deles. Escutem-nos e conversem com eles. E vocês serão para eles, como um farol que fluirá uma luz benéfica.
Através de Seus Sofrimentos, de Sua Paixão e  de Sua Morte, o SENHOR JESUS foi semeador e doador de Esperança e de Vida. Pelo vosso comportamento, vocês podem  se unir e viver NELE. É através de suas fraquezas, que o Poder e a Bondade de Deus podem se manifestar.
É de uma sociedade perfeita, de um mundo sem dor, sem falha, sem doença, sem sofrimento, que vocês sonham. Atualmente, este mundo é inexistente. As pessoas incapacitadas (especiais),os doentes, os sofredores e todos aqueles e aquelas que agonizam são uma imagem da vossa humanidade, naquilo que ela tem de frágil, de ilimitado e de mortal. É certo que as imagens deles vos mostram aquilo que vocês não gostam de ver.
Pensem que todo Homem é vosso irmão, e mais ainda, é aquele que é o mais fraco, que mais sofre, é que mais precisa de cuidados e de reconforto. Ele deve estar no centro da vossa atenção, para que ninguém se sinta esquecido ou marginalizado.
Com toda a família do Céu, sob a Luz do Pai Eterno, todo o Amor do Senhor Jesus e de Sua mamãe a Santa Virgem Maria, eu vos desejo uma Boa e Feliz Páscoa, vos abençoando em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso Mensageiro da esperança.
 
Tradução: Chantal Maduro
 
PARA OS GRUPOS DE ORAÇÃO
06 DE FVEREIRO DE 2012
DIANTE DA PERDA DE UM ENTE QUERIDO
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Numa posição normal de sua existência terrestre, em geral os homens pensam estar na verdade e fazem um absoluto para o qual todos devem estar de acordo. Assim, eles se sentem fortes e poderosos. A Vida que eles dividem uns como os outros, em família é feita de Encontros, da alegria de estarem juntos; esta vida é tão poderosa e ao mesmo tempo, tão frágil frente a Morte.
Assim, quando a Morte aparece, ela é sentida como um escândalo; também, ela pode parecer legítima para vos fazer levantar questões, e talvez mesmo, levá-los a duvidar de Deus.
E será sobretudo o fato de se sentir o sentimento de uma enorme injustiça, este sofrimento face a uma partida que não deveria ter acontecido. É uma ruptura brutal e final, e a vida em certos casos, pode se encontrar desconstruída. É então, que advém uma perda de identidade que pode levar à insegurança de todo um ser humano. Os valores são então recolocados em questão, as comparações são perdidas, as próprias relações podem ser afetadas e a saúide pode cambalear,  e mesmo a doença acontecer.

A Morte deve vos lembrar de que maneira a Vida, a vossa vida, é frágil e a vossa passagem pela Terra, tão breve. Se a Vida é frágil, ela é tanto ou quanto preciosa. Para isto, é importante acolher da melhor maneira possível a Vida a cada dia, tal como ela vos é oferecida.
Vocês têm a escolha do desarmado, a escolha da não-violência, a escolha daquele que aceita que pelas suas próprias forças, ele não pode saber e compreender tudo. A Esperança é a escolha daquele que se sente desamparado, quebrado  ou nu e que aceita de se voltar para Deus e olhar para os outros, para reencotrar o caminho da Vida.
Escolher a Esperança ao invés do desespero, é o sentido de legado que vos deixa aquele que vos deixou. E honrar a sua memória é aceitar, apesar de tudo acreditar e de tudo esperar, é acreditar que a Vida tem a última palavra, acreditar que aqueles que adormeceram, Deus os levará com o Seu Filho JESUS.
Inserindo-se na Vida que vos é oferecida a cada momento, vocês já entram misteriosamente nesta promessa. Antes de Sua Paixão, JESUS tomou uma Refeição em comum com aqueles  que ELE amava. Esta Refeição não era um momento fechado. Vocês todos estão convidados, se desejarem partilhar, desta Comunhão. A Comunhão no Amor com todos aqueles que vocês construíram uma relação, presentes e ausentes, visíveis ou invisíveis,  através do tempo e das fronteiras. Dessa Comunhão,  pode vir a força para se manter de pé, hoje e amanhã.
Abram os seus corações uns para os outros, não retenham suas explosões de amor de uns pelos outros, aproveitem de cada ocasião que a vida vos dá para amar e vos deixar amar.
Com toda a vossa família do Céu, sob a Luz do pai Eterno, todo o Amor do Senhor Jesus, de Sua mamãe a Santa Virgem Maria, eu vos abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso Mensageiro da Esperança.

PARA OS GRUPOS DE ORAÇÃO
28 DE FEVEREIRO DE 2012
AS DUAS ALIANÇAS
Meus bem amados irmãos e irmãs,
A Santa Bìblia contém duas Alianças: O Antigo Testamento e O Novo Testamento. Na Primeira Aliança, Deus se revela poderoso e justiceiro, enquanto que na Segunda Aliança, Ele é misericordioso, cheio de perdão e de amor. É certo que quanto mais vocês caminharem no Tempo, mais vocês distinguirão um maravilhoso rosto, o de DEUS, que é AMOR. A Vida é de fato, um caminho onde vocês descobrirão um DEUS que vos ama, que vos acompanha, que vos toma pela mão e que caminha com vocês.
Todo o Tempo da Quaresma, se trata de violência e de Alianças. Mas apesar de tudo, pensem que a Santidade deve animar os homens, e fazer parte integrante de suas aspirações, as mais puras, para avançar em direção à Felicidade. É certo que a matéria que compõe o mundo e vos rodeia, se degrada, envelhece e morre. E enquanto seres humanos, vocês são bem mais do que matéria, porque vocês são Filhos de Deus; portanto, vocês devem viver na Esperança de reencontrar o vosso PAI CELESTE.
As tempestades, os furacões, os ciclones, que são destruídores, sempre existiram. Mas, depois da tempestade, aparece o sol, o que significa o final do excesso. A violência dos homens, que não é desejada pelo SENHOR DEUS faz parte da realidade humana, assim como o destino de cada um de vocês é vida, sofrimento, morte e ressurreição. Pela PAIXÃO e MORTE do SENHOR JESUS, DEUS propôs uma Nova Aliança que o evento da PÁSCOA veio confirmar inteiramente. É portanto JESUS, desde a Sua concepção e até a Sua morte, que realizou plenamente a Aliança de DEUS com a Humanidade.
Assim como JESUS, e como o CRISTÃO, que vocês são, pertence a vós de tomar o caminho do Deserto, que é o caminho da Conversão e da Transformação para entrar na Santidade. O Caminho passa pelo Sacramento da Reconciliação (Confissão), da Comunhão (Euscaristia),  na Santa Missa, onde vocês devem levar todo o vosso amor; de voltar à Oração fervorosa e regular; de ajudar e de permanecer disponível para o vosso próximo e de renunciar ao supérfluo: gulodice, televisão, Internet, cigarros, etc... O Apelo de CRISTO RESSUSCITADO se endereça particularmente a
você: "O Tempo está cumprido: o REINO DE DEUS está muito próximo, convertei-vos e acreditai na BOA NOVA".
No vosso Caminho, apesar de todos os obstáculos, mas agindo pelo BEM, vocês estão assegurados de chegar ao final do caminho num bom Porto; não se esqueçam de que JESUS morreu pelos pecados, de uma vez por todas, e para vos SALVAR.
A nova criação começou na violência, que é a prisão de João Batista, a sua decapitação,  para se completar pela Crucificação e Morte do CRISTO JESUS. Toda esta violência não teve a última palavra; mas foi a PÁSCOA, que vos mostrou isso. É que DEUS vos ama; então aceitem de caminhar ao Seu lado. Assim, vocês manifestarão uma parte da infinita Misericórdia de DEUS, em relação a cada pessoa.
Reencontrar o outro e vos abrir às suas necessidades constitui uma ocasião de Salvação e de Bem-aventurança.
Com toda a família do Céu, sob a Luz do Pai Eterno, todo o Amor do Senhor Jesus, de Sua mamãe a Santa Virgem Maria, eu vos abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso Mensageiro da Esperança.

PARA OS GRUPOS DE ORAÇÃO
05 DE MARÇO DE 2012
DAR O GESTO DA PAZ
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Ao dar a PAZ aos Seus Discípulos, o SENHOR JESUS lhes ofereceu alguma coisa de Eterna e de Inalterável, alguma coisa que eles vivenciaram inteiramente, e que transmitiram a todas as Gerações que se seguiram. Quando o CRISTO JESUS diz que "ELE DEIXA A PAZ E DÁ A SUA PAZ", ele espalha todo um Universo de Amor e de Bênçãos.
No decorrer da Santa Missa e no Rito da Paz, vocês têm a Oração, o desejo da Paz e a troca da Paz. JESUS disse muito bem "EU VOS DEIXO A PAZ, EU VOS DOU A MINHA PAZ, EU NÂO VOS DOU, COMO O MUNDO A DÁ". De fato, o mundo guardou a palavra PAZ, a qual esvaziou de sua substância para se tornar uma simples fórmula de polidez, e no melhor dos casos, um desejo do coração.
No Gesto da Paz que vocês devem dar no decorrer da Santa Missa, vocês são convidados a vos voltar para os vossos vizinhos, afim de honrá-los e de fazê-los observar que eles não são estranhos, pessoas de passagem ou pessoas isoladas, mas que assim como vocês, são pessoas que comungam a Santa Missa.
É essencial que este Gesto seja acompanhado de um verdadeira preocupação fraternal em relação ao outro, pois de outra forma, ele permanecerá virtual. Outros ainda, pensarão que a Missa é para adorar a DEUS e não para apertar a mão de seu vizinho. E ainda, vocês encontrarão pessoas que permanecerão frias, como o mármore, sem querer virar a cabeça e estender a mão.
É preciso que vocês saibam que este Gesto de Paz está ligado a DEUS; é uma atitude Trinitária, o fato de vocês se virarem para o outro para lhe revelar o que vocês receberam. E é deste modo,  que entre vós, deve-se deixar circular profundamente a qualidade de relação em DEUS, e o ESPÍRITO SANTO se tornará a verdadeira Fonte de Inspiração das relações entre vocês.
Não querer Dar a Paz, sob o pretexto de que seria hipócrita ou superficial, significa tirar de Deus a capacidade de transformar as vossas vidas. Ao vosso vizinho, é a PAZ DE CRISTO que vocês transmitem, e não a Paz de vocês. Vocês reconhecem então, que o CRISTO vos convoca a vocês dois, a receber DELE, a coragem de viver em Paz, um com o outro e a Comunhão Trinitária recebida na EUCARISTIA, continuará a se propagar nas outras relações, que são as vossas, mesmo quando saírem da Igreja.
Em uma palavra, dar o Gesto da Paz não é banal; o que é importante é a maneira de fazê-lo e o sentido que vocês lhe dão. A maneira da troca pode ser um simples aperto de mão ou um beijo, segundo a intimidade. O Gesto de Paz pode se limitar aos vizinhos mais próximos, assim como pode se estender para englobar todos os membros presentes, principalmente quando a Celebração é feita num Grupo restrito e homogêneo. Em cada Assembléia, a prática desse Gesto se faz segundo a sensibilidade de cada um.
Com toda a família do Céu, sob a Luz do Pai Eterno, todo o Amor do Senhor jesus, de Sua mamãe a Santa Virgem Maria, eu vos abençoo em nome do Pai, do Filh
o e do Espírito Santo.
Jean, vosso mensageiro da Esperança.

PARA OS GRUPOS DE ORAÇÃO
13 DE MARÇO DE 2012
JUÍZO FINAL
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Quando o FILHO DO HOMEM, rodeado de Seus Santos Anjos, vier em pleno Céu de Glória, ELE se assentará sobre um Trono, para o JUÍZO FINAL. Este Julgamento, Jesus o faz em Relato, dando a imagem da separação das ovelhas e dos cabritos, por conseguinte, como uma escolha, assim como uma espécie. Mas, na realidade, não se trata de uma espécie arbitrária, operada do exterior, mas sim, do interior de vós mesmos.
Saibam que desde este instante e para cada um de vós, se opera esta espécie. Ela não é apenas uma escolha, uma decisão, um julgamento estabelecido por Deus, mas são vocês mesmos que trazem a responsabilidade e o fardo de todos os vossos atos, quando vocês disseram ao SENHOR: "SIM" ou "NÃO", ou ainda, calando-se e recusando-se a qualquer compromisso. Caso contrário, pelo fato de que um não-crente aja no amor para o bem dos outros, é bom considerar que seja um "SIM" que ele diz ao SENHOR DEUS.
No Mistério da Igreja, o CRISTO está entre vós. Vocês vivem Sua Presença na Palavra de DEUS, assim como vocês O escutam no Evangelho, porque a partilha da Palavra do Evangelho é também uma Comunhão verdadeira da Presença do SENHOR. Em seguida, é na Santa Comunhão, logo que vocês se aproximam do Santo Cálice e que vocês recebem o CORPO e o SANGUE do CRISTO, é que vocês fazem a experiência de SUA Presença Eucarística.`
É pela Luz do Espírito, que vocês devem voltar os vossos olhares para todos os pobres e os enjeitados; assim, o olho do vosso coração terá a capacidade de discernir o rosto machucado,      mas tão glorioso do SENHOR JESUS. A cada dia, aprendam a perceber esta identidade, afim de que esta Presença do CRISTO JESUS se realize plenamente em vocês. Pensem que o Julgamento de DEUS é realizado em vocês, e isto quando vocês não tiverem  reconhecido a VINDA DO CRISTO, quando vocês não tiverem sido sensíveis a SUA Presença. Não existe, com efeito, maior PRESENÇA DO CRISTO do que naqueles em que ELE quer se identificar.
O CRISTO, tendo carregado sobre SI, todas as vossas feridas, assim como as vossas fraquezas, agora, vocês devem vigiar para que cada movimento do vosso ser seja um movimento de Amor.  Assim, o vosso próprio coração será transformado pelo ESPÍRITO SANTO em um coração sensível e palpitante.
O ESPÍRITO SANTO vos abre os olhos, para que vocês tenham a capacidade de ver e de compreender a tristeza e a infelicidade dos outros. O Espírito Santo vos insufla a verdadeira Força, o que quer dizer, a Força de AMAR. Quando o vosso coração profundo será transformado pelo Amor de DEUS, tudo o que vocês fizerem, surgirá a partir dele; todos os vossos atos serão rajadas de Amor, de doçura, de ternura, de perdão e de consolação.
Vocês devem, a cada dia, vigiar e  oferecer o vosso coração  e os vossos olhos à ação do ESPÍRITO SANTO. Sim, de dia a dia, pois o SENHOR vos diz: "Agora chega o Julgamento deste Mundo". SIM! É AGORA, HOJE, neste mesmo instante - e dia após dia - que o Julgamento de DEUS se cumpre em cada um de vocês.
É no Amor e na Luz do Pai Eterno, meus irmãos e minhas irmãs bem amadas, que com a vossa parentela, eu vos abençoo em nomne do Pai , do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso irmão no Amor e na Esperança.

PARA OS GRUPOS DE ORAÇÃO
20 DE MARÇO DE 2012
PERMANECER CONFIANTES
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Quando vocês rezam, ou então, quando vocês fazem a Oferenda das Missas, vocês têm pressa de verem as vossas intenções serem respondidas. Às vezes, elas podem se realizar quase que instantaneamente, e em outras vezes, demandarão um tempo mais ou menos longo, ou ainda, vocês obterão alguma coisa de muito melhor. Para muitas pessoas, esperar é a coisa mais difícil de se suportar, sobretudo nesta vossa época, em que tudo acontece tão depressa.
É certo que na vida cotidiana de vocês, aquele que não produz segundo certos critérios que regem a
vossa sociedade, é considerado como um perdedor e um peso morto. Esta pressão gerada pela preocupação da rentabilidade, leva muitas pessoas à Depressão, quando não ao Suicídio. Com efeito, no vosso mundo materialista, domina a rapidez, a produtividade e sobretudo, a rentabilidade.
Deus vos pede principalmente Boa Vontade, e é assim que todos os frutos que frutificarem    serão o resultado de vossa Comunhão com o SENHOR. Em toda a medida do vosso possível, e particularmente no plano religioso, vocês não devem conformar a vossa Vida aos princípios que regem vosso mundo materialista. Não copiem as modas e os hábitos do momento, mas dêem aos vossos pensamentos, a boa orientação, afim de que possam discernir o que Deus quer de vocês. Assim, vocês terão a capacidade de reconhecer o que é Bom a Seus olhos, o que LHE agrada, e que vos conduz a uma real Maturidade.
Não se esqueçam de que DEUS estabeleceu leis naturais e espirituais, segundo as quais se requer um tempo para cada coisa. Por exemplo, vejam a Natureza que leva o seu próprio tempo, e onde as Estações regem o crescimento dos vegetais. Nove meses são essenciais para formar uma criança no seio de sua mamãe, e são necessários anos, para que a criança se  torne adulta. Sim, é preciso tempo para cada coisa, e a espera paciente é indispensável para o equilíbrio da Vida.
No que concerne aos propósitos de Deus, nada é feito ao acaso e a SUA obra se realiza segundo os planos que ELE concebeu.
Com certeza, vocês não têm a mesma noção do que Deus, no que refere ao Tempo, pois para ELE, o que para vocês parece longo, é na verdade, muito curto, e vice-versa. Afim de que a vossa espera seja fortificada, é necessário que tenham CONFIANÇA em DEUS, esta confiança construída pela Escuta ou Leitura atenta de Sua Palavra. Vocês devem deixar esta Palavra  Divina  penetrar nos vossos pensamentos, nos vossos sentimentos,  na vossa reflexão, e vos nutrir espiritualmente para que ela determine vossa concepção sobre as coisas e os vossos comportamentos.
A lembrança dos benefícios e das proteções recebidas, vos ajuda a ficar confiantes em relação Àquele que muitas vezes vos manifestou Sua Bondade, Sua Benevolência, Seu Poder e Sua Fidelidade.
Com toda a vossa família do Céu, sob a Luz do Pai Eterno, todo o Amor do Senhor Jesus, de Sua mamãe a Santa Virgem Maria, eu vos abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso Mensageiro da Esperança.

PARA OS GRUPOS DE ORAÇÃO
28 DE MARÇO DE 2012
VIVER NO DIÁLOGO
Meus bem amados  irmãos e irmãs,
Quer vocês sejam praticantes ou não, vocês são chamados a encontrar e mesmo, a viver perto de pessoas crentes ou não-crentes. Viver na disparidade não é tão evidente assim, mesmo entre os pais, irmãos e irmãs. Numa mesma família, entre crentes e não-crentes, pode existir uma fonte de desacordos. Sim, bem frequentemente, vocês não têm a possibildade de vos entender com os vossos filhos; mas, vocês devem, em primeiro lugar, ter o dever de lhes dar o bom exemplo, e em matéria de moral, lhes definir os limites que eles não devem ultrapassar, em particular sobre a Intolerância e a Violência, sob todas as formas.
Para vocês se admitirem diferente do outro, demanda Boa Vontade, e mesmo muitas vezes, alguns esforços. A solução não é de mudar o outro, e muito menos, corrigí-lo, para que ele corresponda ao que você deseja; mas, de aceitá-lo na sua diferença, e de viver no entendimento. Aceitem-se, tal como vocês são, e façam um bom e profundo Exame de Consciência, e portanto, uma Confissão,  para eliminar tudo o que em vocês, pode ser mau ou excessivo.
Vocês devem procurar o outro, conhecê-lo e dialogar sobre tudo o que pode vos unir, por exemplo, a Oração e a Caridade. É certo que isto vos permitirá de aprofundar a vossa própria FÉ e as vossas tradições, permanecendo fiéis ao Evangelho. Certamente, a partir de um princípio religioso, tanto junto de vossa família, como perto de todos os homens, vocês não têm apenas um SÓ PAI e não são todos vocês, IRMÃO
S?
Entre Cristãos, o DIÁLOGO é fácil na condição que os Ministérios e Sacramentos de cada Igreja, sejam aceitos, umas pelas outras. Por outro lado, as diferenças são bem mais consideráveis com as outras religiões. O princípio é de aprender a compreendê-los. Encontrar os crentes de outras Religiões deve vos incitar a aprofundar a vossa FÉ, sempre respeitando a do outro. Basta que este Diálogo se realize no Amor e na Escuta Mútua, para ser Experiência de DEUS, de SEU Espírito que torna possível todo encontro numa relação de acordo de  reciprocidade.
Para vocês, Cristãos, DEUS se revelou definitivamente em JESUS CRISTO. É um DEUS, que quer DIALOGAR com vocês, e é por isto que a SUA PALAVRA estabece Sua morada entre vocês. É o DEUS que está em vocês, porque ELE é a Comunhão Perfeita deste Amor entre o Pai, o Filho e o Espírito Santo.
A princípio, todas as Religiões devem ensinar a fazer o Bem, a provar toda a sua Compaixão, e a dominar as tendências individualistas, para se colocar ao serviço do outro; vocês poderão, então dizer que o AMOR é uma atitude do coração humano, que deseja e realiza o Bem em relação ao Próximo, o que é essencial para todas as Religiões.
Com toda a vossa família do Céu, sob a Luz do Pai Eterno, todo o Amor do Senhor Jesus e de Sua mamãe a Santa Virgem Maria, eu vos abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso Mensageiro da Esperança.
Tradução: Chantal Maduro.
 
 
 
 

 
 
 

Artigo Visto: 2285 - Impresso: 20 - Enviado: 14

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 425 - Total Visitas Únicas: 3.272.076 Usuários online: 55