Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
01/10/2010
Grupos de oração
 
Jean - Grupos de oração
1/10/2010 07:49:32

Jean - Grupos de oração


PARA O GRUPO DE ORAÇÕES
07 de julho de 2010
 
Meus amados irmãos e irmãs,
Para a Reunião do dia o8 de julho, seria interessante meditarmos juntos, sobre o que podem vos trazer as Profecias, e para este fim, trata-se de que vocês analisem o impacto que estas podem produzir no vosso comportamento atual.
Como todo mundo, vocês podem, apesar de não o querer, serem influenciados pelas profecias atuais, que podem num dado momento vos perturbar ou vos deixar confusos.
É certo que em relação às recentes descobertas, os imensos progressos da ciência podem ser susceptíveis de vos perturbar.
O Homem, este aprendiz de feiticeiro, saberá ele parar a tempo de evitar uma catástrofe final, que ele arrisca de colocar em movimento, a qualquer momento? Catástrofe esta, que poderia bem significar o fim do vosso mundo, ou pelo menos, o fim de toda a vida sobre o planeta! Retomai as Sagradas Escrituras, que vos advertem sobre estes temas terrificantes, mas sem precisar a data, e nada vos autoriza de fundamentarem sobre elas, predições fantasistas. A linguagem figurada do Apocalipse, vos deixa supor que o universo que vocês conhecem, desaparecerá subitamente num vasto incêndio, na escala do cosmo. Mas antes desses fatos, outros acontecimentos importantes se produzirão, e qual é aquele que vocês esperam em primeiro lugar?
Sim, o Senhor voltará, mas vocês não podem conhecer a data; nenhum prazo vos é indicado, o que vos leva a esperar para qualquer momento. Pensem que há mais de 2000 anos, Jesus diz que Ele voltará logo; e para vocês, esta palavra (logo), perdeu todo o seu sentido; mas pensem que este dia chegará. Saibam que para o Senhor, mil anos são como um dia. Mas, compreendam que o Senhor no que concerne à Sua Promessa, mostra uma infinita paciência. Ele é muito paciente em relação aos homens, não querendo que nenhum se perca, mas que todos venham para o arrependimento.
Compreendam, portanto, que o tempo de sua paciência logo tomará um fim: a Bíblia vos fala dos “últimos dias”, de tempos difíceis, em que os homens serão egoístas, orgulhosos, violentos, imorais, filhos desobedientes aos seus pais, homens dando a aparência de piedade, mas renegando-a, o que  a torna a força.
Sim, compreendam que a decadência moral e religiosa que vocês vivem atualmente, vos indica muito bem, que vocês estão vivendo nestes “últimos dias”.
Sim, Jesus voltará logo. E se fosse hoje, agora? Vocês estão realmente prontos? Para aqueles, que no seu nível e segundo suas possibilidades, agiram bem, que doaram bem e que agiram por puro amor, isto será a entrada na felicidade eterna de estar com o Seu Salvador e Senhor Jesus Cristo. Por outro lado, para aqueles que tiverem agido mal, e não depositaram a Sua confiança em Deus e na Sua Obra concluída na Cruz, isto será a espera do Julgamento.
 E o que vocês pensam a respeito daqueles que não crêem?
Vocês acreditam serem dignos Céu, e lavados de todos os vossos erros? Vocês manifestam sempre uma ação positiva em relação ao vosso próximo? Quanto tempo vocês dedicam para a Oração, para a Adoração? Que uso vocês fazem da Confissão e da Eucaristia?
Meus bem amados irmãos e irmãs, com todos vossos parentes e amigos da eternidade, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
 
Vosso Jean, Mensageiro da Esperança.
 
Tradução: Chantal Maduro
 
13 de julho de 2010
 
PARA O GRUPO DE ORAÇÕES
 
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Escavando ou aprofundando o interior de vocês mesmos, vocês constatarão que são ao mesmo tempo, vosso amigo e vosso inimigo; que vocês querem o dia e a noite. Vocês reclamam do sol e também da chuva, e é desta maneira que vocês arriscam de nunca estarem satisfeitos, e mesmo de perturbarem aqueles que vos rodeiam. Muitas vezes, vocês podem pensar que a melhor arma é de salvar as aparências, sendo que o interior de vocês trans
borda de barulhos contraditórios. Onde está a boa solução? Onde vocês podem se situar?
Não fiquem estagnados assim, mas ajam para vocês mesmos, e para o bem do vosso próximo, porque há crianças, adolescentes e mesmo adultos, e ainda mais, pessoas idosas, que se calam e se cobrem de terra no seu silêncio, para ganho daqueles que falam demais.
Vocês têm obrigação de agir, e de lhes trazer muita presença e atenção, para que eles possam ousar se expressar, e mostrar bem, que eles também existem. Cada vez que vocês se inclinarem sobre pessoas, para as ajudarem, estejam certos, que vocês estarão expulsando os demônios, que cercam por todos os lados, e que condenam à solidão, quando não for ao desentendimento.
É sendo o servo de cada um, que a ternura de Deus estará em vocês. Deus virá vos dar um sinal, e vos falará tudo, então, sobre o Seu amor.
Além disso, sendo uma pessoa de boa vontade, é certo que vocês terão, sem cessar, um trabalho de reconciliação a começar, tanto em relação à vossa família, aos vossos empregadores, assim com a vossa vizinhança. Este trabalho deve passar pelo caminho da Escuta; e é escutando o vosso próximo, que vocês poderão estar em condições de restabelecer a paz. Pensem, que cada um tem o direito à palavra, e a própria palavra é tão importante como a do outro. E mesmo a palavra de uma criança é tão essencial, como a de um rei.
Quando você tiver que tratar de um negócio com alguém, mais forte do que você, não vale a pena arriscar a confrontação. É bem preferível, tentar a negociação. Assim, cada um tem que aceitar de perder um pouco. Você não tem o direito de querer governar todo mundo, de dirigir tudo, mas de dividir com os outros. Partam do princípio que o contrário da desordem da precipitação, é o diálogo, é de nunca perder o vínculo, e de nunca colocar para fora de casa. Vocês pensam que a solução é dizer para alguém que ele não é digno, e que ele vá embora?
Reconciliar-se com o seu próximo, é reconciliar-se consigo mesmo; e neste caso, pode ser aconselhado a todo ser humano, de ir ver um Padre, de falar com ele, ou ainda melhor, de se confessar; e será dessa maneira, que ele entrará em harmonia consigo mesmo, e com os pobres; e não é ele mesmo, o primeiro dos pobres? E a Reconciliação será sempre o caminho do pobre.
Em toda a medida do possível, fiquem ligados em direção ao Céu, e evitem de se apegarem demais com tudo que é material. E assim, vocês aprenderão a renunciar a tudo, pelo Senhor. Não se esqueçam jamais que foi Deus que vos fêz, que vos criou, e que vos dá a vida. É, portanto, respeitando o vosso espírito, vosso corpo e vosso próximo, que vocês renderão Glória a Deus.
Com todos vossos parentes e amigos da Eternidade, meus bem amados irmãos e irmãs, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
 
Jean, vosso Mensageiro da Esperança.
 
Tradução: Chantal Maduro.
 

 
 
 

Artigo Visto: 1921 - Impresso: 41 - Enviado: 10

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 136 - Total Visitas Únicas: 3.178.207 Usuários online: 40