Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
30/07/2007
Dançar com os anjos
 
Jean - Dançar com os anjos
30/07/2007 21:06:24
Jean - Dançar com os anjos

O VERDADEIRO PODER É O DO AMOR 28.04.2007


Em Jesus se concentra toda a humanidade, assim como o sangue retorna ao coração para aí se purificar. Jesus se incorpora a todos os homens, eles fazem com Ele um só corpo. O cristão é o homem da parentela divina, consciente de ser nascido, não do sangue, nem da vontade da carne, mas de Deus. Quando e permanece nesse acordar, que o Cristo lhe comunicou, ele é homem de oração.
Essa oração que é o contato, a referencia a Deus abre o cristão às dimensões do Espírito. Dessa forma, Cristo é aberto ao mundo, a seus irmãos para servi-los, pois Jesus veio para servir e não para ser servido.
Por suas parábolas e suas decisões sucessivas, Jesus vos ensina primeiramente que a conversão, à qual ele vos chama, consiste em por em prática constante e repetida as vossas prioridades. E a primeira das prioridades é amar seu próximo como a si mesmo, portanto amar a Deus.
O verdadeiro poder não consiste em utilizar a força contra o outro, mas ao serdes ofendidos, podeis ter essa maravilhosa capacidade de perdoar. Sim, vosso caminho para a santidade é de sempre manifestar o amor simplesmente, em não responder à violência pela violência. O verdadeiro poder é certamente o amor.
Todos vós, não podeis ignorar que sois profetas, pois fostes chamados a seguir a missão de Jesus. A mensagem é que Sua missão, como o amor de Deus, não tem nenhum limite nem fronteira. Ela se estende a todos. Estender tal amor a todas criaturas, estender de modo incondicional, é o modo para o qual sois chamados.
Assim como vós, Jesus jamais esteve só em sua missão sobre a terra. Ele estava sempre com Alguém que ele chamava Pai. Ele vos fez descobrir que a vida é uma relação com Aquele que É. Quando Ele envia Seus discípulos a batizar em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, Ele dá a seus discípulos o poder de transmitir esta relação de vida em Deus.
Para fazer-vos entrar em Seu mistério, Deus serviu-se da experiência vivida, a mais forte que pode haver no universo. É o olhar do bebê Jesus, que encontra o rosto de seu primeiro encontro neste mundo, aquele de sua mãe Maria e de seu pai José.
O olhar do pai e da mãe desperta todo bebê a si mesmo. O bebê sorri, e a relação nasce. Vós sois igualmente esse bebê. O encontro só se faz entre duas pessoas. Ele se efetua por esse olhar de reconhecimento e de compreensão, sinal do sopro de vida que cria um laço entre duas pessoas: o espírito.
Se lerdes o Evangelho como uma rotina, uma regra a praticar, tereis a tendência a praticá-lo sem revê-lo a cada instante, cada frase e cada palavra. Compreendereis que Jesus veio criar ocasiões para viver com Deus Pai e a ser seus filhos. Quando Ele confia a seus apóstolos a missão de ir ao mundo inteiro batizar as nações, Ele quer a união de todos, sem distinção, Àquele a quem o Pai disse: ”Tu és meu filho, Eu hoje te gerei”.
Todo batizado deve encontrar-se naquele reconhecimento do Pai por Jesus “Eu te batizo em nome do Pai, e do Filho e do Espírito Santo” o que quer dizer: é necessário que saibas, que tu agora estás na vida em Deus.

Nos corações de Jesus e da Santa Virgem Maria
Jean, mensageiro da Luz.

MENSAGEM PARA A PEREGRINAÇAO DAS ALMAS DO PURGATÓRIO

Caríssimos amigos peregrinos.

Nas luzes de Pentecostes ireis viver intensamente três jornadas quando todas as almas de vossas famílias e amigos do invisível participarão nessa peregrinação. São elas que em realidade vos convidaram e pesaram em vossa decisão, elas estão nesse instante próximos a vós. Em vosso espírito, elas confirmarão seu amor. Compreendei que o Espírito Santo, quando ele penetra em vós, vos permite não apenas compreender melhor vossos ancestrais, mas igualmente o conjunto dos peregrinos.

Nossa Senhora das Rosas e Rosa Mística, são maravilhosas passarelas entre o Céu e a terra. Todos vós ireis viver aí e manifestar vossa fé em filhos de Deus, serão momentos
muito fortes e vos serão dados sinais.

O Espírito de Deus não anula as diferenças que formam vosso ser, ele permite a cada um ultrapassar as diferenças, a fim de vos reunir e vos apreciar mesmo através dessas diferenças.

Vossas orações serão ouvidas por isso serão concedidas graças a cada um de vós e isso em relação ao vosso fervor, da vossa confissão, da eucaristia, da unção dos enfermos e em particular do batismo dos não nascidos.

Podereis vos libertar do peso de vossos problemas junto ao padre Daniel, tão sorridente, tão humilde e tão fervoroso, que não esquece que todo padre é o ouvido de Deus. Confessai vossos tormentos, vossas incertezas, falai-lhe de vossos antepassados e estareis ainda mais preparados para receber a Santa Comunhão e sereis igualmente agraciados com uma cura física, moral ou mesmo espiritual. Sim haverá curas ali.

Provados pelos acontecimentos da vida, freqüentemente pela família, da doença ou pela idade, encontrareis serenidade e conforto no Sacramento da Unção dos enfermos. Será a infinita ternura de Jesus que descobrireis no gesto desse bondoso padre.

Abrireis a porta do Paraíso a todos esses bebês inocentes, vítimas de aborto de todas as maneiras, participando do Batismo das crianças não-nascidas. Pensai que, além disso, trareis a todas as mães desamparadas, que talvez conheceis, um precioso conforto moral, físico e espiritual.

Quantos conflitos seriam evitados se o mundo de hoje se deixasse convencer pelo Senhor Jesus e Sua Santa Mãe, para viver menos ligados ao material e mais segundo o Espírito. Pedi a esse Espírito a graça de poder proclamar, cada um em sua existência cotidiana pessoal, as maravilhas de Deus.

No amor de Deus Nosso Criador, sob o olhar de ternura de Nosso Senhor Jesus, da Santa Virgem Maria e com toda vossa parentela do mundo invisível, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Vosso Jean, Mensageiro do Amor do Céu.

MENSAGEM APÓS PEREGRINAÇAO PELAS ALMAS DO PURGATÓRIO.


Caríssimos peregrinos, irmãos e irmãs no amor.

Nessa peregrinação profunda e fervorosa vivestes, em uma perfeita harmonia, instantes memoráveis nesses lugares de oração e de amor onde com vossa Mãe Celeste, a Santa Imaculada Virgem Maria nós vos acompanhamos em um puro amor do Céu com toda vossa parentela. Alguns dentre vós o sentiram, intimamente.

Juntos vivestes o milagre de Pentecostes que é o milagre da transformação dos corações. Não podeis esquecer que a Igreja nasceu desse milagre da transformação dos corações que se deixaram tocar e transformar pelo Espírito Santo. É só Ele que encherá novamente as igrejas. Vós rezastes, várias vezes, para que esse Espírito Santo toque o coração dos jovens, que baterão às portas dos seminários e vós orastes igualmente para que Cristo esteja no coração de toda a vida, em particular naquela dos casais. Os testemunhos de conversão foram muito apreciados pelos peregrinos.

Os maus espíritos se manifestaram no incidente da distribuição dos quartos, incidente digno de um grande teatro de fantoches, que se transformou em gargalhada.

No saguão do hotel, em um céu limpo depois da violenta tempestade, os peregrinos sentiram fortemente nossa presença na missa celebrada pelo fervoroso e sorridente Padre Daniel. Quando o padre toma a hóstia e a toca com suas mãos, sabeis que é o sinal da presença todo-poderosa de Deus, que lhe é concedido. Esse grande poder é o fruto da salvação.

Após uma breve noite de sono, no dia seguinte, grande parte do grupo estava rezando o Rosário no Jardim do Paraíso. Alguns sentiram os perfumes do Céu e mesmo receberam sinais, que eles deveriam anunciar.

Em Montichiari vivestes momentos intensos. EWm Fontanelle, vós todos percebestes a acolhida muito maternal da Santa Virgem Maria. Aquela missa celebrada depois da peregrinação italiana, ficará marcada em vossos corações. Sentistes um grande bem-estar andando na piscina “cadinho da cura”. Vós todos percebestes uma forte e intensa presença
divina, ao subir de joelhos os degraus de pedra.

Apreciastes toda majestade da catedral onde Maria apareceu. Nessa magnífica e íntima Capela esse doce padre celebrou as cerimônias da unção dos enfermos e o batismo dos não-nascidos. Isso vos tocou muito, apesar de que não sois moribundos e nem diretamente tocados por um aborto. Sim, esses dois sacramentos foram proveitosos àqueles que estavam em vossos pensamentos.

Vós todos tivestes sinais do Céu, porém soubestes senti-los? A todos vós foram concedidas graças. A primeira graça foi dada ao Padre Daniel por aquela Associação, que recebeu por missão transmitir as mensagens do Céu aos padres merecedores.

Vós tereis sempre o dever de ir ao encontro daqueles que vos rodeiam quando eles têm dificuldades na vida. Vosso dever é ajudá-los e indicar-lhes o bom caminho. Deveis igualmente, cada um de vós, difundir o testemunho de Glória POLO, não podeis vos esquivar.

Todos os vossos parentes se juntam a esta mensagem e de onde, debaixo da luz do Pai eterno, na ternura infinita do Senhor Jesus e da Santa Virgem Maria, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Jean, vosso mensageiro do amor.

DANÇAR COM OS ANJOS 18.05.2007

A Igreja é uma ponte que liga a terra ao céu. Quando nela penetrais, conscientizai-vos de que tendes a felicidade de entrar num lugar sagrado! Ali sois acolhidos por Deus, a Santa Virgem Maria e os santos, rodeados de todo exército dos anjos, para vos saudar, pensai na importância de vos persignar com a água benta.

Assistindo à liturgia, deixai vos conduzir por Jesus Cristo. Sim, é convosco, em vós e particularmente durante a Missa e na Eucaristia que Cristo está. Deixai vos guiar por Ele. Vossa entrega é ativa, mas é necessário que permaneceis disponíveis, esquecendo tudo aquilo que vos perturba. Dessa maneira vos entregareis inteiramente à liturgia para entrar nessa extraordinária experiência que é dançar com os anjos.

Dançar com os anjos significa entrar inteiramente na paz de Deus, essa paz que vos é dado sentir durante a celebração eucarística. A liturgia é o meio e o fim para estar com Deus e honrá-lo e não é isso o objetivo de toda vossa existência? Cristo Jesus não pede nada além de que estejais junto com Deus, nele, unidos perfeitamente a Ele.

As orações pronunciadas e vividas pelo sacerdote em nome de Jesus Cristo devem ser entendidas pelos membros da assembléia como a oração, que deve estar para eles no mais profundo de suas almas, a oração que a Igreja lhes ensina a rezar.

A fé se nutre com a liturgia, quando ouvis as palavras da Sagrada Escritura, quando o sacerdote pronuncia as orações, quando a assembléia inteira canta ou responde, é aí que vossa fé se revela para receber o alimento de Deus. Compreendereis que a liturgia é uma refeição na qual recebeis a vida de Deus e que é toda a vida.

Na Missa Cristo se dá em alimento para que recebeis a vida, e sejais absolutamente e inteiramente unidos a Ele, transformados n’Ele, portanto, que sejais Ele para realizar Sua obra no mundo, é o que Ele espera de vós.

Sim, a Missa é o fim e o meio da obra de Cristo e da vida dos homens. Quando Deus será tudo em todos, isso será o termo da obra de Cristo e de vossa história. Então estareis em Cristo elevados à sua plena grandeza. Deus será tudo em todos, estareis todos na condição de Deus, Ele mesmo, aquela que vos é prometida n’Ele. A comunhão, como realidade experimentada e praticada, não é ela mesma esse incomparável começo?

A liturgia celeste é totalmente essa dança com os anjos que é a bem-aventurança da união com Deus. Na liturgia terrestre estais em uníssono com a liturgia celeste. Vossa liturgia, apesar de modo parcial e provisório, está intimamente associada à liturgia celeste, ao objetivo final da realidade eterna de Deus.

Em resumo compreendeis que a vontade de Deus é de salvar todos os homens, portanto transformar o mundo e fazer este mundo o início de um mundo novo, transfigurado, que não terá fim.

Que
Vossa vontade seja feita sobre a terra como no Céu!

Nos corações de Jesus e da Santa Virgem Maria
Jean, mensageiro da Luz.



 
 
 

Artigo Visto: 1890 - Impresso: 39 - Enviado: 8

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 354 - Total Visitas Únicas: 3.361.796 Usuários online: 70