recadosdoaarao



Cláudio
Voltar




29/08/2020
Sobre o retiro dos 72
“Acaso pode uma árvore má dar bons frutos?” “Ou uma árvore boa dar frutos maus?”


Porto Belo, SC, 18 de julho de 2020

Para o retiro dos 72   Grupo 05 - 2

 

Como separar a Igreja falsa da verdadeira?

Em primeiro lugar:

Não existe Igreja falsa ou verdadeira!

Existe a Igreja Santa!

Igreja é obra criada e conduzida por Deus!

Igreja é apenas SANTA!

E só UMA foi criada por Deus! E permanece ligada em Deus!

Então a pergunta não pode se dirigir à Igreja, mas neste caso deve se referir a quem?

Aos homens que conduzem a Igreja: Podem ser falsos ou verdadeiros!

E esta é a dificuldade: Quem são?

Jesus criou uma e esta, aos poucos, foi se distanciando de Deus levada pelos maus condutores que, alimentaram a inveja, a disputa de poder, o ódio, e assim milhares de ovelhas se dispersaram e hoje, cotidianamente, se desviam aos milhares e, em cada esquina, erigem seus templos: Não podem ser chamados de Igreja, pois esta apenas é a que foi fundada por Jesus!

Esta é inconfundível e só quem a não conhece, se desvia para os caminhos errados e incertos.

Todo o conhecimento de uma Igreja Sã e Santa está nos Evangelhos, na Palavra de Deus: do próprio Deus!

Não há como se confundir!

Mas, quem lê a Bíblia? Quem lê o Catecismo?

Os que não leem são presas fáceis do inimigo e acabam sendo alvos de escárnio pelo próprio inimigo!

E dentro da Igreja Católica, os inimigos agem sorrateiramente, como bandidos que se escondem, a fim de atacarem traiçoeiramente os filhos de Deus, buscando em primeiro lugar, os incautos, os menos favorecidos pelo conhecimento das verdades ou até, eu diria, os que não procuram as verdades, os ociosos, os acomodados...

Então é necessário refletir:

Sou igreja falsa ou sou igreja verdadeira? Ou não sou igreja e neste caso sou coisa nenhuma!

Não culpemos a Igreja: Não procuremos os erros nos Bispos ou nos Padres ou no Papa, já que também eles são alvos do inimigo!

E se o inimigo nos odeia e nos ataca, é porque:

SOMOS VERDADEIROS!

Somos Igreja autêntica e, por conseguinte:

Igreja amada por Deus!

Amém!

Cláudio Heckert

 

Fonte:

https://missaosalvaialmas.com.br/?cat=178&id=3247

 

Porto Belo, SC, 19 julho de 2020

Para o retiro dos 72    Grupo 5 -3

 

Pai, se Te é possível, afasta de Mim este cálice! (Lc 22,42)”

- Jesus, aqui percebemos o teu esgotamento, o teu sofrimento, a ponto de pedir socorro ao Pai...

- Não, filho! Eu não estava pedindo socorro: Eu estava rezando e a Oração é um diálogo com Deus! Naquele momento Eu conversava com o Pai: Será possível que precisamos passar por isso?

Eu sabia que o Pai também sofria e sofreria ainda mais quando veria o Seu Filho nos atrozes sofrimentos e na Cruz!

Qual o Pai que não sofreria?

Eu dizia então:

Pai, Tu sabes que este é um povo de cabeça dura e então será que vai valer a pena este sacrifício? Será que este povo se converterá?

Eu sabia que se o Pai quisesse, acabaria com esta história naquele momento enviando castigos e dores ao povo, mas eu também sabia do Bom Coração do Pai e do amor que dedicava aos seus filhos! Por isso, mais uma vez doava-se a si próprio, na pessoa de seu “Filho muito amado” ao sacrifício, para a redenção do mundo inteiro!

- O Pai se doou?

- Sim! Porque o Pai e Eu, somos UM! E Eu percebia as dores do Pai e então procurei consolá-lo:

Pai, não precisas passar por isso”! “Podes afastar este cálice!” Mas Eu também sabia que o Pai não usaria de forças para com os seus filhos!

E Eu aceitei passar pelas amarguras e dores, no lugar dos tantos outros filhos amados do Pai!

Então, Pai, se achas necessário e se esta é a única saída para a salvação do mundo, então que se faça a Tua vontade, não a minha!”

O Pai também chorava comigo!

Fui ao encontro dos amigos que deixei vigiando, mas encontrei-os dormindo! Fui mais uma vez ao encontro deles, mas estavam dormindo!

Repreendi-os, mas percebi que também eles faziam parte deste povo que me deixaria sozinho a caminho do matadouro!

Não tem jeito, Pai! Então, que se faça a Tua vontade!

No momento da prisão, um deles decepou a orelha de um dos soldados, mas Eu o repreendi e coloquei a orelha no devido lugar:

“Por acaso achas que o Pai não poderia enviar até doze legiões de Anjos para me defender? É necessário que isto aconteça! Já resolvemos que este é o único caminho para que o povo reflita no amor de Deus e consequentemente, se converta!

- E valeu a pena?

- Houve muitas conversões: Muitos entenderam o meu sacrifício! Muitos até doaram seu sangue por minha causa e muitos entendem até hoje, mas o resultado não foi o esperado!

- O povo continua de cabeça dura! Mas o que mais poderá ser feito?

- O Pai já prepara o desfecho da história, mas desta vez terá que contar com o sacrifício de milhões de filhos!

E a erva daninha será consumida!

Para sempre!

Amém!

“Jesus!”

Fonte: https://missaosalvaialmas.com.br/?cat=178&id=3248

Porto Belo, SC, 20 de julho de 2020

Para o Retiro dos 72 Grupo 06 - 3

 

Que queres que eu te faça?  (Mc 10,51)

 

- Senhor, que eu veja – disse o cego.

E em muitas outras passagens dos Evangelhos podemos perceber que Jesus operava milagres para os que lhe pediam!

Por muitas vezes, Nossa Senhora nos tem pedido Orações, porque sabe que Deus opera graças às pessoas que rezam, que pedem.

Jesus dizia: “Pedi e recebereis!”

Portanto, Deus não fará nada a nosso favor se não pedirmos!

E por quê?

Porque respeita o nosso livre arbítrio, que Ele mesmo nos deu!

Somos livres e podemos ser isso ou aquilo; podemos ser como esse ou aquele; podemos fazer isso ou aquilo; podemos fazer qualquer coisa ou lutar pelos nossos planos ou desejos!

Deus não interfere na nossa vida! Ele respeita a nossa vontade!

Por isso, a necessidade da Oração!

O que é a Oração?

A Igreja, no Catecismo, ensina... Ou ensinava?

“Oração é elevação de nossa alma a Deus, para adorá-lo, servi-lo e pedir as graças que necessitamos!”

Portanto, a Oração não se restringe em apenas prestar nosso louvor a Deus, mas também para pedir-lhe os favores necessários.

E foi Deus que nos mandou rezar!  E Ele sabe das coisas!

E, por amor aos filhos, dá a liberdade de escolherem o que querem!

Muitas pessoas “balbuciam” palavras o tempo todo, até pedindo alguma coisa, mas se Deus lhes perguntasse:

- Que queres que Eu te faça?

Muitas pessoas não saberiam responder, porque não tem certeza do que querem: Hoje pedem isso, amanhã pedem aquilo; hoje querem o Cadillac e amanhã o Alfa Romeu; hoje querem ir à praia e amanhã ao sítio; hoje querem o João e amanhã o José...

Deus sabe o que é melhor para nós e o melhor não é sermos autômatos, ou robôs que funcionam só por ordem de alguém!

Deus não nos quer máquinas: Deus nos quer RACIONAIS, pois assim que Ele nos criou!

É preciso então, saber o que queremos! Saber o que pedir!

- O que queres que Eu te faça?

E, no caso do cego:

- Que eu veja!

E no meu caso:

- Que eu enxergue melhor os teus desígnios, Senhor!

Amém!

Cláudio Heckert

 

Fonte: https://missaosalvaialmas.com.br/?cat=178&id=3251

 

Porto Belo, SC, 20 de julho de 2020

Para o retiro dos 72 – Grupo 6 - 2

 

Como seguir os critérios de Jesus?

 

“Paz!”

Filhinhos amados: O que, principalmente, Jesus falou? O que, principalmente, Ele pregou? O que, principalmente, Ele viveu?

Sua vida foi uma doação total desde o princípio; na tenra idade identificou sua Missão junto aos sacerdotes; no início da sua vida pública O vimos no Rio Jordão para o Batismo, seguindo os ensinamentos da humildade e os caminhos da Doutrina, para assim iniciar sua vida de Pregador da Palavra.

Estava pronto, estava preparado, mas ainda seria necessário o convite para colocar em prática a Sua obra.

- “Filho, faltou-lhes o vinho!”

Este foi o convite!

Jesus então correu o mundo pregando, chamando, semeando, ensinando, curando...

Não precisaria o convite, mas é sempre preciso dizer: Você está pronto!

Ah! Se todas as mães assim agissem: Conduzissem seus filhos pelos caminhos que levam ao Céu!

Antes da Missão de Jesus, Deus me determinou a educá-lo, formá-lo!

E esta é a Missão das mães: Sem pedir nada em troca, apenas por amor, conduzir seus filhos a fim de que sejam, um dia, luzes a guiar o mundo!

E os primeiros ensinamentos já começam no ventre: “Bendito é o fruto do vosso ventre”, o mundo reza!

E o fruto bom, bendito, é o produzido nos ventres sãos, bons, benditos!

“Os frutos bons são os de árvores boas!”

Jesus pregou isto:

“Acaso pode uma árvore má dar bons frutos?” “Ou uma árvore boa dar frutos maus?”

Jesus reconheceu isto!

E ao abraçar a Missão, Jesus abraçou o mundo: Doou-se como uma mãe doa-se por seus filhos!

E Jesus pregou: Amar a Deus sobre todas as coisas! E viveu isto, ao ponto de se entregar aos homens a fim de defender a Doutrina do Pai: Amar ao Próximo como a ti mesmo, e viveu isto, entregando-se à morte de Cruz puramente por amor à humanidade a fim de que todos se convertessem!

Os critérios de Jesus:

 

Amar a Deus:

- Amar a Deus sobre todas as coisas!

- Não tomar seu santo nome em vão!

- Guardar os Domingos e festas de guarda!

 

Amar ao próximo como a si mesmo:

- Honrar pai e mãe!

- Não matar!

- Não pecar contra a castidade!

- Não furtar!

- Não levantar falsos testemunhos!

- Não desejar a mulher do próximo!

- Não cobiçar as coisas alheias!

 

Filhinhos, filhinhos:

Analisai cada mandamento no mais profundo dos vossos corações e podeis verificar que, em muitos destes traços, infringis os mandamentos.

Sei que não é fácil e por isso tenho dito tantas vezes: Contai comigo!

Sabem, filhinhos: Eu acompanhei Jesus e aprendi o amor verdadeiro que se deve dedicar a Deus e ao próximo!

Eu o ensinei nas coisas humanas e aprendi com Ele as coisas de Deus e por isso posso vos ajudar nesta caminhada para que possais, unindo vossa vontade e vossa garra ao vosso amor, vencer todos os obstáculos pois foi para isso que Ele viveu e assim possais, com segurança, seguir os critérios Dele!

Não é fácil, mas esta é a vossa principal Missão!

Desgarrai-vos do mundo, filhinhos e abraçai a Deus! Amém!

Contai sempre Comigo!

Eu vos abençoo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

“Maria, Mãe do Universo!”

 

Fonte: https://missaosalvaialmas.com.br/?cat=178&id=3250

 

 

 

 


Artigo Visto: 284

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br


Total Visitas Únicas: 3.774.734
Visitas Únicas Hoje: 166
Usuários Online: 75