recadosdoaarao



Cláudio
Voltar




21/08/2020
Já descobri a minha missão?
Nunca deixei que meu coração se acomodasse por completo, mas permanecia inquieto diante da minha fraqueza e indecisão.


Porto Belo, SC, 13 de julho de 2020

Para o Retiro do 72 – Grupo 02 - 2

Já descobri minha Missão?

Sempre gostei de ouvir na Palavra de Jesus, a Parábola do Semeador e sempre me comparei aos espinhos que ouvem a Palavra, a põem em prática, mas depois a sufocam... Muitas vezes tive vontade de falar sobre a Palavra de Deus e muitas vezes até falei, mas, em seguida desistia por motivos banais, pelas coisas do mundo.

Tive boa formação católica através de meus pais, estive no seminário e jamais esqueço isso, porque o que aprendi lá sobre Deus aplico ainda hoje em minha vida. A humildade e o desejo de ser santo apreendi lá.

Tentei colocar em prática aqui fora, no mundo, os meus conhecimentos e minha fé, mas logo ficou tudo em segundo plano embora em meu coração a preocupação me censurava: O que devo fazer? Qual a minha missão aqui na terra?

Casei-me, constituí família e fui feliz! Com Norma, ensinei nossos filhos a rezar e todos hoje rezam e passaram pelos caminhos dos Sacramentos e alguns deles foram e ainda são lideres em suas comunidades: Catequistas, Ministros e ensinam seus filhos a rezar.

Mas em mim continuava a dúvida, a inquietude e eu sentia o sufoco do mundo...

Muitos anos se passaram e uma luz brilhou no meu caminho quando fiz o cursilho de Cristandade, na Diocese de Rio do Sul.

Me transformei!

Formei Grupo de Oração, engajei-me na Comunidade e fui um dos responsáveis a torna-la Paróquia; Na Fábrica, consegui com os diretores a fazer parar a fábrica 30 minutos por semana para falar sobre Deus aos funcionários! Eu me sentia feliz! Realizado!

Mas deixei mais uma vez sufocar tudo, quando houve uma queda financeira e econômica que nos fez perder nossos bens terrenos.

Deus ficou lá atrás, em segundo plano!

Outras voltas na vida e quando já estávamos aqui em Porto Belo, recebi NOVO CHAMADO!

Desta vez, Norma e Eu, deixamos tudo de lado: Nossos bens, nossos filhos, a fim de abraçar nossa Missão!

Minha Missão: Evangelizar! Sempre foi, embora por muitas vezes me esquivei, mas nunca deixei de ver Deus me acenando do Alto e nunca deixei que meu coração se acomodasse por completo, mas permanecia inquieto diante da minha fraqueza e indecisão.

Constituímos a Missão Salvai Almas e hoje a Palavra é lançada como as sementes para todos os corações, mas eu sei que há corações de “beira de estrada”, que há corações de “pedras”, que há corações de “espinhos”, mas mesmo assim não desisto de proclamar o que aprendi do Céu e tenho percebido que são muitos os corações de “Terra boa” que, certamente produzirão até mais do que “cem por um”! Eu não cheguei a isto, mas sei que muitos chegarão!

Sou apenas um semeador!

Descobri a minha Missão!

Amém!

Cláudio Heckert

 

Fonte: https://missaosalvaialmas.com.br/?cat=178&id=3241


Artigo Visto: 294

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br


Total Visitas Únicas: 3.774.744
Visitas Únicas Hoje: 176
Usuários Online: 91