recadosdoaarao



Autores
Voltar




05/04/2020
Mário abriu as portas do inferno
Eles tiraram de nós Deus presente nos tabernáculos de muitos lugares e suspenderam o sacrifício de Deus para Deus, que mantém o braço da ira celestial acima de nossas cabeças.


Bergoglio abriu os portões do inferno

5 de abril de 2020

María Ferraz... 

Bergoglio tomou a iniciativa de suspender a missa e fechar as igrejas, depois recuou com a pressão do próprio clero e deixou as igrejas romanas abertas. Mas a Maçonaria - desta vez não eclesiástica - já foi encarregada de multar padres que em pequenas reuniões batizam, expõem o Stmo ou celebram a missa, ou junto com os prefeitos consagram a cidade à Virgem dentro de uma igreja. Mesmo na Itália, eles punem os fiéis que vão rezar nos templos vazios.

Eles tiraram de nós Deus presente nos tabernáculos de muitos lugares e suspenderam o sacrifício de Deus para Deus, que mantém o braço da ira celestial acima de nossas cabeças. E essa é a coisa mais terrível que aconteceu na terra desde que a Palavra de Deus se encarnou e fundou sua Igreja. As forças demoníacas se aproveitam dessa privação do sacrifício Sto do altar e da comida eucarística, dos pecados retidos para agir com maior ousadia e força. Isso é explicado pelos padres: Os padres revelam como a crise do coronavírus desencadeou "intensa atividade demoníaca. Sim. Na realidade, a opressão está em toda parte agora.

3 de abril de 2020 (LifeSiteNews) ... A obra de Satanás parece ter uma simplicidade primitiva: separa a alma de Deus e trabalha para destruí-la. E quando a alma está em seu estado mais vulnerável, ela se aproxima e a ferocidade de seu trabalho se intensifica. 

Então, quando há algumas semanas, por razões de saúde, os bispos começaram a fechar igrejas americanas como se fosse uma luz de velas Tenebrae, comecei a considerar o Maligno, cuja risada nos dias de hoje se podia imaginar, latindo tão grotescamente quanto o coral na sexta-feira de manhã: "Crucifique-o!" Comecei a considerar a garra negra do dedo indicador de Satanás, e para onde ele dirigia seus demônios, agora que a recepção da Eucaristia se desvaneceu em grande parte e parece mais difícil receber a absolvição do pecado do que andar de bicicleta na lua. Lembrei-me do que um dos principais exorcistas do mundo me disse há alguns anos atrás, quando ele começou a viajar para os seminários americanos durante os anos 80.

"Comecei a ver o seminário como o ventre doente da Santa Mãe Igreja", disse Dom John Esseff, 93 anos, conhecido por sua capacidade de ler almas. "Os padres foram deformados no ventre da Igreja - ou se você fosse um seminarista bem-intencionado, seria abortado. Os jovens autênticos seriam abortados." "Vi que isso é demoníaco. Foi fácil reuni-lo: quando você é anti-eucaristia, anti-Maria e anti-oração, você é demoníaco." A opressão está em toda parte agora. Duas semanas atrás, comecei a oferecer jejuns e rosários aos padres sagrados que haviam sobrevivido a experiências angustiantes - porque suspeitava que a garra estivesse apontada diretamente para eles hoje.

São Padre Pio e São João Vianney reconheceram, ao realizar seu trabalho espiritual, libertar almas no confessionário, que visitas indesejadas de demônios provavelmente estariam em seu quarto naquela noite . Durante anos, foram maltratados - até que o coro perseguidor soube que era hora de partir, quando chegaram a entender que era impossível vencer a guerra. Como mediadores e pais espirituais na ordem sobrenatural da graça, Pio e Vianney travaram seus ataques demoníacos intensificando seu próprio jejum, oração e atenção às almas. Então os demônios, indefesos, saíram e nunca mais voltaram. Mas Pio e Vianney são como nenhum outro. Eu estava pensando sobre meus amigos sacerdotes. Ele suspeitava que eles estivessem sob ataque nesses dias solitários.

São padres que se comprometem a rezar em seu ofício, fazem uma hora santa diária e rezam um rosário diário. Esses sacerdotes, ele também sabia, praticavam formas de mortificação todos os dias para ajudar a ancorar a si mesmos e seu rebanho em Deus. Dias de trabalho espiritual de dezesseis horas haviam se tornado um costume (...), mas nenhum deles cheira a incenso ou levanta o rosto para o céu como uma Maria Antonieta auto-santificada. Esses padres parecem ser os homens mais felizes do mundo por sua incansável busca pela santidade dentro de si e de seu rebanho. 

Ontem peguei o telefone e liguei para alguns desses padres. Eu fiz apenas uma pergunta: "Você está sob ataque?" "Sim. Realmente, a opressão está em toda parte agora", disse o primeiro padre, com quem falei. Ele acabara de percorrer 140 milhas ida e volta pela segunda vez em uma semana para coletar 300 caixas de pão (1.200 pães) para distribuir aos pobres. "Desde a minha primeira hora santa até minhas missas gravadas em vídeo, tentando alcançar meus paroquianos em retiros e conversas on-line; as opressões parecem estar sempre lá. Elas foram muito fortes", disse ele . " Tornou-se extremamente exaustivo. É mais exaustivo quando eu faço as negociações [virtuais]; tudo se torna lento e difícil. É mais exaustivo do que as massas". "Aqui está um exemplo de como o Maligno funciona: celebrei três missas na festa da Anunciação porque tudo estava desligado. O vídeo não funcionou. Isso nunca aconteceu.

"As linhas de vida espirituais por aí foram cortadas, então os demônios vão atacar os salva-vidas [padres] que ainda permanecem na batalha espiritual. É fisicamente e mentalmente exaustivo porque as dúvidas surgem e você pensa:" Tudo isso Estou colocando online, isso vai ajudar ou é apenas um fracasso? Você pensa: "Qual é o objetivo?" Não sou padre por estar diante de uma câmera. "" Mas sei que Nossa Senhora me protege em tudo isso. Portanto, o trabalho espiritual é protegido. Isso me ajudou muito. " Liguei para outro padre.

"Um grande peso entrou no meu sacerdócio. Desta vez, foi a maior prova do meu sacerdócio, e suponho que seja da minha vida", disse o padre, conhecido por sua alegria, sua ética de trabalho e sua devoção a Nossa Senhora. "Acho que o Maligno está atingindo os sacerdotes com mais força agora. Sua ferramenta número um é o seu espírito de desânimo. Seu modus operandi é fazer parecer que não estamos realizando nada como sacerdote. Por que orar? Por que sentar ao lado do padre?" janela [para confissões abertas] quando ninguém vem. Por que fazer outro [absurdo] vídeo sobre a necessidade de orar durante o COVID-19 quando ninguém o vê? É como se a voz dele dissesse: "Você é inútil como padre, você é separado do seu povo, e eles não estão orando ou prestando atenção de qualquer maneira. "

"Mas sei que é uma grande mentira e é a voz do diabo. E quando a opressão realmente vem, continuo voltando ao tabernáculo, onde tudo se esclarece. Sou um mediador entre Deus e o homem, minhas orações, as Horas Sagradas e o trabalho. O trabalho de um mediador é uma bela oferenda neste período seco, porque não só me oferece algo para oferecer aos meus paroquianos - o rosário, as visitas ao Santíssimo Sacramento, a leitura das escrituras, o jejum -, mas também que tudo o que faço agora se torna essencial neste período espiritualmente seco " .

Durante esses períodos de seca, de certa forma, preciso ser ainda mais ativo. Com meus paroquianos afastados, preciso estar nas trincheiras para eles agora. E o Cristo que vive em mim me coloca nessa batalha. É hora de um padre brilhar. Ela brilha porque luta contra a opressão que sofre em si mesma e a que sente pelos paroquianos dos quais se separou. " Liguei para um exorcista em Washington DC e perguntei se a atividade demoníaca havia aumentado desde que a Eucaristia foi mantida e muitos as portas da igreja estavam fechadas.

"Os exorcistas e os que são dotados de conhecimento do reino espiritual têm visto uma atividade demoníaca mais intensa agora. Houve um aumento definitivo", disse ele, "Satanás se aproveitou dessa crise para alcançar seus próprios fins. Parece que os demônios foram Ele lhes deu uma mão livre . " Liguei para um leigo ativo no ministério de libertação , que queria permanecer anônimo. " A intensidade do sofrimento aumentou . É o espírito e a voz da condescendência que agora falam alto", disse o indivíduo. "

Ao mesmo tempo, o chamado à oração é como um tsunami agora. Eu sinto que não preciso dormir. Eu só quero orar a noite toda - esta parece ser a mesma experiência dos padres com quem tenho trabalhado. "Há uma ferocidade e intensidade no reino espiritual." Quando estava morrendo no meu quarto de hospital, no ponto mais vulnerável da minha vida, me senti da mesma maneira.

++++++

OBS > O problema está sim nesta força negativa Universal gerada pela presença dos demônios que atormenta toda a humanidade. Os influxos do mal que se apoderaram deste planeta são extremamente poderosos, e isso significa que, ainda que não tenhas a tentação direta de um demônio basta este poder ruinoso que nos assola, para que venhas a sofrer e a pecar com mais facilidade que o normal. Um caminho único existe para vencer este mal que é agarrar-se em Deus. Porque na medida em que se acumulam os pecados e os milhares de comunhões sacrílegas, mais podres são dadas as estas forças demoníacas e que chegarão a um auge inaudito.

Isso acontece exatamente pela presença das legiões diabólicas que em massa invadem a terra, na medida quem que as igrejas estão sendo fechadas, os cultos e as horas de adoração desaparecem, e que os Sacrários caem. Menos Eucaristia, mais demônios. E chegará o dia em que quase todas as igrejas do mundo, ainda de pé, apagarão as luzes dos tabernáculos... O sacrifício será retirado por Mário e sua equipe de monstros. Para seu delírio imediato, fugaz e passageiro, em troca de uma eternidade nos profundos abismos infernais. Só pelo prazer de cuspir na face de Deus.

Uma parte do texto acima que gostaria de comentar é quando um sacerdote fala que eles foram deformados em seu sacerdócio, palavra que desde muitos anos tenho insistido, o qu sigenifica algo muito pior do apenas "mal formados". O mal formado pode ser feito assim por desleixo, o DEFORMADO, o foi assim por um sórdido desejo. A imensa maioria dos sacerdotes hoje não consegue atinar com as heresias de Mário, simplesmente porque foi deformado em seu sacerdócio. Isso vale para bispos e cardeais, porque não é de hoje que a besta os deforma assim, pois isso vem dede mais de 100 anos atrás.

Mas segundo a Mãe, ainda neste ano todos os sacerdotes do mundo levarão um choque de realidade e terão de escolher em definitivo, pelo certo ou o errado. Só espero que não optem por Mário (Aarão).

 


Artigo Visto: 1140

ATENÇÃO! Todos os artigos deste site são de livre cópia e divulgação desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br


Total Visitas Únicas: 3.701.881
Visitas Únicas Hoje: 127
Usuários Online: 53