Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
30/12/2018
Será Francis a "provação final da Igreja"?
“Ao falhar em trazer clareza, criou-se grande confusão entre os fiéis e a unidade da Igreja é colocada em perigo”
 

Cardeal levanta a questão: o Papa Francisco é parte da “provação final” da Igreja?

Por LifeSiteNews – Utrecht, Holanda, 7 de maio de 2018 | Tradução: FratresInUnum.com  – Um Cardeal Holandes afirmou que a falha do Papa Francisco em defender a fé autêntica da Igreja o faz pensar na profecia do Catecismo da Igreja Católica acerta de uma “provação final” para a Igreja antes da segunda vinda de Cristo.

O Cardeal Willem Eijk, 64, Arcebispo de Utrecht, fez o surpreendente comentário em um artigo publicado hoje no National Catholic Register. 

cardinal_willem_eijk1_810_500_55_s_c1

Eijk, feito cardeal em 2012 por Bento XVI, formou-se em medicina antes de sua ordenação sacerdotal e completou seu PhD em medicina, filosofia e teologia.

No artigo, o Cardeal lamenta a falha do Papa Francisco em trazer clareza à questão da intercomunhão com Protestantes durante o encontro de semana passada dos bispos alemães no Vaticano. O Papa pediu que os bispos alemães obtivessem aprovação unânime sobre o assunto, mas, afirma o Cardeal Eijk, ele deveria ter simplesmente lhes recordado a clara doutrina e prática da Igreja.

“Ao falhar em trazer clareza, criou-se grande confusão entre os fiéis e a unidade da Igreja é colocada em perigo”, declarou.

“Observando que os bispos e, acima de tudo, o Sucessor de Pedro falham em manter e transmitir fielmente e em unidade o depósito da fé contido na Sagrada Tradição e na Sagrada Escritura, não posso senão pensar no Artigo 675 do Catecismo da Igreja Católica”, escreveu.

Este parágrafo do Catecismo, que ele citou na íntegra, adverte para uma provação que “abalará a fé de muitos fiéis”. Ele profetiza uma perseguição que “desvelará o ‘mistério da iniquidade’ em forma de impostura religiosa, oferecendo aos homens uma aparente solução de seus problemas, a preço da apostaria da verdade”.

O Cardeal Eijk advertiu publicamente, no ano passado, que, ao falhar em esclarecer o ensinamento da Igreja acerca do divórcio e da segunda união, o Papa Francisco estava “fraturando” a Igreja.

Ele não é o primeiro Cardeal a reconhecer a confusão na Igreja causada pelo Papa Francisco como um sinal dos tempos finais. No Rome Life Forum do ano passado, o finado Cardeal Carlo Caffarra falou da confusão na Igreja a respeito do casamento e da família como o cumprimento de uma profecia que ele recebeu.

Em uma carta que o Cardeal Caffarra recebeu da Irmã Lúcia, a vidente de Fátima escreveu que a “batalha final entre o Senhor e o reino de Satanás será sobre o casamento e a família. Não tenha medo, ela acrescentou, porque quem quer que trabalhe pela santidade do matrimônio e da família será de toda forma sempre combatido e oposto, porque este é o assunto decisivo”.

Essa batalha final, disse ele no Rome Life Forum, “está sendo cumprida hoje”.

O Cardeal Burke também identificou a confusão e o erro na Igreja Católica sob o Papa Francisco com o final dos tempos: “É possível sentir que a Igreja dá a aparência de não desejar obedecer as ordens de Nosso Senhor”, disse o Cardeal Burke em uma entrevista com o Catholic Herald em novembro: “Talvez, então, tenhamos chegado ao fins dos tempos”.

+++++

OBS > Do mais profundo de minha alma eu sinto, e digo sem medo: a maior prova da provação final da Igreja, predita em nosso Catecismo é não apenas a ação anticatólica e maléfica de Francis, mas a absurda inércia de mais de 410 MIL, padres, bispos e cardeais, que estão calados, inexplicavelmente manietados por uma força obscura, bloqueados na mente por algum poder que somente pode vir das trevas, em não compreenderem o que de fato está se passando no Vaticano. O fato de eles não perceberem que as ações deste Gog não levam a uma "reforma" da Igreja - e um santo já disse que o maior absurdo é achar que a Igreja de Cristo precisa de reforma, coisa que, aliás, Lutero já fez - mas sim à sua lenta destruição. Suas ações não são a de um papa fiel a Cristo, mas sim ao anticristo conforme está escrito em Apocalipse 13, 1-10. Francis lidera esta fera. Padres, bispos, cardeais, ACORDEM, antes que a vara da Justiça divina os alcance. Gritem sobre os telhados - a Igreja está sendo destruída - e não se calem como os cães mudos preditos por Isaías.Sim este é um sinal claríssimo da proximidade do ápice do fim dos tempos. No tempo deste homem, tudo isso se dará! Povo, acorde, já que o clero dorme! (Aarão)

 

 
 
 

Artigo Visto: 589 - Impresso: 7 - Enviado: 2

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 706 - Total Visitas Únicas: 3.290.873 Usuários online: 86