Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
24/02/2008
Dogmas sobre a Criação
 
Dogmas - Criação do mundo
24/02/2008 10:12:04

Dogmas - Criação do mundo


DOGMAS SOBRE A CRIAÇÃO DO MUNDO

 

Toda esta matéria que segue é compilada por Dercio Antonio Paganini

(Formatação, e pesquisa Maria)

 

1. TUDO O QUE EXISTE FOI CRIADO POR DEUS A PARTIR DO NADA


Afirma o Concílio Vaticano I (1869-1870), sob Pio IX (1846-1877):

·        "Proclamamos e declaramos desta cátedra de Pedro... que unicamente este Verdadeiro Deus... criou do nada uma e outra criatura, a espiritual e a corporal, isto é, a angélica e a mundana, e logo a humana, como comum, constituída de espírito e corpo" (Dz. 1783).

Também o Concílio de Latrão, em 1215:

·        "...Criador de todas as coisas visíveis e invisíveis, espirituais e corporais, que por Sua onipotente virtude, existente desde o princípio dos tempos, criou do nada a uma e outra criatura..." (Dz. 428).

Provas da Sagrada Escritura:

·        "No princípio Deus criou o céu e a terra..." (Gn. 1,1).

·        "Te suplico meu filho, que olhes o céu e a terra, e vejas o quanto existem neles, e entendas que do nada Deus fez tudo isso" (2Mc 7,28).

·        "Pela fé conhecemos que os mundos foram dispostos pela palavra de Deus de modo que do invisível teve origem o visível" (Hb 11,3).

A criação do mundo do nada, não apenas é uma verdade fundamental da revelação cristã, mas também que ao mesmo tempo chega a alcançá-la a razão com apenas suas forças naturais, baseando-se nos argumentos cosmológicos e sobretudo na argumento da contingência.

 

2. CARÁTER TEMPORAL DO MUNDO


 O mundo teve princípio no tempo - O Concílio Vaticano I (1869-1870), sob Pio IX (1846-1878), afirma:

·        "Determinamos declarar desta cátedra de São Pedro... desde o princípio do tempo, criou do nada..." (Dz. 1783). "...Criador de todas as coisas..." (Dz. 428).

Provas das Escrituras:

·        "Agora, Tu, Pai, glorifica-me próximo a Ti mesmo, com a glória que tive perto de Ti antes que o mundo existisse..." (Jo 17,5).

·        "Nos escolheu antes da constituição do mundo..." (Ef 1,4).

·        "Desde o princípio fundaste Tu a terra..." (Sl 101,26).

A doutrina da eternidade do mundo foi condenada (cf. Dz. 501-503). Contra a filosofia pagã e o materialismo moderno que suponha a eternidade do mundo, ou melhor dizendo, da matéria cósmica, a Igreja ensina que o mundo não existe desde toda a eternidade, mas teve um princípio no tempo. O progresso da física atômica permite inferir, pelo processo de desintegração dos elementos radiativos, qual seja a idade da terra e do universo, provando positivamente o princípio do mundo no tempo (Discurso de Pio XII, 22 Novembro 1951: Sobre a demonstração da existência de Deus à luz das modernas ciências naturais).

 

3. CONSERVAÇÃO DO MUNDO


Deus conserva na existência a todas as coisas criadas - Diz o Concílio Vaticano I (1869-1870), sob Pio IX (1846-1877), a 24 de Abril de 1870:

·        "A Igreja Católica declara a partir desta cátedra... Tudo o que Deus criou, com sua providência o conserva e governa..." (Dz. 1784).

Provas da Sagrada Escritura:

·        "E como poderia subsistir nada se Tu no quiseras ou como poderia conservar-se sem Ti?" (Sb 11,26).

·        "Meu Pai segue trabalhando ainda e eu também trabalho" (Jo 5,17).

·        "E tudo Nele subsiste" (Col 1,17).

A ação conservadora de Deus é um constante influxo causal pelo que mantém as coisas na existência. São Tomas de Aquino define a conservação do mundo como continuação da ação criadora de Deus. É condizente à sabedoria e bondade de Deus conservar na existência as criaturas que são vestígios das perfeições divinas e servem, portanto, para dar glória a Deus

 

OBSERVAÇÃO (Arnaldo)

 

Em síntese: Deus é o Único Criador de todas as coisas que existe, animadas e sem vida. Não existe um só grão de pó de toda a matéria que compõe o Universo que não tenha origem em Deus. Ele criou TUDO a partir do nada, pois do nada, nada se cria. Também não existe um só ser vivente, que não tenha sido criado por Deus, conforme a sua espécie e característica, para povoar o ambiente propício e a ele perfeitamente adaptado.

 

Todas as teorias, pois, que tratam da “evolução”, são meras fantasias da mente humana, que esbarram sempre em proposições inexplicáveis. Não somente isso, como ainda Deus mesmo mantém em funcionamento perfeito, permanente, diuturno e eterno, tudo o que existe. E isso tanto em relação à matéria inanimada como a vida. Tanto aos infinitos astros que compõem o Universo, quanto aos seres que povoam a terra.

 

Assim as adaptações das criaturas ao meio em que vivem, não são resultado de alguma “evolução”, mas sim da permanente vigilância de Deus, que opera nelas através de suas infinitas perfeições, mesmo que invisíveis aos olhos humanos, todas indecifráveis pela nossa insipiente inteligência.

 

Não existe EVOLUÇÃO > Existe apenas: CRIAÇÃO DIVINA!

 
 
 

Artigo Visto: 1389 - Impresso: 23 - Enviado: 14

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 513 - Total Visitas Únicas: 3.027.846 Usuários online: 63