Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
02/05/2018
Segundo do retiro dos 72
Obrigado por este dia! Todos vocês tiveram os nomes novamente escritos no Livro do Pai! No Livro só do Pai!
 

Porto Belo, SC, 23 de Abril de 2018

Retiro dos 72 em Angelina – SABADO -  21 de Abril

Como o Céu viu o Retiro

No Sábado, após o café da manhã, todos se reuniram no pátio para a Bênção Compartilhada: todos abençoam a todos e todos são abençoados por todos. Aqui também o Céu se faz presente: todas as pessoas são tocadas pelo céu individualmente, no toque individual de cada um! Os Anjos entoavam hinos maviosos e os Santos de cada um dos presentes e os Santos do Salvai Almas tocavam com suas mãos, a cada um. Os Padres já no Céu, Pe. Bach, Pe. Vitor, Pe. Nicolau, Pe. Álvaro, Frei Humberto, Frei Luís de Ávila, faziam questão de aplicar a Bênção Sacerdotal a cada um e a todos dirigiam palavras de amor em seus corações.

- Por que não conheci este trabalho antes? Disse o Pe. Vitor, meneando a cabeça e emocionado.

- Eu conheci e conheci corações bonitos ali, mas não os acompanhei como deveria, disse o Padre Bach.

De fato, o Padre Pedro Antônio Bach fora para mim, exemplo de Sacerdote Santo, mas embora tivesse vontade de nos acompanhar, era-lhe impossível devido às suas tantas atividades que jamais o permitiram parar ou descansar! Hoje, nos ajuda desde o Céu!

Depois desta Cerimônia, nos dirigimos à Igreja para a Santa Missa, a ser celebrada por Frei Luís Aliberti. O Céu novamente se apresentou ali, e o mais curioso: As Irmãs estavam completamente cercadas pelas Santas de sua congregação que as olhavam maravilhadas esvaindo-se em alegria. Algumas ainda estavam no Purgatório e suplicavam orações e até perdão mas no momento da Elevação do Cálice, na Consagração, com Jesus e Maria, todas entoavam louvores ao Pai, por abraçar neste momento as “Novas Santas” que agora fariam parte das intercessoras desta Missionarias que ainda operam na terra!

É óbvio que chorei! E quem não chora quando vê filhinhas de Deus, que, livre das penas, voam ao colo do Pai?

E o Pai também chorou: Deus também chora nestes momentos.

- “É tão gostoso abraçar os filhos!”

Ao termino da Santa Missa foi realizado o Cenáculo com a presença viva de Nossa Senhora, que abençoou a todos e acompanhou cada momento das orações e respondeu com o seu carinho especial à algumas cartinhas deixadas ali, pelos presentes.

Ditou sua Mensagem ao Cláudio, abençoou todos os objetos deixados pelos participantes aos pés do altar, através de Norma e de um casal de São Martinho.

 Fez sua fantástica aparição diante de todos e se despediu, marcando nos nossos corações a certeza do amor do Céu pela humanidade e a preocupação da Mamãe, pela saúde espiritual de seus filhos.

Hoje estava vestida um pouco diferente: Túnica branca até o chão, pés descalços, sem o véu, cabelos ondeados, esvoaçantes e um manto vermelho sobre os ombros que combinava com seu cinto também vermelho.

- Por que vermelho e não azul como sempre, Mãe?

- Hoje, o meu coração está “estourando” de amor! Esta é cor do amor de Deus: Vermelha como o Sangue de meu Filho Jesus. E Eles estão tão felizes aqui!

A despedida me faz sempre chorar! Me dá uma vontade louca de ir junto! Mas Ela foi: têm outras ocupações, outras preocupações...

- Obrigado, Mãe amada! Abrace a Jesus por nós. Amém!

Eis a Mensagem que a Mamãe nos deixou:

 

“Paz!”

Filhinhos amados, Paz! Muito obrigada.

Sim filhinhos, eis que tudo se inicia! Eis que vêm as tribulações!

Eis que vem o Rei!

Rezai! Rezai!

Este vosso Movimento é muito importante e o será muito mais nos próximos dias. E Deus confia em vós!

Mas o Céu todo estará lado a lado convosco.

Sois Igreja e de hoje em diante deveis tratar-vos assim em todos os vossos lugares:

Igreja de Piracicaba,

Igreja de São Paulo,

Igreja de Blumenau,

E assim todos os grupos são a Igreja amada de Deus!

Sim, rezarei convosco no Cenáculo em Piracicaba e estarei muito feliz lá! Amém!

Muito obrigada, Missionários do Amor: Setenta e dois Missionários de uma grandiosa Missão!

Contai sempre Comigo!

Eu vos amo tanto!

Eu vos abençoo, em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Amém!

“Maria, Mãe do Universo!”

 

À tarde, já no salão, cantamos, rezamos, meditamos, refletimos e escutamos as palavras do Dr. João Rech, do Movimento Cidadãos do Infinito, do Rio Grande do Sul, Missionário dos 72, que no dia anterior, havia nos apresentado o seu parecer sobre as visitas às 7 Igrejas:  Conclusão Estarrecedora sobre a visita às 7 Igrejas.  Contou que foi inquirido sobre este trabalho por sacerdotes que lhe disseram que o Senhor Bispo estava preocupado e gostaria de explicações. João respondeu categoricamente, entre outras palavras:

- A Igreja está pregando, neste ano do laicato, UMA IGREJA EM SAÌDA, mas nós não vimos nada a este respeito! Não vimos a Igreja em saída! Então nós assumimos esse dever e saímos em busca do povo, e   vimos o desleixo e o abandono, por parte da Igreja, para com os fieis: a sede e a fome do saber; a ignorância a respeito das regras ou leis da Igreja e até do Catecismo... Vimos os fiéis à deriva! Somos Missionários e cumprimos a nossa Missão! E estamos muito felizes com isto!

Que Deus te abençoe, João, por tua garra e tua preocupação para com a salvação dos “filhos de Deus!”

E esta é a Missão Especial dos 72 : Ir em busca dos que não buscam a Igreja, por que a Igreja já não é Missionária!

Após o almoço, orações, meditações, Terço da Misericórdia e a leitura através da Marilene, de uma Visão que a Lu teve, na Arena do Coliseu em Roma:

O Massacre dos cristãos estraçalhados pelas feras: uma criança sendo tirada do colo da mãe, para ser devorada por feras...

A emoção e o horror tomou conta de nossos corações.

E isto aconteceu! E, sabemos: acontecerá novamente! Agora as feras são os próprios políticos sujos, corruptos que usam de seus privilégios para “massacrar” a plebe... Existem hoje os “Nero” em todos os cantos da terra que, com palavras bonitas, vão “engolindo” o povo...

Fomos depois, ao Santuário Nossa senhora de Angelina, onde trabalha o nosso Diretor Espiritual, Frei Luís Aliberti e alí fomos cumprimentados por Frei Paulo, já que o Frei Luís se preparava para seus compromissos em outras comunidades.

Subimos o morro rezando a Via Sacra.

Não tem como descrever a beleza deste lugar: matas, cachoeiras ladeando a estrada estreita e sinuosa que leva as pessoas ao Pico da Montanha, onde se encontra a Majestosa e Milagrosa Gruta de Nossa Senhora, encravada na rocha firme e também ladeada por cachoeiras de águas limpas e prodigiosas.

No inicio da subida, visitamos o Cemitério dos Freis Franciscanos onde rezamos o terço do amor.

Uma luminária gigante se acendeu e me inundou! O Céu estava ali!

Milhares de almas, como que, disputavam os primeiros lugares para acompanhar melhor e mais de perto as orações!

O quadro se compara a um grupo de pessoas que se postam para fotografia: todos querem aparecer! Todas queriam ser fotografadas.

E todas rezavam junto conosco! A Oração do Céu nos arrebata para o além! Nos inunda de um prazer inenarrável!

Só o Céu sabe rezar assim! E nos contagiar assim!

São José me pegou pela mão:

- Vamos subir?

E seguimos adiante, sempre rezando e contemplando as estações da Via Sacra, marcadas com monumentos que retratam as estações em cada curva da estradinha. Todas as almas são iguais, parecendo não existir diferenças entre elas, aparentando mais ou menos 18 ou 19 anos de idade, mas agiam ali como crianças, tão maravilhosas e belas quanto a beleza deste lugar e quanto a beleza dos corações dos que ali estavam!

Tive vontade de cantar, de pular, de gritar: A emoção me fazia tremer! Mas pude me conter e apenas rezar!

No alto do morro, após a última estação, todos se dirigiram à Gruta, cantando bonitos hinos à Mamãe.

Ela nos aguardava!

E sorrindo, cantava junto!

Esta Gruta é extraordinária: Encravada na rocha, ladeada por torrentes de água, vinda ainda mais do alto e com força, infiltrando-se em meio às pedras, produzindo sons de encantos e deixando-se cair aos pés das pessoas e como que, trazendo do céu as bênçãos e as graças suplicadas por quem ali chega.

E de fato, graças em abundancia ocorrem ali, como dizem as milhares de placas ali deixadas por milhares de agraciados, cujo número cresce dia após dia.

Rezamos, cantamos e ali bebemos desta Água Santa!

- Isto é maravilhoso, Mãe!

- Sim! É maravilhoso! Deus é maravilhoso! Tudo isto é obra Dele: As pedras, as árvores, as águas, as graças...

- O Céu é assim bonito, Mãe?

- É! Aqui é apenas um pedacinho... Apenas um pouquinho do Céu...

- Mas Mãe, quase não aguento aqui por causa da emoção! Aguentarei no Céu?

- No Céu você também será o Céu!

Nossa senhora fez um breve silencio:

- Todos aqui serão o Céu!

E todos estavam maravilhados! Ninguém tinha vontade de sair dali!

Mas tivemos de voltar!

Após a janta, já na casa do retiro, o Alair dissertou sobre as heresias que assolam a Igreja e que fazem acontecer mudanças terríveis na Doutrina e até nas Sagradas Escrituras, pondo em risco a salvação das pessoas a até da Igreja Católica Apostólica Romana.

O Arnaldo também teve seu tempo de colocar à luz da verdade, as inúmeras heresias proclamadas pelos representantes da Igreja, justamente pelos que deveriam trabalhar para a salvação das pessoas.

Via-se nas feições do Arnaldo, a vontade de gritar contra estes impostores e a preocupação para com os rumos que a Igreja Caminha.

Mas se conteve e explanou com muito amor e sabedoria, os pontos mais cruciantes desta historia que contaminam os filhos de Deus.

Aqui não houve debates, para que todos tivessem a liberdade de analisar, refletir, meditar e tirar suas próprias conclusões.

Na Capelinha do Santíssimo, em frente ao nosso quarto, quando eu o cumprimentava, Jesus, acenando com sua mão direita, disse:

- Obrigado por este dia! Todos vocês tiveram os nomes novamente escritos no Livro do Pai! No Livro só do Pai!

Livro que Ele não cessa de acariciar!

- Sabe, Jesus, acho que devo pedir uma graça diferente...

- Qual?

- Um coração novo! Este meu já está estourando de tantas emoções!

- Boa noite, filho!

- Boa noite, meu Jesus!

 

Cláudio

 

 
 
 

Artigo Visto: 684 - Impresso: 16 - Enviado: 3

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 240 - Total Visitas Únicas: 3.222.527 Usuários online: 52