Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título



 
 
19/09/2019
Artífices de uma nova igreja
Pressionados por satanás, os artífices da demolição da Igreja, não cessam seu ataques!
 
Rahner, Martini, Francisco: artífices de uma nova igreja (Comentário explosivo ao final)
https://www.crisismagazine.com/author/julia-melon
 
     (...) Viganò não é o único que fala de uma "nova" igreja em estilo jesuíta. Na Nova Igreja de Karl Rahner ("A Nova Igreja de Karl Rahner"), Stefano Fontana traça a genealogia da "Igreja Aberta" do Papa Francisco a Rahner, o radical suspeito de heterodoxia sob o papa Pio XII. Como mostra Fontana, Rahner negociou uma "rendição ao mundo" que está sendo registrada nas agendas distintas deste pontificado, da Comunhão aos adúlteros e à ordenação de homens casados à entronização da "consciência" e ao rápido abandono da evangelização.
     O historiador Roberto de Mattei também chama Rahner de "avô" do papa, argumentando que os dois jesuítas estão ligados por meio de um terceiro: Carlo Cardinal Martini, líder da máfia de San Gallen e "pai" do papa Francisco. "A agenda do cardeal Martini, que é a mesma de Rahner, nos oferece a chave para entender o papado do Papa Francisco", diz de Mattei, observando a última entrevista do cardeal Martini pedindo autonomia de consciência e comunhão aos adúlteros. 
     Hoje, o cardeal St. Gallen, Dom Walter Kasper e outros estão eufemizando as rupturas do Papa Francisco com o passado como uma brilhante "mudança de paradigma". Mas o arcebispo Viganò diz que os slogans "exóticos" e "sofisticados" estão simplesmente sendo usados "para enganar e confundir". Ele explica que, no passado, uma "grande máquina de propaganda da mídia" aplicava uma hermenêutica de ruptura ao Vaticano II . Hoje, ele diz, uma engenhosa "maquinaria da mídia, que inclui fotos do Papa Francisco com o Papa Emérito Bento, etc., tem sido usada para argumentar que o" novo paradigma "do Papa Francisco está em continuidade com o ensino de seus antecessores". "Mas não é assim", adverte. " “É uma” nova igreja “.
     Bento XVI havia afirmado que um espírito revolucionário do mundo entrou na Igreja na década de 1960. Possuídos por esse espírito, teólogos arrogantes determinados a criar "outra Igreja" destruíram a teologia moral tradicional da Fé, que levou ao colapso. cheio de disciplina moral no clero e até mesmo um amplo espírito de blasfêmia, que Bento XVI intimamente conecta com o fenômeno do abuso infantil.
     Hoje, quando o sínodo da Amazônia se aproxima, esse espírito maligno parece ter trazido outros sete. Em todo lugar, ouvimos gritos que alertam sobre heresias, apostasia e cisma. Dois poderosos prelados tradicionalistas, o cardeal Raymond Burke e o bispo Athanasius Schneider, pediram 40 dias de oração e jejum para expulsar esses espíritos.
     Publicamente, o papa Francisco está se saindo muito bem, dizendo que ele é apenas um imitador do papa João Paulo II e um fiel executor do Vaticano II. São os profetas que acionam os alarmes.
     Pergunte a Francisco e ele dirá que é uma "honra" estar "atacando". Ele quase os desafia (os profetas) a continuar levantando suas vozes e brincando com fogo. "Rezo para que os cismas não aconteçam, mas não tenho medo deles", diz ele desafiadoramente, alertando sobre "escolas de rigidez" e que suas formas "pseudo-esquismáticas" terminarão mal ".
     "O Papa Francisco diz isso porque sabe que o Sínodo da Amazônia pode causar um cisma", argumenta Viganò em outra entrevista com Moynihan na semana passada. “Ele está pronto para dizer que outros estão fazendo o cisma, mas (por suas ações em continuar apoiando o sínodo da Amazônia), ele está causando ele próprio. Essa é a atitude de um pastor que cuida dos fiéis? É seu próprio dever evitar um cisma ".
     "Mas qual é realmente a mensagem dele: que Deus está prestes a punir a Igreja, já que Nínive foi ameaçada de destruição, ou acredita que ainda há uma oportunidade de renovar a Igreja, através da oração e renovação de espiritualidade sacerdotal e secular? ", Moynihan pergunta a Viganò.
     Fixando os olhos na coisa ardente e purificadora que deve acontecer, ele responde: “As duas possibilidades que você oferece não são mutuamente exclusivas. Pode haver muita punição, que abalará e diminuirá a Igreja, bem como uma reforma e renovação da Igreja, tornando-a mais resplandecente em santidade. Ambos são possíveis.
     Hoje, aqui em Nosso Nínive, os profetas estão falando, e estamos ficando sem tempo, todos jovens e velhos, para prestar atenção a eles.
     ++++++++++++
     OBS > Em si, o artigo fica meio complicado de entender, para os que não estão familiarizados com o ciclo histórico da Igreja e com os personagens aqui citados. Seria então necessário explicar os antecedentes para entender melhor, mas penso que basta dizer que este Karl Rahner aqui citado, também Carlo Maria Marini, são dois jesuítas, hereges, que o abismo já contempla, com “gozos” infernais, e sobre Gog, o leitor já sabe o que penso. Quanto ao texto...
     Na verdade, no meu entender, nem o valente Cardeal Vigano acerta na mosca: não se trata de uma nova igreja. O que eles estão edificando é a igreja do diabo, DENTRO da Igreja Católica. É diferente! Eles querem preservar o NOME, e juraram solenemente fazer isso, o que significa locupletar-se do patrimônio cultural e moral da Verdadeira Igreja de Cristo, e apresentar este novo bezerro de ouro como se ele fosse o "deus" que trará a paz ao mundo. 
     Imagine que alguém pudesse entrar nos intestinos de uma pessoa, e aos poucos ir construindo uma nova pessoa, de dentro para fora. Os demolidores, sorrateiramente, mas com pertinácia extrema penetraram no interior da Santa Igreja Católica Apostólica Romana, Una e sempre Santa, NUNCA pecadora, e especialmente após o Concílio Vaticano II, passaram demolir o interior da sua Doutrina, apresentando ao mundo estas modificações abortivas, como elas fossem uma reforma, mal conhecendo a palavra do Santo que afirmou que, o simples fato de levantar a hipótese de que a Igreja precisa de “reforma” já se constitui numa heresia. JESUS, é a SUA IGREJA, e Deus não se reforma!
     Agindo assim, com o maior cinismo, audácia criminosa e desfaçatez, eles mantêm a face externa da Igreja – digamos, se fosse um corpo humano, mantêm a pele externa e a aparência exterior capitaneada por Gog – enquanto internamente construíram já um monstro, falta apenas alguns detalhes para que o anticristo se apresente como a “pele” nova, para que o mundo perceba o ardil asqueroso que eles nos armaram. O detalhe que falta, para que finalmente o novo ídolo moderno esteja de pleno edificado, tem a ver com uma falsa missa, a abominação da desolação predita por Daniel, tome lugar no templo santo de Deus.
     Estes facínoras repulsivos, com seus mantos vermelhos e pose de santo e autoridade, na íntegra cumprem um pacto satânico que vem desde os séculos, onde juraram destruir a Igreja de Cristo, e mesmo quando forem excomungados dela por heresia contumaz, não a deixam, não abandonam o “osso”, mesmo que se lhes torne indigesto. Ademais, criar uma “nova igreja”, como o Cardeal Viganó se refere, poderia demandar séculos, com o agravante de nunca dar certo.
      Por isso criaram este novo “cavalo de Tróia”, infiltrando-se dentro da Verdadeira Igreja para corrompê-la devagar, de forma ao que o grande mundo católico, mal catequisado e mundanizado, não percebesse. Os sínodos de Gog, são a ferramenta maligna que ele usa e abusa, para mudar a Sã Doutrina, quando ele impõe um objetivo maligno - exemplo: ordenar homens casados, para depois casar a todos - e seus cães de guerra tratam de fazer a massa dos cardeais agir neste sentido, então Gog sai de santinho, porque apenas ACEITOU, as deliberações dos padres sinodais. É execrando este cinismo.
     O primeiro passo para eles conseguirem isso, foi ANTES penetrar nas entranhas da Companhia de Jesus, fundada por Santo Inácio de Loyola, que era uma fortaleza quase inexpugnável em defesa da Esposa de Cristo. Corrompendo os jesuítas, dos quais um autor já disse “não são mais católicos”, eles conseguiram criar monstros como Rahner, Martini, Kasper, Marx, Lehmann, aos quais o inferno vai engolindo, um a um, tão logo deixam este mundo. Em recente mensagem ao Cláudio, alguns dias atrás, Santo Inácio lhe disse que hoje “desconhece a companhia que ele fundou” porque chafurda hoje nos abismos da heresia e comanda decisivamente a batalha dos inimigos de Deus contra nossa Santa e amada Igreja. Basta ver o papa que elegeram, isso quando o Santo deixou escrito na regra que os jesuítas são proibidos de galgar cargos na Igreja.
     Eles sabem, decididamente, que perderão a batalha, mas instigados pelos demônios não cessam seus ataques, não desistem de urdir tramas e patranhas contra a Igreja, e agem de uma forma tão solerte que enganam até os eleitos, falo em especial da maioria dos nossos bispos e sacerdotes. Aliás, eles foram os primeiros a cair na esparrela, porque deformados nas pérfidas escolas de filosofia e de teologia, mais para academias de formação de padres apóstatas, do que para a grande missão da salvação eterna das almas. 
     Hoje se pode dizer: Padre que se preocupa MAIS, com o financeiro de sua Paróquia, que não reza continuamente para ter a Luz do Espírito Santo, em detrimento das almas que Deus lhe confiou pode ser considerado um apóstata. Porque, diante de tudo isso que mostrei acima, que esteve sempre aberto e está agora escancarado diante de todos os homens e mulheres de espírito aberto, quem não percebe isso, no mínimo é um “guia cego conduzindo cegos”. Tudo bem que, por medo de perseguição se calem, mas jamais deixem de rezar para que se acabe este tempo de trevas, e Deus intervenha nesta história, que é de terror, e que resultará em 2/3 da humanidade eliminados.
     Isso se restar tanto, porque Isaías afirma: se restar 1/10 da população, este ainda será purificado. Quem viver verá, e isso não demora muitos anos: é durante a vida dos dois ocupantes do Vaticano, que tudo se dará. Esta peste, esta intrusa igreja mentirosa e farsante, terá seu fim no sangue. Leia Isaías 24, e entenderá! (Aarão)
 
 
 
 

Artigo Visto: 392 - Impresso: 6 - Enviado: 0

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 635 - Total Visitas Únicas: 3.513.513 Usuários online: 48