Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título



 
 
15/09/2019
Um humanismo anticristo!
Um vaticano que não fala de Cristo, só pode ser arauto da seita do inimigo de Deus.
 

O novo humanismo sem Cristo de Bergoglio

14 de setembro de 2019

Fonte > https://www.lifesitenews.com/news/pope-francis-global-education-pact

Pelo menos, Francisco deveria tirar sua batina branca e esclarecer que não fala em nome de Cristo ou da Igreja Católica quando defende os interesses e os objetivos maçônicos da elite, em descarada oposição ao Evangelho e aos objetivos da Noiva de Jesus Cristo: a salvação das almas e o estabelecimento do reino de Cristo. Relatórios da LifeSiteNews: Papa Francisco convida líderes políticos e religiosos a assinar o "Pacto Global" para o "novo humanismo" ROMA, 13 de setembro de 2019 Em um apoio renovado e entusiasmado ao globalismo, o Papa Francisco anunciou que está organizando uma iniciativa de um "Pacto Global" para criar um "novo humanismo". O evento global, que ocorrerá no Vaticano em 14 de maio de 2020,

Reinventar a Aliança Educacional Global. De acordo com uma declaração do Vaticano emitida na quinta-feira, 12 de setembro, o Papa está convidando representantes das principais religiões, organizações internacionais e várias instituições humanitárias, além de figuras-chave do mundo da política, economia, acadêmicos e atletas de destaque , cientistas e sociólogos para assinar o "Pacto Global sobre Educação" para "transmitir às gerações mais jovens um lar comum unido e fraterno". "É necessário um pacto educacional global para nos educar em solidariedade universal e um novo humanismo", disse o Papa Francisco em uma mensagem em vídeo para lançar a iniciativa. Um site apoiado pelo Vaticano, criado para promover o pacto, acrescentou: “

Educar os jovens em fraternidade, aprender a superar divisões e conflitos, promover hospitalidade, justiça e paz : o Papa Francisco convidou todos os que se preocupam com a educação da jovem geração a assinar um Pacto Global, a criar uma mudança global de mentalidade através da educação. " A mensagem do Papa sobre o" Pacto Global " Em uma mensagem surpreendentemente secular que não contém uma única referência a Jesus Cristo,

O papa Francisco pediu às pessoas que "capitalizem nossas melhores energias" e sejam "proativas" ao "abrir a educação para uma visão irrestrita a longo prazo do status quo". "Isso", disse ele, "resultará em homens e mulheres abertas, responsáveis, preparadas para ouvir, dialogar e refletir com os outros, capazes de tecer relacionamentos com as famílias, entre gerações e com a sociedade civil, e assim criar um novo humanismo ". Citando o aforismo favorito de Hillary Clinton, "É necessário um vilarejo para criar um filho", o Papa Francisco afirmou a necessidade de criar um "vilarejo educacional", no qual "todas as pessoas, de acordo com seus respectivos papéis,

No momento em que o direito à educação em casa e o direito à livre escolha da escola estão ameaçados, e quando países ao redor do mundo criam impostos para fornecer uma educação pública à qual nenhum pai católico pode confiando em seus filhos com segurança, o Papa Francisco omitiu qualquer referência às prerrogativas dos pais como educadores primários de seus filhos. Referindo-se ao "Documento sobre Fraternidade Humana e Paz Mundial para Viver Juntos", que ele assinou com o Grande Imã de Al-Azhar em Abu Dhabi em fevereiro passado, Francisco explicou que, nesta nova aldeia global, "a terra deve estar livre de discriminação e a fraternidade deve florescer ".

Os leitores lembrarão que o documento de Abu Dhabi provocou polêmica ao afirmar que "a diversidade de religiões" é "desejada por Deus". "Nesse tipo de vila", o papa também disse que uma "aliança" deve ser forjada entre os habitantes da terra e nossa "casa comum", da qual devemos cuidar e respeitar. Uma aliança que gera paz, justiça e hospitalidade entre todos os povos da família humana, bem como o diálogo entre religiões. "No entanto, nem todos estão convencidos de que a paz pode ser alcançada através da promoção do documento de Abu Dhabi. Bispo Athanasius Schneider observou recentemente que "não importa quão nobres sejam os objetivos, como" fraternidade humana "e" paz mundial ".

Em sua mensagem, o papa disse que, para alcançar esses "objetivos globais", como uma "vila educacional", devemos " ter a coragem de colocar a pessoa humana no centro" e "capacitar as pessoas que estão dispostas a se oferecer eles mesmos " a serviço da comunidade. "( NT: Em vez de colocar Cristo no centro de todas as coisas, como esperado de um papa)  Ele terminou sua mensagem convidando" todos a trabalhar para esta aliança e a se comprometerem, individualmente e em nossas comunidades. , cultivar o sonho de um humanismo enraizado na solidariedade e que responda tanto às aspirações da humanidade quanto ao plano de Deus . " (NT:

O Papa Francisco encomendou à Congregação do Vaticano para a Educação Católica a organização da iniciativa. Segundo um site dedicado ao pacto global, a Congregação supervisiona "216 mil escolas católicas, frequentadas por mais de 60 milhões de estudantes e 1.750 universidades católicas, com mais de 11 milhões de estudantes". Em uma nota explicativa que acompanha a mensagem do Papa, a Congregação disse que a iniciativa do pacto global de 14 de maio busca envolver "organizações internacionais" e "grandes nomes da terra" para ajudar a "curar a fratura entre o homem e o Absoluto (?)" e a separação entre "realidade e transcendente" . Também visa curar a "fratura horizontal" entre homens de culturas, religiões e origens difíceis. E pretende curar a "fratura entre homem, sociedade, natureza e meio ambiente" diante de uma "necessidade urgente" de criar uma "cidadania ecológica" baseada na sustentabilidade e em uma "responsabilidade austera".

“Os objetivos estabelecidos para as próximas décadas visam estabelecer modelos de treinamento que levem em consideração o aumento constante da população, a diminuição de recursos e o fato de que as mudanças climáticas colocam todos diante de uma responsabilidade séria: desenvolver nossa planeta de uma maneira sustentável, atento às necessidades das gerações futuras ", afirmou a Congregação." A escolha da educação como base sobre a qual fazer um pacto global é uma questão prioritária no horizonte dos cenários atuais e futuros " " Conferências e eventos serão realizados no próximo ano para se preparar para a assinatura do" Pacto Global "em 14 de maio. Sobre educação. Em maio de 2019, o Papa Francisco deu um forte impulso ao globalismo, apelando a um órgão supranacional e legalmente constituído para fazer cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas e implementar políticas de "mudança climática " .Mais recentemente, durante uma conferência de imprensa durante seu retorno de uma visita apostólica de sete dias à África, Francis Ele disse que nosso "dever" é "obedecer a instituições internacionais (maçônicas)", como as Nações Unidas e a União Européia. 

++++++++++++

OBS > Impossível que nosso clero, e nosso povo católico, não perceba em Ber Gog lio, o comprimento perfeito de todo o livro do Apocalipse de São João. Noutro dia um sacerdote me falou que um número cada vez maior de clérigos está percebendo o que está por trás de tudo aquilo que este homem tem feito, desde o início de seu fraudulento antipontificado, e quando eu lhe perguntei “por que não reagem”, ele apenas me disse: O que é que eu posso fazer?

O fato é que os inimigos são articulados, astuciosos, destemidos – porque impulsionados por satanás – são mais espertos dos que os filhos da Luz, como Jesus anunciou, enquanto os bons são desarticulados, desconhecedores dos verdadeiros objetivos do monstro, e como Deus não pressiona ninguém a agir, eles acabaram caindo numa armadilha, da qual não conseguem mais se desvencilhar, porque se calam serão cobrados por Deus, se denunciam correm o risco da excomunhão latae sententiae, embora esta seja totalmente inválida, nestas circunstâncias. E quanto a isso bem profetizou Isaías> meus pastores se calam, enquanto o povo se perde por falta de conhecimento.

Quanto ao texto acima, ele contém declarações suficientes mesmo para um cérebro despreparado de atinar com os descalabros pretendidos por Gog lio. (Lio quer dizer bagunça). São declarações de certa forma pertinentes a um chefe de nações que se liga exclusivamente com as questões econômicas e a vida do povo nesta terra, entretanto, o líder do Vaticano, deve ter com prioridade a salvação das almas, coisa que Gog nem liga, porque já disse que todos se salvam indistintamente e se algum nega Jesus na hora da morte ele desaparece. (Só isso já é mais do que suficiente para que ele se identifique com o dragão que fala como um cordeiro).

Como se tudo isso não bastasse, o “humanismo” é uma heresia diabólica, que coloca o homem acima de Deus, enaltecendo o racional, e pregando de fato o desvinculamento da criatura ante o seu Criador. E neste sentido, o estudo humanista que ele propõe, visa é aprofundar este abismo que já existe entre esta humanidade decadente e nosso Deus e Pai. Ademais, ele não menciona uma vez os ensinamentos de Jesus nem os ensinamentos da Santa Igreja, ANTES, passa por cima deles como um trator e tenta muda-los a qualquer custo, sob a complacência de um clero morto espiritualmente, próprio destes tempos de apostasia.

E falar em "pacto global", me perdoe, mas quem deseja isso é o anticristo. Não está dito no Apocalipse 13 que o falso profeta é o precursor da grande fera, que trabalha para ela e opera sob sua vigilância? Vai daí... (Aarão) 

 

 
 
 

Artigo Visto: 693 - Impresso: 8 - Enviado: 0

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 107 - Total Visitas Únicas: 3.554.747 Usuários online: 76