Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
18/01/2012
Grupos de oração
 
Jean - Grupos de oração
18/1/2012 09:14:10

Jean - Grupos de oração


24 DE SETEMBRO DE 2011
A RECONCILIAÇÃO
 
Vocês não podem ignorar que o Sacramento da Reconciliação significa a Paz com Deus, com vocês mesmos, com toda a vossa família, assim como com todos aqueles que vos rodeiam.
Logo que Jesus foi levado para ser crucificado, foi por três vezes que Pedro o renegou. Mas, quando este cruzou o Seu olhar, ele compreendeu que Jesus lhe oferecia o Seu perdão e restabelecia a Comunhão com ELE e NELE.
Assim, é pelo Seu olhar que Jesus fez entrar Pedro, NELE mesmo, o que viu o seu pecado e toda a ruptura de sua ligação com Jesus. E é a partir disso, que ele chorara amargamente.
O que conta para Jesus, assim como para cada um de vocês, é de Lhe oferecer todo o vosso Amor e toda a vossa Boa Vontade.
A Reconciliação convosco mesmos, com os outros e com Deus começa sempre por uma interiorização em vós mesmos, onde vocês descobrirão os vossos pecados e algumas vezes, uma falta de complacência em relação ao outro. Esta aproximação se faz necessária para perseguir e restabelecer a comunhão quebrantada, confessando os vossos pecados e vos engajando firmemente em reparar o amor ferido.
No Sacramento da Reconciliação, o Senhor Jesus vem vos encontrar pessoalmente para vos devolver a paz. Este Encontro Pessoal com o Senhor se vive ao contato com um Padre, que é a orelha de Jesus.
Será inicialmente o acolhimento mútuo e em seguida, a escuta da Palavra de Deus. Depois, há a Confissão dos vossos pecados, e enfim, o perdão de Deus na Absolvição, acompanhada do convite a um novo passo, um gesto que significa a vontade de vocês se reconciliarem.
No processo da Reconciliação, o Espírito Santo está em Ação, Ele está na frente, durante e depois da Celebração. Pensem no que o Senhor Jesus disse: “Todo homem, a quem perdoarem os seus pecados, eles lhes serão perdoados, e a todo homem, a quem mantiverem seus pecados, eles serão mantidos”.
Nesta aproximação, o Espírito Santo vos santifica. Ele vos faz ver o vosso mal: Ele é Aquele que vos conduz a ver  a Verdade em vós, e a ver o vosso pecado, assim como as vossas rupturas de Aliança. Em seguida, Ele desperta em vós, um arrependimento sincero: a verdadeira contrição. Às vezes, ao examinarem os vossos erros, vocês poderão se arrepender de não terem sido tão bons, como vocês pensassem que eram, de terem sido feridos no vosso amor- próprio. O Espírito Santo suscitará em vós, uma verdadeira contrição, quando Ele vos fará se arrependerem de não terem amado como Deus vos ama, e que colocará em vocês, o desejo de amar melhor, a partir de Hoje.
O Espírito Santo, que é LUZ, vos permite de ver o Cristo se passar por outro homem para vos socorrer, para vos curar. Assim, Ele cicatriza as feridas infringidas em vossa alma por causa do pecado, por vossas faltas de Amor. A vergonha e a cólera, que vocês podem ter logo após de ter feito o mal, podem apenas serem perdoadas por Deus. Vocês ficarão com a consciência atormentada, tanto e por tanto tempo até que o Espírito Santo a repare, e que lhe traga a sua paz.  Vocês acreditam piamente que o Espírito Santo venha hoje vos recriar, vos curar pelo Sacramento da Reconciliação?
Com todo o amor do Céu, meus irmãos e irmãs bem amados, com toda a vossa parentela, eu vos abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso mensageiro de Amor do Céu.
 
18 DE OUTUBRO DE 2011
A MORTE É UM NOVO NASCIMENTO

Meus bem amados irmãos e irmãs,
Lendo e meditando sobre certas passagens da Bíblia, vocês compreenderão melhor que a Morte não é injusta, e que ela não é um ponto final, mas que simplesmente ela é uma Passagem. O Livro da Sabedoria o diz bem: ”Deus não fez a morte e Ele não tem prazer com a perda dos viventes, porque Ele criou todos os seres para que eles subsistam”. O Senhor Jesus, ELE mesmo, declara solenemente: “Eu Sou a Ressurreição e a Vida. Aquele que crê em MIM, mesmo que ele morra, viverá; e todo homem que crê em MIM, não morrerá jamais”.
As angústias que podem vos atormentar diante da questão da Morte são inevitáveis, e
a Morte é, portanto programada em vosso corpo. Pensem que na quarta-feira de Cinzas, é lhes lembrado que você é pó, e que ao pó retornará.
Vocês devem viver na Fé e na Esperança, que transfigurará toda a vossa vida presente e vos ajudará a superar todas as provações e contradições destes tempos que vos esmagam. Se, de fato, vocês se encontram arrebentados pelo luto de uma pessoa que vos é querida, se vocês perderam toda a esperança frente à doença, vocês podem até pensar que o Senhor está ausente.
Mas, o Senhor jamais está ausente na vida de vocês; ELE está bem ali, e SE deixa tocar por todos os vossos problemas e misérias. É com um Amor tão grande que ELE vos envolve, e lembre-se que ELE chorou diante da dor das irmãs de Lázaro. Eis porque ELE ressuscita Lázaro, para vos assegurar que a vida presente não é a antecâmara da morte, mas a da Cidade dos Céus, onde vocês dividirão eternamente a Própria Vida do Senhor Deus.
Se vocês caminharem seguindo JESUS, estejam certos de que ELE vos conduzirá à verdadeira Felicidade. E esta Esperança deve se manifestar no vosso comportamento. Assim, as preocupações da vida presente não poderão vos atingir. E vocês darão àqueles que encontrarem,  a vontade de cantar ao Senhor, de louvá-LO, de esperar e de acreditar.
É evidente que para chegarem a contemplar a infinita beleza de Deus, é essencial que as almas sejam puras, e que em certos casos, elas tenham tido uma vida de imensos sofrimentos que deste modo, os lava de toda a mancha deixada por seus pecados.
Pertence a cada um de vocês, de oferecer as vossas Orações, as vossas Penitências, as vossas esmolas, e principalmente de fazer a oferenda de Missas Reparadoras.
Deus deseja apenas uma coisa: que todos os homens sejam salvos. Deus não é o Deus dos mortos, mas sim, dos vivos. Deus quer apenas uma coisa: que vocês possam chegar a gozar de Sua visão no Céu.
A lembrança dos acontecimentos, os mais marcantes, os mais carregados de emoção, que vocês puderam viver com um defunto é de pensar especialmente nos últimos meses de sua vida. Olhem, não para trás, mas para frente. Este exercício, vocês deverão fazê-lo naturalmente, por si só.
A morte é na verdade, o começo da verdadeira vida, da vida em plenitude. Esta vitória sobre a morte, prometida e já realizada na Ressurreição de Cristo, vos dá toda a confiança para aqueles e aquelas dos vossos que vos precederam junto a Deus.
Com toda a vossa família do Céu, sob a Luz do Pai Eterno, todo o Amor do Senhor Jesus, de Sua mamãe a Santa Virgem Maria, eu vos abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso mensageiro da Esperança.
 
31 DE OUTUBRO DE 2011
A FESTA DE TODOS OS SANTOS

Meus bem amados irmãos e irmãs,
Amanhã é o Dia de Todos os Santos, e é a vossa Festa, pois vocês são santos. Sim, vocês o são desde o vosso Batismo, quando vocês foram enxertados com o Senhor Jesus. É deste modo que sois convidados a partilhar desta Santidade, que é Dom de Deus.
Vocês podem estar tentados a pensar que existem os eleitos e os outros, os santos e as pessoas comuns, donde alguns serão salvos e outros, condenados. Mas ainda há tempo, se ainda não o fizeram, para que vocês tomem o caminho da Santidade. Para isto, não percam tempo, pois cada dia que vocês viverem, encurta a vossa vida, que vocês medem pelo tempo que se passou, - este senhor tem tal idade-. É inegável que Deus vos abriu a porta da Vida, e a fechará no momento desejado; então também vocês devem se preparar para ser o melhor possível para entrar na verdadeira Vida, aquela do Reino de Deus.
Muni-vos de fardos leves, os mais fáceis de serem transportados na grande viagem, ou em uma palavra, aqueles que são os mais apropriados e os mais úteis. Quanto aos fardos pesados  (pecados) ligados à terra pela sua natureza temporal, eles não podem se ligar a vocês para sempre, pois eles não poderão vos acompanhar  e passar com vocês, pela porta estreita.
As coisas mais agradáveis que vocês procuram são temporais e são susceptíveis de serem estranhas
tanto para aqueles que os gozam, assim como para aqueles que os são privados. Aquele que acumulou fortunas, nem sempre será o mestre; as suas riquezas podem lhe escapar na sua vida terrestre e passar para outras mãos; ou ainda, no instante de sua morte. Forçados a partir para a eternidade, ele lamentará então, as penas que ele mesmo se deu, e se arrependerá de todos os trabalhos vãos, onde ele mergulhou no pecado da Avareza ou do Orgulho.
Para seguir o Caminho da Vida (e não o da morte), cabe a vocês de agirem bem para apresentar ao Senhor Jesus, um corpo e uma alma, isentos de toda mancha. E será assim, que vocês trarão a Coroa da Vitória. Para isto, vocês devem permanecer atentos, desconfiando de tudo o que é susceptível de vos glorificar diante dos homens. Vocês não devem se apegar nem em vossos pensamentos, e muito menos ainda, nos vossos desejos.
Este período de Todos os Santos, e do dia de Finados, vos confirma que a vossa vida, vossa verdadeira Vida está no Céu, de onde vos esperam o Senhor Jesus e Maria, vossa mamãe Celeste. Desconfiem da serpente, que se esconde sob aspectos lisonjeiros para vos seduzir, a fim de vos fazer desviar da via reta e de vos precipitar nas armadilhas que ele vos prepara. Sim, vocês arriscam muito de cair imprudentemente nos enganos, considerando que os prazeres que se vos apresentam não são perigosos e, portanto alguns podem vos barrar a estrada do Céu.
Nós, vossos queridos desaparecidos, vocês nos verão um dia, glorificados da Vida em Deus. Nós estamos num outro mundo tão maravilhoso, separados pela noção do tempo. Nós vos esperamos.
Com toda a vossa família do Céu, sob a Luz do Pai Eterno, todo o Amor do Senhor Jesus, de Sua mamãe a Santa Virgem Maria, eu vos abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso mensageiro da Esperança.
 
09 DE NOVEMBRO DE 2011
PROBLEMAS DO NOSSO TEMPO

Meus bem amados irmãos e irmãs,
Vocês estão vivendo atualmente uma pobreza crescente, uma violência cada vez mais louca, uma moral dissoluta e uma indiferença religiosa, o que coloca problemas na sociedade e ainda mais nas vossas famílias. Em tudo isso, é essencial que as vossas convicções sejam sólidas, a fim de que as vossas famílias tenham uma vida conveniente.
É certo que a não violência continua a ser a maneira de resolver os problemas;  a Fé é um valor que não deve se impor pela força, mas que se demonstra por uma qualidade de vida e é deste modo, que vocês esclarecerão vosso quotidiano com a Palavra de Deus.
As vossas convicções são afrontadas por obstáculos, mais frequentemente do que vocês o queiram e têm como único objetivo de vos fazer abandonar a Fé e isto acontece, muitas vezes, também dentro da vossa própria família. Assim, vocês podem ser levados a viver renúncias, no modo de ver de certos membros desta e, mesmo amigos não aceitarão a vossa maneira de ser, e vos farão críticas. Isto poderá vos machucar em termos de saúde, de tempo e mesmo de dinheiro. Em certos casos, isto pode vos levar à Depressão.
Na vossa vida, existem momentos onde o lobo fica rondando em volta de vocês. Mas tranquilizem-se, pois o Senhor JESUS, que conhece perfeitamente a cada um de vocês, vos protegerá com Seu imenso Amor.
Aprofundem todos os episódios de vossa existência, quer sejam eles momentos felizes, assim como aqueles que vos foram os mais difíceis. Compreendam, então, que a vossa vida, apesar destes altos e baixos, deve ser cheia de Esperança, mesmo frente à constatação dos problemas econômicos, morais e espirituais de vossos tempos.
É certo que vocês encontrarão homens e mulheres desamparados, às vezes indo à deriva, não sabendo aonde ir, e como fazer. Não lhes virem às costas, mas pelo contrário, ide em direção a eles, porque vocês terão sempre a possibilidade de ajudá-los e isto será a vossa íntima missão.
Efetivamente, cada cristão deve se sentir responsável pela Fé e pela vida espiritual de seus amigos e de sua família. Vocês devem, portanto vos engajar com os vossos talentos e as vossas   capacidades
, para tomarem parte da responsabilidade que vos reapresenta sempre como membro do Corpo de Cristo.
É certo que este serviço implica num esforço permanente de conversão, para si e para os outros, e numa luta incessante contra o pecado, pela Oração e pelos Sacramentos.
Os homens têm uma forte necessidade de serem espiritualmente guiados, o que implica em ser esta, a missão dos Padres, por suas palavras e conselhos, pelos Sacramentos e, portanto da Esperança.
Vocês são portadores da Esperança?
Vocês se sentem prontos para a vida eterna?
Vocês ficam deslumbrados pela beleza do mundo, e estas maravilhas vos incitam a vos colocar mais a serviço dos outros?
Sob a Luz do Pai Eterno, todo o Amor do Senhor Jesus, de Sua mamãe, a Santa Virgem Maria, e com toda a vossa família do Céu, eu vos abençôo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso mensageiro da Esperança.
 
14 DE NOVEMBRO DE 2011
BUSCAR A MÃO DE DEUS

Meus bem amados irmãos e irmãs,
Cada vez que vocês rezam, vocês deveriam se conscientizar de que a vossa vida faz parte de um grande conjunto, no qual o triunfo de Deus está assegurado. Lembrem-se que o Espírito Santo está em obra em todas as vidas e que pela Graça, vocês já fazem parte do reino de Deus: e isto é uma ótima razão para se alegrarem.
Há mais de dois mil anos que o Cristo caminhou no meio de vocês, fazendo o Bem. Aquele que tem a Fé de uma criança deveria reconhecer Jesus em todos os pobres. Jesus passeava em Jerusalém, montado num jumento, e  era aclamado como Salvador e Messias por crianças, por aquelas que se lhe assemelhavam, e não pelos fariseus, que se achavam ser os melhores.
Deslumbrai-vos com o que fez por vós, o Pai: ELE vos enviou o Filho DELE para apagar os vossos pecados e vos fazer descobrir o caminho do Céu. Você que é Filho de Deus é certo, é certo que amais tanto o Senhor JESUS de um tão grande amor, amor que vocês podem tão bem expressar na Santa Eucaristia.
É incontestável que se o SENHOR DEUS tivesse querido revelar todo o seu poder aos homens por meios impressionantes, Ele o teria podido fazer. Além disso, lembrai-vos que Jesus   que acalmara as ondas, teria podido ceder às insistências dos escribas e aos  e aos Fariseus que declaravam, que se ELE descesse da Cruz, eles acreditariam NELE. Certamente que os chefes do tempo de JESUS teriam se regozijado se Deus tivesse vindo como um poderoso Rei, escoltado por legiões de anjos  para libertar o Seu povo  da opressão romana. Ora, eles não esperavam   um Messias que como uma criança sem defesa apareceu num estábulo.
Se vocês reconhecessem o Salvador do mundo na fraqueza da criança recém-nascida, vocês caminhariam na serenidade daqueles que se sabem fracos, e cuja única força é o Amor.. Vocês estarão então na medida de resistir.....
É na discrição e no segredo que o amor se revela, de preferência vocês irão perto daqueles que não contam nada para a sociedade tem a tendência de evitar, que são os pobres ou os excluídos do vosso mundo. Tenham sempre no coração de se juntarem aqueles que estão na solidão e no abandono. Deixando-vos conduzir no caminho da pobreza e do serviço, vocês não deverão ter nenhuma vergonha de ressentir a alegria do Céu.
Quando na vossa vida, os acontecimentos e as dificuldades surgem, vocês são capazes de buscar a mão de Deus, que vos é estendida? E mesmo quando tudo vai bem na sua vida, para vocês, é um Dom de Deus, ou é o resultado normal de vossos esforços?
Com toda a família do Céu, sob a Luz do Pai Eterno, todo o Amor do senhor Jesus, de Sua mamãe a Santa Virgem Maria, eu vos abençôo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso mensageiro da Esperança.                                               
 
22 DE NOVENBRO DE 2011

O REINO DA LUZ
 
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Imaginem dois homens, face a face. De um lado, Pilatos, Governador romano que tem o poder de julgar, de fazer libertar ou de condenar. E do outro, Jesus que Ele é julgado como um agitador de ordem pública. Pilatos tem todo o poder, enquanto que Jesus é mal conduzido, humilhado e colocado em estado de inferioridade.
Todos os dias e de certo modo e desde há muito tempo, as sociedades se dotaram de tribunais. Muito frequentemente homens são      e apresentados a Juízes. Em permanência através do mundo, o futuro de certos se apresenta num face à face um pouco semelhante ao que Jesus conheceu frente a Pilatos.
Sem se levar em conta do real motivo da sanção ao encontro de Jesus, Pilatos preferiu por covardia, faze-Lo morrer ao invés de enfrentar aqueles que recusavam suas críticas e sua maneira de propor uma relação de amor. É preciso reconhecer que Jesus, Ele mesmo, concedeu um grande respeito ao seu juiz e chamou à consciência daquele diante do qual Ele foi apresentado. E é deste modo, que Jesus não pretende nada, e não exige nada. Ele não diz que é REI e ELE dá a Pilatos – como a cada um dentre vós – a possibilidade de reconhecer quem ELE é, o que quer dizer: Aquele que rende testemunho à Verdade. A verdade é que ELE é DEUS, um Deus Salvador.
Deus conhece tão bem cada um e cada uma de vós, e vos pede de dizer “sim” à oferta de Relação Pessoal que ELE faz a uns como aos outros.
É um SIM livre, espontâneo, feliz que vocês podem dar. E é isto que constitui desde o momento presente, o REINO.
Não um Reino de vossa sociedade, mas um Reino de corações, que reflete o Reino da Eternidade, onde Deus se mantém, e onde Ele quer que vocês participem, e isto através da Graça e do Espírito.
O Reino do Cristo, aquele que vocês conhecerão um dia não substitui os reinos da terra. Vossos Reinos mantêm o seu próprio papel, necessário e humano, mas será bem preferível que eles sejam abertos às coisas divinas. Pensem que o cristianismo é uma força fecunda e positiva para que o vosso mundo seja sempre mais e autenticamente humano. O Cristianismo deve impregnar as vossas almas, vossas sociedades e vossas culturas.
Vocês são reis, dentro do Cristo Jesus. Ele quer que lá onde Ele está, vocês estejam igualmente. E isto, enquanto aguardamos que se estabeleça definitivamente e perfeitamente o Reino de Cristo e que ELE o remeta a SEU PAI, no final dos tempos.
ELE já o promete agora, e ainda mais na hora de vossa passagem para a Eternidade, quando vocês serão lavados de vossas manchas e dignos, de estarem com ELE até o final. Compreendam bem, que Deus já está em obras no meio de vós.
Com todo o amor do Céu, meus irmãos e minhas irmãs bem amados, com vossa parentela, eu vos abençoo em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso mensageiro do amor do Céu.
 
 
 

 
 
 

Artigo Visto: 1611 - Impresso: 31 - Enviado: 17

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 266 - Total Visitas Únicas: 3.075.360 Usuários online: 51