Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
28/03/2011
Aos grupos de oração
 
Jean - Aos grupos de oração
28/3/2011 16:14:34

Jean - Aos grupos de oração


PARA OS GRUPOS DE ORAÇÃO
18 DE JANEIRO DE 2011
 
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Os acontecimentos atuais, principalmente na Tunísia, estão em todas as mídias, e como uma ameaça, os problemas religiosos aparecem em segundo plano. No entanto, é lógico que todos aqueles que governam sem reserva, num clima de insegurança, sejam afastados do poder.
Quando o indivíduo, ele próprio, ou aqueles que o rodeiam negligenciam ou negam o aspecto fundamental da procura de Deus, criam-se então, desequilíbrios e conflitos em todos os níveis, tanto no plano pessoal, nacional, como mundial.
A cultura européia, cujas raízes são judaico-cristãs, nasceu num passado prestigioso, mesmo se alguns têm a tendência de querer ignorá-lo. É o Evangelho do Cristo que vos penetrou e vos alimentou e que vos dá ainda hoje, a possibilidade de testemunhar a vossa FÉ.
Infelizmente, em algumas partes da terra, é ainda difícil e mesmo perigoso para os cristãos, de rezar e de praticar. E pensem que no decorrer dos séculos, aqui e ali, houve desacordos, guerras ou abusos que prejudicaram muito o avanço das religiões, e mesmo do cristianismo.
É essencial que vocês vivam no respeito com as pessoas, sem para isto,  terem negligência com a vossa identidade. Por outro lado, todo homem de boa vontade, que não é necessariamente religioso, pode, sem estar consciente, agir segundo o plano de Deus e mesmo ser mais merecedor do que vocês, ao agirem para o Bem do outro, sem qualquer motivo ulterior.
A liberdade religiosa é a única via a ser tomada para a construção da Paz, que é realizada e conservada, quando o homem pode livremente procurar e servir a Deus no seu coração, na sua vida e em todas as relações com os outros. Infelizmente, existem numerosas situações, onde o direito à liberdade religiosa é negado, senão combatido.
Nesses tempos tão esmagados pelo materialismo, é necessário que a sociedade com seus responsáveis e a opinião pública, possam medir toda a extensão das feridas interpostas contra a dignidade e a liberdade de todo homem, qualquer que seja ele.
A religião não deve constituir para a sociedade um problema, pois proclamando o Amor de Deus e do próximo, ela não pode ser um fator de transtorno ou de conflito. Efetivamente, ela não deve procurar nem privilégios e ainda menos intervir em domínios não relacionados à sua Missão, mas simplesmente exercer a própria Missão, com liberdade.
No amor do Céu, meus irmãos e irmãs, com toda a vossa parentela e sob a Luz do pai Eterno, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso mensageiro do Amor do Céu.
 
25 DE JANEIRO DE 2011
O REINO DE DEUS
Meus bem amados irmãos e irmãs,
O Reino de Deus não tem absolutamente nada a ver com os exemplos de territórios presididos, dominados e dirigidos por um homem, quer seja ele, presidente ou rei. O Reino de Deus é na realidade mais do que toda a Terra e muito mais do que tudo o que vocês possam imaginar.
Retomem as Palavras do Evangelho, que vos esclarecerão um pouco se vocês substituírem a palavra Reino por Senhorio Divino, ou apenas simplesmente por Deus. Vocês não devem esquecer que o SENHOR JESUS proclamou que o Reino de Deus está próximo e próximo não é uma questão de tempo.
Sim, Deus está próximo, tão próximo, que ELE está no meio de vocês. Deus está bem em vós, no vosso coração para vos amar e para vos guiar. É incontestável que o Seu Reino, Sua Presença entre vocês, e, apesar dos ataques incessantes dos maus espíritos, é uma fonte de Justiça, de Alegria e de Paz. Ele está no meio de vós, não unicamente para vos julgar, mas para vos salvar e salvar o mundo.
Com a condição de que não tenham nenhuma obrigação de fidelidade com o demônio, os pecados dos homens serão perdoados por Deus, e Deus se reconciliará definitivamente com Seus filhos. Não é apenas a doença, o sofrimento e a morte que não existirão mais, mas igualmente a pobreza e a opressão.
Proc
lamem que o Reino de Deus, a presença de Deus entre vocês e nós, é uma mensagem  de vida, e  portanto  de esperança para os pobres, para aqueles que lutam e são oprimidos  por seus fardos. É uma Mensagem de perdão, de justiça, de liberdade, de fraternidade e de amor.
Na ação de Jesus, o homem encontrou tudo o que a humanidade poderia esperar da Vinda e da proximidade de Deus entre ela. É o Amor e a Ternura de Deus, e Jesus é todo Amor e ternura dando o perdão dos pecados.
Na vossa época, vocês estão mais bem situados do que nunca para descobrir no vosso mundo, nas vossas vidas, os sinais dos tempos, todas as descobertas das ciências e dos pesquisadores para constatar que Deus está próximo de vós, que o Seu Poder soberano trabalha sem cessar para transformar as almas e transformar o mundo, o que não demora.
Pela vossa Fé, vossa Esperança, vossa Caridade e vosso engajamento, vocês seguem a Obra de Deus no mundo, e são deste modo, os testemunhos da presença do Reino de Deus entre vós, e isto, quando vocês amam os vossos irmãos, quando vocês se preocupam com a Verdade, quando vocês têm o compromisso com a justiça, quando vocês se preocupam com os pequenos e os mais pobres, quando vocês compreendem a exigência da partilha. E tudo isto quando vocês se afirmam irmãos em Jesus e irmãos de Jesus.
Observem todas estas maravilhas que vos rodeiam e que são as obras das mãos de Deus. Vocês são cada um de vós uma de Suas moradas e o guardião do Seu jardim.  Também, os homens não têm direito algum de destruir a Sua criação. Para compreender melhor o ALÉM, vossa inteligência é insuficiente, como eu já vos disse, vocês não poderão explicar a um cego, a um surdo-mudo, ou a um  acamado, o que é a Terra, o que são as cores e isto da mesma maneira para compreender o Reino de Deus. E estas incompreensões vos serão conhecidas e compreendidas quando vocês tiverem passado para o outro lado da margem e então, que maravilhosa surpresa vocês terão. Vocês reencontrarão o povo de Deus que foi se juntando pouco a pouco através dos séculos e, portanto toda a vossa parentela; isto poderia vos parecer improvável e, portanto é tão real, muito mais real do que tudo o que vocês possam imaginar e ver sobre a Terra.
A presença de Deus no meio dos homens, e o Senhor Ele mesmo, vivendo desde agora, no vosso coração assim como nos corações daqueles que tentam acreditar e guardar a Palavra do Cristo.
Com todos os vossos parentes e amigos da Eternidade, meus bem amados irmãos e irmãs, nos vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Vosso Jean, Mensageiro do Amor.
 
02 DE FEVEREIRO DE 2011
A VERGONHA
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Sob a Luz do Pai Eterno e com o infinito Amor do Senhor Jesus, de Sua Santa Mamãe e com os irmãos do Céu, de quem eu tenho a Graça de estar acompanhado, eu vos dito esta Mensagem, que pode ser importante para alguns.
A vergonha é uma dependência confusa, às vezes persistente, que pesa sobre os espíritos e impede bastante as pessoas de viverem na serenidade. Esta emoção pode afetar toda uma maneira de se viver em relação ao próximo, principalmente quando nós tivermos agido mal. É preciso compreender que a vergonha nem sempre é negativa, porque em certos casos, as pessoas podem sentir uma vergonha legítima, que as permite de reagir e a partir daí, de escolher o bom caminho.
A personalidade de vocês é o resultado de três origens. A primeira é a vida Cultural atual de vocês, que quer que a sua vida seja vivida como ela é representada nas mídias e nos filmes, onde principalmente dominam violência e sexo. A segunda é a Religião, que vos convida a progredir em direção ao Bem, e deste modo chegar num nível onde vocês cometeriam menos erros. E em terceiro lugar, a Família, onde a personalidade de vocês armazena todas as qualidades e defeitos de vossa árvore genealógica, sendo que alguns destes, até se assemelham aos vossos, na vossa maneira de ser e de agir.
A vergonha, sem ser um sentimento agradá
vel, pode ser boa, e às vezes até mesmo essencial. Um sentimento legítimo de vergonha mostra que vocês não estão em pleno acordo com vocês mesmos, e isto quando sentirem que não estão de acordo com a Vontade de Deus. Vocês não podem esquecer que vocês foram todos criados à imagem de Deus, o que faz que seja totalmente lógico que vocês tenham este ardente desejo de viver de acordo com aquilo que vocês deveriam ser normalmente.
A Vergonha que vocês sentirem será a conseqüência de que vocês deixam, às vezes, vos influenciar pelo demônio, mostrando agressividade e não vivendo na verdade, isto é, segundo a Vontade de Deus. E no mais profundo de vossa alma, o Senhor vos pedirá sempre para que vos alinhem sob a Sua Vontade. A vergonha legítima, com base em uma realidade, vos fará sentir a dor da falta de resposta adequada e, em seguida,  adquirir a virtude pelo Sacramento da Reconciliação.
Muitas vezes, vocês poderão vos encontrar em face de situações críticas, dramáticas, onde a lógica humana pode falhar, e é onde, portanto que Deus vos pede para ir contra a corrente de uma maioria, que nega Deus e Seus ensinamentos para fazer o que lhe agrada, e muitas vezes, para viver em pecado. Para vocês, que são cristãos, o critério de julgamento e de ação não deve depender do que pensa e do que diz a maioria. Não é a maioria que vocês devem seguir, mas ao Senhor Deus, e é desta forma, que vocês passam a fazer parte de um povo que se chama Igreja.
Em resumo, vocês devem cada um de vocês, examinarem o vosso ser e o vosso estilo de vida e assim, livrar-vos de vossas falhas. Vocês o conseguirão por um combate incessante, fazendo calar o vosso orgulho. Cada vez que vocês caírem, vocês irão progredir ao fazer uma Boa Confissão.
Assim, vocês vos libertarão de tudo o que vos leva a sentir vergonha, e passarão então, a viver em serenidade.
Com todos os vossos parentes e amigos da Eternidade e sob a Luz do Pai Eterno, bem amados irmãos e irmãs, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso Mensageiro do Amor do Céu.
 
08 DE FEVEREIRO DE 2011
DESPREZO
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Sob a Luz do Pai Eterno e com o infinito Amor do Senhor Jesus e de Sua Santa Mamãe e com os irmãos do Céu, de quem tenho a Graça de estar acompanhado, eu vos dito esta Mensagem que é bem o reflexo da sociedade atual.
O que domina mais em toda a sociedade contemporânea é com certeza, o Desprezo, este sentimento que incita os homens a não fazerem caso algum do seu próximo, e de concentrarem tudo sobre si mesmos. Em grande parte, o desprezo em relação ao próximo e que se estende ao nível dos países é a conseqüência de revoltas e da violência de populações tratadas com dureza e consideradas como seres inferiores. E esta violência se propagará cada vez mais porque o homem é um lobo para o homem.
É certo que um dia qualquer, pode acontecer de vocês terem que suportar o comportamento de pessoas, que ao encontro de seu próximo, demonstrem desprezo. Então, escutai bem o tom de sua voz, olhai para a expressão de seu olhar e vocês compreenderão toda a sua pobreza moral e até intelectual. Tudo isso não acontece apenas nos vossos ambientes de trabalho, mas da mesma forma ao vosso redor, quer seja nas vossas famílias, nas Casas de Asilo, e mesmo às vezes, nas Igrejas.
Se pessoas manifestam desprezo e se acreditam perfeitas, é algumas vezes no encontro com os outros, por causa da cor de sua pele, de sua personalidade, de suas opções de vida, de suas idéias sobre diferentes assuntos, de sua deficiência, de sua idade, enfim naquilo que faz toda a diferença no encontro deles mesmos.
É igualmente fácil de vocês constatarem, que freqüentemente, que aqueles que demonstram desprezo por seus vizinhos, se comportam bem em muitos  aspectos. Um pouco como no caso do fariseu da Parábola, eles se persuadem que eles são exemplos, e  na verdade, eles deveriam compreender todo o mal que eles fazem em relação ao seu próximo.
O fato de se comparar ao
s outros é uma marca de egoísmo, pois eles não são mais ou melhores, ao olhar de Deus.  Muitas vezes, eles fazem o plano de parecer o que eles encenam, escondendo o que eles são realmente. O amor não se compara; comparar é julgar, e julgar já é não mais amar. Eles deveriam compreender que Deus não considera jamais as aparências, mas olha os corações.
Estar diante de Deus, pede que nos comportemos diferentemente, e como conseqüências disso, esforços têm que serem feitos a fim de desenvolvermos atitudes totalmente contrárias ao Desprezo. Como esforço, trata-se de ficar na escuta amorosa do outro, de colocar tudo no seu devido tempo para ser capaz de discernir o que realmente está em jogo, o que o outro pode viver e viveu no fundo de si mesmo, e então realizar um gesto de amor com muita delicadeza. Sim, trata-se de fazer acreditar a todos que ainda não acreditam que Deus é Amor, e isto pela vossa maneira de vos comportar.
Em outras circunstâncias, estar diante de Deus é ser solidário daqueles que agem levando ajuda aos pobres, aos indigentes, aos sem voz. E mesmo ainda melhor, se isto vos for possível de participar de suas ações de uma maneira concreta. É certo que vocês sofrerão críticas de pessoas, que vos desprezarão pelo próprio modo que vocês estarão agindo.
Dêem Graças ao Senhor para todos aqueles que vos permitiram de ter esta certeza, que Deus vos ama, e que graças a eles, vocês puderam se tornar melhores. E para isto, segundo o vosso parecer, todos haviam dado provas de compaixão e não de desprezo.
Com toda a vossa família do Céu, sob a Luz do Pai Eterno, do Senhor Jesus, de Sua Mamãe, e dos irmãos do Céu, que me acompanham, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Vosso Jean, Mensageiro do Céu.
 
PARA OS GRUPOS DE ORAÇÃO
16 DE FEVEREIRO DE 2011
SILÊNCIO E ADORAÇÃO
Meus queridos e bem amados irmãos e irmãs,
Sob a Luz do Pai Eterno e de todo o amor do Senhor Jesus e de Sua Mamãe a Santa Virgem Maria, eu vos encaminho esta Mensagem sobre todos os benefícios do Silêncio e da Adoração do Santo Sacramento.
Vocês vivem numa sociedade em efervescência, dominada pelo ruído infernal da divulgação contínua, tão cheia de surpresas, o que vos perturba e que até mesmo age  negativamente no vosso subconsciente. Por outro lado, o Silêncio permite a irrupção de uma palavra nova, mais apaziguadora.
Na Bíblia o que vocês lêem ou meditam está intimamente e sempre ligado ao silêncio. Por exemplo, Jesus fez um desenho na areia no momento em que a mulher adúltera arriscava de ser apedrejada, e é assim que pelo seu silêncio, Ele quebra o ciclo da violência.
O silêncio é geralmente um baluarte contra a violência. Também na vossa vida de todos os dias, é essencial que vocês fiquem calmos e que coloquem o silêncio em prática, em particular logo que vocês se sentirem verbalmente agredidos.
O silêncio não tem nada de realmente invisível, ele se faz presença, gesto, imagem. Se a palavra reconforta, ela pode ser também violência, e por outro lado, o silêncio é a Escuta, é a Paz, é a Sabedoria.
A qualidade do silêncio não depende de vocês mesmos, porque ela é um Dom de Deus. Para isso, vocês devem vos preparar, fechando a boca, e em certos casos, tapando vossos ouvidos. E em particular, através da remoção de todas as vossas preocupações e todas as imagens que vos perturbam.
Diante do Santo Sacramento, o silêncio é muito promissor. Compreendam que diante de vocês, não se encontra uma simples coisa que é uma hóstia branca, mas se encontra o Senhor Deus encarnado em toda a Sua Presença Sacramental, Eucarística e bem Real.
              Tomem consciência de que vocês estão diante da Presença Misteriosa de Deus. Desta presença sempre real, Deus encarnado. É por esta razão que vocês têm a Graça de adorá-Lo e de responder-Lhe.
              Desta maneira,
a Adoração se transforma numa plena obediência de espírito, do coração, da vida, da existência. Nesta Contemplação, todos os problemas se resolverão e todas as dificuldades se tornarão suavizadas.
             Fiquem bem conscientes de que o Senhor do Mundo e da História é também bem realmente o Senhor de vossa história pessoal, do que vocês realmente são.
              E diante da Sua Presença Sublime, vocês terão a Graça de manifestar a vossa Fé. É bem pela Fé, que vocês vão tangê-Lo e recebê-Lo. Não se esqueçam jamais que o Senhor vê tudo, sabe de tudo e que não pode haver segredos entre vocês, e Ele vos concederá qualquer consolo e alívio.
              Diante do Senhor, vocês estão sós e miseráveis, e tão pobres de virtudes, e assim precisam tanto de Sua Misericórdia.
              Meus bem amados irmãos e irmãs, no Amor do Céu, com toda a vossa parentela, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
             Jean, com todo seu amor, Vosso Mensageiro do Céu.
 
20 DE FEVEREIRO DE 2011
O COMBATE ESPIRITUAL
Mensagem dos pais de Jean:
Queridos amigos em Jesus e Maria,
Esta Mensagem se relaciona praticamente a todos os cristãos e em particular, aqueles que se engajam na divulgação da Boa Nova, e que muitas vezes podem estar sofrendo os ataques do demônio. Naquilo que nos diz respeito, nós usamos a Água Benta, o Incenso e nós recitamos, “vivendo cada palavra”, o Terço aos Nove Coros de Anjos. Este Terço se relaciona particularmente com as santas almas do Purgatório; ele nos foi oferecido por ocasião de uma Peregrinação na Itália, no Santuário de São Miguel, conhecido desde o Ano de 490, e situado no Monte Santo Ângelo. Com toda a nossa afeição e em união de Orações. Yvette e Robert.
 
Meus bem amados irmãos e irmãs.
Sob a Luz do Pai Eterno e com todo o Amor do Senhor Jesus e de Sua Mamãe a Santa Virgem Maria, que é também a de vocês, eu vos dito esta Mensagem que se faz atual num mundo onde tudo caminha para a catástrofe e onde o sofrimento muitas vezes por conseqüência do pecado, domina em muitos corações.
Vossa existência é um combate e uma luta constante contra os poderes e as dominações do demônio. Vocês não devem negligenciar a sua ação devastadora, que pode agir no coração de vossas famílias, principalmente de vossos filhos, e nos vossos ambientes de trabalho, nas Associações que vocês possam freqüentar e mesmo na Igreja, onde aqueles que estão ao serviço de Deus são os mais violentamente e dissimuladamente atacados. Vocês devem rezar muito por eles.
Frente a todos os maus espíritos, visíveis e invisíveis, vocês não têm nenhum direito de serem mornos e de fugir, mas sim, de vos transformarem em verdadeiros combatentes da Fé. Considerem que os ataques Vos colocam ao pé da Cruz e assim vos abrem bem grande, a Porta do Céu.
Quando o maligno vos tirar toda força, quer seja por tentações, idéias fixas, e mesmo temores, vocês não têm o direito de vos deixar levar pela falta de coragem. Arma do demônio, este abatimento mata a Fé em vocês, e vos desarma frente aos problemas, que muitas vezes são mínimos, às dificuldades, às crises de vossa vida, mesmo que seja pela doença e pela idade. E é exatamente por esta falta de coragem, pela preguiça, e pela indolência espiritual, que o demônio penetra no mais profundo de vossa vida.
Quando vocês se sentem irritados e com vontade de criticar o vosso próximo, abandonem esta tendência nefasta e façam uma Oração, ou até mesmo um Sinal da Cruz, o que fará colocar em fuga este mau espírito que vos influencia.
Nesta luta contra as forças do Mal, ofereçam todo o vosso coração&nbs
p;  para Jesus. Ele vos abrirá o caminho, e caminhará na frente de vocês.
Na vossa caminhada, vós deveis muitas vezes fazer escolhas, e sem hesitar, escolham o que mais agrada a Deus, e o que vos ditará o Espírito Santo.
Em tudo e entre todos, vocês sempre devem preferir o Cristo. É certo que isto os levará a fazer alguns abandonos, a sofrer agressividades e mesmo a serem perseguidos.  Vocês devem pensar positivo, pois o CRISTO é Vencedor do Mundo, do malvado, da agressividade.  Por Amor, coloquem Jesus em primeiro lugar e então, vocês serão capazes de aceitar de perder mesmo as pessoas que lhe são mais caras.           
Partam do princípio, que nada é mais contrário ao espírito cristão do que o medo do demônio; é certo, porém, que vocês não devem subestimar o vosso inimigo, mas sem temor, para pisá-lo na terra, e revesti-vos da ”armadura de Deus”, propagando o Evangelho da Paz.
No combate espiritual, que todos vocês têm que enfrentar, a ORAÇÃO é essencial; ela foi  a arma de Jesus que passava longas noites em Oração, e isto de maneira habitual. Ele recomendou bem aos Apóstolos: “Rezem!”, fazendo-vos lembrar que se o Espírito é forte, a carne é fraca. Vocês expulsarão e serão vencedores do demônio; e em união íntima com Deus, vocês se tornam mais fortes que Satanás e todas as suas baixezas.
No Amor do Céu, meus irmãos e irmãs bem amados, com toda a parentela e sob a Luz do pai Eterno, nós vos abençoamos em nome do pai, do Filho e do Espírito santo.
Jean, vosso Mensageiro de amor do Céu.
 
 
                                                    TERÇO DE SÃO MIGUEL
“Ó Meu Jesus, eu ofereço este terço ao Vosso Divino Coração, para que o façais perfeito e dignai-vos, proporcionando assim, uma alegria a vossos Santos Anjos, a fim de que eles me conservem sob a sua santa guarda, sobretudo na hora de minha morte, onde eu os convido de todo meu coração, para que, fortificado pela presença deles, eu espere a morte com alegria, e seja preservado dos assaltos do inferno. Eu vos peço também insistentemente, queridos Anjos, que visitem as almas do Purgatório, especialmente meus parentes, meus amigos, meus benfeitores, para que eles sejam logo libertados, e não me esqueçam também, depois da minha morte. Eu vos suplico de todo o meu coração, pelos tão Sagrados Corações de Jesus e de Maria. Amém.”
 
 
 
SÃO MIGUEL, eu vos recomendo a hora da minha morte. Mantenha então, o demônio prisioneiro, para que ele não possa combater contra mim e a minha alma.  PAI NOSSO.
SÃO GABRIEL obtenha-me de Deus, uma Fé viva, uma forte Esperança, uma ardente Caridade e uma grande devoção ao Santo Sacramento do Altar. PAI NOSSO.
SÃO RAFAEL conduza-me sem cessar no caminho da virtude e da Perfeição. PAI NOSSO.
MEU SANTO ANJO DA GUARDA obtenha-me a inspiração divina e a graça especial de ser Fiel. PAI NOSSO.
PARA CADA UM DOS 9 COROS DE ANJOS : 1 PAI NOSSO E 3 AVE MARIA.
1. Ô! Ardentes SERAFINS obtenham-me um fervoroso Amor de Deus.
2. Ô! QUERUBINS brilhantes de Luz obtenham-me o verdadeiro conhecimento da ciência dos Santos.
3. Ô! TRONOS admiráveis obtenham-me a Paz e a Tranqüilidade de coração.
4. Ô! DOMINAÇÕES elevadas obtenham-me a Vitória sobre todas as más inclinações.
5. Ô! VIRTUDES invencíveis obtenham-me a Força contra os maus espíritos.
6. Ô! PRINCIPADOS sereníssimos obtenh
am-me uma Obediência e uma Justiça perfeita.

7. Ô!  POTESTADES, que realizai prodígios, obtenham-me a Plenitude de toda Virtude e de toda Perfeição.
8. Ô! SANTOS ARCANJOS obtenham-me a conformidade à Vontade de Deus.
9. Ô! SANTOS ANJOS, Ô fiéis ANJOS DA GUARDA, obtenham-me uma verdadeira humildade e uma grande confiança à Misericórdia Divina.
SÃO MIGUEL ARCANJO, defendei-nos no combate, sede o nosso socorro contra a malícia e os obstáculos do demônio; que Deus exerça sobre ele o Seu Império, nós vos pedimos em súplica. E vós, Príncipe da Milícia Celeste, pela virtude Divina, envie para o inferno a Satanás e aos outros espíritos demoníacos, que vagam pelo mundo para a perda das almas. Amém.  
 
28 DE FEVEREIRO DE 2011
TRADIÇÃO E RELIGIÃO
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Com certeza, que sempre, os homens e as mulheres preferiram se apegar à Tradição dos humanos, muito mais do que à Palavra e aos Mandamentos de Deus.
A tradição dos homens se manifesta por gestos e ritos da Cultura, que muitas vezes têm uma ligação com a Religião. Por exemplo, são as Festas Religiosas que perdem todo o seu sentido, transformando-se em férias pagãs; assim, vocês têm as férias chamadas Natal, Todos os Santos, Páscoa, Pentecostes... É realmente uma pena que as pessoas possam ignorar a origem dos nomes dados às Férias. Sim, é muito lamentável que os homens se fechem em regras sem deixar o seu coração se abrir e sendo penetrado por Deus.
E, no entanto a Palavra de Deus atravessa os ritos e cerimônias culturais, porque a Sua Palavra é Eterna. A Sua Palavra é destinada a ir diretamente ao coração de todos os homens, e se eles soubessem percebê-la melhor, eles estariam bem mais inclinados a amar a DEUS e, portanto a todos os homens.
Se os gestos e os ritos podem parecer necessários, e mesmo indispensáveis para uma civilização, ao mesmo tempo, eles não têm a capacidade de salvar, nem de purificar e ainda menos de libertar. É certo que todas as Culturas e Religiões realizam ritos de purificação. Em algumas, são banhos, em outras lavagens de mãos que são necessárias para o corpo e podem fazer acreditar que purificam. Eles acreditam que uma vez lavado o corpo, ele esteja aparentemente limpo exteriormente.
Em regra geral, a água lava, mas não purifica; por outro lado, uma vez Benta, é a Palavra de Deus que vem habitar o gesto da água, que então santifica. E é desse modo, que ela escorre em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo. Em uma palavra, a Água Benta deve vos lembrar o vosso Batismo pelo qual, vocês foram mergulhados na Morte e na Ressurreição do Cristo.
Jesus proclama bem que “Nada do que é exterior ao homem e que penetra nele, pode torná-lo impuro”. Vocês devem habitar na Paz, porque o impuro não vem do mundo, dos costumes e das tradições diferentes, dos ritos respeitados ou não; mas de vocês aderirem a ele ou não, e então, o impuro pode entrar em vosso coração. Assim, pertence a vós de limpá-lo, por um exame de consciência seguido de uma boa Confissão, e apesar disso, ainda podem persistir pensamentos perversos de má conduta, de adultério, de avidez por dinheiro, e ainda de tantas outras coisas más.
Sim, é no vosso coração que a Palavra de Deus limpa e purifica: “Lava-me e serei mais branco do que a neve”, diz o Salmo 50, que vocês deveriam meditar. É Deus que purifica e torna Santo.
Pensem que além da Oração e da Santa Eucaristia, vocês dispõem de sacramentais tais como a Água Benta, o Incenso, as Velas, que são ritos sagrados instituídos pela Igreja a fim de obter um efeito de ordem espiritual.
É isto a Tradição da Igreja, Sua palavra de vida que se doa e que se transmite para que a vida de Deus salve o mundo. Estejam certos de que Deus ama os homens, todos os homens, e que eles devem transmitir o Seu Amor.
A Tradição da Igreja, transmissão da Palavra de Deus é a missão de cada um de vocês, e, portanto não tenham n
enhum temor de falar sobre ela.
Com toda a vossa família do Céu, sob a Luz do Pai Eterno, todo o Amor do Senhor Jesus, de Sua Mamãe e dos irmãos do Céu que me acompanham, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso Mensageiro do Céu.
 
 
 
 
 
 
 

 
 
 

Artigo Visto: 2199 - Impresso: 31 - Enviado: 19

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 478 - Total Visitas Únicas: 3.273.319 Usuários online: 46