Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
09/01/2011
Aos grupos de oração
 

9/1/2011 16:08:17

Jean - Aos grupos de oração

PARA OS GRUPOS DE ORAÇÕES
21 DE JULHO DE 2010
 
Bem amados irmãos e irmãs na Esperança,
 
Estes ensinamentos destinados ao vosso Grupo de Orações podem e devem ser encaminhados, também, a outros Grupos, assim como a outras pessoas isoladas. E aliás, é o meu voto o mais caro, que eu vos renove, vos transforme, pois cada um de vocês tem a necessidade de se colocar incessantemente em questão. Na verdade, estas Mensagens são revisões que vos permitem de vos situar espiritualmente. Não se esqueçam de que tudo já foi dito nos 6 livros, que a princípio, vocês já devem conhecer (Nota: Jean escreveu 6 livros, sendo que dois traduzidos para o Português).
Com mais ou menos boa vontade, todo ser humano deve buscar a Verdade. Para isto, ele deve abandonar o seu amor próprio, sabendo pertinentemente, que ele tem muito a aprender, mesmo se ele pensa estar vivendo na verdade.
A Verdade espiritual, você a encontrará na decisão de fazer bem, isto quer dizer, na sua vontade de ler e de meditar as Sagradas Escrituras. Será igualmente esclarecido, por ocasião de sua Confissão, logo que você escutar e colocar em prática, os conselhos de um Padre, ou em outras circunstâncias, as palavras de uma pessoa iluminada espiritualmente.
Estejam atentos ao pensamento de outra pessoa, assim como se estivessem ouvindo a própria voz; na realidade, o único procedimento para ser verdadeiro com o outro, é que será um momento de verdade profundo. Acreditem no que vocês realmente são, e estarão na medida certa de compreender melhor e de admitir, em vocês, as idêias do outro. Saibam se calarem no mesmo instante em que falar em vocês, uma voz que vos desaprova, ou revela a fraqueza de vocês. E principalmente, façam um verdadeiro esforço com vocês mesmos, para verem se a verdade do outro vos incomoda.
Dependendo das circunstâncias, vocês podem ser ativos ou passivos. Frente a uma pessoa inconveniente ou violenta, vocês devem ter a prudência de serem receptivos, pois deste modo, vocês terão a possibilidade de ajudar, e mesmo algumas vezes, será igualmente, uma oportunidade de vocês aprenderem.
Há uma maneira de ESCUTAR, que é com certeza, uma maneira de doar-se. Diante do sofrimento e do desespero do outro, pode-se fazer necessário, ficar em silêncio. Nestes casos, considerem o silêncio como a mais perfeita das linguagens, pois ela acolhe, sem convidar; ela oferece, sem pedir. será então, por uma voluntária indulgência, que vocês vão acolher a palavra, que vos acomete ou solicita. O verdadeiro silêncio pede muita doçura e paciência, para superar os aborrecimentos e expressar as justas indignações.  
Aquele que não quiser aceitar nenhuma idêia viverá sob suas próprias restrições, e definhará, pouco a pouco. Isto é o caso de algumas pessoas, que vocês possam vir a encontrar. Seus pensamentos se alimentam do ar que os outros respiram, donde eles tiram o alimento, que nem sempre é de boa qualidade. Estagnando-se sobre o que eles consideram uma certeza, eles sobrecarregam os seus espíritos, como se afunda a terra de um caminho muito pisado. Na verdade, a terra pede para ser lavrada, e o solo para ser revolvido. Imaginem que o arado que demole uma parte dessa terra, e cava fundo um terreno, deve ser visto como o reposicionamento de vocês mesmos, em questão. Um espírito amontoado, amassado por pressão, é uma terra estéril, que se torna impermeável a luz.
Deus fala a vocês e vos solicita, através de vossos semelhantes, que fiquem também sempre em escuta, e em seguida, vocês poderão discernir e oferecer espontaneamente, o vosso espírito, da mesma maneira que vocês estendem a mão a um amigo.
A humanidade é representada por homens tão diversos e ricos de promessas! Frequentemente, tanto por seus bons ou maus aspectos, vocês poderão se reconhecer neles, e isto deve vos levar a não fazer mais julgamento.
No vosso caminho, vocês encontrarão homens que crêem apenas naquilo que eles determinaram de acordo com seus próprios valores, e que apesa
r de tudo, tem um coração de ouro. Vocês não devem censurá-los, mas tentar compreendê-los. Para progredir no conhecimento de vossos semelhantes, faz-se necessário colocar vosso Coração a serviço, Confessar, Rezar e Comungar, com amor.
Com todos os nossos parentes e amigos da Eternidade, meus bem amados irmãos e irmãs, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso Mensageiro da Esperança. 
 

PARA OS GRUPOS DE ORAÇÕES
 
27 DE JULHO DE 2010
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Deus não espera dos homens uma imensidão de belas obras, mas um coração sincero. Não é a perfeição absoluta que Deus vos pede, mas um esforço sincero para vos manter numa relação de filho para com o pai, que é uma relação de confiança e de Fé em Seu amor.
Perdoar nem sempre é fácil. Pedir perdão pressupõe que vocês
devam se reconhecer como humildemente culpados! É incontestável que certas coisas, certos atos são difíceis de se perdoar, como por exemplo, um estupro, uma criança que foi morta, povos que foram humilhados, porque será difícil para estes conceder um Perdão àqueles que são a causa de sua grande infelicidade.
Nestas condições, acima descritas, será preciso muito tempo e vontade para se chegar ao perdão. Um longo caminho de Cura, de Reparação e de Libertação será, então, necessário. Como disse Jesus: “Sejam bastante fortes para perdoar e, encontrareis a paz e a felicidade!”
Sem a Boa Vontade e a Fé, pode ser ainda mais difícil de se perdoar, pois o ressentimento, o rancor, a vingança, e quando não o ódio, podem dominar no coração de alguns.
Se uma pessoa vos causou algum dano ou injustiça, pode acontecer que do ponto de vista dessa, vocês demonstravam hostilidade. Muitas vezes, vocês podem avaliar que cabe a esta mesma, de se corrigir; mas vocês, estão bem decididos a fazer um esforço de Reconciliação?
Considerem que o Pai Eterno queira perdoar, mas isto na medida em que vocês estarão prontos a perdoar, também. É assim que é a Justiça!
Deus é o poderio de todo o Amor, e este Amor se expandirá apenas na medida em que encontrar uma resposta idêntica da parte de vocês. Pensem que Ele incluiu o Perdão na Oração, que Ele ensinou aos homens: “Perdoai as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido”.
Pelo fato de serem batizados na Fé Católica, vocês têm a graça de participarem de um tesouro inestimável, ou seja, o de ter a convicção de que pelo Sacramento da Reconciliação, vocês terão condições de perdoar ao vosso próximo. Antes, porém, façam o vosso exame de consciência, para preparar este Sacramento, considerando as vossas falhas, como falta de Amor a Deus.
É pelo intermédio de um Padre, que Jesus vos perdoa, e vos recebe sem reservas, no Seu Coração Misericordioso. É assim, que lavados de vossas falhas e de vossa intransigência, vocês se beneficiarão da possibilidade de começar de novo, com a certeza de viver num clima de amor mútuo.
Sejam aqueles que refletem o Amor de Deus, em tudo o que vocês dizem, em tudo o que vocês fazem, e em tudo o que vocês são.
Com todos os vossos parentes e amigos da Eternidade, meus bem amados irmãos e irmãs, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso irmão, Mensageiro da Esperança,
 
PARA OS GRUPOS DE ORAÇÕES
 
08 DE AGOSTO DE 2010
 
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Desde que a astúcia da serpente perverteu a inteligência dos homens, vocês podem bem imaginar como a voz do demônio interfere com a de Deus! O coração de cada homem se tornou assim, duplo.
Em vossa qualidade de cristãos, vocês têm a graça de viver a vossa espiritualidade, mas igualmente a de superar problemas, de vossa vida sobre a terra, que podem fazer perder a estabilidade.
Para reencontrar a Paz interior e exterior, é essencial que vocês vivam e meditem a Palavra de Deus, aliás o que vocês fazem  com sucesso, nos vossos Grupos de Orações, onde o programa é bem equilibrado.
Hoje, ainda mais do que ontem, o inimigo está
em obra; se ele conquista direitos sobre os homens, é em função de sua cumplicidade com o pecado destes, e ele não se deixa vencer, a não ser numa  condição expressa, em que lhe seja oposta uma resistência bravia. Onde vocês se colocam em relação a este assunto? Vocês se sentem realmente livres de sua influência?
Todos os  problemas e sacramentos que Jesus sofreu perduram de gerações em gerações. Pensem que por Sua Paixão, o Senhor triunfou do Mal e vos fez participantes de Sua Vitória; entretanto, Ele não interditou ao MAL de vos tentar, e não se esqueçam que vocês têm o Livre Arbítrio.
Vocês podem e devem aderir a Sua Salvação, colocando em prática, a Palavra de Deus; e então, vocês estarão em condições de rechaçar a influência e os propósitos do demônio, o que vos permitem, com a Luz do Espírito Santo, de distinguir os disparates e as mentiras. Vocês talvez possam ter falhado, mas, é ao vos apoiarem sobre a Graça Divina, que vocês reencontraram a vossa Liberdade para tomar o bom Caminho.
É provável que em um dado momento, vocês possam ter experimentado algumas oposições em relação às exigências do Evangelho. Compreendam que o mal herdado pelo Pecado Original, permanece fortemente consolidado em cada um dos homens, e só desperta em particular, bruscamente, no momento em que eles se engajam no caminho da Conversão.
É certo, que logo que uma pessoa age para combater e se liberar dos laços visíveis do mundo, e que ela começa a se apresentar com perseverança na frente do Senhor, ela é então, submetida a um combate interior, afim de lutar contra todo desejo abominável, como contra os pensamentos negativos.
Para se unir sem reservas ao Senhor, e conhecendo as astúcias secretas dos espíritos da malícia, e das más paixões, é importante que vocês renunciem ao mundo materialista, desapegando-se das cobiças terrestres.
Engajem-se verdadeiramente no caminho da Vida Espiritual; assim, a alegria de Deus, que vocês ignoravam até a existência, se manifestará  com toda a sua intensidade. A Palavra do Senhor, que vos restaura na vossa orientação original em direção ao Pai, vos liberta de embustes do inimigo, e vos outorga o poder de viver na Liberdade filial encontrada novamente.
Compreendam que o Senhor Deus, por sua Palavra Toda-Poderosa, reúne seus filhos dispersos, os libera de seus compromissos com o mal, para lhes fazer descobrir o Seu Rosto, e lhes revelar sua identidade profunda como filho de Deus.
Meus bem amados irmãos e irmãs no amor do Céu, com toda vossa parentela, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso irmão do Céu, Mensageiro da Esperança.
 
PARA GRUPOS DE ORAÇÕES
 
17  DE AGOSTO DE 2010
 
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Nos vossos Grupos de Orações, vocês recebem a graça de vos reunir, o que vos permite de se descontraírem, depois de uma semana, às vezes muito carregada e decepcionante. Assim, vocês vão se encontrar juntos na alegria de rezar e de meditar o Rosário, tendo como referência e como apoio, os ensinamentos do Céu.
Na Oração, quer seja ela em grupo ou individualmente, peçam sempre por vocês e mais ainda pelos outros, estando persuadidos de como Deus está determinado a salvar todos os homens, e mesmo os mais abomináveis. É essencial, que em primeiro lugar, vocês rezem por vocês mesmos, para que o vosso espírito se abra, afim de que coloquem toda    a vossa boa vontade, para que sejam mais compadecidos e, portanto, melhores; e isto, é muito necessário.
Vocês devem agir sem cessar, afim de se tornarem mais receptivos aos Mandamentos de Deus. Agindo com sabedoria, vocês irão discernir as boas oportunidades que a Providência coloca em vossos caminhos, e isto sem olhar para outra direção. Rezem sem parar para que o Espírito Santo possa livremente convencer os homens, afim de que seus espíritos cresçam em termos de desenvolvimento e de colheita.
Quando vocês rezam, é um combate espiritual, que vocês estão travando!
Infelizmente, o demônio, príncipe da
s trevas, cobre com um véu, o espírito dos não-cristãos; mas, será pelas vossas Orações, que vocês abrirão os olhos perdidos deles, assim como vocês os libertarão da dominação de Satã, e eles se ajuntarão à família dos cristãos.
Não duvidem jamais, e saibam o valor de uma Oração, por mais simples que ela seja, de uma frase apenas, como esta: “Senhor Deus, eu Vos peço com todo o meu coração e toda a minha alma, que venha em ajuda a esta pessoa”. Esta solicitação pode ter um efeito positivo tanto para o outro, como para vocês mesmos. Considerem que isto é possível, que esta pessoa não conheça Deus ou não saiba como pedir. Talvez, mesmo nos piores momentos, ela duvida que o Senhor possa ajudá-la. Mas vocês, sim vocês, fazendo  um passo de obediência, e formulando com amor e com o coração, uma Oração muito simples, vocês dispõem dessa considerável possibilidade, de abrir-lhe a porta para Deus; e isto tudo é o dever de vocês.
Qualquer que seja a maneira como vocês rezam, o momento ou o lugar, pensem que vocês detêm a chave, que abrirá sempre uma porta pela qual Deus fará entrar o Seu Poder, quer seja numa situação ou numa vida. Desde que vocês rezem, vocês se tornam o Seu agente, Suas mãos, Seus pés, Sua voz. Vocês não acreditam que isto é uma razão suficiente para rezar sem cessar?
Efetivamente, a Oração é um Encontro Pessoal com o Senhor, ou segundo as circunstâncias, com a Virgem Maria ou com um Santo que vocês venerem. Ora, para rezar melhor e solicitar uma Graça, a Meditação da Escritura Sagrada é uma tão grande ajuda, pela qual vocês podem admirar a maneira como Deus age sempre, e com o risco de ficarem fortemente surpreendidos.
Pensem que Deus educou o Seu povo no deserto e  reconheçam que é exatamente por cada um de vocês, em particular, que o Senhor foi humilhado, escarnecido e crucificado. Compreendam, enfim, toda a profundidade do Amor, que Ele vos promete.
Verdadeiramente, vocês compreendem o apelo urgente e atrativo que vos lança a Palavra de Deus, desde o primeiro Mandamento?
Meus bem amados irmãos e irmãs, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, com todo seu amor, vosso Mensageiro da Esperança.
 
PARA OS GRUPOS DE ORAÇÕES
 
22 DE AGOSTO DE 2010
 
Meus bem amados irmãos e irmãs,
Muitas pessoas pensam que acreditar no demônio é irrisório; mas, na realidade, elas só fazem com isto, aumentar o seu poder e se tornam as primeiras vítimas dele. O Espírito do mal está sempre em obra, e vocês  podem, infelizmente, fazer a experiência disso, quotidianamente.
O demônio se mostrará para vocês sob diversas e atraentes formas, e mesmo, dissimulado em vocês. Ele procura, sem cessar, a falha pela qual ele poderá se introduzir, e se vocês não tomarem muito cuidado, ele vos carregará consigo e vos desviará do caminho.
Será bem ele que vos fará sucumbir à tentação; e é certo que ele não se manifestará como um ser detestável, que vos dará medo; e se for o caso, ele sabe bem que vocês o rejeitarão tão logo quanto possível, para lhe opor o doce rosto de Jesus. Mas, ele é tão esperto, que ele se apresentará perto de vocês, como um ser de Luz, afim de que vocês não possam reconhecer o perigo desconfortável de seus propósitos.
Pensem que os demônios são frequentemente citados nos Evangelhos. Vocês sabem bem que se tratam de anjos decaídos, destinados ao fogo eterno; portanto, fiquem em estado de vigília. Os demônios são poderosos sobre a Terra, e tentam se opor ao Reino de Deus, infiltrando-se nas famílias, em muitos empreendimentos, associações e mesmo dentro da Igreja.
Efetivamente, a maioria dos homens se deixa influenciar por conselhos perniciosos sobre ações que prejudicam a saúde física ou moral, ou por prazeres incentivados sobre o amor carnal, sobre o aborto, o casamento ou a eutanásia. E nestes casos, os comentários envenenados são largamente divulgados pela Rádio, pela Televisão e ainda, pela Internet.
Estas midias são empregadas para confirmar tudo o que faz parte de uma lógica de vida, e
que vida de perdição! Eles farão, então, calar a consciência dos homens, proclamando que é normal e que não existe nada de repreensivo em se dar o prazer, assim como de se invejar o bem do seu vizinho. O seu “meu” se tornou tão importante e independente, ao ponto de pensarem que não possa existir outras leis, além das suas próprias.
É certo que naquilo que vos diz respeito, mesmo sendo prudentes, vocês persistirão num estado de abertura, de serviço e de luta contra o mal. Assim vocês agirão da melhor forma para vocês mesmos e para o bem do vosso próximo e muitas vezes, em detrimento de uma vida tranquila.
Segundo as vossas possibilidades e Encontros, em certas circunstâncias vocês podem chegar até a expressar palavras e mesmo ter uma ação positiva em relação a aqueles que se recusam ao que a Igreja ensina, em matéria de Fé e de Moral.
Face ao demônio, como vocês reagem? Qual é a ação de vocês? E o que vocês fazem realmente em relação ao próximo de vocês?
E no amor do céu, meus irmãos e irmãs bem amados, como com a vossa parentela, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso mensageiro da Esperança. 
 
PARA OS GRUPOS DE ORAÇÕES
 
30 DE AGOSTO DE 2010
 
Meus bem amados irmãos e irmãs,
É necessário que vocês compreendam bem que a vossa entrada na intimidade do Reino de Deus não é um salário, e ainda menos, uma recompensa, mas o Dom do Amor e da Ternura de Deus.
É lamentável de ver certos católicos, que não manifestam nenhum gesto de amor em direção ao seu próximo, apesar de praticarem os Mandamentos da Igreja e de se confessarem frequentemente. Na realidade, eles não compreenderam o que é ser Cristão, eles não compreenderam que a lógica  de Deus é o Amor. Na verdade, será que eles podem pensar que serão mais recompensados do que os pecadores e as prostitutas? Nestes casos, eles que tomem o cuidado de relerem cuidadosamente e de meditarem os Evangelhos, e eles constatarão que Jesus preferia conviver com as prostitutas e os publicanos.
Jesus se hospedou na casa dos publicanos, aceitou que a pecadora derramasse lágrimas nos Seus pés, e os cobrisse de perfume, e o primeiro que Ele aceitou em Seu Reino, foi o bom ladrão.
Vocês tem ,frequentemente a tendência de pensar que aqueles que são Cristãos, desde sempre, e que se esforçam de viver segundo a Lei do Cristo, já tem o seu lugar garantido no Reino de Deus. Vocês devem perceber que também podem ser tão merecedores, aqueles que ajudam e se dedicam, sem medida, para ajudar o seu próximo, e isto apesar de não acreditarem em Deus. Seu mérito é que mesmo sem estarem conscientes e sem procurar nenhuma recompensa, eles observam as leis da Igreja e os Mandamentos de Deus. Pois bem, Jesus vos afirmara que o Reino de Deus, não é uma estória de recompensa, nem uma estória de mérito; o Reino dos Céus é um dom gratuito do Amor de Deus.
Deus está lá, para que o Seu Amor se expanda em vocês, porque o desejo de Seu Amor, como o de qualquer um que ama, é de fazer feliz aquele que é amado. E Deus não tem outro objetivo, do que o de fazer a felicidade de vocês, e vos fazer obter a Salvação. Portanto, trata-se não de acumular direitos de recompensa, mas de estar na medida de receber este torrencial de Amor, que vem do coração de Deus.
Sim, abri todo o vosso coração a este torrencial de Amor, que se direciona para vocês, mas também para todos os vossos irmãos, aqueles vossos irmãos, que dentro de uma lógica por demais humana, vocês poderiam menosprezar ou olhar com altivez (olhar por cima). Mas, com a lógica do coração de Deus, vocês passarão a olhar com amor, e com o mesmo desejo que Deus tem de felicidade para eles.
E, mais eles estão infelizes, mais são pecadores, e mais  longe eles estão de Deus, e mais ainda, vocês devem querer que eles sejam tocados firmemente por este Amor, que os transformará. E a maior felicidade, tanto para vocês, como para Deus, é de ver os vossos irmãos se voltarem para Deus e chamá-Lo por  Socorro, mesmo se eles levaram uma vida de
pecados, muitas vezes, provenientes da própria cultura.
Compreendam que se trata de amar, e que vocês abrirão o vosso coração a um Amor triunfante, que vencerá todas as vossas resistências, todas as vossas pobrezas, todas as vossas limitações do coração e do espírito, com esta capacidade de vencer qualquer pecado, qualquer que seja ele.
No amor do Céu, meus irmãos e minhas irmãs bem amados, com toda a parentela e sob a Luz de Deus, nós vos abençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso Mensageiro da Esperança.
 
PEREGRINAÇÃO NO PAÍS BRETÃO ( REGIÃO DE BRETANHA - FRANÇA)
 
18 DE SETEMBRO DE 2010
 
Caros peregrinos, irmãos e irmãs bem amados,
Esta Peregrinação no país Bretão, vocês o viveram como Filhos de Deus, e isto por causa de vossas Orações, tão bem animadas pelo Padre Georges. Este Padre, fora do comum, é muito apreciado pelos bons cristãos. E foi dessa maneira, que vocês alimentaram a vossa alma com uma força de Amor, assim como as almas de vossos familiares e amigos. Esta força de Amor libertou várias almas do Purgatório, o que era propriamente dito, o objetivo desta Peregrinação. Se vocês pudessem compreender toda a felicidade que vocês doam!
A Peregrinação de vocês começou por um dia vivido em Santa Ana D’Auray, junto a Santa Ana, mamãe da Santa Virgem Maria, onde vocês puderam sentir o infinito amor de uma mamãe. Vocês não podem se esquecer de que Ela é a avó do Senhor Jesus e a Mamãe de Maria. Pensem na Novena de Missas, que será celebrada nesta Basílica, a começar no dia primeiro de Outubro, e pela intenção de vossa Genealogia. Seria interessante, que em pensamento, vocês participassem.
Em KERIZINEN, este lugar Santo, transborda de amor, lugar onde Jeanne Louise recebeu a Missão do Senhor Jesus e de Sua Santa Mamãe, que vão vos deixar uma marca indelével. É essencial que vocês o testemunhem mais tarde. Foi por uma justa razão que vocês apreciaram esta acolhida simples e calorosa.
O Sacramento dos Enfermos, seguido por uma Santa Missa, celebrada na Capela de Saint Yves, tão bem situada nesta luxuosa e autentica Catedral de TREGUIER, onde intimamente, vocês sentiram um perfume de Amor.
Vocês concluíram de uma maneira inesquecível e esplendorosa esta Peregrinação de Amor em Nossa Senhora de PONTMAIN, cuja aparição é uma consequência lógica da santidade do Padre Guerin (comparável ao Santo Cura D’Ars), que foi um tão grande Intercessor pelas Almas do Purgatório. Sim, esta Peregrinação foi plenamente bem sucedida.
É de uma maneira diferente que todos vocês conhecem o sofrimento, e particularmente, aquele direcionado ao vosso próximo. O sofrimento é uma provação; é o sofrimento que aprecia e pesa o valor da vossa Alma e a da vossa Fé.
No vosso mundo, a inteligência das coisas espirituais é, muitas vezes, obscurecida em relação às pessoas que vos rodeiam ou que a Providência coloca no vosso caminho, vocês tem o íntimo dever de difundir a Boa-Nova, de organizar Encontros, de aderir a Grupos de Orações e de testemunhar. Estejam certos de que pela Graça de Deus, cada um de vocês, num nível diferente, é um Farol de Amor, encarregado de trazer a Luz do Céu. De trazê-La, sem impor nada, mas manifestando um comportamento exemplar que incitará os outros a procurar a presença de vocês. E será dessa maneira, que vocês exercerão uma boa influência sobre uma Alma.
Em uma palavra (como a desenvolveu bem o Padre Georges), foi a CRUZ que reconciliou os homens com Deus, que fez da terra, um Céu, e que reuniu os homens aos anjos. A Cruz fez cair a cidadela da morte, destruiu a força do demônio, libertou a terra do erro e estabeleceu os Fundamentos da Igreja. Em uma palavra, a Cruz é a Vontade do Pai, a Glória do Filho e a jubilação (alegria viva e expansiva) do Espírito Santo.
Desta Peregrinação de Amor, alguns já se beneficiaram de Graças e todos, sim, todos vocês que são amados pelo Céu, são chamados a colher os frutos.
Nosso Senhor Jesus, Sua doce Mamãe e nós, os Santos e Santas do Céu e de vossas famílias, nós vos a
bençoamos em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
Jean, vosso Mensageiro da Esperança.
 
 
Tradução: Chantal Maduro 
  
 
 
 
 



 
 
 

Artigo Visto: 1824 - Impresso: 27 - Enviado: 13

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 707 - Total Visitas Únicas: 3.144.043 Usuários online: 56