Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título



 
 
08/11/2019
O livro cifrado de Daniel
Em seu lugar, um homem vil se elevará, sem nenhuma dignidade real, surgirá repentinamente...
 

O LIVRO CIFRADO DE DANIEL.

Neste exato momento eu senti necessidade de apontar para os queridos leitores, o caminho das Sagradas Escrituras que nos falam sobre este nosso tempo, que é final, sem dúvida. É tão incrível, fantástico e extraordinário o que está acontecendo, e o que irá acontecer, que muitos não percebem, está na Bíblia, basta ter discernimento. E só Espírito Santo para ir delineando as linhas mestras de um plano maligno, que se desenrola desde o Eden, da traição dos primeiros pais, e que culminará com a vitória dos filhos que amam de fato a Deus... Os fiéis até o fim!

Então, para mergulhar neste tempo, temos as preciosas profecias de Daniel que vão dos capítulos 9º partir do versículo 20, até o capítulo 12º.  Eu poderia apenas copiar os textos bíblicos, conforme a Bíblia da Ave Maria, e deixar que o leitor capte o sentido e o replante para este tempo, entretanto sei que nem todos têm tempo para meditar sobre tudo isso, nem recebem a graça do entendimento, que se consegue apenas seguindo a orientação das profecias atuais, que vão apontando, uma por uma, as evidências de que aquilo que a Palavra de Deus apontou lá naquele tempo se refere a fatos e acontecimentos da nossa época. 

Veja o que está em Daniel 9, 17. Ouvi, pois, Senhor, a prece suplicante de vosso servo. Por amor a vós mesmo, Se­nhor fazei irradiar vossa face sobre vosso santuário deserto. 18. Ó meu Deus, ficai atento para ouvir-nos; abri os olhos para ver nossa ruína e a cidade que ostenta um nome vindo de vós. Não é em nome dos nossos atos de justiça que depositamos a vossos pés nossas súplicas, mas em nome de vossa grande misericórdia.

Que tal considerar o Santuário deserto como a Basílica de São Pedro, e a Cidade como Roma, o Vaticano?

19. Senhor, escutai! Senhor, perdoai! Senhor, ficai atento! Agi! Por vosso próprio amor, ó meu Deus, não demoreis, pois vosso nome foi dado à vossa cidade e a vosso povo!” 20. Eu falava ainda, pedindo, confessando meu pecado e o de meu povo de Israel, depositando aos pés do Senhor, meu Deus, minha súplica pelo seu monte santo; 21. não havia terminado essa prece, quando se aproximou de mim, em um relance era a hora da oblação da noite, Gabriel, o ser que eu havia visto antes em visão. 22. Deu-me, para meu conhecimento, as seguintes explicações: “Daniel, vim aqui agora para te informar 23. Apenas havias iniciado a tua oração e uma palavra foi pronunciada; eu venho desvendá-la a ti, porque és um homem de predileção. Presta, pois atenção a este oráculo e compreende bem a sua revelação:  

Embora o arcanjo São Gabriel venha em socorro do profeta e fale em explicação, esta mesma é mais do que confusa. Acredito que, entre os estudiosos deste tempo final este primeiro versículo que segue é sem duvida o mais estudado, mais polêmico, e mais complexo de todos os versículos de Daniel. Que diz...

24. Setenta semanas foram fixadas a teu povo e à tua cidade santa para dar fim à prevaricação, selar os pecados e expiar a iniquidade, para instaurar uma justiça eterna, encerrar a visão e a profecia e ungir o Santo dos Santos. 25. Sabe, pois, e compreende isto: desde a declaração do decreto sobre a restauração de Jerusalém até um chefe ungido, haverá sete semanas; depois, durante sessenta e duas semanas, ressurgirá, será reconstruída com praças e muralhas. Nos tempos de aflição...

Percebam aqui a matemática da coisa: esta questão da semana, na verdade se refere a semana de anos, conforme também é mencionada em Jeremias, e isso remete a uma conta de 70 anos. Ora, Israel declarou a sua independência em 14/04/48, por tanto, em 2018 se completaram os 70 anos citados, e é isso que nos interessa, porque significa que, a partir deste ano de 2018 chegamos ao auge da profecia e de um tempo.

26. depois dessas sessenta e duas semanas, um ungido será suprimido, e ninguém será a favor dele. A cidade e o santuário serão destruídos pelo povo de um chefe que virá. Seu fim chegará com uma invasão, e até o fim haverá guerra e devastação decretada. 27. Concluirá com muitos uma sólida aliança por uma semana e no meio da semana fará cessar o sacrifício e a oblação; sobre a asa das abominações virá o devastador, até que a ruína decretada caia sobre o devastado.

O ungido que foi suprimido é sem dúvida Sua Santidade o Papa Bento XVI, também citado em Zacarias 13. A cidade e o santuário que serão destruídos será Roma e o Vaticano, por causa das abominações que fizeram entrar ali neste sínodo. Isso, embora que, a destruição virá ao seu tempo, devido as loucuras que se perpetram naquele antro, que um dia foi a casa de Deus. A trama que visa retirar o “sacrifício e a oblação” é aquela que visa destruir a Sagrada Eucaristia, e que está vastamente profetizada nos tempos atuais. Já em diversas dioceses e paróquias do mundo, se processa a abominação, uma ceia a modo protestante, ecumênica, unindo todos os credos num lamaçal de erros. O devastador é sem dúvida o anticristo, aquele que comanda tudo isso, cuja ruína eterna está prevista nas Escrituras.

11, 21.“Em seu lugar, um homem vil se elevará, sem nenhuma dignidade real, surgirá repentinamente e se apossará da realeza pelas suas intrigas. 22. As tropas de invasão serão postas em fuga diante dele e aniquiladas, bem como o chefe da aliança. 23. A despeito do pacto firmado com ele, agirá com perfídia: atacará e triun­fará com poucos homens. 24. Invadirá inesperadamente as regiões mais férteis da terra; fará o que nunca fizeram seus pais nem os antepassados deles: distribuirá com os seus os saques, despojos, riquezas; combinará ofensivas contra as fortalezas, mas apenas por um tempo

Está aqui bem claro o que aconteceu no Vaticano com o atual comandante. Depois de o Ungido, Bento XVI, ter sido suprimido, se apossa do trono outro, sem nenhum direito real, através de tramas e intrigas. A entrega de cargos e honrarias aos que o apoiam é um sinal perfeito do cumprimento da profecia, lembrando que embora aqui se fale em “rei”, na verdade pode ser, como é referente ao papa.

27...Com o coração repleto de desejos malévolos, os dois reis se enganarão mutuamente à volta da mesma mesa. Mas seus projetos fracassarão, porque o fim só virá no tempo determinado. 28. Volverá à sua terra com grandes riquezas. Seu coração meditará o mal contra a santa aliança; o cometerá, depois entrará novamente em sua terra.

Claro que este discernimento que vou passar é pessoal, mas penso que vale a pena ser meditado. Nós sabemos que a segunda besta obedece as ordens da primeira. Profecias atuais avisam que o anticristo esteve já no Vaticano, e sobre tudo que ali acontece dita as ordens. Mas também sabemos que o atual ocupante do Vaticano é tão sedento de poder, que, no fundo, quer ele mesmo comandar esta nova religião universal que eles estão criando. Ou seja, mesmo se conversando, no fundo se traem, porque o anticristo, através de promessas e lisonjas engana os mentores da segunda besta, porque não deseja ser apenas um papa, mas o próprio deus. O alvo de ambos, no entanto é a Sagrada Eucaristia, o Sacrifício da Nova e Eterna Aliança;

29. No tempo previsto atacará de novo o Sul: mas esta expedição não será seme­lhante à precedente. 30. Navios de Cetim o atacarão e ele desanimará. Dirigirá novamente sua fúria contra a santa aliança, tomará medidas contra ela, fazendo um pacto com aqueles que a abandonarem. 31. Tropas sob sua ordem virão profanar o santuário, a fortaleza; farão cessar o holocausto perpétuo e instalarão a abominação do devastador. 32. Submeterá, com suas lisonjas, os violadores da aliança, mas a multidão daqueles que conhecem seu Deus se manterá firme e resistirá.

Embora todas estas palavras pareçam mencionar exércitos aparentes, na verdade se referem ao exército das pessoas, humanas, que sob as ordens e diretrizes do anticristo, atacam e tentam derrubar a Igreja. De fato, está previsto também nas profecias atuais, que eles tentarão destruir a Santa Missa, seja descaracterizando o seu sentido seja criando um novo tipo de celebração, onde não haja mais a Consagração. Eles farão isso, está predito! E acaso o que acontece hoje no Vaticano não é uma profusão de “lisonjas” de uma verdadeira partilha de cargos importantes para todos os que partilham das ideias do atual ocupante, visível, do trono de Pedro? E se pergunta: não foi acaso uma grande profanação da Basílica de São Pedro a entrada ali da deusa da fertilidade inca e carregada gloriosamente por “bispos” católicos.

33. Os homens doutos desse povo instruirão um grande número; mas, durante algum tempo, perecerão pela espada, fogo, cativeiro e pilhagem. 34. Enquanto forem caindo dessa maneira, serão um tanto amparados; e um bom número se unirá hipocritamente a eles. 35. Muitos desses sábios sucumbirão, a fim de que sejam provados, purificados e branqueados até o termo final; ora, esse final só chegará no tempo marcado.

Aqui fica bem claro e visivelmente explicado o fato de que muitos bons bispos e bons padres, também alguns ditos teólogos leigos estão alertando o povo para o que está acontecendo na Santa Igreja. Mas também está bem clara a hipocrisia daqueles que se aliam a este descalabro, até sob a fachada da obediência, quando não da errada menção de que não se pode criticar um papa, mesmo que este seja um herege. Isso quando a Igreja já teve antes 37 papas hereges. Acaso tem que deixar destruir?  Acaso devemos calar? Haverá sim a perseguição, e já está havendo, uma perseguição que visivelmente se percebe é contra quem é bom quem é santo e quem reza.

36. O rei fará então tudo o que desejar. Ele se ensoberbecerá, se elevará no seu orgulho acima de qualquer divindade; proferirá até coisas inauditas contra o Deus dos deuses; prosperará até que a cólera divina tenha chegado ao seu termo, porque o que está decretado deverá ser executado. 37. Não respeitará nem os deuses de seus antepassados, nem a deusa querida das mulheres, nem divindade alguma; ele se julgará superior a todos. 38. Mas venerará o deus das fortalezas, no próprio local, um deus desconhecido de seus antepassados, com ouro, prata, pedras preciosas e joias.

Percebe-se agora a entrada em cena do anticristo. Ele se assentará um dia no trono de Pedro e em seu orgulho extremado proferirá contra Deus as mais inomináveis blasfêmias. Digamos que ele não respeitará, não apenas à Nossa Senhora, nem mesmo a patchamama, porque quererá, ele mesmo ser o próprio e único deus. O deus que ele venera sem dúvida é Lúcifer, que o dirige, possui e usa.

39. Com o auxílio de um deus estranho, atacará as muralhas das fortalezas; aos que o reconhecerem, multiplicará as honras, ele lhes conferirá autoridade sobre numerosos vassalos e lhes distribuirá terras em recompensa. 40. No final, o rei do Sul e ele entrarão em luta. O rei do Norte cairá sobre ele, como um furacão, com carros, cavaleiros e uma frota considerável. Entrará na terra como uma torrente que transborda. 41. Invadirá o país que é a joia da terra, onde muitos homens cairão.

Obviamente que esta grande fera irá premiar regiamente, aqui na terra, não só com bens, também com cargos e honrarias, a todos os que o servirem, embora no fundo os odeie de morte. O país que é a joia da terra diante de Deus é sem dúvida Israel, que será atacado pelos exércitos do anticristo,

42. Ele se apoderará de diferentes países; o Egito não lhe escapará. 43. Pilhará os tesouros de ouro e de prata bem como tudo o que houver de precioso no Egito. Os líbios e os etíopes se juntarão a ele. 44. Mas, alarmado pelas notícias vindas do Oriente e do Norte, se retirará como uma fúria, para destruir e exterminar uma multidão de povos.* 45. Erguerá os pavilhões de seu palácio entre o mar e a nobre montanha do santuário. Então, alcançará o termo de sua vida e ninguém lhe prestará socorro.

Em artigos mais antigos já mostramos como a besta tem agido contra países como o Egito, a Líbia, a Etiópia e Síria, tentando destituir e desestabilizar seus governos, para impor os planos e o regime de satanás sobre aqueles povos. O que eles já passaram e estão passando, com a mais absoluta certeza, ele tentará impor a todas as nações do planeta. Entretanto, seu tempo será muito curto, porque na sua fúria se destruirá a si mesmo, quando o Céu vier em nosso socorro. Veja

Daniel 12: 1 "Naquele tempo, surgirá Miguel, o grande chefe, o protetor dos filhos do seu povo. Será uma época de tal desolação, como jamais houve igual desde que as nações existem até aquele momento. Então, entre os filhos de teu povo, serão salvos todos aqueles que se acharem inscritos no livro. 2. Muitos daqueles que dormem no pó da terra despertarão, uns para uma vida eterna, outros para a ignomínia, a infâmia eterna. 3. Os que tiverem sido inteligentes fulgirão como o brilho do firmamento, e os que tiverem introduzido muitos nos caminhos da justiça luzirão como as estrelas, com um perpétuo resplendor.

Então estamos nos tempos de São Miguel, com todo o seu exército. Não somente o inferno hoje se derrama sobra a terra, como também o Céu está de plantão para nosso auxílio. Haverá uma grande tribulação, quando duas coisas acontecerem: 1 – A abominação entrar no templo santo! Isso se cumpriu com a entrada triunfal da deusa da fertilidade inca, a patchamama na catedral de São Pedro. 2 – Seja retirado o Sacrifício Costumado, que é a Santa Missa, trocada que será por uma ceia sem valor, e abominável diante de Deus, porque pretenderá substituir e mesmo suplantar o “Sacrifício da Nova e Eterna Aliança”, assinada que foi com o Sangue Preciosíssimo de Nosso Senhor Jesus Cristo. Já se celebra em muitos lugares, algo neste sentido, portanto, tudo se cumpre, e tudo pode explodir a qualquer momento.

4. Quanto a ti, Daniel, guarda isso secreto, e conserva este livro lacrado até o tempo final. Muitos daqueles que a ele recorrerem verão aumentar seu conhecimento. 5. Continuei a olhar. Vi dois outros personagens mantendo-se cada um sobre uma das margens do rio. 6. Um deles disse ao homem vestido de linho que estava em cima do rio: “Para quando o fim dessas coisas prodigiosas?”. 7. Então, ouvi o homem vestido de linho, que estava em cima do rio, jurar, levantando para o céu sua mão esquerda bem como sua mão direita: “Pelo eterno vivo, será em um tempo, tempos e na metade de um tempo, no momento em que a força do povo santo for inteiramente rompida, que todas estas coisas se cumprirão”.

Esta citação de tempos, segundo os bons mestres, indicam três anos e meio. Ou seja, depois que isso ocorrer, haverá ainda este tempo. E atenção, porque já em 2015 Nossa Senhora alertava sobre um sínodo que viria, e que haveria uma Igreja antes dele e outra igreja depois e que deveríamos optar por um deles. E claro, ficaremos com a Igreja de Bento XVI, e tudo o que aconteceu de bom nela antes dele. Tirando é claro o Concílio Vaticano II, em grande parte o responsável por termos chegado a este abismo atual.

8. Ouvi essas palavras, mas sem en­tendê-las. “Meu senhor” – perguntei –, “qual será a conclusão de tudo isso?” 9. “Vamos, Daniel” – respondeu –; “esses oráculos devem ficar fechados e lacrados até o tempo final. 10. Muitos serão limpos, acrisolados e provados. Os ímpios agirão com perversidade, mas nenhum deles compreenderá, enquanto que os sábios compreenderão. 11. Desde o tempo em que for suprimido o holocausto perpétuo e quando for estabelecida a abominação do devastador, transcorrerão mil duzentos e noventa dias.* 12. Feliz quem esperar e alcançar mil trezentos e trinta e cinco dias! 13. Quanto a ti, vai até o fim. Tu repousarás e te levantarás para receber tua parte de herança, no fim dos tempos.”

Fácil de entender, não precisa explicação. Já se passaram 2500 anos desde esta profecia, e todo nosso clero teve acesso a ela. Bastaria obter a graça do Espírito Santo, para perceber que, neste antipontificado estão de fato acontecendo e se cumprindo os últimos oráculos bíblicos a respeito do fim dos tempos. Os 1290 dias significam os três anos e meio, mais alguns dias até a nossa vitória sobre as trevas e o segundo Advento, a chegada de Jesus.

Termino com a passagem de Jesus, em Mateus 24:

15. Quando virdes estabelecida no lugar santo a abominação da desolação que foi predita pelo profeta Daniel (9,27) - o leitor entenda bem - 16. então os habitantes da Judéia fujam para as montanhas. 17. Aquele que está no terraço da casa não desça para tomar o que está em sua casa. 18. E aquele que está no campo não volte para buscar suas vestimentas. 19. Ai das mulheres que estiverem grávidas ou amamentarem naqueles dias! 20. Rogai para que vossa fuga não seja no inverno, nem em dia de sábado; 21. porque então a tribulação será tão grande como nunca foi vista, desde o começo do mundo até o presente, nem jamais será. 22. Se aqueles dias não fossem abreviados, criatura alguma escaparia; mas por causa dos escolhidos, aqueles dias serão abreviados.

Que cada um leia e medite com atenção. Como vimos, quatro coisas essenciais desta profecia foram cumpridas e atestam a precisão dela. 1 – O ungido foi suprimido! 2 – O rei sem dignidade real está operante! 3 – A abominação da deusa patchamama já entrou no templo santo, e já se espalha no mundo com padres celebrando diante destas imagens! 4 – O Sacrifício da Santa Missa está sendo demolido, em troca de uma ceia abominável diante de Deus, e com a presença de ídolos, o que pretende vilipendiar o Sacrifício de Cristo na Cruz. Não estaria na hora de fugir para as montanhas como previu Jesus? Penso que os próximos três anos o dirão! Depende muito do que o vaticano publicar no documento pós-sinodal, e depende muito de nossas orações.

Ou seja: Fomos avisados, estamos sendo alertados, mas parece que o mundo resolveu dormir, isso quando chega a grande, a maior, a mais incrível de todas as tempestades. Quando ela passar, penso que se terá cumprido o oráculo de Isaías: se restar 1/10 parte da humanidade, esta ainda será purificada. Com a palavra o Vaticano, e seus atuais comandantes. Daniel está prestes a ressurgir para tomar parte de sua herança. (Aarão)


 

 

 
 
 

Artigo Visto: 590 - Impresso: 7 - Enviado: 8

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 812 - Total Visitas Únicas: 3.538.822 Usuários online: 85