Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título



 
 
20/10/2019
Do caos para o abismo
Quem fica com Bento de antes do sínodo, que vai com Francisco depois dele... Você decide!
 

 DO CAOS PARA O ABISMO.

Nos últimos tempos tenho esquecido um pouco a minha tarefa de escrever textos mais completos sobre tudo o que acontece no mundo, especialmente na nossa Santa e amada Igreja, embora em nenhum momento tenha deixado de acompanhar tudo assiduamente para poder emitir uma opinião precisa sobre a realidade. Por outro lado, existem tantos bons escritores e jornalistas, muito competentes, que comungam os mesmos pensamentos e sentimentos nossos, cujos artigos eu tenho colocado no site, com os comentários de sempre. Ademais a Escritura diz muito sabiamente que existe um tempo para tudo, tempo de ouvir, de calar, tempo de falar.

Tenho acompanhado este malsinado sínodo amazônico não somente depois que ele foi oficialmente convocado, mas já antes na sua gestação, especialmente depois que Nossa Mãe nos revelou que certa eminência do Brasil estava indo para o Vaticano com a missão de ajudar a destruir a Igreja. De fato, muito do que está acontecendo agora ali, tem a ver com seus ideais muito teologicamente destruidores, só não se pode definir bem se isso se dá pela soberba teológica comum nos demolidores, ou pela pérfida intenção de realmente afrontar a Deus. O que hoje está acontecendo na igreja – a falsa deles – em grande parte tem a ver com estas duas assertivas.

Assim, tenho diversos amigos, abnegados e valentes colaboradores, que vasculham os meios rápidos de comunicação, do mundo inteiro, dos quais recebo dilúvios diários de informação, que me fornecem diariamente matérias para escrever não só um livro e sim verdadeiras enciclopédias. E deu-se então que, num determinado momento eu senti aquele “tilt”, uma espécie de aviso interior que quer dizer: Stop! Pare! Não quero dizer parar de escrever ou desistir – isso jamais – da minha missão, mas como se dissesse assim: por mais que você lute, jamais irá conseguir parar este processo. Penso que isso serve para nós todos que estamos na mesma situação de angústia.

Anos atrás, no início de minha caminhada neste Movimento Salvai Almas, quando aprendi sobre o valor de uma alma humana, o quanto ela é preciosa aos olhos de Deus, e tendo conhecido a realidade aterradora do inferno, eu adquiri um tão intenso desejo da salvação de todos, sem exceção, que me consumia neste trabalho. Até um dia em que Nossa Mãe me disse através do Cláudio: “Filho, o Pai sabe do teu imenso desejo de salvar a todos, entretanto bem sabes que isso é impossível”, e isso me fez ver que há limites para nossas forças, e elas jamais podem ir além daquilo que está nos desígnios de Deus. E o que está acontecendo hoje, na Santa Igreja é parte deste desígnio.

De fato, desde o ano de 1992 quando acordei para uma realidade final, onde percebi que aquilo que está nas Sagradas Escrituras sobre o “fim dos tempos” estava acontecendo debaixo dos nossos narizes e a imensa maioria do povo, tenho me empenhado nesta missão de alertar as pessoas, que dormem tranquilas, inconscientes do perigo que nos ronda. Desde logo percebi uma coisa: Teria que acontecer exatamente o que está acontecendo, para que possamos vencer as hostes infernais e assim o Grande e Amoroso Pai Eterno possa implantar aqui o sonhado Novo Reino, ou a Nova Terra. A leitura do Capítulo 65 de Isaías continua sendo meu colírio diário. É para isso que luto! E por causa disso que sofro ao ver os descaminhos que vive hoje nosso mundo.

Não quero me alongar muito neste texto, e vou apenas colocar por tópicos aquilo que me faz sofrer tanto, por causa desta angústia de querer salvar a todos e não poder. Preciso apenas dizer que não é a Santa Igreja Católica a causa deste sentimento e sim a falsa igreja que como “enclausurou”, a Verdadeira, não somente se apropriando do nome Santo e do legado Histórico, como a desviando dos caminhos da salvação eterna. Isso quando, a mercê de um “feitiço”, uma espécie da narcose coletiva e quase total do povo católico – permitida por Deus como estratégia final – parece que a Igreja vai acabar e que não existe mais solução. Claro, eu sei a Verdadeira Igreja, que é Jesus, esta jamais será destruída, antes vencerá, embora menor em número, porque pouco restará desta humanidade caída.

O que me entristece, angustia e faz sofrer?

- Quando vejo, bispos e cardeais em procissão carregando em um andor a deusa indígena “patcha mama”, e com este ídolo demoníaco adentrarem na Basílica de São Pedro, e leio a Escritura que diz: os deuses de todas as outras religiões são demônios...

- Quando vejo, nos jardins do Vaticano, um ritual pagão na presença do mais alto clero da Igreja, onde a mesma deusa, grávida, está posta diante de outro ídolo masculino, de pênis ereto, e dizem que este ritual serviu para consagrar o sínodo amazônico a São Francisco – o que deve contorcer de horror no Céu este santo...

- Quando vejo que entre as oferendas feitas à deusa mãe terra, está um feto abortado de “lhama”, e tendo visto a explicação de um índio peruano de que a tal deusa “gosta” de fetos de animais como oferenda, e sabendo que isso é satanismo puro e penso que aqui se cumpriu a Escritura que disse: vi satanás descer como um raio...

- Quando vejo a votação entre os padres sinodais, que dentre 185 votantes, apenas uma dúzia vou votou contra a ordenação de homens casados – os viri probati – o que significa a demolição da liturgia e o fim da Missa...

- Quando leio a profecia de uma santa que previu que “o papa que ousasse quebrar e celibato dos sacerdotes iria receber o castigo eterno do inferno mais profundo”...

- Quando prevejo, como já desde que se começou a falar neste sínodo, no início deste antipontificado, que a real intenção da ordenação de homens casados nas regiões pouco habitadas na Amazônia é um pretexto para aplicar a mesma situação em todo mundo – Alemanha e Áustria já pediram – e estender o mesmo direito de casar a todos os sacerdotes, e mais, reabilitar os padres que deixaram seu ministério e se casaram, alegando não discriminação...

- Quando vejo e no mesmo malsinado sínodo se aprovou a criação das diaconisas, o que significa um caminho aberto para a futura ordenação se sacerdotisas, como ainda ontem afirmou certo bispo...

- Quando revejo a história das civilizações, e percebo que uma grande quantidade delas começou sua ruína no momento em que instituiu sacerdotisas, pois que foram aos poucos transformadas em divindades...

- Quando vejo índios, trajando tangas e cocares, de arco e flecha em punho, dançando e ameaçando na entrada da celebração de uma Missa, e vejo confirmado que os sinodais desejam que se faça um rito próprio para aquela região, de acordo com seus costumes...

- Quando vejo que entre os “costumes” de certas tribos amazônicas de matar as crianças que julgam ter algum defeito, e mesmo de comerem carne humana na falta de alimento, sempre difícil e escasso...

- Quando vejo pajés e xamãs dando “passes” e defumando bispos e cardeais católicos, invocando a presença de espíritos ancestrais – sempre diabólicos...

- Quando vejo os mesmos altos membros do clero, ajoelhados diante de oferendas destinadas à deusa Gaia, e que eles pretendem impor isso a todos nós como verdadeira igreja...

- Quando ouço, de quem conhece dos fatos, a denuncia de que padres ditos missionários católicos, que estão na Amazônia por 50 anos e não batizaram uma só pessoa...

- Quando ouço, a mesma denúncia, de que ditos padres católicos sempre estiveram empenhados em incitar os índios contra os colonizadores, roubando e matando seu gado e isso como forma de “evangelização”...

- Quando vejo, no mesmo sentido e agora no sínodo, que se discutiu o motivo pelo qual na Amazônia hoje impera o protestantismo, e não percebem que é porque eles levam Jesus para o povo, e não a luta de classes...

- Quando vejo que – hoje dia da coleta para as missões – o dinheiro levantando nas capelas e paróquias para esta finalidade pode estar sendo destinado para tais ações guerrilheiras e não para a salvação das almas...

- Quando fico sabendo que o dinheiro para a igreja do Brasil usar neste sínodo veio da Fundação Ford, que também financia o aborto, o homossexualismo e o gênero...

- Quando ouço dizer que entre as mudanças na Missa está o uso de farinha de yuca em lugar do trigo, na confecção das hóstias, o que literalmente invalidaria a Celebração e não haveria Consagração...

- Quando ouço dizer que precisam fazer uso de materiais locais porque são escassos, e depois as hóstias “estragam” devido ao clima húmido, isso quando sabemos que Jesus não estraga, e se estragou é porque não é consagrado, pois temos hóstias intactas que perpassam os séculos, e sangue consagrado que continua vivo depois de muitos anos...

- Quando vejo o dilúvio de heresias que têm pontilhado este reinado do Padre Jorge Mário, e que mesmo vendo, ouvindo e entendendo que está errado, há um exército de clérigos que o aprova aguerridamente...

- Quando ouço um sacerdote amigo, dizer em sua homilia que tem muita gente atacando o papa, e não percebe que, o estão “atacando”, exatamente e somente por causa de suas heresias...

- E quando, finalmente vejo o alerta de Nossa Mãe, dizendo que, depois deste sínodo devemos optar, ou pela Igreja de sempre, ou por aquela que eles estão montando, com coisas como estas que alertei acima, sinto que está mais do que na hora de nós, os católicos ainda não cegados pelo inimigo, devemos começar a gritar sobre os telhados aquilo que está acontecendo. Isso não porque a Igreja de Cristo esteja em perigo final, e sim porque Deus está para intervir na história, e fulminar esta falsa igreja que eles estão construindo a partir do Vaticano. Deus, com alguns poucos fiéis salvará a Verdadeira Igreja, e quanto aos infiéis, os apóstatas, os cegos e todos os demolidores... Bem, isso é com Deus, mas não creio que seja algo bom o que os aguarda.

Diante disso eu vou agora aguardar, não somente o texto final dos padres sinodais, que pode sair em breve e sim com o que será dito no documento pós-sinodal, por aquele que está por trás de todo este processo. Penso que logo a verdadeira abominação estará em fase final, caso alguém resolva celebrar uma missa de encerramento usando farinha de yuca ao invés de trigo, na confecção das hóstias. De fato, a Santa Missa é o alvo, e tudo eles farão para que acabe, e isso de uma forma que a imensa maioria ache normal e não se revolte. Com este falso ecumenismo, que une todos os credos em um balaio de erros, eu acredito que em breve Daniel se cumprirá...Abominação no templo Santo!

Então esta falsa igreja será fulminada pelo sopro do Espírito Santo e isso não será sem violência. Ninguém então deverá perguntar por que a terra balança inteira como uma rede, nem por que estrelas caem dos céus. E como nosso coração sente que tudo isso acontecerá durante a vida destes dois ocupantes do trono do Vaticano, não precisa de muita ciência para saber que é para breve. A natureza inteira, em todo mundo dá sinais claros de que a hora da justiça chega. Os deslizamentos e afundamentos de terra, as rachaduras no solo, em todo o planeta são um sinal claro de em breve o Senhor passará por aqui... E como diz a profecia...

Debaixo dos pés Dele as montanhas se derretes como cera diante do fogo... Diante Dele a terra é um paraíso... Atrás Dele é um deserto abrasador! Os que participaram e decidiram contra Ele, neste sínodo, são culpados disso! Então as árvores da Amazônia estarão preservadas... Mas não haverá mais gente adorando espíritos ancestrais, nem ofertando fetos abortados de lhama para diabólicas divindades! Isso intra muros do Vaticano! (Aarão)

 

 

 
 
 

Artigo Visto: 713 - Impresso: 12 - Enviado: 6

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 818 - Total Visitas Únicas: 3.538.828 Usuários online: 84