Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
28/08/2018
Descarnam a prostituta escarlate
Vem, e eu te mostrarei a condenação da grande meretriz, que se assenta à beira das muitas águas.
 

Apocalipse 17

Quão terrível é este momento atual da história da humanidade. A imensa maioria das pessoas, de todos os países e quadrantes da terra, segue absolutamente alheada enquanto acontece a mais tremenda de todas as guerras – e essa está indo para o final – falo da guerra entre Deus e o diabo, entre os filhos de Deus e os filhos das trevas. Por séculos e por décadas seguidas a humanidade foi sendo conduzida por forças ocultas, que operam desde as trevas, não se dando a conhecer; e somente a conhecem de fato, de um lado aqueles profetas aos quais, Deus revela os planos das trevas, de outro, aqueles que rezam invocando o Espírito Santo, aos quais o mesmo Espírito aponta a coincidência que se dá entre os acontecimentos mundiais, e aquelas explicações contidas nas Sagradas Escrituras, mesmo que possam sugerir diferentes interpretações.

Nos últimos meses têm explodido uma crise tremenda dentro da nossa Igreja Católica, eclipsada que foi por uma besta hedionda, que usa – e conspurca – o Santo Nome dela, enquanto lhe desfere contínuos e mortais golpes que maculam o nome da Verdadeira, enquanto a falsa posa de impoluta, blindada que é pela mídia a serviço de satã. Falo da tremenda crise causada pela explosão mundial de casos de clérigos, padres, bispos e cardeais, denunciados como homossexuais, devassos e predadores de jovens seminaristas, e que foram acobertados sistematicamente por seus pares, abafando casos escabrosos e premiando com cargos de mando aqueles devassos que aceitaram viver a situação que a Bíblia denuncia no capítulo 17 do Livro do Apocalipse de São João.

Hoje saiu um relatório do Procurador Geral da Pensilvânia – um estado dos Estados Unidos, e isso em apenas um estado, imagine o resto do país – de 884 páginas, denunciando mais de 300 padres católicos, que por mais de 70 anos têm predado milhares de crianças, foram abusos sexuais, estupros, toda sorte de desvio sexual abominável, conluios verdadeiramente satânicos com seminaristas, jovens vindos da Colômbia para serem “experimentados pelos padres”, fatos que foram acobertados por muitos bispos e cardeais, participantes ou omissos, algo que sabíamos estar acontecendo desde muito tempo, mas forças demoníacas vestidas de vermelho, com longas e pomposas vestimentas, sempre atuaram no sentido de esconder estes abusos, entretanto – e sem me alongar mais no sentido deste texto - devo dizer apenas que este é um dos sinais mais fortes do curso célere do Apocalipse.

Mas antes de prosseguir é preciso preservar a santa memória e a integridade dos Papas Paulo VI – falo do verdadeiro, não no maldito sósia que os predadores usavam – também João Paulo I, João Paulo II e Sua Santidade o Papa Bento XVI, porque eles foram eleitos já num tempo em que a Santa Igreja estava literalmente nãos mãos do diabo, porque os conspiradores, a maioria deles homossexuais hediondos, maçons, mafiosos e rebeldes, todos vestidos de trajes eclesiásticos dominavam as ações e cerceavam a ação destes papas, que sabiam da crise, mas primeiro, não tinham quase em quem confiar e segundo, se agissem eles os matariam. De fato a um mataram, a outro também, os dois João Paulo. Todos tentaram frear o assalto contra a Igreja, mas João Paulo II disse: agora é tarde. Ele lutou bravamente até o fim, como o fez também Bento XVI, que milagrosamente ainda está vivo, e virá!

Infelizmente até este momento, tendo conferido, analisado e traduzido centenas de artigos dos mais renomados vaticanistas e ditos teólogos, não encontrei um só que fizesse esta ligação, entre os casos de homossexualismo e de pedofilia dentro da Igreja Católica e aquilo que Jesus aponta para São João neste capítulo. Todos falam e descrevem com muita propriedade e seriedade estes deploráveis acontecimentos, mas não se dão contas do quão visível é a relação entre os fatos e o que a Escritura aponta. Na realidade a gente nem deveria escrever sobre estes assuntos expondo as feridas da Igreja, mas rezar, que é colocar bálsamo sobre as feridas. Mas como pedir para passar bálsamo se as pessoas desconhecem as feridas? Então, para curar é preciso abrir!

De fato eu tenho percebido esta ligação desde muito tempo, e duas coisas me chamam a atenção: 1 – O apocalipse trata dos mistérios do fim dos tempos, então esta situação atual destes clérigos – dos quais se pode dizer, eles não sabem o que fazem – é algo que levará a uma explosão da divina, santa e justa ira de Deus. 2 – É claríssima a ação de uma foça tenebrosa, que age desde as sombras, e age sob o comando de Lúcifer, que pugna exatamente para que a humanidade aceite como normal, aquilo que Deus tem por abominável. Ou seja, o desafio é contra o Deus da Vida, porque o comportamento estéril dos que se movem neste lamaçal é um repto lançado contra o Altíssimo, nosso Criador. E mais adiante, neste texto, vou tentar explicar o asqueroso plano que explode agora.

A partir de agora, vou apontar versículo por versículo deste capítulo procurando fazer o leitor penetrar um pouco mais neste mistério, sobre o qual muito eu tenho meditado, lido e conferido profecias. Está escrito:

1. Veio, então, um dos sete Anjos que tinham as sete taças e falou comigo: Vem, e eu te mostrarei a condenação da grande meretriz, que se assenta à beira das muitas águas...

Por diferentes profecias, e outras mensagens temos aprendido que, quando a Escritura Sagrada menciona este “mar de águas”, ou “muitas águas”, se refere a toda humanidade, à multidão dos povos e raças que vivem na terra, sempre perto da água, fonte de vida. Neste caso particular São João está a nos mencionar, que a ação desta maligna prostituta se estende por todo mundo, verdadeiros predadores de crianças, e atuam dentre todos os povos da terra, seja pela prática deste mal, seja pela defesa e divulgação dele, seja pela pressão demoníaca que exerce sobre os parlamentos e sobre a Igreja, para que tais práticas abomináveis sejam reconhecidas como normais, quando são aberrantes. E claro, cada um é livre para desafiar a Deus, mas ninguém tem direito de cercear ou de condenar aos que mostram a Letra da Lei Eterna. Isso não é julgar, nem condenar! Vamos em frente!

2. com a qual se contaminaram os reis da terra. Ela inebriou os habitantes da terra com o vinho da sua luxúria.

O que está a dizer é que os governos da terra têm sucumbido gradativa e cada vez mais ostensivamente, diante da tremenda pressão que os movimentos que defendem tais práticas, tendo, então, se contaminado com elas, nada mais que a explosão da luxúria sexual e pecaminosa, que avassala hoje todo o nosso planeta. A humanidade, ao aceitar este veneno acha-se atualmente inebriada, e vai ao desenfreio rumo à condenação eterna.

3. Transportou-me, então, em espírito ao deserto. Eu vi uma mulher assentada em cima de uma fera escarlate, cheia de nomes blasfematórios, com sete cabeças e dez chifres.

Em outros textos – e também em outros autores – especialmente nas mensagens de Nossa Senhora ao Padre Gobbi, do Movimento Sacerdotal Mariano, se pode obter uma explicação pormenorizada do que significar estas “cabeças”, estes “chifres” e estes “nomes blasfematórios”. As sete cabeças são meios de controle, artifícios dos quais a besta se utiliza para conduzir a humanidade em vista dos seus propósitos malignos. Os chifres são símbolos de poder, são as nações que defendem estes princípios imorais e os nomes blasfematórios são nada mais que os sete vícios capitais, que englobam todos os pecados e sintetizam esta furiosa batalha da besta infernal no sentido de impor o pecado no mundo, em afronta a Aquele que veio “tirar o pecado do mundo”.  Não são eles que lutam por “descriminalizar” o aborto? Ou “santificar” o adultério? Ou “beatificar” o homossexualismo? É isso!

4. A mulher estava vestida de púrpura e escarlate, adornada de ouro, pedras preciosas e pérolas. Tinha na mão uma taça de ouro, cheia de abominação e de imundície de sua prostituição.

Aqui chegamos ao ponto chave, que identifica com clareza quem é, ou quem são as “prostitutas” que vestem escarlate, nada mais que os cardeais malignos e bispos, também padres, que vão à loucura defendendo esta abominação. Eles, de fato, por meio de uma pressão demoníaca, conseguiram se locupletar de praticamente todos os dicastérios no vaticano, e a partir disso literalmente comandam a igreja, digo a bergogliana, aquela que todo mundo vê, mas poucos conseguem discernir. Uma mensagem, se não me engano de Vassula diz: ricos comerciantes os compraram, e todos foram tornados ricos pela besta, para terem esta coragem inaudita e desafiar a Deus, tentando macular a Verdadeira Esposa de Cristo, com o veneno mortal da sua luxúria, fazendo com que ela aprove o que Deus condena. Querem que a Igreja Católica, que por milênios se arvorou em baluarte da moral – e ela ainda é – seja a protagonista da sua difusão e aprovação, porque se ela aprovar o homossexualismo, uniões de pares do mesmo sexo se destruirá imediatamente.

5. Na sua fronte estava escrito um nome simbólico: Babilônia, a Grande, a mãe da prostituição e das abominações da terra.

O termo: “Babilônia” tem sido identificado como uma situação de desgraça, calamitosa, desordenada, fora do controle, uma bagunça, que é exatamente a situação que vivemos hoje na terra. A babilônia atual é este mundo de ruídos, de gritos, de morte, de espanto, de pavor, de crimes, de aborto, de paradas gays, de guerras, de corrupção generalizada, de governos malignos, de corrupção desenfreada, de justiça putrefata, de perversão de crianças inocentes, de pedofilia, de homossexualismo praticante, de drogas, de sacrilégios e de toda sorte de pecado que se cometem diariamente, em dilúvios, avalanches e tsunamis.  E como vemos, é a grande meretriz, a prostituta escarlate, que está encarregada por satanás de disseminar tudo isso, seja fechando os olhos e não denunciando o mal que grassa como peste, seja a difundindo, velada ou já ousadamente.

6. Vi que a mulher estava ébria do sangue dos santos e do sangue dos mártires de Jesus; e esta visão encheu-me de espanto.

Se me for dado interpretar este verso, eu me sinto tocado em definir este: “sangue dos santos e dos mártires”, como a atual perseguição furiosa contra todos os padres, bispos e cardeais santos, que tentam denunciar tudo aquilo que brota hoje do vaticano, sob o comando de um falso profeta. Eu via na mídia, constantemente, os nomes do Cardeal Burke, de Dom Athanásius Schneider, mas subitamente eles entraram em eclipse. E assim acontece com todos os que se levantam contra a besta de dois chifres denunciada em Apocalipse 13: é rua para eles, é ostracismo, é denúncia falsa, é mentira, é ameaça de excomunhão quando não ameaça de morte. Porque a prostituta também mata se for preciso, basta perguntar para Ali Agca, que tentou matar João Paulo II, de onde veio a ordem para matá-lo. Dos cardeais de Roma, disse ele!

7. Mas o anjo me disse: Por que te admiras? Eu mesmo te vou dizer o simbolismo da mulher e da Fera de sete cabeças e dez chifres que a carrega.

Sim, já vimos isso acima, e aqui o anjo de Jesus aponta em outra direção, que somente Deus conhece seus escaninhos.  Mas reforço que esta fera é a mesma de Apocalipse 13, que tenta mergulhar a terra inteira na mais hedionda das abominações.

8. A Fera que tu viste era, mas já não é; ela deve subir do abismo, mas irá à perdição. Admirar-se-ão os habitantes da terra, cujos nomes não estão escritos no livro da vida, desde o começo do mundo, vendo reaparecer a Fera que era e já não é mais.

De fato, aqui ele aponta para a primeira das feras denunciadas por São João, aquela que comanda a segunda, esta que é regida atualmente desde o Vaticano tendo as rédeas da meretriz, e agindo sob seus ditames. Ambas as feras são condenadas na Escritura, porque seu desígnio é desafiar a Deus, nesta última batalha. A primeira fera é o anticristo e seu exército. A segunda fera, o falso profeta com seus comandados e seus conselheiros de dentro da igreja. Todos recebem ordens de Lúcifer! A primeira surge do abismo, e vem do mar dos homens, mas com poder de satanás. A segunda surge da terra, e trabalha sob as ordens da primeira,  exatamente para que as pessoas caminhem para a terra, para que os homens, se esquecendo de suas almas, e de seu Deus e Criador, se percam eternamente.  Tudo muito misericordiosamente! Ambas terão curta duração.

9. Aqui se requer uma inteligência penetrante. As sete cabeças são sete montanhas sobre as quais se assenta a mulher.

Aqui o indicativo claro de onde se assenta a meretriz, sobre uma cidade que está plantada sobre sete colinas, e isso qualquer estudante sabe que se refere exatamente a Roma, onde fica o Vaticano que fica na colina chamada “Célio”.  Não precisa maior descrição ou explicação.

10. São também sete reis: cinco já caíram, um subsiste, o outro ainda não veio; e quando vier, deve permanecer pouco tempo.

Tudo isso nos lava a um tempo final. Li inúmeras explicações muito “teológicas” de diferentes autores, colocando estas situações nos tempos antigos, quem sabe tentando desviar a atenção dos incautos para o futuro, para hoje, para nossos dias. Ora, como já falei, todo o Apocalipse é cifrado para os tempos do fim e não é sem sentido que está posto como o último livro da Bíblia. Por isso, acho mais pertinente e correto explicar que estes sete reis não são dos tempos de Nero, mas exatamente os nossos sete últimos papas. Pio XII – João XXII – Paulo VI – João Paulo I – João Paulo – Bento XVI – Franciscus.

De fato foi desde o final dos tempos de Pio XII que a grande besta mundi concentrou suas forças para a destruição da Igreja, seja filiando inúmeros bispos e cardeais na maçonaria e os comprando com grandes somas, seja atuando diabolicamente nos seminários, formando caudais de padres homossexuais e pedófilos construindo a grande prostituta que hoje comanda o vaticano.

E quem diz que isso é mentira conto dois casos que pessoalmente vi quando estive no seminário dos padres jesuítas e saí de lá escandalizado. 1 – Era o caso do diretor “espiritual” que levava os alunos para sala de conversa, e os sentava no colo e os esfregava ali, estando com o pênis ereto sob a batina. 2 – O irmão religioso que levou um menino que tinha uma íngua na virilha para um quarto escondido, e tentou masturba-lo. De outro nós sabíamos que havia o envolvimento de um frater com certos alunos, mas este morreu novo, antes de se tornar padre e segundo mensagem ao Movimento está no inferno, sinal de que realmente havia problemas. Era de fato um monstro, e Deus o preservou de pena maior, imagine se fosse jesuíta de hoje.

11. Quanto à Fera que era e já não é, ela mesma é um oitavo (rei). Todavia, é um dos sete e caminha para a perdição.

Difícil esta interpretação, mas penso que é assim. A grande fera é personificada ou encabeçada pelo anticristo que hoje está vivo e domina sobre os governos. Este anticristo na realidade quer ser deus (rei), mas para isso tem que ocupar o lugar do papa católico, e isso não sendo papa. Goglio não deseja isso, porque quer ele mesmo ser o chefe mundial desta falsa igreja ecumênica. O falso profeta é o sétimo dos sete últimos papas e está hoje no poder, portanto temos aqui um trocadilho sobre os dois personagens que encabeçam os dois exércitos que lutam contra Deus, e nossas almas são o prêmio que eles disputam.

12. Os dez chifres que viste são dez reis que ainda não receberam o reino, mas que receberão por um momento poder real com a Fera.

Ora, este versículo aponta claramente que os reis citados aqui não são os de tempos antigos, mas são os governos mundiais, quase todos já 100% mancomunados ou conduzidos pela grande fera. Eles receberão de Deus a autorização para agirem desta forma, por um tempo, mostrando naturalmente o gigantismo do poder da fera – quem é semelhante a ela (Ap 13, 4) – isso para que depois se mostre o verdadeiro e único poder que existe, o do Altíssimo Onipotente, que os destruirá, com o sopro de sua boca e o resplendor da Sua Vinda Gloriosa.

13. Eles têm o mesmo pensamento: transmitir à Fera a sua força e o seu poder.

Como citado acima, os atuais governantes da terra, em sua totalidade, de uma forma ou de outra, seja pela força, seja pelo controle e dependência financeira, seja pela compra através da corrupção, seja pela pressão da mídia e o medo de perder o poder, seja pelo sabotamento através das Ongs, dos movimentos gays, das feministas e outras organizações pecaminosas e criminosas, na realidade já “venderam a alma ao diabo”, pois ou cumprem as ordens ou são defenestrados do poder, ou não recebem mais financiamentos. Por isso auxiliam o anticristo!

14. Combaterão contra o Cordeiro, mas o Cordeiro os vencerá, porque é Senhor dos senhores e Rei dos reis. Aqueles que estão com ele são os chamados, os escolhidos, os fiéis.

Aqui Deus nos chama a batalha e a constância, pela fé e a denuncia deste esquema demoníaco, que ilude os povos, cega nas nações e conspurca a Esposa de Cristo. Quem estiver com o Cordeiro vencerá! Quem se bater contra Ele e Sua IGREJA, será despedaçado, como alerta São Pedro em suas cartas. Então os católicos devem pedir a fortaleza de Deus para não desistirem de ser católicos por causa destes escândalos, mas lutem para salvar a Igreja, e todos têm a maior das armas contra isso tudo: O Rosário de Maria! Nem mil bombas atômicas são mais poderosos!

15. O anjo me disse: As águas que viste, à beira das quais a Prostituta se assenta, são povos e multidões, nações e línguas.

Aqui se vê a explicação já transcrita acima, mostrando que os escândalos que agora são denunciados com o acobertamento dos criminosos predadores homossexuais como este ex-cardeal americano McCorric, não se dão apenas nos estados Unidos, Irlanda, Chile e Austrália, mas a peste campeia no mundo inteiro. Inclusive no Brasil. Que você diz de um seminário onde o padre surpreendeu 20 alunos depois do banho, todos nus numa sala fechada, em uma orgia sexual? Eu digo que, mesmo sabendo deste fato, e pensando ter sido sanado com a expulsão destes moleques, mandei meu filho para aquele seminário, para um teste de três dias. Pois um dia depois ele me telefonou apavorado gritando: pai vem me tirar daqui deste bando de gays? Fui no mesmo instante! Isso é no Brasil!

 

16. Os dez chifres que viste, assim como a Fera, odiarão a Prostituta. Hão de despojá-la e desnudá-la. Hão de comer-lhe as carnes e a queimarão ao fogo.

Aqui chegamos ao verdadeiro motivo pelo qual escrevi este texto: Perceberam o crescendo de denúncias de casos de homossexualismo predatório e pedofilia de padres, bispos e cardeais? Acham mesmo que a mídia mundial não sabia destes escândalos? Ora, a besta lutou bravamente e ocultamente durante séculos exatamente para que houvesse agora, ao seu serviço, este grande número de clérigos loucos envolvidos nestes escândalos.

Mas agora, quando já cumpriram o seu papel, quando executaram o programa da fera cometendo estes crimes, então já não servem mais, vão virar bagaço, sob as gargalhadas de Lúcifer.  Os artigos que coloquei ontem, mostrando a pressão sobre Gog, inclusive vindas de seus aliados, mostra exatamente isso: chegou a hora de virarem bagaço! Inclusive goglio, quem quiser saber seu destino, leia Ezequiel 28, 1-10. Pelas mãos daquele ao qual serviu!

 

17. Porque Deus lhes incutiu o desejo de executarem os seus desígnios, de concordarem em ceder sua soberania à Fera, até que se cumpram as palavras de Deus.

Ou seja: prepara-se o palco da globalização, um governo mundial único, em exército único, um soberano único: Lúcifer, na pessoa do anticristo! Penso que todos já ouviram falar disso exaustivamente e não precisamos mais voltar. Deus está permitindo que tudo isso aconteça, porque chega o momento da batalha final, e do tempo que foi concedido a este anjo rebelde, para tentar vencer a Deus. Lembro que absolutamente nada acontece sem a permissão de Deus, nada. Nenhum demônio ultrapassa o limite que o Criador traça. Nem homem! E tudo acontece para o nosso bem, para nossa purificação e salvação. Vale a pena lutar pela causa de Deus!

 

18. A mulher que viste é a grande cidade, aquela que reina sobre os reis da terra.

Sim, como já se viu, Roma é a cidade chave, que antes de afundar nos oceanos será queimada, pois há inúmeras profecias neste sentido. Não esquecendo que o anticristo deseja se fixar em Roma para mostrar que é Deus, que é Jesus, voltando em glória. Louco, não sabe o destino eterno que o aguarda!

 

Terminando os versículos, devo dizer que nestes dias li e traduzi muitos artigos, em especial vindos dos Estados Unidos, enviados por Liliane, e pude tomar um pé mais seguro sobre esta situação. Vou tentar explicar em poucas palavras o que se pode ler em muitas páginas. Como explodiu a crise?

Como disse antes, os santos papas que vieram antes deste que se diz, mas não é, viveram no meio de um ninho de serpentes, e praticamente não tinham em quem confiar. Ocorre que já antes, sob João Paulo II, se abria ao mundo os escândalos do Banco do Vaticano. Então Bento XVI encarregou o Arcebispo Viganó, de verificar esta situação e ele descobriu um rombo um desvio de 54 milhões de euros. Bento XVI sentiu então que ele era uma pessoa de confiança, e tendo contratado experts de confiança para seguirem no saneamento do banco, encarregou Viganó de averiguar a crise de homossexualismo entre o clero Norte Americano. E quanto ao Banco, com certeza continua o escândalo, porque Gog num dos primeiros atos mandou embora os experts, sem lhes dar explicação.

Tarefa perigosa, ad Voiganó, tanto que ele confidenciou a um amigo fiel que, “se me acharem destroçado por uma motosserra, ou afundado no concreto, vão dizer que se trata de suicídio”.  Ele foi aos Estados Unidos, e tendo pesquisado tudo com muita seriedade e perfeição, escreveu um relatório, de 11 páginas, denunciado em especial  tal de ex-cardeal McCorric, como um verdadeiro monstro predador sexual, e entregou o relatório ao Papa Bento XVI, bem ao final do mandato. Este, imediatamente o suspendeu do cardinalato, e o condenou a obsequioso silêncio.

Na chegada de GOGlio, o arcebispo o alertou sobre o relatório contra McCorric, mas este presunçoso e arrogante que se diz papa, e mais que Deus pois muda Sua Doutrina, simplesmente ignorou tudo, e ainda por cima trouxe este ente maligno para si, como seu conselheiro. Isso é algo que ultrapassa o absurdo da ousadia. Ocorre que Viganó resolveu agir, e tendo entrado em contato com jornalistas, blogueiros e revistas sérias e importante, no dia 26 passado ele publicou ao mesmo tempo em diversos países aquele relatório de 11 páginas denunciando a crise americana, uma vez que passados mais de cinco anos, Francis não tomou nenhuma atitude, o que significa estar protegendo a um predador celerado, que inclusive gozava da sentença condenatória do Papa Bento XVI

Então, como sempre no avião, vinha Gog de retorno de Dublin para Roma, um jornalista perguntou por que ele estava protegendo McCorric e a resposta evasiva dele foi esta: analisem vocês mesmo o resultado e tirem as suas conclusões, mas eu não vou dizer uma palavra sobre este assunto. Ora, não existe confissão de culpa mais clara. O que ele poderia dizer? Entretanto isso ainda não acabou, desta novela pode ainda sair sangue...

Quanto ao arcebispo Viganó ele disse a um amigo: “Tenho 78 anos e estou no final da minha vida. O julgamento dos homens não me interessa. O único julgamento que conta é o do bom Deus. Ele vai me perguntar o que eu fiz para a Igreja de Cristo, e eu quero ser capaz de responder a ele que eu a defendi e a servi até o fim”. Mas ele que se cuide, seu ato precioso em defesa da Esposa de Cristo, pode lhe custar o mesmo destino do Mestre!

Penso que posso dizer o mesmo, embora na minha insignificância. O que escrevi está escrito, e só lamento pelos loucos que hoje foram ao vaticano defender o seu “papa”. O chicote da Justiça bate também naqueles que apoiam os mistificadores. Só cegos intencionais não percebem a extensão do desastre! (Aarão)

 

 

 
 
 

Artigo Visto: 601 - Impresso: 16 - Enviado: 23

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 66 - Total Visitas Únicas: 3.252.675 Usuários online: 24