Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
28/03/2016
A geração do anticristo
Condicionados e seduzidos por mil enganos, os homens caminham para os braços da fera.
 

160326 – GERAÇÃO DO ANTICRISTO

Muito já temos falado a respeito dos sinais e dos fins dos tempos, e em dezenas de artigos e comentários nós temos mostrado um processo absolutamente destruidor que está em curso, e isso vem sendo tramado desde o final dos anos 1700. Naturalmente que sendo destruidor, tal projeto, embora comandado visivelmente por homens sem alma, tem por trás o príncipe das trevas e seu nefando exército. Na síntese última, trata-se da obsessão de Lúcifer, o anjo negro, em se fazer adorado pelos homens, e neste intento ele não mede esforços, nem poupa os meios. Não há artifício que ele não tente, nem obstáculo que ele não afronte.

E sendo ele um anjo caído, e sendo os anjos dotados de uma inteligência muito superior às dos homens, isso quer dizer que, mesmo em se tratando de homens muito inteligentes os que estão por trás da aplicação do projeto do inferno é mais do que claro que, também eles são enganados pelos monstros do abismo. Neste sentido, por mais que minha mente tenha vasculhado os vocabulários, jamais consegui encontrar um termo que definisse tais homens os que, tendo se entregado de corpo e de alma, de mente e espírito ao comando dos demônios, são capazes de se enfronhar em um projeto que demande séculos, sabendo que, por mais riquezas que acumulem em troca da ajuda que prestam a Lúcifer, não conseguirão vencer o Altíssimo, e sendo criaturas mortais, o inferno os espera no eterno.

No grande projeto do inferno, engendrado por Lúcifer e seus comparsas através dos milênios, em mil e um conciliábulos satânicos, algumas iniciativas eram chaves no projeto, que em síntese visava derrubar o Altíssimo do Seu Trono, ou seja: vencer Deus, e isso fazendo com que Ele fosse expulso do coração dos homens. O anjo negro sabe muito bem que, enquanto houver um ser humano apegado no Deus Único e Verdadeiro, sempre seu império estará ameaçado. E naturalmente que, congregando todo este povo de Deus, a Igreja Católica, detentora e também dispensadora de todos os meios de salvação é o alvo principal a ser demolido: somente a Igreja Católica, hoje, tem poder de destruir este plano do inferno, e, com a Eucaristia e Maria, esmagar para sempre a cabeça de Lúcifer.

E assim, durante os primeiros 17 séculos que sucederam Jesus, este maldito anjo das trevas tudo tentou contra a Igreja. Mil tramas, mil guerras, mil heresias, milhões de mártires, sangue, sangue, sangue e ódio, perseguindo e matando, sempre no seu intento ambicioso. O primeiro grande golpe foi a criação por ele, do Maometismo, nos anos 666, onde mistificando os Evangelhos criou uma religião antagônica ao Cristianismo. Enquanto este segue a doutrina do amor, o maometismo prega a religião do ódio. Não pela oração e a fé, mas pela espada! Seguindo, na Idade Média, de uma série de movimentos heréticos ele fez suscitar o protestantismo, como seita dissidente da Igreja Católica, tirando de milhões de fiéis, todos os caminhos de salvação. Desta vertente, hoje se podem achar mais de 50 mil seitas.

E assim, ao final dos anos 1700, usando de homens obcecados pelo poder, pelo dinheiro que leva ao poder, e fazendo uso dos movimentos maçônicos, Lúcifer conseguiu aos poucos montar o mais feroz esquema dos que até hoje ele conseguira, uma ousada trama que visava elevá-lo acima das estrelas do Céu e fundar seu trono acima das estrelas como bem previu Ezequiel. O adversário principal em oposição ferrenha contra este projeto continuava sendo a Igreja Católica. Como destruí-la? Criando um Concílio no qual pudesse mudar a doutrina milenar da Igreja, e elegendo um papa que viesse a aplicar esta doutrina. Quem faria isso: nada melhor do que fazendo uso dos próprios membros da Igreja, de sacerdotes apóstatas, especialmente os ferrenhos jesuítas, a maior escora da Igreja.

Posto isso, não é preciso dizer que hoje eles conseguiram dar curso aos dois objetivos: eles conseguiram o concílio e conseguiram o seu “papa”. Mas duas coisas ainda eram necessárias para que o projeto tenha curso e o “sucesso” que eles almejam. Eles precisavam preparar uma legião de padres apóstatas, rebeldes, desobedientes e mal formados – deformados na doutrina deles, não mais formados santamente na Sã Doutrina – e isso sem dúvida já está formado, o batalhão dos rebeldes já está em plena atividade. Pensa que constrói a Igreja quando a destrói! Pensa que serve a Deus, quando serve ao inimigo, porque ao invés de salvar almas, as encaminha para a perdição.

Mas neste texto, o propósito não é seguir na mesma linha de pensamento que tenho explorado até aqui, e sim me fixar naquele que é talvez a mais maquiavélica parte do projeto de Lúcifer: formar uma geração inteira, digna do anticristo! Não basta destruir a Igreja, através de uma legião de sacerdotes apóstatas, infiéis, rebeldes, muito mal formados e até mesmo cegos por ele: é necessário que todo um povo, toda uma geração fosse preparada para o advento do “filho da perdição”, daquele que “se levanta contra tudo aquilo que é divino e sagrado, ao ponto de se assentar no Trono de Deus e se fazer passar por Deus”, como bem previu São Paulo, e como está acontecendo.

Hoje a humanidade está chegando, e vai cada vez mais rapidamente, se aproximando do ideal projetado pelo inimigo: um povo que não apenas se esqueceu de Deus, como tenta se livrar Dele, de tudo aquilo que é Verdade e que pode lhe dar a Vida. Somos hoje mais de 7 bilhões de habitantes neste planeta, entretanto é possível afirmar que, não chegam a MIL pessoas, aquelas que verdadeiramente dominam, comandam e impõem a sua vontade aos restantes habitantes do planeta. E se pergunta: como é que eles chegaram a este ponto? Como é que tais pessoas e em tão pouco número conseguiram chegar ao ponto de enganar, manipular e dominar sobre toda esta massa? A palavra se chama: condicionamento! Porque eles são uma minoria organizada, contra uma maioria desorganizada.

Está certo que uma minoria organizada domina facilmente sobre uma maioria desorganizada, mas muito mais facilmente eles conseguem isso, quando afastam esta maioria desorganizada de duas coisas: do conhecimento e de Deus. Exatamente porque um povo ignorante caminhará cegamente rumo a sua ruína, porque não conseguirá definir objetivos de futuro, e chegará ao ponto de não ter sequer o que comer. Mas quando um povo se afasta do verdadeiro Deus, nem todo o conhecimento do mundo o afasta da própria destruição. Longe de Deus um povo cego aceita com a mais pífia loucura e estupidez qualquer fábula que lhe seja apresentada, até porque a mídia, em sua maioria já a serviço do inferno, trata de bater e tanto bater na mentira até que o povo cego a aceite por verdade.

Vamos então agora enumerar, da forma mais sucinta possível, uma série de mentiras, ou desvios do plano natural, os artifícios que o diabo apresenta como conceitos modernos de vida, mas que na verdade são mentiras falazes ou desvios repulsivos, que visam ocupar a mentes humanas com o vazio, com aquilo que os enreda, que os estressa, os deixa depressivos e angustiados. E tudo isso visa confluir para um momento tal, onde a humanidade será levada a gritar por um libertador, nem que ele seja o filho do diabo. Não vou colocar em ordem de assunto, e sim conforme os assuntos irão surgindo. São assuntos que desviam gradualmente as pessoas da realidade e da verdade, e que são manipulados pela besta, para preparar a geração do anticristo. A humanidade já não é livre, mas escrava de satanás!

O culto ao homem – desviando-se da Lei e dos caminhos de Deus, a humanidade passou a olhar apenas para si e para a satisfação primária de suas necessidades. Assim os homens foram conduzidos espertamente ao consumo exagerado do supérfluo, foram escravizados pela busca dos bens, são torturados pela busca dos diplomas ainda que tudo isso os leve à ruína financeira, já não conseguem mais encontrar felicidade em nada. Chegam a culpar Deus!

Narcisismo – partindo da idolatria do dinheiro o passo seguinte foi leva-los à idolatria de si mesmos, o culto ao corpo, a exposição ostensiva do nu, ao desagrado do próprio corpo que é mutilado por cirurgias plásticas, é odiosamente atapetado de tatuagens, coberto de espetos e ferros, tem os cabelos agredidos por milhares de cortes diferentes, de tal forma que é geral a inconformidade consigo mesmos, em tudo são induzidos a agir assim.

A Catequese – a catequese hoje que se aplica na imensa maioria das paróquias é falsa, é mentirosa, na medida em que se desvia mais para os assuntos da vida terra, a ecologia, e a educação moral e cívica, que para as coisas de Deus e da Igreja. Ela já não fala em salvação eterna, e caminha mais para o esgoto do que para o Céu. Fala das matas e florestas, e já não percebe que o demônio à terra infesta.

A qualidade do ensino – a qualidade do ensino atual na imensa maioria das escolas, além de ser fora de toda a realidade é moldado em cima de conhecimentos inúteis que visam entupir a cabeça dos jovens católicos com coisas absurdas, porque enquanto isso eles deixam de compreender a verdade e a realidade. Isso além da obsessão em ensinar assuntos e distorções sobre o sexo, como se isso fosse o ponto culminante da vida humana.

Animais de estimação – uma coisa é você zelar pelos animais, não maltratar, não usar para fins perversos, outra coisa é ama-los acima das criaturas humanas. Os excessos cometidos mundialmente neste sentido estão a provocar a ira divina, e serão cobrados duramente na hora da justiça. Tudo isso é falta de amor, de calor humano! Criança que ama demais aos animais, tem pouco amor e carinho dos pais!

Animais em extinção – as loucuras que se comete neste campo já ultrapassam o nível da bestialidade, porque imensos recursos, materiais e humanos, têm sido desviados a “preservar” espécies “ameaçadas de extinção”, como se esta fosse a meta suprema do ser humano, que já não entende que, agindo assim é ele a espécie mais ameaçada. Deus continua extinguindo e criando espécies novas e somente Ele define o que deve ou não, ficar ou desaparecer. E nada do que o homem faça muda isso!

Aceitação da mentira – de uma forma absurda, hoje, a imensa maioria das pessoas já está condicionada a aceitar por verdade o que é mentiroso, a trocar o santo pelo bandido, a seguir o corrupto e zombar do honesto. E de tal modo é que as massas já chegaram a tal ponto de cegueira, que trocarão Jesus pelo anticristo. Com prazer! Então trocam a Lei de Deus pela doutrina do diabo.

Abandono do sagrado – hoje, tudo aquilo que é santo e sagrado, tudo aquilo que leva para Deus, tudo aquilo que a Igreja sempre defendeu e viveu tem sido posto de escanteio e não somente isso, tem sido combatido, em nome de certas modernidades, sem levar em conta de que Deus não muda e que Sua Doutrina é Eterna. É isso que faz tantos católicos mal evangelizados procurar as seitas, onde não existe o sagrado.

Aquecimento global – este mentiroso artifício está chegando ao absurdo de socar na cabeça oca dos povos de que se ele acender uma fogueira para assar um pedaço de carne está cometendo dois crimes contra a natureza: está matando animais e comendo carne e aquecendo o planeta. E as pessoas não percebem que isso tudo é mito, porque as forças que regem a natureza são de tal forma, gigantescas, que a ação humana se torna pífia. Estes um dia verão o que significa acender o fogo da ira divina.

Ambientalismo – a verdadeira divinização da natureza, a adoração dos deuses da terra, o desvio das mentes para o que é terreno, a seleção cada vez mais obsessiva de espaços destinados à vida selvagem, é talvez o mais gritante dos exemplos de escravidão dos povos, que estão sendo bestializados ante uma realidade que jamais o ser humano conseguirá dominar: Deus controla o clima, e somente Ele tem poder de dar condições de vida ao homem.

Os esportes – a cultura, a idolatria dos esportistas, a obsessão pelo corpo perfeito para cada esporte, o custo cada vez maior de manter as diferentes modalidades, o comércio execrando dos atletas, o desvio dos recursos familiares para atividades de torcida, o tempo perdido pelas massas em função de esportes, tudo isso está minando o receituário dos povos e levando a humanidade ao culto aos deuses humanos.

A busca absurda da fama – em especial no campo feminino, nas modas e modismos, seja pela exposição dos corpos “sarados”, pela verdadeira competição das mulheres entre si. Tudo isso denota uma revolta contra o Deus das perfeições e uma afronta à Sua Lei, porque tais pessoas, escravas destes modismos já não se importam de cometer qualquer tipo de desatino para mudar sua aparência. Pela fama hoje as mulheres se despem com a maior facilidade, mesmo que no fundo tudo o que tenham é expor é vulgaridade pela perda natural do pudor.

Evolucionismo – esta praga monstruosa, que não resiste a uma centelha de racionalidade, que degrada os que nele acreditam ao nível mínimo de vermes mentais – os que acreditam nisso – e rebaixa ao nível de escravos de satanás os que defendem esta tese, certamente é uma prova segura de que se trata de pessoas que teimam em fazer desacreditar do Criador. Eis a verdade: Deus faz! Deus cria em perfeição absoluta, e nada evolui!

Ideologia do gênero – Deus nos fez, homem e mulher, e nos criou em perfeição para a perpetuação da nossa espécie. A invenção de uma terceira via, de um caminho alternativo para o fim natural para o qual fomos criados, sem dúvida se trata do mais elevado desfio lançado contra a face do Altíssimo. Sem dúvida é neste campo que o homem se elevou ao pináculo a sua ousadia. Nem o demônio teria esta coragem!

Combate ao terrorismo – aqui está uma das mais escandalosas farsas, que é engolida pela humanidade atual. A verdade é que, os mesmos que falam em paz, no oculto das trevas propagam a guerra, desenvolvem armas, financiam bandidos, armam quadrilhas, promovem distúrbios e fazem derramar sangue. São os mesmos que jogam os povos, etnias e religiões, uns contra os outros, porque lucram em armas, e enriquecem com as guerras.

Crises financeiras fabricadas – dominando sobre todas as riquezas do planeta, a besta insana criou uma série de mecanismos, que lhe permite manipular toda a economia mundial. Bancos, multinacionais, cartéis, Bolsas de Valores, Mercados de Futuro e o lucro sobre o dinheiro que é certamente a maior praga da economia mundial. O povo miúdo é então levado a investir suas parcas economias, enquanto o grande lucro vai para o bolso daqueles que manipulam os cordéis financeiros. Hoje 62 pessoas detém metade da riqueza do planeta!

As comidas – observem o crescendo de programas televisivos e de artigos em revistas que falam em comidas, em gastronomia, em satisfação da gula. Tais programas visam exclusivamente desviar a humanidade para as coisas superiores, as do espírito, ao tempo em que prendem o homem nas satisfações primárias. Empanturrem-se e se embebedem até arrebentar, mas esqueçam-se do autodomínio, esqueçam Deus. Esqueçam a caridade e a partilha!

Os celulares – sem dúvida alguma estes pequenos aparelhos, com todos os programas rápidos nele metidos são o mais alto engenho destruidor nas mãos do diabo. É através deles que a humanidade está sendo levada a uma espécie de delírio coletivo, a uma servidão inescapável, e tudo isso em preparação das pessoas para os programas que virão adiante, induzindo a humanidade a seguir, a defender, e a matar pelo anticristo. Está perto isso!

Ameaças de Guerra – nunca a humanidade viveu, em toda a extensão do planeta, uma verdadeira paz. As tensões entre as etnias, as disputas por terras, as disputas de ordem religiosa entre os credos, a disputa por mercados e lucros, tudo isso só aumenta e é fabricado pela ação do inferno, que visa manter os homens enredados pelo ódio, gerando tensões que um dia levarão a humanidade a pedir a intervenção do demônio, para terem “paz”!

UFOs – hoje se espalham na mídia, na internet, em livros e revistas, uma crescente exposição de assuntos que tratam de “seres alienígenas”, de “ETEs”, de “naves espaciais”, de “abduções”, e tantas bobagens mais, que visam fazer a humanidade crer que existem seres inteligentes em outros planetas, civilizações mais avançadas que querem contato com a terra, quando TUDO ISSO, são manipulações dos demônios dos ares, para iludir as pessoas e ocupar as mentes com bobagens. Deus criou apenas os homens como seres vivos e inteligentes e: Maria Mãe do Universo!

Avanços da Ciência – confiados em demasia nos avanços científicos, os homens foram induzidos a pensar que na verdade não precisam mais de Deus, que a própria geração de homens no futuro está destinada a provetas e tubos de ensaio, que homem pode tudo até dominar sobre as forças da natureza e reger o universo. Grande engando, ilusão das ilusões! Ante a magnificência e perfeição da obra divina o homem não passa de um verme. E vermes são destinados a morrer!

A arte moderna – repulsiva, retorcida, imbecilizada, contorcida, aberrante, repulsiva, carregada de ódio e de feições hediondas, expressões e contornos deformados, toda a arte moderna presta o culto a satanás, porque toda arte que não tenta – pelo menos – imitar a perfeição do criado é arte que busca zombar da magnificência do Criador. Mas é esta aberração que encontra mercado, e a preços astronômicos.

A emancipação feminina – com suas consequências as mais nocivas, toda a manobra de satanás que antes visava equiparar o gênero feminino ao masculino – quando isso é impossível devido a natureza oposta de ambos – agora busca suplantar o homem, escraviza-lo e esmaga-lo, sob alegações de tirania, isso para subverter a Escritura que diz: se a mulher tiver o mando, ela se levantará contra o marido. E isso a fez quadruplamente escrava: de si mesma, das outras mulheres pela moda, dos filhos dos quais não se livram, e da tripla jornada de trabalho. E viva a sociedade matriarcal e anti-Deus... No rumo da sua destruição!

A violência – esta, na sociedade moderna é uma das mais flagrantes provas do afastamento de Deus. Na medida em que o ser humano se afasta do seu Criador e da Moral do Eterno, o outro destino para o qual se encaminha é os braços e os ditames de satanás. Deus é o Amor, o inferno é o ódio. Assim, proliferam os crimes de toda ordem, os pecados de toda espécie, os criminosos em série, e os malignos servos da besta insana. Isso começa desde os violentos desenhos animados e jogos eletrônicos até chegar aos crimes e assassinatos.

As minorias raciais – neste campo temos mais um pretexto dos inimigos da raça humana: ao transformar uma pretensa opressão social da maioria, numa singular tirania desta mesma minoria, impondo cotas raciais, o que é a síntese da verdadeira discriminação porque torna os desiguais e mais “iguais” do que os outros. Isso tudo para esconder a estupidez de uma sociedade que longe de Deus, não tem mecanismos de dar chances iguais a todos, não importa a condição social e a cor da pele. Resultado: hoje a discriminada é a maioria!

A incúria dos pais – pressionados pelos ditames da sociedade moderna, aos poucos os pais perderam – e perdem a cada dia mais – o controle dos filhos, aos quais ninguém mais consegue impor limites, nem regras. Para se ver livres e desfrutar a vida, a imensa maioria dos pais prefere comprar os filhos com presentes, com celulares, prefere atender a todas as suas exigências de mimados, mesmo a custa de sacrifícios financeiros insuportáveis.

A rebeldia das crianças – ensinadas desde cedo, tanto pelas pérfidas instruções que lhe são inoculadas pela TV, pelos desenhos animados, pelas novelas como a maldita “malhação”, já desde pequeninos os filhos são educados pelo mundo, e para servir o mundo. Resultado, são rebeldes, birrentos, intriguentos, escarnecedores e se tornaram em verdadeiros tiranos insuportáveis em seus modismos e gírias. E é claro, o primeiro gesto de rebeldia deles é seu afastamento de Deus. Qual o pai exemplar que ainda consegue levar seus filhos para a Igreja?

 O terrível “ficar” – um dos mais claros exemplos do afastamento da lei Deus se dá pelo comportamento das pessoas em relação ao adultério e à fornicação, quando o sexo está se tornando livre e cada vez mais devasso e quando os casais já não se unem pelo Sacramento do Matrimônio, apenas unem experiências, que normalmente duram pouco, porque são preparados pelo mundo, não pelo doutrinamento de Deus. Tudo isso está incontrolável e não se vislumbra no horizonte nenhuma possibilidade de reverter este quadro assustador.

A tirania gay – uma das mais tenebrosas obsessões da humanidade atual, é quanto a tudo o que diz respeito ao homossexualismo e às uniões de pessoas do mesmo sexo, quando em todo mundo a legislação dos países se verga ante a pressão de um monstro chamado de Meretriz do Apocalipse. Este monstro está criando um império de tal magnitude, está atingindo contornos tão monstruosos, que somente uma nova intervenção divina irá derrotar. Movimentados por rios de dinheiro infernal, eles avançam sobre a moral dos povos já com fúria insaciável, tal que já não se conformam em ter seu pecado considerado normal, querem agora que seja considerado santificador.

Naturalmente que existem centenas de outros descaminhos para os quais a humanidade está sendo levada, e que poderiam encher páginas de anotações. Penso, entretanto, que estes bastam para que os leitores tenham uma ideia do quanto estamos sendo condicionados a acreditar no que é mentiroso, falso, errôneo e destruidor, tudo ardilosamente programado pelos filhos das trevas que se entregaram ao domínio do inferno. Para isso eles dispõem e financiam institutos como o Tavistok, para onde canalizam gênios, que já descobriram todas as fórmulas e meios de induzir a humidade a viver a farsa, a mentira, e isso sem reclamar. E de tal modo que, aos poucos, as pessoas perderam a capacidade de pensar por si mesmas, de avaliar entre as coisas o que é bom e o que é mau, prontas que estão para engolirem qualquer prato feito, mesmo venenoso, e ainda adorando o seu execrável sabor.

Os exemplos são claros! O adestramento espiritual que leva uma pessoa a amar mais um animal, um bem material do que a um seu semelhante é só um exemplo. O mesmo adestramento é o que leva as pessoas a terem cuidado extremo como seu corpo, deixando de lado completamente o mais importante: as suas almas! O mesmo tipo de adestramento das massas é aquele que leva as multidões a rejeitar o que é bom e belo, em troca do feio, do horrível, do execrando, do que só trás malefício. O mesmo adestramento mental e espiritual posto em prática pelos agentes infernais é aquele que está transformando a humanidade em zumbis, e já sem capacidade de reação. Ai daqueles que fazem do mal um bem e que fazem trevas da luz, diz a Escritura. Chegamos neste tempo!

Hoje, a sociedade moderna está sendo verdadeiramente brutalizada pela “ditadura do relativismo” como bem o denunciou Sua Santidade o Papa Bento XVI. Para isso estamos sendo submetidos ao império de três mantras diabólicos: a “tolerância”, a não “discriminação”, e a falsa “misericórdia”! Tolerância completa contra qualquer tipo de pecador e de pecado: “quem sou eu para julgar”. Não discriminação: se eles se amam, vale tudo em qualquer união e ninguém tem nada a ver com isso! E sobre os dois anteriores, vem como que uma pá de cal que encerra qualquer discussão, a falsa misericórdia de um falso deus panaca, que não julga nem condena, que salva a todos indistintamente, mesmo que pisem nele, cuspam nele a vida inteira, vivam longe de sua lei e o combatam.

Ou seja, esta falsa deusa misericórdia que hoje é tão defendida pelo Vaticano, e cujo nefasto culto se espalha por todo o mundo católico e o inflama como um rastilho aceso não resta dúvida de que caminha para uma explosão, porque ela desafia o Deus Justiça Perfeita, o Verdadeiro Deus, que não seria misericordioso se não fosse também justo. O mal, o artifício de satanás neste sentido é confundir a pessoa do pecador com o seu pecado. Uma coisa é a pessoa, criada por Deus, livre para se decidir, contra ou a favor Dele, outra diferente é o pecado desta criatura, que vai contra os Mandamentos de mesmo Deus, contra as Ordens que Ele estabeleceu para o bem das gentes. E é assim que as multidões, guiadas como carneiros estúpidos, seguem para o abismo e as trevas.

Mas bem profetizou Santo Atanásio quando disse: “Quereis ser filhos da luz, mas não renunciastes a ser filhos do mundo. Deveríeis crer na penitência, mas credes na felicidade dos tempos novos. Deveríeis falar da Graça, mas preferis falar do progresso humano. Deveríeis anunciar Deus, mas preferis pregar o homem e a humanidade. Levais o nome de Cristo, mas seria mais justo se levásseis o nome de Pilatos. Sois a grande corrupção, porque estais no meio. Quereis estar no meio, entre a luz e o mundo. Sois mestres do compromisso e marchais com o mundo. Eu vos digo: faríeis melhor se andásseis com o mundo e abandonásseis o Mestre, cujo reino não é deste mundo.”

Enfim, todos os itens que apontei acima, contém uma espécie de veneno subliminar. Eles apontam de certa forma para um bem – por exemplo: a proteção dos animais e da natureza e dos “pobres” – mas isso é levado a um termo de exacerbação, a um nível que ultrapassa o racional, e que hoje é assumido pelas massas como se fosse a mais importante tarefa do homem na face da terra. E diante desta defesa, formam-se associações e Ongs, investem-se recursos absurdos, que com certeza poderiam suprir toda a falta da medicina humana. É como se satanás lhes dissesse: o Deus de vocês é cruel porque não cuida dos animais, nem protege a fauna e a flora, façam isso. E disso se então no: façam “somente” isso, relegando o principal: o trato do ser humano! O cuidado das almas!

Mas isso somente acontece com pessoas que, ou são mal ensinadas ou mal catequizadas. É um povo de mente deturpada e deformada por décadas de mau aprendizado e deformação espiritual, este que hoje não é mais capaz de discernir entre o que é bom e o que é mau para a própria raça. São manipulados e condicionados a viver e a praticar o que é errado, mas com astuta e fingida face de bem, quando isso faz deles em verdadeiros escravos de quem os manipula. Imagine se este mesmo povo agora ainda aceite a marca da besta em seu corpo!

De fato, este povo não consegue mais perceber que há um maldito exército das trevas por trás, regendo-os como bestas estúpidas, e de uma forma tão sutil que eles acham que são mesmo a sumidade, são os detentores da verdade, e que são livres e os donos de seus destinos. Quanta ignorância! Já não são capazes de perceber o quanto se fazem ridículos, porque são já escravos de comportamentos induzidos. Que estão sob a servidão do anticristo, e já formam uma geração digna deste ditador supremo.

E isso nos faz perguntar: quando é que a humanidade irá acordar deste pesadelo? Quando é que entenderá que vive um delírio, uma narcose coletiva e que a isso é induzida de forma solerte, mas intensiva, achando até que agrada a Deus quando isso interessa apenas ao demônio? Acaso é Deus que pede ou deseja pais do tipo dos atuais e já em sua maioria? Acaso é Deus que deseja filhos rebeldes, agressivos, malcriados, vadios, escarnecedores e cheios de mimos como os de hoje? Acaso é Deus que deseja uma juventude vazia como a atual, escravizada por celulares e computadores, que já se podem dizer escravas bestializadas pelo príncipe das trevas. Céus! Isso leva ao desastre!

Pais e mães: alertem os seus filhos! Tal como passaram do Orkut para o Facebook e dele para o Whatzap, virão em breve novos programas que, que não somente levarão crianças de cinco anos a trocar fotos íntimas entre si – o que já é uma loucura e sinal de Sodoma e Babilônia – mas que os induzirão a acreditar no anticristo, que irá entrar até nas mentes destes usuários, fascinados, vacinados e escravizados ante estes aparelhos. Hoje, sabemos que Deus tem levado muitos jovens, e em sua maioria porque adiante poderiam se perder, e as mães que os perdem um dia irão agradecer a Deus por tê-los recolhido em tempo. Mas agora o volume atingiu as estratosferas e disso se irá aproveitar o inimigo para montar seu grande exército assassino! É para isso que servem os celulares modernos!

O que acontecerá então com a humanidade já se sabe! E não se assustem se tais jovens vierem a matar os mesmos pais que lhes promoveram estas facilidades e os “compraram” com artefatos cada vez mais modernos. Noutro dia já lancei um desafio aos pais para que vistoriassem os celulares dos seus filhos e vissem o que eles tratam que os obrigassem a abrir todos os arquivos e senhas para ver em que vias andam. Apenas um pai me respondeu que fez isso... E não gostou do que viu! Penso que muitos ainda se arrependerão de não ter feito isso em tempo, enquanto há tempo, porque sempre é ainda tempo e hora de se corrigir.

Quem quiser que faça a sua parte, quem não quiser que arque com as consequências. Dê ao seu filho um celular bem simples, daqueles que só transmitem ou recebem recados, e salve-o enquanto é tempo. Não deixe que a besta avance mais, condicionando-os e levando-os ao vazio, ao sem sentido, e a aquilo que mata suas almas. É preferível que ele sofra as humilhações daqueles que possuem celulares modernos, mas se salve, a correr do risco de ter um filho que, já condicionado e bestializado através de um celular moderno, receba e cumpra a ordem de matar os seus pais, ou de cometer outras loucuras. Estas imundícias ainda farão muitos estragos se não forem combatidas!

Acreditem: satanás já tem este poder, através destes dispositivos. Podem ter certeza disso, não precisa ir às escola do ISIS para criar um terrorista; No momento certo virão programinhas que farão isso, de dentro de suas casas formarão os rebeldes! Devagar, mas seguramente! Aí será tarde para choros e lamentos! De qualquer forma, nos dias de hoje só pode ser considerada mãe ou um pai “herói”, não aquele que apenas consegue manter suas crianças e filhos adolescentes na Igreja, mas aquele que consegue prepara-los de tal forma que sejam capazes de resistir às gozações dos “colegas moderninhos” – candidatos ao inferno – sem se perturbarem. Se houver um só, por favor, me conte e mande a história, que prometo publicá-la com destaque. No mais...

Quem puder, fuja o mais rápido possível destas tecnologias, porque é tal que, ninguém que as use poderá se dizer livre de ser dominado por elas. Satanás é cem vezes mais astuto que qualquer um de nós! E já tem as armas! Nós, nem sempre temos a fortaleza necessária para não se deixar enganar, nem se perverter! E quando chegarem os dias da fera prepare-se para despedaçar celulares, antes que destruam suas famílias, e que estas maquininhas infernais provoquem danos irreparáveis ás suas almas... E levem os pais para o abismo! (Aarão)

 

 

 
 
 

Artigo Visto: 2150 - Impresso: 42 - Enviado: 16

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 445 - Total Visitas Únicas: 3.121.925 Usuários online: 58