Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título



 
 
31/08/2013
A última guerra
 

31/8/2013 13:39:55


Artigos - A última guerra
2130827 - A ÚLTIMA GUERRA
      Aproveito neste artigo, as bases de um texto já publicado no site que traz um extrato das profecias de uma mística católica a Beata Marie-Julie Jahenny (1850-1941) estigmatizada francesa talvez a mais importante da história da Igreja Católica. Marie-Julie tinha um extraordinário dom de profecia e foi um verdadeiro assombro para os inúmeros cientistas que a examinavam o tempo todo: Cega, surda, muda e deficiente, sobreviveu milagrosamente apenas com o Santíssimo, nos últimos anos de sua longa vida, de 91 anos. É claro, então, que não podemos deixar passar em branco o que lhe foi confiado por Deus, para nosso benefício, e para os tristes e últimos dias deste nosso mundo atual. Suas profecias são de uma precisão extraordinária, e se não foram entendidas até hoje, o serão doravante, porque, ao que tudo indica, elas são para agora. Para esta reta final dos acontecimentos!
      Ontem eu passei quase o dia inteiro traduzindo mensagens que estão surgindo de outros profetas, de diferentes locais do mundo, e quando hoje pela manhã digitei a palavra anti-igreja, deparei com este nosso texto antigo, e fiquei espantado com a assombrosa identidade de todas aquelas profecias com estas que seguem. Além disso, tenho recebido muitos recados de amigos, de diferentes estados, que nos acompanham desde muito tempo e que se mantêm fiéis, e eles me relatam os acontecimentos em suas dioceses e paróquias, dando a entender que já agora, e nos meses que seguem, teremos horríveis mudanças na Igreja Católica. Surgem por aí, não somente menções de sacerdotes sobre certo: “tudo isso vai mudar”, e mesmo já percebemos a aplicação de mudanças que nada têm a ver com a verdade, nem com a verdadeira Igreja e menos ainda com Jesus.

      Vejam: este “MUDAR TUDO” assusta! Porque a pergunta que segue é esta: Mudar tudo para o bem, ou mudar tudo para o mal? Mas a simples lógica desta frase já nos faz antever não mudanças para o bem, mas mudanças que levarão a Igreja ainda mais para o mal, do quanto ela já está. Não se pode, por exemplo, mudar nem os Dogmas, e nem os Santos Sacramentos! Não se pode mudar nosso Santo Catecismo, o de João Paulo II, e jamais se poderá mudar a Santa Missa, especialmente tirando dela o cerne, que é a Consagração. Não se pode mudar nada daquilo que Pedro já definiu “ex-cátedra”, portanto, doutrina imutável e para sempre. Não se pode mudar aquilo que a Sagrada Tradição nos legou, desde os milênios, e simplesmente, jamais se poderá mudar a Bíblia, substituindo esta por outra, segundo interpretações modernistas. Tudo isso é Sagrado e não pode ser mexido, nem abandonado por ser velho, nem modificado porque precisássemos de uma nova igreja. Disse se entende que, tudo o que eles desejam mudar só pode ser para o mal! Para destruir a Igreja única e verdadeira, a de Jesus Cristo!
     Dizem que numa diocese do Nordeste, por ordem do senhor bispo, todos os padres foram obrigados a tirar as imagens de culto das capelas, e também expulsar o Santíssimo para algum canto. Como se trata de um povo muito religioso e apegado aos seus santos, falam que a diocese está em pé de guerra. Isso se chama “dessacralização” como está em II Tess.(Ele se levantará contra tudo aquilo que é divino e sagrado) e cumpre tudo aquilo que foi predito por esta mística, que está acertando milimetricamente aquilo que está sendo proposto nos últimos dias e já nos chegou ao conhecimento. Eu vou colocar os pequenos textos com algumas explicações daquilo que sabemos constar das mudanças, até porque elas são conhecidas não somente de outros profetas, mas também das Sagradas Escrituras. Todas estas coisas preditas por ela podem estar acontecendo agora e para isso é que alertamos os amigos. Nós estamos no limiar da última e verdadeira guerra, maior que guerra com armas, que é pelas almas.
       Vamos às r
evelações.   Esta grande mística teve uma visão de um diálogo entre Nosso Senhor e Lúcifer, e este disse: “Atacarei a Igreja. Tirarei a Cruz, dizimarei a gente, depositarei uma grande fraqueza da Fé em seus corações. Haverá um grande repúdio da religião. Por um tempo, serei o dono de tudo, e tudo estará sob meu controle, até mesmo Teu templo e todo o teu povo”.
     Como nunca a Igreja tem sido atacada e a fé tem desertado de muitos corações, e não somente isso, acontece um grande repúdio contra a Igreja Católica, que tem sido combatida, abominada, e injustamente condenada por coisas que ela não cometeu. Julgam que ela é a responsável pelos males da humanidade porque não quer mudanças. Mentem descaradamente sobre seu passado, e toda mentira que digam contra ela é benvinda, enquanto defender a Igreja está em vias de ser considerado crime. Ser católico em alguns países já é considerado uma aberração, e já são olhados como loucos e ultrapassados. Mais do isso, dignos de morte, para o bem da sociedade. Isso enquanto aberrante é o comportamento dos que se batem contra a Igreja, o que significa bater-se contra o próprio Deus. Na verdade e no fundo tudo se expressa por um ódio furioso contra Jesus Cristo.
      Na Europa e nos países avançados, mas já também por aqui, grupos de pessoas estão renegando seu batismo, e odiando a Igreja, induzidos que são pelas mentiras que a mídia execrável torna públicas. As mensagens atuais falam que eles tirarão a Cruz, ou pelo menos a substituirão por outra “oficial”, que na verdade conterá motivos diabólicos, e não sinais indicativos de Deus. Basta ir acompanhando e veremos isso. Preparem-se porque tudo leva a crer que as mudanças serão radicais, capazes de mudar totalmente a face da Igreja como a seguir veremos. Nós aos poucos iremos colocando as coisas que nos são possíveis de revelar, para que as pessoas não se deixem enganar pelas simples aparências e que ponderem com redobrada atenção sobre os acontecimentos na Igreja Católica.
      Continuando: “São Miguel diz que Satanás fará tudo por um tempo e que reinará completamente sobre tudo; que toda a bondade, Fé, Religião será enterrada no túmulo… Satanás e os seus triunfarão com alegria, mas depois deste triunfo, o Senhor, por Sua vez, reunirá o Seu povo e reinará e triunfará sobre o mal levantará do túmulo a Igreja enterrada, a Cruz prostrada…”.
     O próprio Lúcifer reconhece que seu reinado será curto, e temos a indicação do Céu de que quanto mais, e mais intensas forem nossas orações, mais este tempo pode ser abreviado. Novamente aqui a menção da derrubada da Cruz que é o símbolo máximo da nossa Igreja, e a marca mais conhecida no mundo. De fato, estamos caminhando para a derrocada na fé, para a ruína da verdadeira religião e para o triunfo da maldade. Por um tempo, que nós esperamos seja muito curto, tudo isso estará acontecendo, e percebemos já os albores deste desastre. Tudo leva a crer que entraremos mesmo num verdadeiro túmulo, porque a prática da fé voltará para as novas catacumbas. O que eles pretendem criar é um monstrengo humano, fuçando na terra e não uma Igreja voltada para o Céu.
   
Marie-Julie viu que “não restará vestígio do Santo Sacrifício, nem traço aparente de Fé existirá a confusão em toda parte…”. Em 27 de novembro de 1902 e 10 de maio de 1904, Nosso Senhor e Nossa Senhora anunciaram a conspiração para inventar a “Missa Nova”: “E os advirto. Os discípulos que não são do Meu Evangelho estão trabalhando duro para refazê-lo segundo as suas ideias e sob a influência do inimigo das almas uma “missa” que conterá palavras que são odiosas à minha vista”.
      Todos devem ter percebido o empenho que tenho tido em alertar para a destruição da Santa Missa, conforme está previsto desde 500 anos antes de Cristo pelo Profeta Daniel, e que foi corroborado por Jesus em Mateus 24. O demônio sabe que para conseguir
uma vitória, ainda que temporária sobre a Igreja precisa destruir a Santa Missa e isso tem sido arquitetado pela besta, desde mais de um século. Na Missa, na Eucaristia – Jesus Vivo – reside toda a nossa força de expiação. Eles planejam uma nova “missa” ecumênica, com novas palavras que parecem bonitas e que irão soar bem aos ouvidos dos homens, mas soarão como trovões aos ouvidos do Pai Eterno. O que define tal conluio com a abominação é o fato de que os homens pretenderão suplantar o próprio Deus que instituiu a Santa Missa como Sacrifício, por um a cerimônia de congraçamento entre todos os credos, abolindo a verdadeira! 
     
E por isso eu grito: não derrubem os sacrários, nem destruam a Santa Missa, porque disso virá o caos no mundo. Que ninguém caia nesta astúcia. Eu já escrevi em outros artigos, que sabendo que certos freis haviam mudado as palavras da consagração, para astuciosas formas de expressão, não mais as ensinadas por Jesus – Isto É Meu Corpo > Isto É Meu Sangue – levei isso a um Bispo, e ele ao invés de ficar chocado me disse – para meu horror – que deveríamos levar aquela sugestão para o “grande teólogo Leonardo Boff para ver se podemos aplicar isso em toda a Igreja”.         Digo isso para que os leitores não se iludam achando que alguns bispos e padres não cairão nesta abominável mudança, como ficarão em sua maioria felizes com as novas normas. O alvo primeiro é a Missa, é Jesus Eucaristia Deus Vivo, que jamais estará presente numa destas diabólicas celebrações. O resto cairá por si só!
Ela continua assim: “Todas as obras aprovadas tais como existem hoje pela Igreja infalível cessarão por um tempo. Nesta triste aniquilação, sinais brilhantes se manifestarão na Terra. Se por causa da maldade dos homens a Santa Igreja se encontrará na escuridão, o Senhor também enviará a escuridão para impedir os maus em suas busca do mal…”.
      Como já temos alertado esta sanha maligna por mudanças, levará ao cúmulo de os padres rejeitarem não só tudo aquilo a Igreja estabeleceu antes do Concílio Vaticano II, isso em quase dois mil anos, como desejarão que seja abolido tudo aquilo que foi aprovado na Igreja antes desta renovação pretendida. De fato eles farão uma “nova igreja” totalmente humana, voltada completamente para o homem, adorando ao homem deus, tendo como chave abominável – porque massa de manipulação – os pobres, a defesa da pobreza física e material, com o esquecimento completo da pobreza evangélica, aquela que trata do espírito, e da salvação eterna. A Igreja Católica foi criada por Jesus exclusivamente para conduzir o rebanho para os braços de Deus. Não existe outra função!
      Mas os indicativos proféticos falam que criarão uma nova entidade financeira, destinada a arrecadar fabulosos recursos financeiros, para acabar com a pobreza mundial. Isso quando, sim, eles acabarão matando todos os pobres, mantendo-os afastados de Deus. Todos sabem o que acontece quando se acumulam capitais financeiros, porque invariavelmente estará ali também Satanás. Se alguém pretender, pela força humana, erradicar a pobreza material sem erradicar antes e também a pobreza espiritual, o afastamento de Deus, cuspirá na face Daquele que disse a Judas: pobres sempre vós os tereis em vosso meio, a Mim nem sempre. Ou seja: esta manobra é de Judas! Esta beata também fala com precisão sobre os famosos “três dias de trevas”, anunciado por muitos santos da Igreja.
     Continua: “Quando chegar a hora fatídica, quando os meus sacerdotes serão postos à prova, serão (estes textos) os que serão celebrados neste segundo período… o primeiro período é o do meu sacerdócio que existe desde que Eu o fundei. O segundo é o da perseguição, quando os inimigos da fé e da santa religião, imporão suas fórmulas, no livro da Segunda celebração… esses espíritos infames são aqueles que Me crucificaram e estão esperando o reinado do novo messias”.<
br>    
Naturalmente que nem todos os sacerdotes seguirão as falsas novidades, e por isso serão duramente perseguidos, marginalizados, ofendidos e até mesmo assassinados, porque Jesus falou “virá o dia em que aqueles que vos matarem acharão assim prestar culto a Deus”. Tais sacerdotes – e também os leigos que se mantiverem fiéis à Igreja de sempre – serão hostilizados pelo bando infrene dos reformadores, que achará por bem eliminar da face da terra todos os que discordam das novas e modernas interpretações dos Evangelhos e da nova “doutrina” de concepção apenas humana, do falso Catecismo que eles difundirão em todo mundo. Esta “segunda celebração” deves se referir a falsa missa que virá, como já vimos.
      Mais: “Nesta aberração, os sacerdotes quebrarão seus juramentos. O Livro da Vida contém a lista dos nomes que quebram seu coração”.
    
As mensagens que traduzi recentemente, de profetas que continuam troando as trombetas do Apocalipse e anunciando o advento destes tempos ferozes, avisam que já nos próximos meses os sacerdotes serão chamados a “renovar-se” através de retiros prolongados, onde receberão dos falsos mestres a serviço de satanás, as instruções para aplicação no culto, na catequese, nos Sacramentos, na Doutrina, e na tal missa, para que se adaptem ao novo apostolado. Já agora vemos acontecendo tais encontros, e tremo de angustia a cada vez que nossos sacerdotes saem para cursos, porque toda vez, quando retornam, trazem no bojo uma nova heresia. Isso é fatal!
      E de fato, muitos bispos e padres quebrarão seus votos sagrados, traindo o juramento que fizeram diante do Altíssimo, aceitando auxiliar o inferno na destruição da Igreja de Cristo. E muitos são tão cegos, ou hoje tão mal formados e mal informados, que acharão mesmo estarem agindo corretamente, e para o bem da Igreja. Pelas mensagens atuais os sacerdotes serão instados a proferirem uma espécie de novo juramento de fidelidade, mas não mais fidelidade a Jesus Cristo, a Pedro e à Igreja de sempre, e sim em relação à nova igreja e aos seus líderes, e isso colocará muitos sacerdotes em situação de tremenda dificuldade, num terrível dilema.
É por causa disso que o Céu nos pede tanto que rezemos pelos sacerdotes para que se deixem guiar pelo Espírito Santo, e não participem desta abominação.
      Nós já sabemos que o Céu virá em defesa, ou em auxilio dos sacerdotes através do pré-aviso, mas pela lógica devemos acreditar que isso só virá depois que os padres tiverem decidido, livremente, por Jesus e o Céu ou então pelo ídolo da besta, esta falsa igreja do homem. Óbvio que todos os padres que rejeitarem este juramento, serão perseguidos e muitos deles mortos. Mas mil vezes isso do que trair seus votos solenes e sagrados, pronunciados por eles diante do Altíssimo! Isso é traição, é crime de lesa-a-Deus, e não ficará sem dura resposta do Céu. Entra aqui a questão da falsa obediência, aquela que obriga o subalterno a seguir o superior mesmo que este esteja errado. Nossos santos doutores já definiram esta questão: nenhum sacerdote estará obrigado a seguir seu bispo, se ele vier com estas mudanças. Nem o Papa deve ser seguido, se ele estiver errado! E já aconteceu muito disso!
      E continua Marie-Julie: “Pelo pouco respeito que tem para com os Apóstolos de Deus, o rebanho se torna indiferente e deixa de observar as leis. O próprio sacerdote é responsável por esta falta de respeito, porque ele próprio não respeita seu sagrado ministério, e o lugar que ocupa nas suas funções sagradas. O rebanho segue os passos de seus pastores; e isso é uma grande tragédia”.
     Naturalmente que estas mudanças chocarão uma parte – infelizmente a menor – do rebanho católico, enquanto a grande massa amorfa e cega seguirá seus guias também eles cegos rumo aos braços de satanás e a falsa igreja do anticristo. O mau e
xemplo dos padres acabará também por chocar milhares de fiéis, que abandonarão o barco da Igreja, uma vez que nela não existirá mais unidade, vem verdade nesta parte falsa, e sim apenas divisão, desordem e todo tipo de vilania contra os Sacramentos e a Lei de Deus. Sim, embora tudo seja apresentando com modos de necessário, e para o bem da Igreja. Óbvio então que veremos acontecer uma imensa tragédia, porque tais inovações provocarão a derrocada da falsa igreja humana, e com isso desabará também o mundo que depende visceralmente da Igreja Verdadeira, a Católica, e a única de origem divina. Isso por um tempo!
     Seguindo: “O clero será severamente castigado por sua veleidade inconcebível e sua grande covardia que ele é incompatível com suas funções”... “Um terrível castigo está preparado para aqueles que erguem todas as manhãs a pedra do Santo Sacrifício. Eu não vim para seus altares para ser torturado. Sofro mil vezes mais por esses corações do que nenhum outro. Vos absolvo dos vossos pecados grandes, Meus filhos, mas não pode conceder nenhum perdão a estes sacerdotes”.
     Naturalmente que o amor de Deus pelos sacerdotes, e o carinho de Nossa Senhora por seus filhos prediletos levará a alguma ação divina no sentido de protegê-los, porque sem isso a maioria deles se perderia. Nós temos de nossas mensagens a promessa de que nenhum sacerdote mais se perderá, apenas os réprobos, aqueles que desejarem livremente ir para o inferno, como merecem por haverem conduzido mal o rebanho. De fato, se leigos como nós percebemos a iminência do desastre, como eles, com tantos estudos, não percebem? Temos a promessa de que, antes do grande castigo, Deus enviará a todos os sacerdotes do mundo um primeiro aviso, antes do Grande Aviso da humanidade, e isso deverá fazer a imensa maioria deles repensar seus desatinos.
     Como foi dito para esta santa mulher: Deus até perdoa aos leigos, mas não aos sacerdotes que teimarem até o fim nestas heresias. Na realidade, mensagens proféticas atuais dão conta de que já hoje 2/3 dos sacerdotes não acredita na presença real de Jesus na Hóstia Consagrada, além do que a imensa maioria não celebra com verdadeiro amo, fé e adoração, o que é um pavoroso desastre e causa de dilúvios de sacrilégios. Simples de constatar: se o padre não acredita em Jesus Eucaristia, e diz: Isto É Meu Corpo, ele está de fato mentindo, e, portanto celebra em pecado grave. Isso se torna uma tortura para Jesus, porque o sacerdote ali O representa! Seria como se o próprio Jesus estivesse mentindo. Mas certamente, tortura maior ainda será para Jesus, ver que o seu Sacrifício Divino será transformado em mera ceia humana de confraternização, num culto abominável diante do Pai. Será doloroso demais e isso provocará a Ira Divina, verdadeiro furor de Deus. E como consequência o braço da Justiça fulminará este planeta e a todos os demolidores da Igreja. E todos sofreremos dores indizíveis, consultem as Escrituras!
     Ela (Marie-Julie Jahenny) diz: “aqueles que governam o rebanho” serão os culpados pela crise que virá. Parece que o comunismo não teria triunfado se a Igreja tivesse permanecido fiel. Ela menciona um Papa que, no último momento, inverterá a sua política e fará um apelo solene ao Clero. Mas não será obedecido; pelo contrário, uma Assembleia de Bispos vai exigir ainda mais liberdade, declarando que já não obedecerão ao Papa. Marie-Julie, então, diz que a Revolução Vermelha estourará. Ela fala de uma “religião horrível” que substituirá a Fé Católica, e vê “muitos, muitos Bispos” abraçando esta “religião sacrílega e infame”.
    Compreendam o que de terrível está dito neste parágrafo. Já temos nos batido tantas vezes contra estes colégios de Bispos, e tudo leva a crer, pelas mensagens atuais e também pelos primeiros acordes do plano da besta – esta a segunda, do Apocalipse – que as Conferências Episcopais exigirão e terão mais autonomia em matéria de fé, o que pode levar ao estilhaçamento da Igrej
a em “mil cetros” como está previsto nas mensagens ao Movimento. Isso porque cada país acabará por poder criar doutrina, e no final cada um terá a sua, o que significa o fim do papado, e o advento do reinado do anticristo. Como está dito, eles farão uma nova e sacrílega religião, com uma infame doutrina que virá com a missão de substituir a fé católica. A desobediência será generalizada, porque se as Assembleias de Bispos podem criar doutrina, também cada bispo isoladamente ou cada sacerdote se julgará do direito do mesmo. No fim, cada leigo terá sua própria igreja particular... O que infelizmente já acontece!
     Aqui ela também lembra o triunfo do comunismo, e deixa entrever que no final dos tempos, como já temos mostrado em outros textos, este será o regime triunfante do anticristo, porque ele precisa de um regime cruel, brutal e assassino como este para se impor ao mundo. E de fato isso já está sendo conseguido por ele, uma vez que crescente número de nações adota esta forma de governo, seja pelo nome de comunismo ou socialismo. Tudo isso está sendo imposto às nações – inclusive à nossa – num esforço mundial para a preparação do reinado da grande fera apocalíptica. No início as bestas usam palavras macias e de bem, depois deitam as garras. Bilhões de pessoas cairão neste ardil diabólico.
     Enfim, o comunismo como sistema de governo não somente é um fracasso completo e sem dúvida o maior de toda a história da humanidade. A ciência hoje comprova que as pessoas que ainda defendem este monstro portam um desequilíbrio mental, porque é impossível que não percebam a realidade. Entrementes, como sistema corrupto e corruptor, como sistema opressivo e opressor, como sistema assassino e matador, como sistema de controle dos cidadãos e cerceador das garantias e liberdades individuais, como sistema cuja única lei é a do ódio e da truculência e, portanto, como o sistema mais violador, dos chamados “direitos humanos”, certamente o comunismo é sim, o sistema ideal para os planos do anticristo. Quando Marie-Julie vivia, já o comunismo tinha sido implantado. E se ela afirma que novamente explodirá a Revolução Vermelha, isso significa que é para agora. Preparem-se, pois!
     Seguem as profecias de Marie-Julie sobre a nova liturgia: Em 27 de novembro de 1902 e no dia 10 de maio de 1904, Nosso Senhor advertiu sobre a nova liturgia que um dia seria instituída: “Os advirto. Os discípulos que não são do Meu Evangelho estão trabalhando duro para refazê-lo segundo as suas ideias e sob a influência do inimigo das almas uma Missa que conterá palavras que Me são odiosas. Quando chegar a hora fatídica quando a fé de Meus sacerdotes será posta à prova, serão estes textos que serão celebrados neste segundo período…”.
     “O primeiro período é o do Meu Sacerdócio, existente desde Mim. O segundo é o da perseguição, quando os inimigos da Fé e da Santa Religião irão impor suas fórmulas no livro da segunda celebração. Muitos dos Meus santos sacerdotes rejeitarão este livro, selado com as palavras do abismo. Infelizmente, entre eles haverão os que o aceitarão”. Em 10 de maio de 1904, Nossa Senhora descreve o novo clero e sua liturgia: “Não deixarão neste caminho odioso e sacrílego. Irão ainda mais longe para envolver tudo no instante, e de um só golpe, a Santa Igreja, o clero e a Fé de meus filhos”.
     Tudo leva a crer que estamos em um período de preparação, num gravíssimo período, onde a imensa maioria do povo católico, incauto, mal catequizado, mal preparado, desconhecedor de tudo quanto diz respeito a nossa Santa Igreja, aceitará os novos enunciados e celebrará a abominação achando mesmo que assim está bem. Não perceberá, por absoluta falta de espiritualidade – porque nenhuma pessoa conduzida pelo Espírito Santo se deixará enrolar por esta farsa – que Deus não estará presente nesta falsa igreja ecumênica, nem nos seus cultos, nada mais que conluios com as trevas, porque Jesus jamais estará sob
um mesmo teto, onde se confraternizam católicos com pagãos, com ateus e atoas de todos os quadrantes e quilates. Quem estará com eles e os instruindo será apenas Lúcifer, e todo o seu séquito asqueroso. Ele simplesmente não virá com rompantes destruidores, mas sim coisas que parecerão boas e sem segundas intenções. Nisso ele é mestre!
     Ela anuncia ainda a “dispersão dos Pastores” pela própria Igreja, verdadeiros pastores, que serão substituídos por outros do inferno: “Novos pregadores com novos sacramentos, novos templos, novos batismos, novas confraternidades”.
Ontem como hoje tenho ouvido notícias de que alguns sacerdotes que seguem Movimentos como o nosso estão para serem expulsos por suas congregações. Portanto, já começa a perseguição. Movimentos como Salvai Almas, que se voltam exclusivamente para a oração, e oração que visa a salvação das almas e a libertação da Igreja padecente, que busca apenas aquilo que a Igreja de sempre pelos séculos defendeu, serão banidos da nova igreja, os seus membros serão expulsos dos novos ministérios criados, e serão substituídos por outros que estarão de fato a serviço do inferno, como prevê esta santa mulher. Todos devem estar preparados para não aceitar as novas regras, e não participar destes cultos abomináveis, onde Jesus não estará presente.
     A nova igreja não terá preocupações com a Oração porque as julga ultrapassadas e desnecessárias, tendo preocupação única e exclusiva com o bem estar do homem. Para eles não importa que haja sacramentos válidos e sim que se cumpra a etiqueta. No fundo o desafio é o mesmo dos tempos da Torre de Babel: uma vez que a Igreja de Jesus não deu certo, então ergamos um templo do homem e haveremos de triunfar. Isso caminha na direção da chamada Nova Era, que também prega a falência de Jesus Cristo e que o tempo Dele passou, e agora devemos entrar numa nova época onde as luzes do Shambala devem brilhar e Lúcifer deve ser o novo “avatar” ou líder mundial. Muitas são as profecias que tratam de uma nova religião mundial, que seria a do anticristo. E fatalmente, se nossa Igreja mudar tão fortemente quanto se prenuncia, estará contribuindo para este plano de satanás.
     Interessante é que as mensagens atuais falam realmente que eles pretendem mudar todos os Sacramentos, de modo a adaptá-los ao gosto protestante e ao paladar dos judeus e de outros credos, de modo que, assim sendo, eles se tornarão todos inválidos, inclusive o Batismo, cuja fórmula está para ser alterada. Como já citamos aqui e no livro A Saga das Almas, mesmo que a Igreja atual aceite o batismo de algumas das seitas, eles são inválidos na raiz, porque eles não acreditam no Sacramento e o têm apenas como sinal. De fato o Batismo verdadeiro é de filiação divina e de remissão dos pecados – e eles não acreditam na Confissão – enquanto o batismo deles é de mera filiação a aquela seita. Além disso, eles não juram fidelidade à verdadeira Igreja. Sim, tudo leva a crer que construirão novos templos modernos – já fazem isso, e com cara de celeiros – e haverá uma confraternização geral de todos os povos. Dirão escandalosamente cumprir a palavra: “Um só rebanho um só “pastor””... Lúcifer!
    Em 07 de julho de 1880, Jesus diz a Marie-Julie: “A Igreja será privada de seu chefe supremo, agora que o governo (…) (certamente estará sob o comando do falso profeta). O Chefe da Igreja será ofendido de maneira escandalosa”.
     Nós não sabemos como de fato as coisas acontecerão, porque não temos documentos com os detalhes, mas o espírito mais aguçado nos permite antever o resultado, e adiante, o desastre que tudo isso causará. Acima está dito que, num dado momento, um Papa “inverterá de súbito a sua política”, e isso nos faz desconfiar. São mistérios que nós os iremos desvendando apenas aos poucos, porque entendemos que, se algumas das profecias desta Mística estão acontecendo, é sinal de que devemos atentar para as outras partes ainda não vistas. Há o risco de um Pap
a vir a aceitar estas imposições da besta, e sobre isso são centenas as profecias que nos advertem. Importa saber que em outras profecias está dito que num só tempo teríamos dois papas, que seriam antagônicos na doutrina. Quanto ao Papa assim se expressa a vidente:
     Durante o êxtase de 04 de novembro de 1880, Marie-Julie nos descreve o martírio do Papa: “A voz da Igreja, com um suspiro velado, vem a romper as portas de minha alma com o eco do som de sua voz moribunda. O Sumo Pontífice lança uma oração agonizante a seu povo, aos filhos dos quais é o Pai. É uma espada para a minha alma… Eu vejo aves brancas que levam em seus bicos seu sangue e pedaços de sua carne. Eu vejo a mão de Pedro quebrada pelo prego como o de DEUS. Vejo suas roupas cerimoniais em farrapos, roupas que vestem sua dignidade para derrubar DEUS do altar”.
     Tudo isso nos arrepia, mas não nos deve atemorizar ao ponto da total imobilidade. Primeiro porque temos todas as promessas da proteção do Céu e segundo porque o mesmo Céu já nos deu as armas com as quais nós não somente nos poderemos defender, como ainda podemos minimizar os efeitos das catástrofes que advirão ao mundo – Eucaristia e Rosário – na medida em que deitar as raízes, esta nova e falsa igreja com face exclusivamente humana. Muitas profecias avisam que o Papa deverá fugir do Vaticano, estando fora por 200 dias como previu Dom Bosco e que sua voz será como um sussurro, a partir do exílio onde se encontra, e de onde continuará comandando a verdadeira Igreja remanescente, e fiel. Falam que ele fugirá de Roma, conduzido por Nossa Senhora, e caminhará sobre os cadáveres de alguns dos cardeais e bispos que foram os artífices desta malsinada reforma. 
     Neste tempo, efetivamente, quando os agentes malignos treinados já agora pelo inferno, e já prontos para a última Guerra do homem contra Deus, estiverem pelo mundo caçando sacerdotes e bispos fiéis, também leigos que não aceitarão as novas diretrizes e bases da nova evangelização, a Igreja estará mergulhada numa perseguição tal que, segundo as profecias, será a maior que já aconteceu até os dias atuais, havendo, portanto, mais mártires do que nas anteriores. Então, as igrejas serão queimadas – só no Egito, nos últimos dias, foram queimadas mais de 60 igrejas cristãs – as imagens de culto serão esfaceladas, os paramentos e cálices sagrados serão queimados, havendo uma orgia verdadeiramente satânica em todo mundo. Isso até que Deus intervenha.
      “O Santo Padre solicitará à juventude para que combata pela salvação da Igreja. A terra inteira sofrerá crises terríveis, na fé e na religião. Será estabelecido um regime democrático popular, com leis ímpias e perseguições à Igreja, ao nome de cristãos e à liberdade”.
     Temos visto nos últimos anos a insistência dos Papas quanto à juventude, porque profecias antigas dão conta de que, quando os jovens perceberem que foram enganados, eles, mais valentes e mais dispostos, estarão na linha de frente do combate contra o inimigo, e serão responsáveis por grandes vitórias contra o mal. Mas no início eles serão enganados, como estão sendo e já foram. Numa pesquisa feita com os jovens durante a última JMJ no Rio de Janeiro, se constatou que mais de 30% deles prova o aborto e a causa gay, e por aí se tira o quanto eles entendem da Doutrina Sagrada de nossa Igreja.
Mas eles devem reagir e estas vitórias deles virão não pela guerra física, corpo a corpo, mas pela divulgação da devoção do Rosário de Maria, esta terrível arma contra o inferno, que por Maria nos trará a Vitória final. Isso tudo em meio a uma terrível perseguição, causada por esta falsa e nova igreja, com seu regime democrático de administração, com suas leis novas e iníquas, com seu novo e maligno rito, com as suas falsas celebrações ecumênicas, e seu degenerado culto ao homem. Tudo em nome da defesa dos pobres. Que escândalo!
       "Deus castigará com
vara de ferro a apostasia das massas e das nações. Será o império de satã em toda a terra, com perseguições religiosas desapiedadas, pilhagens e carnificinas sem conta. Haverá uma apostasia geral. Haverá um pequeno número de fiéis que sustentará a fé. Estes serão contraditados, expulsos, ridicularizados, insultados e postos na prisão. Toda a juventude será enganada e imediatamente cairá em uma podridão cujo fedor será insuportável
”.
     Naturalmente que, depois de um tempo não desgastante, não estendido demais para que venham a sucumbir todos os fiéis adoradores, os amantes da Igreja de Sempre, da Tradição e dos Dogmas, da Sã Doutrina do nosso Catecismo, dos documentos papais, Bulas, Encíclicas e Cartas, de tudo aquilo que o Espírito Santo estabeleceu e santificou desde os séculos, Deus agirá com vara de ferro para punir os responsáveis por tudo isso, e certamente não será com pequenos abalos. Isaías, no capítulo 24, dá bem um recado quanto ao que acontecerá no planeta, quando Deus apontar seu dedo para a terra e trovejar: basta, chega de tantas abominações e sacrilégios!
     De fato, a santa prevê que “a terra se tornará um enorme cemitério. Os corpos dos ímpios e dos justos cobrirão o solo”. “Três quartos da população mundial desaparecerão”. Outras profecias ainda adiantam que poderá ainda morrer mais gente, devido aos gatilhos de mal ativados pela maldade humana, e pela falsa Igreja que será a do anticristo. Tudo depende das orações dos que ainda rezam e se sacrificam, e como são poucos! Porque é impossível de montarmos um quadro perfeito da verdadeira desintegração desta sociedade como acontecerá sem dúvida, mas se nós juntarmos todas as profecias dos nossos santos para este tempo, o quadro é tão assustador que poderá levar muitos ao desânimo. O que não devemos deixar acontecer, em hipótese alguma.
       Estão aqui algumas das revelações mais sérias sobre a nossa Igreja e nosso tempo. Está acontecendo tudo conforme ela disse, e faz mais de cem anos que a Igreja sabe disso, mas infelizmente não alerta o povo, que será pego praticamente na totalidade, de surpresa. Jesus mesmo falou que seria como nos tempos do dilúvio, e hoje, para ser bem magnânimo eu diria que nem um em cada mil católicos sabe do que o espera. E sobre o resto da humanidade, diria que nem um em um milhão está plenamente consciente do que virá a este mundo de pecados.
     Em muitos artigos citei já alguns sinais da batalha que virá entre a Igreja de Pedro - onde nós deveremos estar agarrados - e a anti-igreja dos homens, voltada para a terra. Está bem claro isso em nosso Catecismo, prevendo que no fim dos tempos haveria uma falsa igreja que glorificaria o homem, mas quem alertará o povo? Pergunto: quantos sacerdotes nós temos entre os mais de 400 mil que estudam o Catecismo de nossa Santa Igreja, E O SEGUEM? Como poderão alertar o povo, se pretendem mesmo é abolir o atual Catecismo?
     Acima vimos como a santa prevê castigos terríveis para estes maus sacerdotes, que se voltam exclusivamente para o bem estar físico das pessoas, ação que tem um único objetivo: justificar o PRÓPRIO BEM ESTAR. Falam e se esbaldam em pobres e em marginalizados, mas vivem como nababos, gordos, lustrosos, em roupas de marca ao invés de sandália despregada e batina surrada. Somente assim teriam moral para estar com os pobres. Como já disse acho que mil vezes: deus quer almas, não cestas básicas! Jesus nos manda à conversão dos pecadores, não a encher suas barrigas sem evangelizá-los, também!
    Hoje mesmo recebi a carta de uma leitora que me enviava a resposta de um sacerdote que disse ter lido o texto ALGO O DETÉM, e nos mandava ao invés de pensar desta forma e rezar ir buscar os drogados e os usuários de crack. Ao que lhe respondi: se ele ensinasse as pessoas a rezar o Rosário em família, a viver uma vida sacramental santa, se pregasse uma boa e santa catequese como é sua obrigação, não haveria famílias desestru
turadas e menos ainda usuários de crack. Que combata as causas, não os efeitos. Afinal, uma casa cheia de AVE MARIA é uma casa cheia de graças. E a Família que reza manterá a Igreja de pé, e só esta será preservada para a Nova Terra!
      Mas esta falsa igreja que em breve se apresentará ao mundo, mudando a fórmula sagrada da consagração e cometendo o horrível sacrilégio, conforme previu o profeta Daniel, será destruída pelo fogo da Divina Ira. Quando isso acontecer, o braço da Justiça Eterna desabará sobre este planeta, porque o Pai não suportará por muito tempo o curso da abominação. Como disse a santa, ¾ partes da humanidade, desaparecerão... E podem sobrar apenas ¼ dos filhos. Se não acreditarmos numa pessoa que viveu esta mística, merecemos é a vara da Justiça.
      Acreditem: o mundo está indo de mal e infelizmente não creio que mais de UM em MIL se dão conta disso. Só um cego ou louco não percebe a decadência da Igreja, imagine quando introduzirem a abominação. Qualquer um também percebe que a juventude mundial está nesta podridão, predita como sinal dos tempos. Afundados nas bebidas, drogas, pircings, tatuagens, gírias, sexo livre e todo tipo de pecado que ofende a Deus. Sim, a juventude de hoje está começando a exalar, em seus comportamentos, um fedor de imoralidade insuportável. Mas Deus tem mil meios para transformá-los nos valentes soldados da Batalha Final.
      Quanto ao andamento do mundo, os sinais continuam. Em muitos lugares aumentam os uivos do planeta que parecem prenunciar o Apocalipse. No Egito e na Síria, as guerras corroboram as previsões das Sagradas Escrituras. Líbia não escapará! Egito não escapará! Etiópia não escapará! Síria não escapará! Sim, dos exércitos anticristo que planejam assim a última guerra mundial, esta não pelas almas, mas pelos corpos. E como Mari-Julie previu, e como está assim na Bíblia, ¾ parte da humanidade desaparecerão, e não demora. E tudo por causa da Igreja de Cristo: se ela vai bem o mundo caminha bem, se ela vai a ruína, conduz o mundo ao caos. Falta só acabar com a Santa Missa! O "resto" virá por acréscimo! 
(Aarão)
 





 











 







 









 
 
 

Artigo Visto: 3187 - Impresso: 65 - Enviado: 21

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 159 - Total Visitas Únicas: 3.487.451 Usuários online: 82