Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
10/01/2007
Os oráculos (2)
 
Biblia - 19 Os oráculos (2)
Biblias - 19 Os oráculos (2)

2070108 ORÁCULOS (2)
 
     Como prometi, segue agora alguns oráculos do Senhor, destinados à restauração do povo de Deus e já antes à sua salvação. Eu sei que muitos poderiam ficar bravos quando afirmamos com tanta segurança que somente restarão aqui descendentes de Jacó, das 12 tribos de Israel. Em primeiro lugar é preciso saber que Deus tem uma aliança com este povo, e com nenhum outro, e Ele sabe o motivo. Em segundo, é preciso entender que a semente de Jacó já se disseminou nestes quatro mil anos, entre todos os povos e raças, de modo que a pessoa que critica esta opção divina, bem pode ser herdeiro sem o saber.
 
     Outra crítica poderá vir então dos que defendem as pessoas que pertencem a outros povos, que nunca tiveram contato com a centelha divina, entretanto é preciso saber que eles tiveram todas as chances de resgate, mas jamais às aceitaram. Não somente isso, Deus sabe que nem daqui a milênios eles deixarão de adorar seus ídolos de pau e animais irracionais. Trata-se de um povo incorrigível e recalcitrante, que não consegue conviver com um Deus único, salvos raríssimas exceções. Por isso, chegará o dia de seu fim. E tal como os dinossauros desapareceram da terra para que o homem pudesse existir, assim também os maus darão lugar aos bons, para que possa vingar somente a raça dos filhos.
 
     Assim, inúmeros oráculos afirmam o destino feliz do povo de Israel e da casa de Jacó. Na realidade, nem todos os versículos bíblicos contém o selo – oráculo do Senhor – mas tudo o que os profetas antigos afirmaram são nada mais que oráculos, e entre eles os que contemplam a semente humana que povoará a Nova terra, certamente estão entre os mais belos. É delicioso percorrer as Escrituras e imaginar tudo aquilo que Deus tem preparado para os que O amam. Nós podemos apenas fazer vaga idéia, entretanto pode o leitor ter certeza, de que será ainda melhor do que o foi, o Paraíso de Adão e Eva. Vejamos:
 
Jr 30, 10 E tu, Jacó, meu servo, não temas - oráculo do Senhor -; não tremas, Israel, pois que te vou retirar da terra longínqua, assim como tua raça da terra do exílio. Jacó tornará a viver na tranqüilidade e em segurança, sem que ninguém mais o perturbe. 11 Estou contigo - oráculo do Senhor - para livrar-te. Aniquilarei os povos entre os quais te dispersei. A ti, porém, não destruirei; castigar-te-ei com equidade, sem te deixar impune.
 
     Depois da destruição de Jerusalém pelos romanos, no ano 67 de nossa era, os judeus foram dispersos entre todos os povos da terra, e somente a partir de 1945, com a criação do Estado de Israel, começaram a retornar ao seu solo sagrado. Hoje eles ainda não vivem ali em tranqüilidade, porque o demônio não quer que se cumpram as profecias bíblicas da restauração, e atiça contra eles todos os povos em volta. Entretanto, isso terá um fim, quando forem eliminadas as nações que perseguidoras, pois restará apenas um povo: o povo de Deus, a raça eleita, conforme a profecia ao patriarca Abraão.
 
Jr 31 31 Dias hão de vir - oráculo do Senhor - em que firmarei nova aliança com as casas de Israel e de Judá. 32 Será diferente da que concluí com seus pais no dia em que pela mão os tomei para tirá-los do Egito, aliança que violaram embora eu fosse o esposo deles.
 
     Deus tem feito sucessivas alianças com Seu povo. Como Adão, deu-lhe a promessa da remissão, pelo do envio de um Salvador. Com Noé a promessa de
nunca mais destruir a humanidade com um dilúvio de águas
. Com Abraão a promessa de fazer dele um povo mais numeroso que as estrelas do Céu. Com Davi a promessa de um reinado eterno, que se fará adiante e para sempre com Jesus. Com Jesus a aliança feita e assinada com seu Sangue Preciso, a promessa da ficar entre os homens – na Eucaristia – até o fim dos tempos. Depois disso virá a última aliança, com presença viva de Jesus entre os homens, eles sendo o povo santo, e o Senhor sendo seu único Deus. E esta última aliança, será para sempre. Ela acontecerá quando restar no mundo apenas a casa de Jacó.
 
Jr 3135 Eis o que diz o Senhor, que mandou o sol iluminar o dia, ordenou à lua e às estrelas clarearem a noite; que ergue as ondas encapeladas do mar e cujo nome é Javé dos exércitos: 36 Se algum dia cessassem essas leis perante mim - oráculo do Senhor, (somente) então cessaria a raça de Israel, de ser uma nação ante meus olhos, para sempre.
 
     Eis aqui uma promessa, mais que isso, um verdadeiro aval. Eis o Senhor do Universo a prometer ao seu povo a salvação e a restauração na paz e alegria. Nem que os mares se extingam, as estrelas deixem de ter brilho, e o sol deixe de iluminar a terra, ainda assim Ele cumprirá esta promessa, que é destinada apenas ao seu povo eleito.
 
Ez 34 25 Eu concluirei com elas um tratado de paz; suprimirei as feras de sua terra, de sorte que possam habitar o deserto com segurança e dormir nos bosques. 26 Farei deles e das imediações de minha colina uma bênção; farei cair chuva em tempo oportuno: serão chuvas de bênção. 27 As árvores dos bosques darão seus frutos e a terra dará o seu produto. Viverão com segurança na terra. Oráculo do Senhor Javé.
 
     O tratado de paz que então virá para os homens, os fará habitar numa terra sem mais pecados, sem mais dores, nem prantos, nem tristezas, nem doenças, nem mesmo a morte a pior das desgraças atuais. Uma terra sem pecados, será terra rica e abençoada, com as plantas produzindo de forma perene, deliciosa e saudável. O clima fluirá em sincronia perfeita com o Criador, para delícia das criaturas. Nela não haverá jamais a insegurança, nem o sobressalto de hoje, onde as pessoas vivem enjauladas e ainda assim inseguras. Quem não desejaria viver num tempo assim, e com seus filhos?
 
Ez 34 28 Não mais serão pilhados pelas nações nem devorados pelas feras; habitarão a terra com segurança, sem serem incomodados por mais ninguém. 29 Farei crescer para eles uma vegetação luxuriante, que constituirá o seu orgulho. Não haverá mais fome devoradora na terra; não mais sofrerão os insultos das nações. 30 Saberão que sou eu o Senhor, que sou o seu Deus, e que eles, os israelitas, são o meu povo - oráculo do Senhor Javé.
 
     Os filhos de Deus, que restarem da tribulação, nunca mais voltar-se-ão para a guerra, nem a pilhagem e a rapina, nem a exploração de uns pelos outros em nome do lucro, e do juro. Porque não haverá mais dinheiro, nem ouro, estas causas da ruína humana atual. Todas as habitações serão lindas, rodeadas de jardins extraordinários, que serão o deleite dos filhos do Altíssimo, que os cumulará de graças infinitas. Tudo para um só povo, que pode viver hoje em Israel, no Brasil também, na Europa, na África e na Ásia. De todos os lugares do planeta afluirão os povos resgatados, para o Reino do Amor.
 
Ez 33,11 Dize-lhes isto: Por minha vida - oráculo do Senhor Javé -, não me comprazo com a morte do pecador, mas antes com a sua conversão, de modo que tenha a vida. Convertei-vos! Afastai-vos do mau caminho que seguis; por que haveis de perecer, ó
casa de Israel
?
 
     Deus jamais planejou um final tão trágico para a raça dos filhos dos homens. Ele foi sempre pelo seu resgate, e por séculos pediu de todos a sua conversão. Mas na medida em que passaram os séculos, mais o homem se tornou rebelde, o que fez o Senhor muitas vezes nos querer dizimar. E é apenas seu amor misericordioso que ainda nos resgata, porque se dependesse do mérito humano, Ele já nos teria eliminado da face da terra. De fato, já lá no Gênesis está dito que Deus se arrependera de ter criado o homem na terra.
 
Ez 37 13 Sabereis então que eu é que sou o Senhor, ó meu povo, quando eu abrir os vossos túmulos e vos fizer sair deles, 14 quando eu meter em vós o meu espírito para vos fazer voltar à vida e quando vos hei de restabelecer em vossa terra. Sabereis então que sou eu o Senhor, que o disse e o executei - oráculo do Senhor.
 
     Os túmulos a que o Senhor se refere são os túmulos da cegueira atual, da surdez que nada mais ouve, da teimosia que nada aceita, da incredulidade que a tudo degenera, e da apostasia que nega Deus e desafia seu Poder. Voltar à vida, significa voltar à Verdade, que é voltar à Jesus, Ele a Vida. Então Javé nos avisa antes sobre isso tudo, para que quando acontecer nós saibamos que Ele já havia predito e é a isso que se referia.
 
Ez 34, 15 Sou eu que apascentarei minhas ovelhas, sou eu que as farei repousar - oráculo do Senhor Javé. 16 A ovelha perdida eu a procurarei; a desgarrada, eu a reconduzirei; a ferida, eu a curarei; a doente, eu a restabelecerei, e velarei sobre a que estiver gorda e vigorosa. Apascentá-las-ei todas com justiça.
 
     E ao final do resgate, realmente presumo que haverão muitas ovelhas feridas, com chagas abertas, cheias de doenças, especialmente de cegueira espiritual. Haverá sim, um tempo de preparação, à entrada do Reino, para que as pessoas se acostumem ao mundo fantástico que vem, pois muitas pensarão estar vivendo em outro planeta. Tudo será diferente, e belíssimo! No início será ainda doloroso, em especial para os que não tiverem todas as contas pagas com a Justiça de Deus, mas depois, com seus corpos glorificados, será fantástico, em especial porque o Pastor estará no meio de seu povo.
 
Ez 34, 30 Saberão que sou eu o Senhor, que sou o seu Deus, e que eles, os israelitas, são o meu povo - oráculo do Senhor Javé. 31 E vós, minhas ovelhas, vós sois homens, o rebanho que apascento. E eu, eu sou o vosso Deus - oráculo do Senhor Javé.
 
     Porque o reinado será entregue para Jesus, eis que a terra foi criada pelo Pai como um presente para Seu Filho. Mas ela não poderá ser Seu Reino Glorioso, enquanto aqui houver a guerra, a exploração, o pecado abominável, o adultério e tantos outros crimes e pecados. Para que Jesus reine e viva no meio de seu povo, é preciso que a terra e os homens se tornem dignos Dele. A terra como um mostruário da exuberância do Criador; os homens como filhos de Deus, não como hoje quando teimam em se fazer, bastardos.
 
Ageu 2, 8 A prata e o ouro me pertencem - oráculo do Senhor dos exércitos. 9 O esplendor desta casa sobrepujará o da primeira - oráculo do Senhor dos exércitos.
 
     Sim, o esplendor do Reino que vem, será superior ao primeiro, destinado a Adão e que foi perdido pelo pecado. Porque o primeiro veio como presente, como dádiva do Amor, sem a exigência anterior de uma contrapartida. O segundo virá sim, também pelo Amor, mas como um prêmio à conquista, pela vitória do homem sobre o inimigo de Deus. Sim, vitória do homem, ligado em Deus! Sem isso estaríamos perdidos. Importa saber é que os descentes deste Reino viverão em esplendor e graça, e assim para semp
re.
 
Amós 9, 14 Restaurarei então o meu povo de Israel: reconstruirão as cidades devastadas e as habitarão; plantarão vinhas e beberão o seu vinho, cultivarão pomares e comerão os seus frutos. 15 Implantá-los-ei no seu solo, e não serão mais arrancados da terra que lhes dei - oráculo do Senhor, teu Deus...
 
     Sim, haverá trabalho, haverá plantas novas, frutas novas – e antigas renovadas – porque o trabalho é símbolo da dignidade humana e fator de bênção. Mas não mais será preciso o armazenamento, nem para futuro, nem para venda e lucro. Tudo será de todos, e haverá com fartura para a plena partilha. O Amor será então a “moeda” de troca!
 
Is 56, 7 Eu os conduzirei ao meu monte santo e os cumularei de alegria na minha casa de oração; seus holocaustos e sacrifícios serão aceitos sobre meu altar, pois minha casa chamar-se-á Casa de Orações para todos os povos. 8 Oráculo do Senhor Deus que reúne os exilados de Israel: eu lhes agregarei ainda outros junto aos seus já reunidos.
    Um grande tempo da atividade humana será destinado à oração e à adoração. Não se trata de holocaustos de animais, nem de frutos da terra, mas sim de preces contínuas de agradecimento e de louvor, pela bondade infinita do nosso Deus e Senhor. Estes filhos do futuro não morarão mais em mega-cidades, com todas as suas correrias, e sim em vilas e aldeias, ou em locais distantes, reunindo-se, entretanto em datas especiais para juntos louvarem a Deus e para O adorarem. Presume-se que o Templo de Jerusalém será reconstruído que para lá afluirão os povos de tempos em tempos. O fato é que a Glória de Deus irá resplandecer em tudo e em todos, para uma felicidade inenarrável.
 
Joel 2 12 Por isso, agora ainda - oráculo do Senhor -, voltai a mim de todo o vosso coração, com jejuns, lágrimas e gemidos de luto. 13 Rasgai vossos corações e não vossas vestes; voltai ao Senhor vosso Deus, porque ele é bom e compassivo, longânime e indulgente, pronto a arrepender-se do castigo que inflige.
 
     É apenas isso que Deus nos pede hoje: voltar a Ele, com o coração contrito e humilde, para que assim se concretize o Reino desejado. Virá sim um castigo merecido para todos nós, porém a seguir virá a salvação. Tudo o que acontece hoje no mundo, concorre para uma espetacular vitória do Altíssimo contra todos os que O desafiam hoje. Se algo vier como castigo, será sobre os maus, os rebeldes e os insensatos.
 
Zc 3, 9 Eis a pedra que pus diante de Josué; sobre essa pedra estão sete olhos; gravarei eu mesmo sobre ela a inscrição - oráculo do Senhor dos exércitos - e num só dia tirarei o mal desta terra. 10 Naquele dia - oráculo do Senhor dos exércitos - convidareis uns aos outros para debaixo de sua vinha e de sua figueira.
 
     Digamos que um dia corresponda a um ano. Em um ano Deus mudará a sorte dos homens, estabelecendo entre nós a Jerusalém Celeste, a morada Dele entre nós. Será sem dúvida o capítulo mais fulminante da saga humana neste planeta, porque nada houve até hoje de parecido, nem haverá depois pelos tempos eternos. Quais serão os sete olhos de Deus, e qual a inscrição desta pedra? Ele o sabe, pois termos outro nome!
 
Zc 8, 6 Eis o que diz o Senhor dos exércitos: se isso parecer um milagre aos olhos dos sobreviventes desse povo, acaso será isso difícil a meus olhos? diz o Senhor dos exércitos. 7 Eis o que diz o Senhor dos exércitos: vou libertar o meu povo, tirá-lo das terras do Levante e do Poente 8 e conduzi-lo a Jerusalém, onde habitará; será o meu povo e eu serei o seu Deus na fidelidade e na justiça.
 
     Sim, quem passar vivo por todas as calamidades que chegam, certamente conotará como milagre a sua integridade física. Parecerá impossível que diante de tantas loucuras, de
tantos cataclismos, de tantas deflagrações, que ainda restem seres humanos, pois até os animais se tornarão escassos. Mas para Deus nada é impossível! Então todos os que, espantados, assustados e temerosos, chegarem ao fim desta odisséia, cantarão um hino perene de louvor do Deus Fiel, ao Deus que salva, ao Deus que tudo fez com Amor.
 
Zc 8, 11 Mas agora não quero tratar os sobreviventes deste povo como nos dias de outrora - oráculo do Senhor dos exércitos. 12 Farei com que tudo prospere: a vinha dará a sua uva e a terra, os seus frutos; o céu derramará o seu orvalho, e darei aos sobreviventes deste povo a posse de todos esses bens. 13 Fostes um objeto de maldição entre as nações, ó casas de Judá e de Israel! Mas vou libertar-vos, e sereis uma bênção.
 
     Por quase 20 séculos o povo judeu padeceu entre os povos da terra, entretanto está bem próxima a sua libertação. Nós devemos, entretanto lembrar que, tal como no tempo de Jesus, ainda hoje existem entre os judeus, aqueles que são fariseus, e são maus! Não é a estes que se destina este reino, pois também eles perecerão. O povo que restar, será de uma fé viva e inabalável, que finalmente aceitará Jesus Cristo como seu Messias.
 
Ml 3, 20 Mas, sobre vós que temeis o meu nome, levantar-se-á o sol de justiça que traz a salvação em seus raios. Saireis e saltareis, livres como os bezerros ao saírem do estábulo. 21 Pisareis aos pés os ímpios, os quais serão pó, sob a planta de vossos pés, no dia em que eu agir - diz o Senhor dos exércitos.
 
     Sim, será um tempo de liberdade verdadeira. Liberdade na alegria. Liberdade no Amor de Deus, não a libertinagem que hoje se vive. A justiça divina estará impressa nas almas, de modo que se algum desvio de conduta por acaso ocorrer, imediatamente a alma irá arrepender-se profundamente e pedir perdão. E num mundo onde todas as pessoas forem assim, jamais o Senhor deixará faltar alguma coisa.
 
Zc 9, 15 O Senhor dos exércitos protegerá Israel... 16 O Senhor seu Deus lhes assegurará a vitória. Naquele dia, o rebanho de seu povo brilhará sobre a terra como as pedras de um diadema. 17 Que felicidade! Que beleza será a sua! O trigo dará vigor aos jovens, e o vinho, (saúde) às donzelas.
 
     Com corpos glorificados, de carne espiritualizada, reinará a santidade. Então todos os alimentos também serão purificados, e extremamente nutritivos, de modo que as pessoas serão totalmente saudáveis e fortes, e manterão seu vigor até por séculos e milênios. Elas correrão por horas inteiras sem se cansar, e mesmo se locomoverão de formas ainda mais rápidas pelo poder de Deus. Não se precisarão mais de meios de transportes coletivos como hoje, e também não haverá necessidade de transportar grandes volumes. Deus irá prover tudo, de modo a facilitar as coisas. Acreditem: será fantástico!
 
Zc 12, 9 Naquele dia, procurarei exterminar todo o povo que vier contra Jerusalém. 10 Suscitarei sobre a casa de Davi e sobre os habitantes de Jerusalém um espírito de boa vontade e de prece, e eles voltarão os seus olhos para mim. Farão lamentações sobre aquele que traspassaram, como se fosse um filho único; chorá-lo-ão amargamente como se chora um primogênito!
 
     Aqui um dos mais incríveis oráculos de todas as Escrituras, aquele que confirma a conversão do povo judeu, e sua aceitação de Jesus como o Messias. Este fato é aguardado pela Igreja há milênios, porque sem a conversão de Israel e seu caminhar junto para Cristo, não haverá a vinda Gloriosa. Já explicamos em detalhes esta situação na história do Cálice, e acho que todos já conhecem. Mas as vitórias de Israel sobre os povos que os atacarem, acenderão a centelha inicial desta conversão. Como o versículo que segue..
 
Z
c, 12, 3 Naquele dia farei de Jerusalém uma pedra pesada para todas as nações: todo o que se esforçar por levantá-la, 4 Naquele dia - oráculo do Senhor - ferirei de espanto todos os cavalos, e de delírio os que montam neles. Abrirei os meus olhos sobre a casa de Judá, e cegarei a cavalaria das nações. 5 Os chefes de Judá reconhecerão em seu coração que a força dos habitantes de Jerusalém está em seu Deus, o Senhor dos exércitos
.
 
     Naturalmente que os exércitos que atacarem Israel e ali forem dizimados, saberão também que Deus está na frente de Seu povo. Tudo isso virá para sua conversão, pois Deus não ama ter que agir duramente contra seus filhos. Pois haverá grande confusão entre os exércitos inimigos. O Armagedom não está longe de acontecer, já se podem ouvir os canhões. Sim, ensaiando para o dia da batalha de Deus contra os homens.
 
Zc 10, 6 Tornarei poderosa a casa de Judá... porque eu sou o Senhor seu Deus: eu os ouvirei. 7... seu coração se alegrará, fortalecido pelo vinho; seus filhos verão tudo isso e se alegrarão, e seu coração exultará de júbilo no Senhor. 8 Vou assobiar e reuni-los, porque os resgatei; serão tão numerosos como o eram outrora... 12 O poder de Israel crescerá, graças ao Senhor, e eles andarão no seu nome - oráculo do Senhor.
 
     Quando o Senhor fala em Israel, não se refere apenas ao território atual onde vive o povo judeu, mas certamente a todo o povo de sua aliança. A pujança será geral, e em todos os continentes haverá fartura e sobra. Sinto que haverá apenas um só povo, sem mais divisões de raças nem de cor, nem separados por países ou povos. Uma linguagem só – a do amor – sendo grande parte das comunicações apenas em espírito. A felicidade geral, a alegria contagiante, o serviço pelos outros, tudo isso fará enfim que vivamos como filhos de Deus. Porque Ele será nosso único Senhor, e para sempre!
 
Zc 14, 6 Naquele dia não haverá frio nem gelo. 7 Será um dia contínuo (conhecido somente do Senhor), e não haverá sucessão de dia e noite, e a noite será clara. 8 Naquele dia jorrará água corrente de Jerusalém, metade para o mar do nascente e metade para o mar do poente; jorrará tanto no verão como no inverno. 9 O Senhor reinará sobre toda a terra. Naquele dia o Senhor será o único Deus e só o seu nome será invocado.
 
     Este texto espanta, pois é indicativo da Jerusalém celeste, como está dito no Livro do Apocalipse 21, 22 Não vi nela, porém, templo algum, porque o Senhor Deus Dominador é o seu templo, assim como o Cordeiro. 23 A cidade não necessita de sol nem de lua para iluminar, porque a glória de Deus a ilumina, e a sua luz é o Cordeiro. 24 As nações andarão à sua luz, e os reis da terra levar-lhe-ão a sua opulência. 25 As suas portas não se fecharão diariamente, pois não haverá noite.
 
     Tudo isso nos indica uma modificação planetária, indicativo realmente de uma Nova Terra, totalmente modificada, em termos de clima, de estações, também dos movimentos atuais de rotação e translação, que formam os dias e as noites. Ambos os textos falam de um dia contínuo, sempre iluminado, até porque as profecias indicam que as pessoas de então, não mais irão precisar de descanso, de dormirem, para repor o equilíbrio de seus organismos. E assim faz sentido! Muito se especula sobre a futura Jerusalém celeste, que descerá no meio dos homens, entretanto tudo ainda é meio vago. Mas será fantástico!
 
     Importante é saber que será maravilhoso, como está dito em Apocalipse 22, 3 Não haverá aí nada de execrável, mas nela estará o trono de Deus e do Cordeiro. Seus servos lhe prestarão um culto. 4 Verão a sua face e o seu nome estará nas suas frontes. 5 Já não haverá noite, nem se precisará da luz de lâmpada ou do sol, porque o Senhor Deus a iluminará, e hão de reinar pelos séculos dos séculos. Imagine-se um tempo onde teremos a presença constante de Jesus e Maria na terra, de forma visível, especialmente nos tempos iniciais, onde instruirão as pessoas sobre a nova forma de vida. Porque para todos será como acordar de um profundo sono, para uma nova e esplêndida realidade.
 
     Inimaginável esta presença divina, como diz Isaías 65, 24 Antes mesmo que me chamem, eu lhes responderei; estarão ainda falando e já serão atendidos. Quem viver, verá isso, e verá muitas coisas mais. Toda a natureza cantará hinos de louvor ao Criador, até pela presença constante de Deus no meio de seus filhos. E quando Ele promete, cumpre, porque todos estes oráculos contêm Seu selo indelével. Para o povo santo de então, está reservado um verdadeiro Céu, ainda aqui nesta terra.
 
     Juramento do Senhor que diz por Isaías 61, 11 Porque, quão certo o sol faz germinar seus grãos e um jardim faz brotar suas sementes, o Senhor Deus fará germinar a justiça e a glória diante de todas as nações. E quando Jesus voltar, assim diz Daniel 7, 14 A ele serão dados império, glória e realeza, e todos os povos, todas as nações e os povos de todas as línguas serviram-no. Seu domínio será eterno; nunca cessará e o seu reino jamais será destruído. Então sim, haverá paz na terra! Feliz de quem chegar lá!
 
Arnaldo
    


 
 
 

Artigo Visto: 1783 - Impresso: 44 - Enviado: 19

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 621 - Total Visitas Únicas: 3.222.151 Usuários online: 67