Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título
Você está em: MENU PRINCIPAL / Sinais / Com medo?




 
 
02/12/2005
Com medo?
 
Sinais - 08 Com medo?
Sinais - 08 Com medo?

2051119 COM MEDO?
 
     Tenho ainda recebi, amiúde, cartas, e-mail e telefonemas de pessoas dizendo-se com medo das coisas que estão por vir. Não resta dúvida que, dá mesmo um certo friozinho na barriga da gente, saber que tudo ainda ficará muito pior do que isto, entretanto o medo não vem de Deus. Quem coloca ainda estes rabinhos no meio da confusão é o mentiroso, o maldito pestilento e sua troupe, porque seu desejo é perturbar as mentes e deixar tristes e angustiados os corações. Neste texto quero é dizer apenas: Não tenham medo!
 
     Na realidade – já disse isso e volto a repetir – a frase quem mais tenho ouvido em todas as Mensagens de Jesus, Maria, dos anjos e dos santos, nos últimos tempos trazem dois apelos sonoros. O primeiro e mais constante é: Rezem, rezem, rezem! O segundo, que sempre se segue ao anuncio de uma grande catástrofe ou crise que se avizinha, ou se prenuncia, é: Não tenham medo! Então, quem está bem ligado nas coisas, logo faz a ponte e ligas a duas coisas: quem reza de fato, não precisa ter medo de nada!
 
     Deus o Altíssimo, nos está dando um tempo de grande prova de fé. Jesus perguntou antes de subir aos céus: Quando o Filho do homem voltar, acaso encontrará ainda fé sobre a terra? Ora, nunca tivemos um tempo tão propício para dar a Deus esta demonstração de verdadeira fé. De fato a humanidade já passou por grandes crises, graves catástrofes, grandes guerras mundiais, epidemias e doenças, também crises de fé, entretanto, nunca quanto agora, nesta reta final, onde se confrontam e se acumulam todas es tas crises juntas: catástrofes, guerras, epidemias, doenças, tudo junto a uma grande perseguição contra todos aqueles que querem permanecer fiéis.
 
     Ora, somente pode permanecer fiel aquele que acredita de forma inabalável. E a forma mais perfeita de se provar esta fé, demonstrar a Deus com toda clareza possível, de que não temos medo – só quem acredita não tem medo – é conseguir perceber que realmente nós estamos na reta final. Todo aquele que sente, que sabe, que percebe, que nota, por tudo aquilo que acontece ao seu redor, em todo mundo, entre todos os povos, raças, línguas e religiões, que se confirmam os sinais anunciados por Jesus – o Profeta Maior – também pelos antigos profetas bíblicos, e profetas atuais, já demonstra fé, porque com isso prova que conhece as Escrituras.
 
     Na realidade, somente aquele que não conhece as Escrituras Sagradas, somente aquele cujo orgulho superior suplanta ou destrói em si toda capacidade de entendimento – porque se fecha totalmente à ação do Divino Espírito Santo – não consegue atinar ou perceber estes avisos sonoros de Deus, e porque os nega sem entender, prova que já matou em si, qualquer centelha de fé.
 
     Ora, se eu for aplicar isso ao mundo de hoje, se for trazer esta perspectiva para dentro da nossa Igreja, se aplicar esta regra em relação aos altos dignitários de nossa Igreja, aos pastores do rebanho de Cristo, veremos estampado o caos. Eu não acredito que cheguem a um entre cem, aqueles altos escalões – nisso incluo todos os sacerdotes – que consegue ter a humildade suficiente para abrir as Escrituras, ler todo o capítulo 24 do Evangelho segundo São Mateus, fecha-las e dizer: Jesus está voltando! É hora de nos prepararmos!
 
     Sim, isso indica um grau elevado de morte espiritual, um estado moribundo de saber Bíblico, que na realidade tem muito mais buscado encontrar contradições na Bíblia, do que perceber o sentido verdadeiro das palavras. Eu me refiro em especial aos que buscam ali “fábulas e genealogias” – como diz São Paulo – enquanto passam de tropel sobre aquele simples “amar a Deus sobre todas as coisas”, fazendo apenas do “próximo” – sendo cada um próximo de si mesmo – e da busca do bem estar neste mundo a fúria de seus prazeres. Quem olha apenas os horizontes do próprio umbigo, quem limita
sua busca de Deus ao tamanho do patrimônio dos outros, apenas anda em volta, como burro de olaria.
 
     E pergunto: adiantaria escrever para estes? Òbvio que não! Eles zombarão deste texto, e gozarão entre risos de mofa e escárnio de quem o apresentar para leitura. Noutro dia alguém me dizia que o mundo nunca esteve tão bom, tão sem problemas, e que é assim mesmo que Deus o quer para nós. E me escrevia um sonoro:hahahahahahaha... enorme, prova de que era também grande a sua zombaria. Então lhe fiz ver que seu riso, era como o riso das hienas, dizem que a hiena “ri”...
 
     Eu lhe disse assim: veja, um animal imundo, que vive comendo carniça, mora numa toca fedorenta e cheia de pulgas, é comandado pela fêmea, para fazer amor com ela uma vez por ano só após inumeráveis dentadas, afinal pergunto: este bicho ri de que? Ó sim, como é que pode um homem conscientemente rir, zombar, de quem o alerta, tentando salvar sua alma da perdição eterna? Alguém que vive uma vida imunda, num mundo fedorento e mau, em meio a um número sem fim de desgraças, achando que assim tudo está bom? O sujeito que acha isso – que este mundo está bom assim – deve estar se acostumando à futura vida no inferno, ou a um purgatório interminável! Ou não? Isso já não mais apenas cegueira: é loucura! E quantos vivem assim? Mas nós é que somos tidos por loucos, por fanáticos e fora da realidade.
 
     Bem, mas meu desejo aqui, é escrever para os que querem ouvir. Tenho apenas a idéia aqui, de voltar a enumerar cada uma das passagens futuras, pedindo a cada leitor que depois de meditar sobre elas não mais se preocupe. Não atice mais o seu medo, nem dê mais ouvidos ao demônio. Ele gosta de perturbar, em especial aos que rezam. De fato, aqueles que não são perturbados por ele, é que já estão fazendo o que ele quer.
 
     Mas o que é que atormenta a vida de muitos de nossos leitores e amigos? Vamos falar rapidamente de alguns pontos básicos, que anuviam o futuro de alguns. A gente já antes comentou sobre tudo isso, mas aqui vai novamente:
 
01 – Arrebatamento! Muitos se preocupam de como se dará isso! Ora, o arrebatamento maior e final, se dará por ocasião do Juízo Final, quando, segundo São Paulo, iremos ao encontro do Senhor nos ares. Mas um grande arrebatamento já aconteceu e ninguém viu, nem sentiu. Jesus disse: um será tomado, outro deixado! Muitos países desaparecerão da face da terra, com a maioria de seus habitantes atuais. Entretanto, destes povos, todos os que o Senhor quer preservar, já foram levados para outras terras, já lá em seus filhos e filhas, estão em vilas que ninguém conhece, mas que passarão ali incólumes pela grande tribulação. Ou seja: estão lá e não sabem que foram na verdade arrebatados para ali! De fato, Deus não deixa as coisas para a última hora!
 
      Lembramos que, muitos dos que hoje rezam e se preparam, ficarão em seus locais hoje inseguros, até o último momento, até a proximidade da grande onda. Então a Mão de Deus os pegará, de repente e os levará a locais seguros num sopro. Ninguém deve, pois, se preocupar em correr em busca de salvação da própria pele, porque ninguém se escolhe e sim Deus quem determina. Aliás, já determinou! Não tenham medo!
 
     Um último arrebatamento deverá acontecer antes da Grande Tribulação, aonde Deus irá certamente preservar aleijados, cegos, coxos, crianças, velhos, gente que não pode se locomover e que morreria à mingua, levando-os para lugares onde serão guardados e ali não sofrerão. Depois que tudo tiver passado, na renovação das coisas, eles receberão corpos perfeitos e poderão viver uma vida maravilhosa, longe desta terra de pecados.
 
02 – Conversões! Muitos se preocupam com a conversão dos seus – aliás estes são os que mais temem – que parece não chegar nunca. Acreditem, tenham fé: todo aquele que de fato rezar por alguém, que se preocupar, amorosamente com a salvação da alma de um seu familiar ou amigo, conseguirá esta graça! Mas ela virá apenas no tempo exato de Deus, pois somente Ele
sabe a hora, nem pode ser antes nem tarde. Hora em que tal pessoa poderá suportar seu purgatório purificador e assim se salvará. Não tenham medo!  
 
03 – Família! Aqui outra preocupação fortíssima, de pais e mães, com a segurança futura de seus filhos e filhas. Vejam: estamos todos nas mãos de Deus! A preocupação exagerada é uma garra de satanás, fincada na alma de muitos. Não somos nada, não podemos nada, nossa preocupação não move um só fio de cabelo, então para que esta angustia? Se nós estamos nas mãos de Deus, eles também estarão. Ele fará o melhor! Como acima vimos, no arrebatamento, Deus cuidará de nossas crianças, de nossos filhos, até porque uma desagregação familiar violenta ocorrerá. Pais e mães abandonarão suas crianças e sairão sem rumo – muitos – porque a angustia e o terror, tomarão posse dos corações daqueles que hoje não rezam, dos que não se mantiverem em estado de graça. Não tenham medo, é o que Jesus nos pede sempre!
 
04 – Doenças! Muitos se preocupam com medicamentos, que faltarão na hora do tumulto final, com correria às farmácias em busca dos químicos. Viram o que aconteceu com as pílulas da gripe aviária, nestes dias? Um pânico total! Gente armazenando fortunas em pílulas, que sequer servem para todos os vírus. Calma! Nós temos o Óleo de São Rafael, que curará todas as doenças então, e todas as dores e feridas, de forma milagrosa e sem exceção. Basta ter fé! Basta ir fazendo aos poucos, um pequeno estoque, porque na hora poderá faltar óleo e até rosas, devido a grande seca. Façam o óleo, ou consigam de algum lugar, e se mantenham em calma. Aliás, usem desde já e comprovem sua eficácia. Ele é incrível. Não tenham medo, de qualquer doença, por horrível que seja! Quem tiver fé, com este Óleo poderoso, irá curar muitas pessoas! Sim, com calma também, tenham junto de sim um Lencinho de Nossa Senhora, ele será também muito importante nas horas finais.
 
05 – Comida! Há confidentes mandando guardar comida desde já, aliás, já o fazem há mais de dez anos. Grande bobagem o armazenar. Um verme roerá todos os armazéns. O que precisa é exercitar a partilha. Aprender desde já a repartir tudo. No momento certo e oportuno, Nossa Senhora nos prometeu que mandará as pessoas levarem um kit básico de subsistência, com produtos básicos que ela indicará, e as pessoas os levarão para os padres, mas somente para aqueles que se mantiverem totalmente fiéis à Eucaristia, e estes abençoarão aqueles alimentos. Eles se multiplicarão, milagrosamente, até o tempo em que durar a grande crise. Viram, a importância da Eucaristia? Que estiver saciado por ela, não terá falta, também, do alimento físico. Não tenham medo, não passarão fome! Não gastem com estoques de comida, porque perderão dinheiro e não servirá de nada.
 
06 – Água! Teremos uma grande seca mundial, os profetas antigos anunciam isso. Ontem a TV Globo, mostrou o coração da Amazônia, com aquela natural fartura de água, onde as pessoas estavam quase morrendo de sede. Quem imaginaria algo assim? Mas virá, e virá em toda terra. Então, nos locais onde Deus previamente já escolheu e para onde Ele já arrebatou as pessoas, sempre haverá ali uma fonte natural, onde não faltará água. E até mesmo nas cidades, em algumas casas selecionadas, até em prédios de apartamentos, também ali haverá água para os que têm fé. Os outros passarão sede! Morrerão de sede! Ou se adquire fé em Deus, ou milhões morrerão de sede! Não tenham medo! Basta estar bem ligadinho em Deus!
 
07 – Moradia! Estejamos preparados para perder nossas casas! Para sermos levados a locais onde existem poucas. Para viver em barracas, quem sabe! Não está já havendo isso em muitos países à medida que acontecem os desastres naturais? Eles chegarão por aqui também, tenham certeza disso! Ou então preparemos os nossos corações para acolher dezenas, centenas deles, na medida de nossa fé. Sim, caso nós tenhamos a graça de ter preservado nosso patrimônio, embora até este seja por pouco tempo. Não se preoc
upem, Deus conduzirá perfeitamente a todos os que O amam. Eu disse a todos que O AMAM, não a todos os que Ele ama. Deus AMA a todos, mas ajudará apenas a aqueles que O amam, entenderam. Não tenham medo de ficar ao relento! Deus proverá!
 
08 – Refúgios! Bela ilusão, grande bobagem. Já dissemos acima que Deus proverá tudo para aqueles que o amam. Já mostramos que Ele já arrebatou a maioria das pessoas que Ele quer preservar para os locais que somente Ele sabe. Temos consciência, também de que Deus não faz nada às pressas, e sim na calma e na paz. Ele age sem que nós o percebamos. Também sabemos que não será avisado para ninguém, antes do tempo certo, onde estão tais locais, isso para evitar tumulto, acumulo de gente, especialmente a especulação, com construções, vendas de casas e lotes. Então, não adianta as pessoas gastarem com estes locais. Não adianta se auto-escolher porque acontecerá exatamente como Jesus disse? Quem quiser salvar sua vida, vai perde-la! De qualquer forma, já os profetas anunciaram que estes refúgios são ilusórios. Deus os buscará lá, se quiser! Não tenham medo! Seu refugio é por hora sua casa, seu sacrário, seu cantinho de oração!
 
09 – Marca da besta! Eis outra coisa que bota medo em muitos! Vejam: nós sabemos que as pessoas já estão sendo marcadas, em muitos países, conforme está bem claro no livro do Apocalipse, capítulo 13. Mas não devemos entrar em pânico! Deus JAMAIS permitirá que alguém venha a se perder eternamente, caso tenha sido marcado pelo anticristo, na testa ou nas costas da mão direita, sem o conhecimento do sentido da marca. Falo em ser marcado sem saber do significado desta marca, e falo de ser marcado de forma forçada. Já explicamos que para esta marca de fato funcionar – para que as almas com isso venham a se perder – é preciso que a pessoa use a sua inteligência, sua vontade – cabeça, sede da inteligência – e use suas mãos – para aplicar seu trabalho, livre e consciente, em favor da besta.
 
     Caso uma pessoa seja marcada contra sua vontade, ou tenha sido enganada, ou tenha colocado pensando que era algo bom – não sabendo desta previsão apocalíptica – Deus tem o poder de não a fazer funcionar, ou JAMAIS condenará alguém devido a isto. Por outro lado, o tempo desta marca – ao que parece apenas cinco meses de ação – será muito curto, e não dará tempo aos seus satânicos projetistas de consumarem a marca de todas as pessoas. Isso acontecerá mais, apenas nos países mais avançados em tecnologia. Lá existem muitos que sabem do projeto, e conscientemente trabalham em favor dele, para escravizarem os filhos e filhas de Deus. É nisso que se constitui a verdadeira marca. Quem trabalha livremente para o anticristo, não precisa nem ter o chip implantado sob a pele, para merecer os castigos destinados a aqueles que se entregam aos planos de satã.
 
     Outra coisa que deve ser levada em conta é o custo deste projeto, e também manter a marca funcionando. Seriam necessários 6,5 bilhões de vezes 200 dólares, apenas para pagar os custos do dispositivo, isso sem contar os custos de colocação e manutenção, também os computadores e redes mundiais de controle. O homem não tem estrutura para isso, nem financeira nem de recursos humanos, além do que eles não terão tempo de implantar em todos, nem terão acesso a toda a terra. Mas muitos serão forçados a receber a marca, especialmente em países mais adiantados.
 
     Acontece que, de uma hora para outra, todos os saldos bancários, pagamentos de contas e compras de alimentos, somente poderão ser feitos por alguém que tenha o chip, senão os saldos não poderão ser movimentados. E quem não aceitar a marca, perderá seu dinheiro que ainda estiver no banco. Então é preciso deixar estes saldos lá, porque nós teremos os meios de subsistência como acima propomos, uma vez que Deus não irá permitir que sejamos obrigados a receber a marca, fato que poderá levar à perda da alma. É por isso que temos incentivado os amigos a usarem seu dinheiro de sob
ra para fazer uma boa evangelização, porque depois eles forrarão os bancos do anticristo. Ou seja: tento todas as coisas que acima apontamos, aliada a uma fé inabalável em Deus, você não precisará se sujeitar a receber a marca, e pode deixar seu dinheiro a besta.
 
     Noutro dia, um senhor me escrevia apavorado, perguntando onde se deveria refugiar, disse que para nós é fácil, porque moramos no interior, onde tem produção agrícola e água em abundância, mas ele, que faria numa cidade grande? E minha reposta foi simples: seu refugio é o Coração amoroso de Deus. Seu lar, com uma local de oração, e sua oração em família, é a fortaleza de que precisa. O estado de graça, com a confissão sempre em dia, o segredo para se apropriar de tudo aquilo que Deus tem reservado para os seus. No mais, é apenas confiar, e tudo dará certo, como acima mostramos. Sem medo!
 
     Ademais, quanto à produção agrícola, virá uma época em que as colheitas, em quase toda a terra cessarão. O mundo estará tão contaminado pelos influxos maléficos do pecado, que tudo o que der dentro da terra apodrecerá e o que produzir acima do solo não produzirá sementes nem frutos. A alimentação virá apenas da fórmula acima mostrada, de modo a permitir tudo o necessário para os filhos e filhas de Deus. Ninguém precisa temer, se estiver ligado Nele, e quanto mais amor tiver, mas fácil será sobreviver, sim, porque a vida não será nada fácil, apenas sofrível, no necessário não na fartura.
 
     Haverá, sim, muito que fazer em relação a aqueles que estarão cegos, porque agora se obstinam na teimosia. Estes não terão a mesma proteção efetiva dos anjos e dos santos, também das benditas almas, porque agora, no tempo da graça, não fazem nada para se apropriar dos méritos da salvação de Cristo, e porque os rejeitam, amanhã isso lhes fará imensa falta. Ó como baterão no peito e se lamentarão todas estas pessoas. Mas que se vai fazer, se elas não querem ver nem ouvir? Terão que sentir na pele, pois Deus não quer perder ninguém. Não foi pelo amor, será pela dor.
 
     Sempre tenho dito que acontecerão ainda coisas fantásticas com todos aqueles que hoje se entregam amorosamente confiantes ao serviço do Altíssimo. Ele não precisa de nós para coisa alguma, mas quer que assim seja, pois esta a forma de premiar a todos os que cumprem os pedidos de Deus, voltados exclusivamente à salvação eterna. Estes ainda irão ver coisas inauditas. Enquanto os cépticos e os teimosos mergulharão num calabouço de terror e espanto, os poucos fiéis poderão ver – sim de forma visível – aqueles a quem salvaram – ainda antes da Nova Terra – e será um tempo de fabulosos acontecimentos. Todo o poder inaudito de Deus Se manifestará em favor dos seus filhos e filhas. Aos ingratos, a escuridão!
 
     E quanto a quem não acredita em nada do que está aqui sendo dito? Bem, a graça é para André, não para Tomé. Acredite você – como André – sem ver! Você estará feliz e de pé, quando o Senhor vier cobrar seus talentos e separar os cordeiros dos bodes. Estes últimos estarão de joelhos e aos prantos – lamento tardio – pois sofrerão triplamente. Primeiro, porque verão seu mundo e seus impérios desabarem debaixo de seus pés; segundo, porque perceberão que tudo que fizeram para este mundo foi sem sentido eterno; terceiro, porque estarão de mãos vazias de graças, e chegarão ao tribunal de joelhos, como mendigos, a implorar por misericórdia. Estes correm sério risco, de vir a se perder.
 
     Há, porém, um sentimento que suplanta todos os medos, derrota todos os males, e aclara todos os caminhos: o Amor! Falo de algo profundo, desinteressado, divino sim, porque ligado em Deus. É preciso que todos busquemos este sentimento. Sem esperar trocas ou vantagens, amor sem limites, que brote do fundo da alma. Com ele teremos a medida cheia quando o Senhor vier, e não precisaremos ter vergonha do que fizemos.
 
     Além disso, este amor profundo e desinteressado, haverá amparar ainda milhares de pessoas que precisarão fatalmente de ajuda. Para isso, devemo
s cada vez mais nos retirar deste mundo, que passará em breve. Sim, mantendo os pés aqui, mas o coração no eterno em Deus. Só um espírito de oração e o estado de graça podem nos levar a isto! (Aarão)
 
Para saber como devemos rezar, acrescento uma pequena história em mensagem ao Cláudio, destes últimos dias. Serve para entendermos o valor desta oração profunda, e AMOROSA, saídas do fundo da alma, e sentir o fervor com o qual Nossa Senhora reza.
 
Segue descrição de Cláudio sobre a libertação de uma alma padecente:
 
Porto Belo, SC, 28 de Novembro de 2005
Capela do Pequeno Cenáculo Maria Rosa Mística  - 20,00 horas
Durante a Oração do Terço pelas Almas
 
 FERDINANDO:
 
No altar, fora colocado um bilhete com o nome de um falecido: Ferdinando. Havia morrido ontem, e os amigos gostariam de saber qual sua situação.
- Ficará no Purgatório até o dia 17 de Dezembro – disse São Miguel.
Fiquei feliz, pois não se perdera e pedi a São Miguel sua intercessão para a minimização da pena. Falou com a “Mãe”, e esta falou com Jesus, que então me disse:
- Estais rezando em grupo pelas almas e isto vos dá a graça do resgate delas, contudo,no caso de Ferdinando, este precisa pagar suas penas, porém vamos aliviá-las em um dia! Portanto, ficará até o dia 16, quando se libertará e poderá caminhar convosco na Noite da Visitação, (dia 17 ) como Santo!
Eu vibrei de alegria: um dia a menos de pena! E vi a alegria da alma... mas no momento que a vi no seu terrível sofrimento eu chorei: sua garganta estava trespassada por vários punhais que faziam escorrer imensos jorros de sangue por todo o corpo...e mesmo assim, se alegrava e sorria!
Eu chorei! Eu não pude sorrir! Eu chorei! E pedia Jesus: Realmente estas pessoas que hoje estão aqui rezando pelas almas, confiam no poder de Deus. Resgata então esta alma... Quem sabe, eu não possa fazer algo em troca de sua libertação?
Jesus balançou a cabeça, e por alguns segundos, conversou com o Pai. Eu via e chorava. Depois me disse:
- Se houver 20 Ave-Marias bem feitas, saídas do profundo do coração destas pessoas, a pena diminuirá!
Fiz menção de falar ao pessoal para pedir mais ardor e devoção. Jesus, porém disse:
- Não deves falar nada! Tudo deve ser espontâneo!
Angustiei-me! E eu chorei muito! Nossa “Mamãe” então se ajoelhou e disse:
- Filho, Eu rezarei as Ave-Marias!... *
E, diante de mim, Ferdinando deixou o purgatório...
As lágrimas não me deixaram ver mais nada!
Não pude nem agradecer à Mãe...
 
* Nunca conseguiremos? Mas é preciso tentar. É preciso somente amar!
 
 
 
 
     
 
 


 
 
 

Artigo Visto: 2509 - Impresso: 89 - Enviado: 27

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 474 - Total Visitas Únicas: 3.273.315 Usuários online: 62