Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
20/12/2006
As 7 taças da ira
 
Apocalipse - 18 As 7 taças da ira
Apocalipse - 18 As 7 taças da ira

2061218 AS 7 TAÇAS DA IRA
 
     Estamos chegando ao final do ano de 2006 e próximos de virar uma nova página dos tempos do fim. No coração de uma pequena parcela da humanidade parece aumentar o aperto e a expectativa ansiosa daquilo que está por vir. Sinto, do mais profundo do meu coração, que todos os que vivem esta expectativa, devem de fato agradecer a Deus que lhes abriu os olhos ainda em tempo de graça. Para estes a purificação está acontecendo ao poucos, devagar, sem muita dor, prova do infinito amor de Deus para com seus filhos.
 
     Mas um grito de espanto já se pode ouvir, antecipando aquele tempo futuro, onde as trombetas do Altíssimo irão soar acordando aos homens que dormem e roncam. O fato de a maioria da humanidade não perceber a realidade, não conseguir discernir estes tempos em que vivemos se pode explicar em duas fontes: 1 > Se Deus permitisse que soubessem agora da realidade, muitos entrariam em pânico e poderiam vir a se perder, e Deus que salvar a todos; 2 > Com isso Deus dá mais chances a satanás, para que depois não reclame por não ter tido condições de vencer ao homem, e a Deus.
 
    Para os que percebem a brutal realidade de nosso tempo, não precisamos explicações maiores. Trata-se de uma quase loucura coletiva, que atinge países e povos, algo que vai além do inaudito, porque na outra ponta não consegue mais chocar aos que dormem. A brutalidade de tantas ações humanas, não consegue mais chocalhar as pessoas para que acordem, enquanto é tempo, para que reajam enquanto há tempo. Um espírito de torpor invade as massas insanas, e não existe argumento capaz de fazê-las entender, que o mundo está mal, que não é normal, e que está próxima a intervenção de Deus.
 
     Entretanto, ninguém poderá alegar ignorância das coisas. Mesmo que as massas hoje se mantenham na cegueira, não podemos dizer que ela provém de uma obrigação imposta por Deus, e sim todos continuam tendo inúmeras chances de se preparar. Porque Deus não cessa de mandar sinais, e cada vez mais fortes, anunciando a chegada do Dia do Senhor, aquele que chegará de improviso sobre os habitantes da terra. De improviso para os filhos de Caím, para os renegados, para aqueles que não querem ouvir. Afinal, estão aí as trombetas dos profetas, anunciando a chegada do Reino, pelos sinais que o antecedem.
 
     Em por toda parte Deus tem suscitado estes profetas, provavelmente em todos os países – porque não conheço todos, mas certamente ninguém está fora – e nos últimos meses tenho percebido um soar uníssono do diapasão de todos eles. Aumentou o som das vibrações, e todos eles passaram a anunciar a proximidade do dia da Ira divina, em verdade um tempo onde Deus irá intervir na história humana, pondo um basta em sua loucura. Ele fará isso devido ao Seu incomensurável amor, não por mérito nosso e só, quem sabe, apenas pela intercessão contínua de alguns poucos dos seus filhos.
 
     Tudo leva a crer que o ano de 2007 será o ano inicial do grande e último estertor. E por aqui quando a Mãezinha nos pede para vivermos bem este Natal, em família reunida, deixa no ar a certeza de que este será o último bom Natal, e que o do próximo ano, já será dentro da tribulação maior, com separação das famílias. O palco disso tudo está montado! Os agentes de preparação apenas acertam os detalhes finais. E se tudo se concentra para acontecer num breve tempo. E é certo que para se cumprirem todas as palavras das Escrituras, ai
nda muito sangue humano escorrerá pela terra.
 
     Parecerá ao incauto que falar em volumes tais de sangue, possam vir a ser uma crueldade de Deus, entretanto o Pai Criador nada tem a ver com isso, e acima de tudo não é obrigado a intervir nas decisões humanas. Deus não é Pai para evitar a loucura dos homens, pois nos criou livres. O derramamento de sangue é decisão exclusiva do próprio homem, a mais bestial e cruel de todas as criaturas. Sim, quero dizer que já hoje em toda a terra escorre tanto sangue, que cega de todo as multidões. Exemplos?
 
     Calcula-se que em toda a terra, acontecem mais de 180 mil abortos por dia. Quanto sangue isso conta? Na Índia, matam-se diariamente sete mil meninas em média, por abortos em estágio já avançado. E tudo isso é sangue humano que escorre pela terra. Imaginem então na China, quantas meninas são assassinadas todos os dias, quando se sabe que existem províncias chinesas onde a proporção de adultos já é de sete homens para uma só mulher. Isso está provocando um verdadeiro canibalismo, com a conseqüente explosão da AIDs, já quase incontrolável. E vai assim, por toda a terra.
 
     Nos Estados Unidos, são mais de 4 milhões de abortos por ano. No Brasil chega-se bem perto disso. E em dezenas de nações as casas legislativas tratam de criar leis que permitem o aborto, algumas em qualquer fase, até mesmo uma hora antes de a criança nascer. Nada mais cerca a loucura dos homens! Eles assinam com canetas de sangue, o decreto do fim da raça humana, e nada consegue fazer parar a fúria com que satanás dirige os movimentos que pugnam por esta causa. Mesmo que a Igreja se levante contra isso, sua voz já não é mais ouvida. E infelizmente milhares de pastores já calaram suas vozes, se dão por vencidos, e morrem junto um pouco, com cada criança que morre.
 
     Mas o aborto em si não é tudo. O mais repugnante de tudo isso, é o comércio maligno de partes destas crianças abortadas, que encontram mercado seguro e milionário junto aos laboratórios e pesquisadores. Partes despedaçadas destes pequeninos são separadas e acondicionadas, e partem das “câmaras de tortura”, para estes macabros “centros de pesquisa”. Fala-se até que na China, os condenados a morte e mesmo pessoas comuns, estão sendo mortos como vermes, e seus corpos em pedaços sendo vendidos para pesquisas. Isso se configura num reino de abutres carniceiros, sobre o qual o braço do Altíssimo pesará. Porque a taça da ira está cheia! É imensa a maldade dos povos!
 
     Na ponta dos suicídios não é diferente. No Japão, uma nação de primeiro mundo, já as autoridades não conseguem mais sustar a verdadeira avalanche de jovens que parte para o suicídio, porque suas vidas perderam o sentido. Fala-se muito que a cultura, o estudo, é a chave da felicidade dos povos, mas as mais de 44 mil pessoas que se suicidaram neste ano no Japão falam bem o contrário. E não somente lá: na Suíça, aquele “paraíso” de paz e tranqüilidade, aumenta o turismo voltado para o suicídio, porque aquele país já não criminaliza a assistência a este ato, desde que a ação não seja cometida por egoísmo.
 
     Então já existe lá uma associação civil, voltada a assistência a estas pessoas, que em tais ambientes encontram formas de se matar livremente, tal que acontecem dias de uma verdadeira carnificina, especialmente de turistas alemães. Mais um país então, tido como de primeiro mundo, onde as pessoas perdem o sentido da vida, e optam pela fuga desta vida, atentando contra ela. Toda esta verdadeira indústria da morte cresce em forma de avalanche, e simplesmente faz submergir todas as nações. Sangue sobre sangue! Já não se acham meios de frear as pessoas, então leis humanas tentam justificar o injustificável diante de Deus. Eis porque o homem busca tanto livrar-se Dele.
 
    
Tudo isso tem uma ou múltiplas conseqüências, e é evidente o desequilíbrio que isso provoca nas populações. China e Índia precisam de espaço vital para colocar seus filhos, e o excesso de jovens cria um natural caminho, verdadeira exigência de guerra. Eles irão buscar eliminar este excedente masculino, mais dia menos dia, porque não existe nação que suporta ouvir por muito tempo os gritos de todos estes abortos, destes assassinatos. A própria natureza animal do homem, encontrará formas de eliminar o excesso.
 
     Acontece, por exemplo, com os gnus da África. No ano em que a população deles aumenta demais, o instinto os leva a buscar passagens de rios mais difíceis, com rampas elevadas, e pontos mais infestados de crocodilos, de modo a morrem tantos que coalham as águas. Ora, o controle nos homens é feito pela Eterna Sabedoria, que faz manter o equilíbrio de uma forma natural e não compreendida pelo homem. E justamente por não compreender isso é que o ser humano extrapola, chegando ao absurdo de pensar que precisa mesmo eliminar partes da população, em nome do controle populacional.
 
     Estes são apenas alguns aspectos que mostram o avanço de uma catástrofe, da qual é impossível determinar a dimensão. Ela terá origem no próprio homem mau, que planeja eliminar pelo menos 5/6 partes da humanidade atual, para o que se utilizará de todos os meios. Guerras, vírus e bactérias, fome, sede, assassinatos, perseguição e tudo aquilo que permita eliminar as massas, sem, contudo por em risco as classes dominantes.
 
     Naturalmente que Deus não dorme. Este é talvez o maior engano do homem moderno: achar que Deus não age, quando Sua ação é contínua. E age em forma de avisos, que já estão por milênios estampados nas Escrituras, em especial no livro do Apocalipse de São João. Não somente isso, Deus ainda, em Sua misericórdia infinita, vem explicar aos homens o significado deste livro cifrado, e o faz através dos seus profetas. E nestes casos, gosto de consultar o livro do Padre Gobbi, onde no ano de 1989 a Mãezinha explicava seu significado. Estão em curso as sete taças da divina ira. Vejamos o que está escrito no...
 
     Apocalipse 15, 5 Depois disso, eu vi abrir-se no céu o templo que encerra o Tabernáculo do Testemunho. 6 Os sete Anjos que tinham os sete flagelos saíram do templo, vestidos de linho puro e resplandecente, cingidos ao peito com cintos de ouro. 7 Um dos quatro Animais deu-lhes então sete taças de ouro, cheias da ira de Deus que vive pelos séculos dos séculos. 8 Encheu-se o templo de fumaça provinda da glória de Deus e do seu poder. E ninguém podia entrar, enquanto não se consumassem os sete flagelos dos sete Anjos.
 
     Notemos somente que isso não se refere a uma ação súbita, que acontecerá qualquer dia destes, e sim algo que se processa ao longo dos tempos, e há décadas cumpre esta visão profética. E nem tudo está se cumprindo ainda, porque alguns flagelos dependem de outros. Tudo, porém é fácil de entender seguindo as instruções da Mãe:
 
     Apocalipse 16, 1 Ouvi, então, uma voz forte saindo do templo, que dizia aos sete Anjos: Ide, e derramai sobre a terra as sete taças da ira de Deus. 2 O primeiro, portanto, pôs-se a derramar a sua taça sobre a terra. Formou-se uma úlcera atroz e maligna nos homens que tinham o sinal da Fera e que se prostravam diante de sua ima
gem.

 
     Este primeiro flagelo tem afetado o homem nos últimos trinta anos, e segundo ela disse ao Padre Gobbi a chaga maligna é a AIDs que vem para castigar a fera, que pugna pela causa gay em todo o planeta. Quanto mais furiosa é a ação de certas pessoas na direção de aprovar o pecado da prática homossexual, mais aumenta este flagelo, que se expande também nos diferentes tipos de câncer, cada vez mais malignos e incuráveis. E virão novas doenças, vírus e bactérias mortais, em pandemias horrendas! Só começou! É apenas um aviso! O homem não faz idéia do que suas mãos preparam!
 
     3 O segundo derramou a sua taça sobre o mar. Este se tornou sangue, como o de um morto, e pereceu todo ser que estava no mar.
 
     Este flagelo é crescente e seguirá até uma explosão final. A atividade humana tem afetado negativamente todos os oceanos da terra, de modo a causar desequilíbrios que já são incontornáveis. E à medida que estes desequilíbrios aumentam, refletem na terra, alterando todo o clima. De fato, a alteração de apenas um 1º na temperatura do mar, pode refletir em até 10º a temperatura da terra, para mais ou para menos. Além disso, o aquecimento do mar está provocando a morte dos corais, que são verdadeiras barreiras de proteção das costas marítimas. Também morrem milhares de espécies devido a isso, ao tempo em que outras se expandem alucinadamente, o que logo se tornará em caos. 
 
     4 O terceiro derramou a sua taça sobre os rios e as fontes das águas, e transformaram-se em sangue. 5 Ouvi, então, o anjo das águas dizer: Tu és justo, tu que és e que eras o Santo, que assim julgas. 6 Porque eles derramaram o sangue dos santos e dos profetas, tu lhes deste também sangue para beber. Eles o merecem. 7 Ouvi o altar dizer: Sim, Senhor Deus Dominador, são verdadeiros e justos os teus julgamentos.
 
     Também devido a ganância do homem e a sua hiperatividade em busca da riqueza, toda a terra está sendo conspurcada por produtos químicos, venenos aos milhares, tudo coisas que estão afetando o regime das águas e fontes. Pode-se observar facilmente que nos últimos 40 anos houve uma brutal transformação do solo, que se reflete na água. As águas potáveis do planeta somem visivelmente, e se considera que menos de 5% das reservas ainda são completamente puras. Mas chegará o dia em que virarão sangue!
 
     8 O quarto derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe dado queimar os homens com o fogo. 9 E os homens foram queimados por grande calor, e amaldiçoaram o nome de Deus, que pode desencadear esses flagelos; e não quiseram arrepender-se e dar-lhe glória.
 
     Mais um elemento que está em completo descontrole, e isso se nota facilmente. De fato, o sol tem queimado como nunca, não somente isso, as temperaturas de todo planeta tem sido afetadas, de modo que desaparecem rapidamente todas as geleiras da terra. Além disso, o calor tem atingido níveis jamais vistos e especialmente na Europa o clima está em parafuso. Os invernos se mudam em outonos, e os verões se tornam suplício e milhares morrem de calor. A ciência fala que em aquecimento global, e catástrofes para daqui a 20 anos, se esquece de que o estrago está vindo em progressão geométrica. Está para explodir o caos, e isso pode ser em
menos de um ano
.    
 
     10 O quinto derramou a sua taça sobre o trono da Fera. Seu reino se escureceu e seus súditos mordiam a língua de dor. 11 Amaldiçoaram o Deus do céu por causa de seus sofrimentos e das suas feridas, sem se arrependerem dos seus atos.
 
     Acredito seguramente que este flagelo se dará em vista da aplicação do chip debaixo da pelo, conforme está em Apocalipse 13, a marca da besta. Ela está efetivamente pondo sua marca nas pessoas incautas, e não se descarta a possibilidade de alguma praga vir a atingir somente aos que se deixaram marcar, não por vingança de Deus, mas para que se convertam. Entretanto, está dito que eles não se converterão. Então virão novas pragas!  
 
12 O sexto derramou a sua taça sobre o grande rio Eufrates, e secaram-se as suas águas para que se abrisse caminho aos reis do oriente. 13 Vi (sair) da boca do Dragão, da boca da Fera e da boca do falso profeta três espíritos imundos semelhantes a rãs; 14 são os espíritos de demônios que realizam prodígios, e vão ter com os reis de toda a terra, a fim de reuni-los para a batalha do Grande Dia do Deus Dominador. 15 (Eis que venho como um ladrão! Feliz aquele que vigia e guarda as suas vestes para que não ande nu, ostentando a sua vergonha!) 16 Eles os reuniram num lugar chamado em hebraico Har-Magedon.
 
     Sem dúvida este é o flagelo da 3ª Guerra mundial. Nós já sabemos que interessa ao anticristo provocar uma crise global, porque sem isso não poderá apresentar seu plano de “salvação”, na verdade sua férrea e assassina ditadura. A crise certamente terá início pelo lado financeiro, com a quebra mundial das Bolsas, criadas especificamente para este fim: falir o mundo! Com a quebra das bolsas, a corrida aos bancos é inevitável. Com a corrida aos bancos, a falência destes é questão de semanas, porque não terão condições de honrar seus depósitos, e assim as populações em fúria se encarregarão de por em curso as guerras civis. Com a quebra do sistema financeiro, caem junto as empresas dele dependentes, e falindo estas seguem junto os governos e as instituições, especialmente os sistemas de saúde e aposentadoria. (E virá o tempo do Óleo de São Rafael!)
 
     Em verdade o demônio já tem nas mãos as rédeas de como conduzir o caos, mas não tem força para freá-lo. Só Deus a tem! Imaginem estes milhões de aposentados, pensionistas, funcionários e outros que dependem exclusivamente dos governos, não tendo mais recursos. Também os empregados, pois empresas falidas não têm dinheiro, e não pagam impostos. Portanto está pronto o gatilho de uma falência generalizada, que levará em especial as nações que aprovaram o aborto, às guerras civis. Destas para uma hecatombe nuclear, vai um passo. A crise virá do Oriente, qualquer um sabe disso!
 
17 O sétimo derramou a sua taça pelos ares e saiu do templo uma grande voz do trono, que dizia: Está pronto! 18 Houve, então, relâmpagos, vozes e trovões, assim como um terremoto tão grande como jamais houve desde que há homens na terra. 19 A grande cidade foi dividida em três partes, e as cidades das nações caíram, e Deus lembrou-se da grande Babi
lônia, para lhe dar de beber o cálice do vinho de sua ira ardente. 20 Todas as ilhas fugiram, e montanha alguma foi encontrada. 21 Grandes pedras de gelo, que podiam pesar um talento, caíram do céu sobre os homens. Os homens amaldiçoaram a Deus por causa do flagelo da saraiva, pois este foi terrível.  

 
     Esta sétima taça na verdade se refere à monumental destruição que acontecerá em todo o planeta. Como já explicamos a bondade divina terá de intervir para frear a loucura humana, e durante a Guerra, antes que o homem, com suas bombas atômicas, acabe por inviabilizar a vida na terra, Deus se obriga a agir com o Aviso, e com o primeiro astro que lhe é concomitante. Este primeiro astro, aliado aos fenômenos provocados pelas três bombas atômicas que serão detonadas, irão transtornar a vida no planeta, esfacelando a terra e chegará enfim aquele dia em que os vivos invejarão os mortos.
 
     Efetivamente, o impacto do astro deverá tirar a terra para longe de sua órbita original, até mesmo inclinando seu eixo para a horizontal. Imagine: neste caso as regiões desérticas virariam pólos, e os pólos virariam desertos. Naturalmente que o esfacelamento dos continentes, provocará uma desastrosa alteração das correntes marítimas, que são até cem vezes mais poderosas que os furacões. Estes se elevarão nos ares, como força redobrada, varrendo áreas do planeta onde nunca aconteciam. Na realidade, todos os elementos se irão revoltar contra a maldade humana, de tal forma e violar todas as leis que os regem. E o homem nunca viu, nem verá jamais algo semelhante!
 
     Tudo isso provocará uma drástica modificação no clima do planeta. O primeiro efeito é a quebra do regime das águas, que desaparecerão das nascentes, pois tudo estará “de cabeça para baixo”. Faltando água, acontecerão secas alarmantes em muitos lugares, ao tempo em que a fúria solar fará evaporar mares e lagos. Isso, naturalmente, que irá se refletir nas tempestades, que acontecerão de forma nunca vista. Milhares de vilas e cidades que restaram da guerra e da deflagração do astro serão engolidas pelas enchentes e avalanches, pois poderá chover por até meses seguidos em alguns lugares.
 
     O versículo 21 acima, fala de chuvas de pedra de um talento, que significa 36 Kg. Já falei nisso em outros textos, e afirmo: assustador! As pedras chegam a enterrar no solto, e passam pelos telhados e lajes das casas, como balas. Tudo fruto do desequilíbrio de todo o clima. Ora, estas coisas fatalmente dizimarão as colheitas, porque sem os ciclos e as estações, as plantas perdem seu sentido natural, e acabam negando fruto por florirem em tempo errado, e frutificarem de forma temporã. E se acabarão as safras! Pense nas massas de povos restantes, esfaimadas! Eles acabarão por devorar-se! Isso é bíblico!
 
     Porque, a fome e a sede matarão tantos milhões de pessoas, que durante muitos meses a terra estará coalhada de cadáveres e a putrefação será geral, misturando corpos de animais, aves e homens. Eis o tempo dos lencinhos de Nossa Senhora. O profeta Ezequiel diz que os homens que restarem levarão sete meses para enterrar todos os cadáveres, e que com eles aterrarão vales inteiros. Imaginem o horror!
 
     Neste ponto ao leitor poderá bradar: e onde está Deus? Por que Ele permite isso? Ora, Deus não existe para tolher a liberdade do homem, mas para deixá-lo livre! E é sim, preciso que tudo isso venha a acontecer, para que os homens e mulheres restantes percebam a imensidão de sua loucura, e o que significa de fato ter dado um grito de liberdade contra seu Criador. Nós já mostramos que acontecerá com o homem, como aconteceu com Lúcifer e seus seguidores. Eles deram um grito de rebeldia, e se atiraram livremente no inferno! Pois bem: o homem fará o mes
mo! Levará sua liberdade até o extremo, e esta será a sepultura da maioria. A louca liberdade!
 
     Então ficará bem claro para todos os que restarem, para eles e as gerações futuras, que não devem se revoltar contra o Autor da Vida, porque sem Ele o homem caminha para a morte. O que as profecias atuais nos avisam é que neste ano que se inicia, talvez depois da metade do ano, já teremos os primeiros sinais de que as últimas duas taças da divina ira estão prestes a serem derramadas. E sempre o sinal que nos é apontado é o Santo Padre, o Papa Bento XVI. Quando ele se afastar da Igreja, Deus permitirá ao anticristo e ao seu exército que acendam o estopim da guerra. Esta abrirá caminho na atmosfera para a entrada do astro... E será mudada toda a face da terra.
 
     Mas se pergunta: acaso o Pai permitirá que estas coisas aconteçam com intensidade igual para todos? Óbvio que não! Os que já hoje são fiéis, os que rezam aqueles que lutam pela conversão dos seus, aqueles que levam esta mensagem de alerta aos povos e como outros profetas cumprem a missão de semear, estes já sofrem a purificação hoje, no dia a dia. Sofrem carregando a sua cruz, e junto a cruz de milhares! Milhares que as deixam agora na beira do caminho, e vivem no bem bom. Mas não se chega ao Céu sem a cruz. Então, estes que não rezam, não escutam, não vêem mais nada por conveniência, e os que ainda ousam escarnecer, estes carregarão suas cruzes no olho do furacão.
 
     O que será terrivelmente mais difícil. Porque então não haverá ninguém para ajudar, uma vez que todos estarão ocupados com suas próprias vidas. Cada um hoje dimensiona a cruz que levará no Calvário. Aqueles que hoje aparam as arestas, que com seu esforço e trabalho em prol do Reino cumprem sua parte, acabam afinando o diâmetro de suas cruzes, de modo a ter pouco, ou nada para carregarem quando vier a tempestade. Ai dos maus, que então estiverem sobrecarregados de pecados: serão esmagados por eles! Não terão como correr. E as avalanches, as tempestades e as ondas os submergirão.
 
     O que hoje Deus oferece a todos, é a oportunidade de diminuir nossas cruzes, porque virá o dia em que cessará a graça, para dar lugar a Justiça. Nenhuma pessoa ficará sem subir seu Calvário. Uns carregam pequenas cruzes por longo tempo, outros as levarão pesadas, por curto tempo. Que sejamos contados entre os primeiros, pois dificilmente algum dos portadores das pesadas, chegará vivo ao cume da montanha. Temos ainda um tempo de lhes retirar o peso, a oficina é o confessionário. Por ali começa, e segue pela via da oração! Ela dá asas ao homem, para que possa voar até por sobre a tempestade!
 
     Feliz de quem já hoje carrega pesadas cruzes! E que as aceita em sufrágio pelas suas faltas! A estes, Deus virá em socorro, e para tanto tem preparado locais onde acharão refúgio. Os anjos os conduzirão para ali, onde se verão rodeados de tormentas, mas estas não os atingirão. Também haverá ali alimento e água, na justa conta e medida para todos. Porque haverá ali a luz de um Sacrário, e nele o alimento da Vida Eterna, Deus Vivo!
 
     Tudo isso meus amigos, parece um sonho, mas é a mais pura realidade! De fato, é algo para os que acreditam! A estes a glória, a estes a proteção e a salvação. Aos outros virá o Dia do Senhor como um ladrão. Virá para as noivas imprudentes! Virá para aqueles que não oram nem vigiam, para não caírem em tentação! Estes não estarão na Nova terra!
Arnaldo


 
 
 

Artigo Visto: 2617 - Impresso: 57 - Enviado: 48

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 138 - Total Visitas Únicas: 3.178.209 Usuários online: 40