Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título
Você está em: MENU PRINCIPAL / Montanha / A mentira




 
 
24/03/2006
A mentira
 
Montanha - 16 A mentira
Montanha - 16 A mentira

2060323 A MENTIRA
 
     "Sim, sim, Não, não, porque o que passa disto é de procedência maligna" (Mt. 5:37). Trocaram a Verdade de Deus pela mentira ... (Rom 1:25)
 
     Nós – certamente – já escrevemos bastante sobre a Verdade, porque Deus é a Verdade única e profunda, imbatível e inatacável. Longe de Deus não se encontra a Verdade, e tal é que, quanto mais os homens se afastam de Deus, mais mergulham na mentira, na fantasia, que é a ilusão de uma pretensa  realidade. De fato, nós trocamos toda uma vida de alegrias e de prazeres inauditos em Deus, pela farsa monumental de satanás. Não sei se já pensaram nisso, mas dele, como “pai da mentira”, só pode vir a mentira, seja por palavras, seja por atos, por ações, e até relações comerciais, países, empresas, pessoas...
 
    Vamos começar pelas coisas pequenas. Dizem as estatísticas – mentirosas – que mentimos pelo menos uma vez a cada cinco minutos de conversa. E não precisam ser mentiras grosseiras e diretas. Mas algo assim: você está bonita hoje.. quanto não está! Ou obrigado pelo presente... quando o achou mixuruca. Ou ainda: não rezei hoje, por causa das visitas... quando foi por preguiça! Pior ainda: rezei todas as orações da Anistia... quando esqueceu! Mentirinhas?... O fato é que o simples efeito de achar desculpas furadas para se livrar de situações que nos embaraçam, já é uma pequena mentira... que pode levar a maiores, quando Jesus disse bem claro: vosso dizer seja sim, e não!
 
     Um ditado perfeito diz assim: “toda meia verdade, é sempre uma grande mentira”. E se nós aplicarmos isso ao parágrafo acima, veremos que esta é uma realidade perfeita. Nós, constantemente, somos tentados a empregar meias verdades, no tratar com as pessoas, até pensando numa ingênua forma de não ferir, de não a magoar. Mal sabemos que não magoando a pessoa, magoamos a Deus, que é Verdade maiúscula e única, e Nele não existe mentira. Jesus, nunca falou meias verdades, sendo Ele próprio a Verdade. Nunca contornou situações para agradar a ninguém, apenas disse: sim, ou não!
 
     Diz um outro ditado assim: "Aquele que não conhece a verdade é simplesmente um ignorante, mas aquele que a conhece e diz que é mentira, este é um criminoso." Ora, por este prisma, eu pergunto: qual dos dois lados encontra na humanidade o maior número de adeptos? Pergunto agora de outra forma: Qual dos dois lados comanda o mundo, o daqueles que não conhecem a Verdade e engolem a mentira, ou o daqueles que, sabendo da verdade, dominam pela mentira? A resposta é um só em síntese: existe hoje um imenso batalhão de comandados, por um reduzido número de mentirosos.
 
     Jesus, no Evangelho falou claramente que os filhos das trevas, são mais espertos que os filhos da luz. E são! Não somente são mais espertos, como são mais ousados, mais dinâmicos, mais ativos, mais vivos – porque verdadeiros renegados – e estão sempre prontos a operar vantagem, seja em que circunstância for. Os filhos das trevas, por exemplo, não teriam vergonha de negociar durante um enterro, enquanto isso, os filhos da luz, estarão aos prantos sentidos, acompanhando o féretro. Odiosos, mas espertos. Espertos para este mundo! Espertos e obedientes ao seu pai, o mentiroso!
 
     Nós vivemos em mundo mergulhado na mentira. E o profeta diz: dizei-nos mentiras! Contai-nos fantasias! É isso que o povo quer. E são bilhões de mentiras diárias. Na realidade, como já muitas vezes mostrei nos artigos, a grande mentira é aprendida nas escolas – da mentira – porque as nossas crianças são exatamente obrigadas a aprender o que é mentira. A história inteira é na realidade mentira... contada pelos vencedores. A arte é mentirosa, porque distorce a realidade esplendida da obra do Criador. A ciência
é mentirosa, porque se baseia em falsos pressupostos, pois esta simples realidade que nossos parcos sentidos captam, é virtual, e portando enganosa: uma mentira, portanto!
 
     Já mostramos em um artigo anterior, que por 140 anos nossas escolas ensinaram a teoria da evolução de Darwin, e agora descobriram que ele mentiu. Na realidade, neste tempo todo esta mentira foi útil para os mentirosos que governam e montam currículos, porque lhes interessava apenas tirar Deus do processo criador da vida. Agora buscam outra teoria mentirosa, para enganar mais algum tempo. Esta teoria da evolução é de fato um dos maiores absurdos, jamais inventados por qualquer cérebro humano, porque a vida terrena começa com a matéria inanimada, e a matéria começa com o primeiro átomo. Quem o fez? De onde veio? Mas, já falamos nisso.... Hoje fiquemos em outras mentiras!
 
     Diz outro ditado assim: “Quanto maior for a mentira, mais pessoas acreditarão nela”. E isso é exato! Porque a mentira é baseada sempre numa realidade virtual, aparente, que engana e ilude, aos falhos sentidos humanos. Ela parece ser verdade, e colocada de forma camuflada, com certeza apetece bem mais ao homem segui-la. Ou seja: os homens preferem seguir a mentira, porque é o caminho mais fácil, quando Jesus diz: sigam pela difícil porta estreita! Desta forma, os ardilosos planejadores de Lúcifer, o grande mentiroso, asfaltam os caminhos do mundo com mentiras, e sobre elas caminham os carneiros idiotas: Nós, a grande maioria da humanidade! Por isso – por exemplo – a maioria ainda continua acreditando que temos um bom governo, que está realmente preocupado com o povo. Mesmo com os bancos lucrando 42 bilhões de reais...Num ano!
 
     Nós sabemos que a matemática é a única ciência exata. Mas pela matemática, temos sido obrigados a engolir dilúvios de mentiras. Estatísticas furadas e manipuladas pelos mentirosos governantes, números que subvertem a realidade e escondem a verdade. Toda a matemática moderna, é uma falácia mentirosa, que rouba anos de estudos de nossos filhos, não serve para nada, emburrece, e enlouquece e embrutece as crianças. É uma fábrica de paranóicos e estressados. Não serve para nada na vida do homem comum. Eu sofri com isso, todos os meus filhos continuam sofrendo com esta mentira. Mas quem, nesta sociedade de cordeiros, se levanta contra este artifício maligno? Esta mentira falaz, em nome da “cultura”? Outra mentira – cultura – para que serve esta porcaria no Céu?
 
     Outro dístico diz assim:  “Um povo de cordeiros sempre terá um governo de lobos”. E nós somos sim, cordeiros imaturos – e burros – sendo levados ao matadouro pelas forças que nos governam, e nos dominam, e nos querem afastar para sempre de Deus. Porque só Deus é a Verdade, e eles não a suportam. Não O suportam! O mundo inteiro está bem assim, sendo dominado por uma cada vez menor parcela de conspiradores, que têm na mentira o seu maior trunfo. E fazem dela seu triunfo! Eles mentem e mentem, e o mundo acredita piamente. Se um dia o vierem a saber e a sentir que foram enganados, será tarde. Serão escravos dos mentirosos que os conduzem! Porque somente os escravos da mentira, aceitam pacificamente o mensallão e as absolvições corruptas! Somente os escravos da mentiram aceitam que Lulla não sabia de nada. Ele faz uma despesa de trinta mil reais, esqueceu de pagar, e não sabe quem pagou? Será por isso que neste nosso país, exigem curso secundário para gari, e não o mesmo para Presidente?
 
     Poder-se-ia dizer aqui outra frase: “Quem controla a mídia, dosa a mentira”. Ou seja, ela pode – e eles sabem que deve – ser administrada a conta-gotas, senão engasga até na garganta dos mais néscios. Se a Verdade maiúscula circulasse na mídia, ela não estaria nas mãos das mesmas pessoas – do mesmo grupo de dominadores – e o mundo trataria de ter pelo menos uma fonte isenta e confiável. Como todas mentem – porque apresentam a público apenas a face que casa com seus interesses – obtém sucesso po
r causa da repetição contínua da mentira. Da distorção da verdade! Da distração, e do desvio do povo, para longe da realidade E com isso conduzem os homens para o matadouro, como carneiros idiotas. Porque somos exatamente isto: idiotas! E carneiros!
 
     Outro ditado ainda, diz assim: “Um povo ignorante é o instrumento cego de sua própria destruição”. Ora, isso aqui tem um efeito prodigioso, e se aplica sem dúvida a esta pobre e cega humanidade, que trilhando sobre caminhos de mentira, vivendo a mentira, bebendo a mentira, realmente se atira cega, no rumo à destruição. Ela é pega na própria – mas pretensa – sabedoria. Que a conduz à barbárie! A humanidade está indo inteira para a ruína, porque escolheu satanás – o mentiroso por excelência – como deus. E satanás não sabe falar a verdade. Tudo o que vem dele e de seu reino é mentiroso, é mentira, embora tantas vezes apresente uma face de verdade. É impossível ao demônio o não mentir. E todos os que o servem, agem da mesma forma: mentem! Impossível que não sejam também mentirosos, pois estes nunca servem a Deus. Até porque, se satanás administra os bens deste mundo, dá-os em escala apenas aos seus servidores.
 
     Isso casa perfeitamente com outro ditado que diz: “Longe de Deus, existem apenas dois tipos de pessoas: os que pensam que sabem, e os que sabem, porque pensam! Mas cuidado: se os primeiros são tolos, os segundos mentem”. Mas com certeza, os primeiros obedecem, os segundos mandam! Na realidade, isso separa os mentirosos lobos que comandam, e mostra que todos os governantes e dominadores deste mundo, sempre mentem. Eles nunca revelam seus reais objetivos – pois vivem a mentira de si mesmos – porque todo interesse que domina a terra – verdadeiramente – é sempre e somente o financeiro, é a exploração desavergonhada dos tolos pelo poder, e pela dilapidação de muitos, em favor de poucos. Os que dominam, vivem pois, sempre – todos – longe de Deus, pois este manda repartir, não roubar e nem mentir.
 
     Mas mostram ao mundo uma face bonita entretanto se pode dizer assim: “Toda verdade passa por no mínimo três estágios. Primeiro, ela é ridicularizada. Segundo, ela é violentamente combatida. Terceiro, é aceita como sendo auto-evidente." Já mostramos este ardil da besta, para enganar os povos. Mas esta verdade que o provérbio indica, não é aquela de Deus, porque a Verdade em Deus, fica apenas no primeiro estágio: é sempre combatida pelos agentes das trevas! Mas no fato do ditado, quando os dominadores nos querem enganar, realmente agem daquela forma. Mostram a sua verdade. Se as pessoas reagirem, retiram e calam. Depois a apresentam de novo, e então as pessoas ficam furiosas. E quando menos se espera, todos cansam de combater, e aceitam como a besta quer. Eis a mentira funcionando como mola mestra dos governos!
 
     Porque agora bem outro ditado, não menos certo que diz assim: "Para que o mal triunfe só é necessário que os homens bons não façam nada". Este ponto, contém uma grande verdade, principalmente em meio a este mundo corrupto que montamos para os nossos filhos e filhas. O grande trunfo dos mentirosos governantes, é insistir tanto na mentira, até que os bons deixem de lutar. Até que eles achem que, por exemplo, o governo Lula é bom e nem poderia haver melhor. Sim, da mesma forma como outro ditado – muito errado por sinal – diz: “Depois de acostumar, até no inferno é bom”. Este ditado deve ter sido inventado porque quem mente! Nem Lúcifer – se disser a verdade – diz isso! Mas os que acreditam em Lulla sim! Como ele – perdão aos pobres que se obrigam a comer isso – comeram mandacaru demais, e prejudicaram seus neurônios. E deu-se um caso perdido! Mas quer se reeleger! Comer patos é melhor! Isso aprendeu!
 
     Porque também se diz: “Quando a mentira cresce, a verdade desaparece”. Para isso mostram estatísticas mentirosas, furadas, e os cordeiros acreditam nelas, mesmo que as estejam levando para o matadouro. Para
a ruína de seu país, e de suas famílias. É desta forma ousada e ardilosa, que o mal sempre tem triunfado, e justamente por isso o mundo chegou a esta podridão atual. Então a tática do presidente é esta: mentir tanto, mas tanto, até que o povo acredite que ele é inocente! Até que acreditemos que ele não soube nunca destes esquemas de corrupção, e que ele se elegeu com o dinheiro da sua doce e terna mãezinha. Que o ganhou honradamente no meio do mandacaru! Eis então, que quando os bons se calam, a mentira prevalece! Assim tem sido sempre! Prova de que o mundo cada vez mais se afasta de Deus! Quem mente sempre será do demônio!
 
     Mas a coisa não fica nisto! Porque outro ditado diz: “Aquele que diz uma mentira não sabe a tarefa que assumiu, porque está obrigado a inventar vinte vezes mais mentiras para sustentar a certeza da primeira”. Nada mais correto, embora mais odioso. Isso se aplica ao atual governo! Trata-se de uma outra verdade humana, falaz, artificiosa, mas que diz bem a realidade. Nada como mentir mais e mais, até que as pessoas passem a aceitar exatamente aquilo que eles querem. Como verdade suprema! Exemplo nas cassações de deputados. Tão grande o rol das mentiras, que preferiam agora isentar os outros, não porque não fossem corruptos, mas porque a verdade da participação de todos, exatamente na mesma mentira, apareceu nua e crua. Quando a verba tocou nos bolsos da oposição, imediatamente começou o “acordão”. E veio a salvação dos corruptos em série, se não mensalão, mas dilapidação do dinheiro público.
 
     Entretanto, vejam bem: “Aquele que ousa dizer a verdade é chamado ao mesmo tempo de lunático e tolo." Não somente é chamado de lunático e tolo, como é cassado. Foi o que aconteceu com o Roberto Jéferson. O erro dele foi ter falado em mensalão, que significava pagamentos mensais para deputados votarem nos interesses de governo. E isso ele não conseguiu provar. Mas se tivessem dito: está havendo pagamentos, em certas ocasiões, isso já estaria provado. Tolo foi ele que denunciou, pensam os mentirosos que votam contra as cassações dos que realmente cometeram o delito, que todos cometeram. Lunático foi o Dirceu, que arrumou essa boca quente para os outros se locupletarem do dinheiro público! É assim que o povo pensa: não soube nem roubar! E agora mentem, mais uma vez, e batem o pé, dizendo que não houve “acordão” para salvar o couro de alguns. Mas como esconder as votações? Será o diabo comendo a si mesmo?
 
     E assim o povo é conduzido, de mentira em mentira, de engano em engano, de logro em logro. Mas o povo não se esqueça que: "O hábito de adiar o encontro com a Verdade é que faz com que a mentira tenha vida longa." Este o grande mal da humanidade, e esta a grande prova de que o povo, no coletivo age burramente. Na verdade, a imensa maioria dos homens é cordata, é ordeira, não quer briga, e o demônio – bom de briga – sabe muito bem disso. Ele se aproveita da inércia dos ordeiros, para organizar a baderna generalizada. E quando o povo se cala é porque tacitamente aceita que a mentira prevaleça. E isso contradiz, de certa forma o velho e célebre ditado: a mentira tem pernas curtas!  Aqui no Brasil, não! Somos 500 anos de mentira histórica! Império de mentira! Democracia de mentira! Governo de mentira! Quem foi sério de fato?
 
     Que faz o governo mentiroso? Cria cestas básicas, bolsa escola, bolsa família, vale gás, vale transporte, contado em migalhas – que no volume sangram a nação que trabalha – porque com as migalhas enche a barriga dos cordatos. E dos cordeiros! Da plebe massa de manobra. Da camarilha cordata e cabresteadora. Da massa ignara que vota e elege! Então, a bem da própria miséria, em nome da migalha que lhes é dada, aceita o governo do mensalão, como se fosse o governo do próprio Rei Salomão. Ele pensa que é Juscelino, ou Napoleão! Faz panca disso! Cita-se de erudito, cheio de ditados! Para enganar, mentir!
 
     Ou então a besta inventa espor
tes, que são o real ópio do povo, com imensidades de campeonatos e dilúvios de modalidades esportivas. Continua a valer a mesma tática Roma do “Pão e Circo”. Mas não se esqueçam de que, enquanto a ignara plebe romana se esbaldava em divertimentos, na arena estavam os cristãos, sendo trucidados pelas feras. E aqui, quem está sendo trucidado é nossa infância que se droga, nossa juventude que se prostitui, nossos infantes que são sufocados nos ventres aos milhares, num grito que troa ao eterno e ao infinito. São nossos velhos doentes, e são os doentes sem assistência. Enquanto isso o mentiroso mor, toma vinhos finos de milhares de reais a garrafa. E voa de jatinho alegremente, rindo a toa! Ri do que? Ri de quem, senão da própria desgraça? Ri dos tolos que elegem! Ri dos que engolem a mentira, como se engolem “sapos barbudos”.
 
     Dizem que a mentira, por mais imoral ou danosa que possa parecer, é um ato social”. Mas é um ato social podre e cruel, porque se agora alivia uma pequena dor, amanhã com certeza – sempre – provocará grandes tormentos. Eu citei acima tantos ditados sobre a mentira, entretanto nas Escrituras, são constantes as passagens que nos advertem contra ela. Quando eu minto, engano, logro, finjo, escamoteio, distorço, na realidade eu vou na busca de seguir a instrução de satanás, a antítese de Deus. Porque Deus é a Verdade: logo a mentira vem do diabo! Se a mentira é um ato social, é porém indigna do homem; criado à imagem e semelhança do próprio Deus. Se a mentira é um ato social, então é o ato social mais cometido neste atual governo. Será que é por isso que usam barbas longas? Para esconderem a face vermelha? Acho que nem ficam mais!
 
     Mudando um pouco, vou mostrar agora algumas mentiras que chocarão. Na verdade, estas matérias podem ser achadas na internet, e são de domínio público e se as ponho no ar, digo apenas que não sou químico, nem médico para aprovar ou desmentir. Li recentemente, que o vírus HIV, da AIDS, na verdade é um vírus pouco letal. O que mata os doentes infectados, não é o vírus em si, mas exatamente os pesados medicamentos que usam para combate-lo. Por que? Porque um simples coquetel mensal, custando R$ 400 por pessoa, multiplicado por milhões de infectados, rende fortunas mensais de bilhões de dólares, aos bolsos da família da besta que controla as fábricas de medicamentos.
 
     Trata-se, então, de uma mentira horripilante, escandalosa, e maldita, montada em cima da desgraça de milhares de infelizes, que leva os corvos do abismo a enriquecerem até as estratosferas, ao tempo em que matam a humanidade em meio a este doloroso suplício. O que falam as reportagens que advertem para isso, que o que mata os milhares de pobres africanos infectados com o vírus, não é ele, mas a desnutrição crônica, que faz com que o próprio organismo canibalize suas células, levando o paciente a morte. Quem vai um dia provar isso, para tirar-nos todas as dúvidas? Nunca porém, nos provarão que um simples grão, de algum medicamento destes, precise custar 100 dólares. Isso vem do demônio, e ponto final! É mentira que isso possa custar tão caro.
 
     Eis porque está perto o dia em que fará todas estas pragas e drogas humanas pifarem. Deus já não suporta mais a estes demônios da exploração. Porque existe sim, uma tão grande cadeia de exploração, vinculada a estes laboratórios do demônio – são portanto uma monstruosa mentira – que a humanidade trucidaria os responsáveis, esganando-os com as próprias mãos, caso descobrisse a verdade. Chama-se a poderosa industria da doença, que explora o homem, mantendo a vida e não curando, porque a cura levaria a sustação do gasto com o remédio. E isso não interessa aos dominadores. Querem lucro! Seu deus. Seu tudo! E bebem, ávidos, o sangue das gentes, e sugam a miséria dos povos!
 
    Dou outro exemplo do flúor e do cloro na água das cidades. Minha família inteira, já não pode nem tomar uma gota sequer de água “tratada”, sob pena de dores estomacais terríveis, que podem durar semanas. Usam
os esta água apenas para lavar roupas e o banho. Na realidade, pelo que se sabe, se trata de veneno, que acumulado no organismo, ao invés de ser benéfico o destrói lentamente. Se alerta para problemas nos ossos, em especial nas pessoas adultas, coisa que antigamente, com água da bica, não acontecia com tanta insistência e gravidade. Tudo porque existe uma poderosa máfia que age no mundo inteiro, que tem seus galhos plantados nos grandes laboratórios internacionais, e as raízes nefandas, profundamente fincadas no próprio inferno.
  
     Mentira que é bom! Mentira que cura! Mentira que faz bem! Mentira que combate a cárie! Sem uso do fio dental, escova e creme são quase inócuos. O consumo de remédios, e drogas químicas, em toda a terra, é algo que chega perto da casa dos trilhões de dólares anuais, e é por isso que nunca acaba. É por isso que sempre aumenta, pela propaganda mentirosa – não somente enganosa – que prometa a cura mas não a trás. Então o homem se entope de drogas químicas mal sabendo que o Criador tem na natureza, já sintetizada e perfeita, toda a medicina possível. Mas estas são baratas e não interessam aos grandes demônios dos laboratórios... Somente Deus para acabar com estes mentirosos!
 
     Também nos alimentos, acontece a mesma coisa. A imensa maioria das doenças, dos diferentes tipos de câncer que contraímos, são devidos à ingestão exagerada e contínua de drogas químicas, não metabolizadas, até mesmo as enfiadas dentro dos alimentos: adicionais, conservantes, ácidos e sei mais o que. Tudo isso é produto de laboratório, sintético, e destrói o organismo das pessoas, deixando-as propensas a doenças. Mas em nome do lucro, tudo continua, porque os governos arrecadam impostos, os laboratórios se esbaldam no lucro... Enquanto isso, a besta imunda controla da população... besta!
 
     Porque, em verdade, é interesse dela dilapidar a saúde do povo, porque depois vendem medicamentos. As pessoas se obrigam a comprar remédios para se manterem vivas. Então se brinca com a saúde do povo, como criança brinca de bola. Mas não com ingenuidade mas sim com contumaz malícia e dolo. Agem de ma fé, mancomunados com os poderosos laboratórios e as industrias alimentícias. Ou seja: tudo é mentira, é farsa, vestida de verdade científica! Mas a Verdade maiúscula é que temos todo este inferno mentiroso, a nos rodear, a nos sufocar lentamente, num verdadeiro mar de podridão.
 
     Quem rouba nos pesos e nas medidas, é também mentiroso. Que engana nas fórmulas dos produtos, é mentiroso. Quem ilude nas propagandas, é mentiroso! Quem veicula notícias distorcidas e tendenciosas, é mentiroso. Quem apresenta as estatísticas viciadas, é mentiroso. Quem governa para o partido, é mentiroso, porque prometeu governar para o povo. Quem promete e não cumpre, é mentiroso. Onde estão os 10 milhões de empregos? Onde está a população com três refeições ao dia? Mentira! Mentira! Mentira!
 
     A realidade, é que somente o miserável Haiti, em plena guerra civil, cresceu menos do que o Brasil no ano que passou! E isso diz tudo. É este o número que fala a verdade! A realidade é que as pequenas empresas estão falindo aos milhares, porque ninguém suporta esta maldita carga tributária, nem esta execranda burocracia. E isso não é mentira. A realidade é que nenhum governo foi tão ágil em arrecadar impostos, nem outro foi tão prolífico em dilapida-los! O resto é fachada, é logro, é engano, é ilusão, é mentira!
 
     Em suma, a gente sabe que falar nisso é bater em ferro frio. Porém, calar é congelar! Calar é morrer um pouco a cada dia. Quem aceita tudo isso e acha bom, está morto e não sabe. Todo cidadão de bem, todo cidadão que não é cordeiro, todo cidadão que tem alguma preocupação com o futuro de seu país, com a terra que quer legar para seus filhos, deve sim tomar parte decisiva, nas questões que dizem respeito ao seu país.
 
     Enquanto vivermos aqui, nesta velha terra mentirosa, neste reino mentiroso, neste reino de governantes e políticos mentirosos, precisamos, pelo menos em algumas vozes, grita
r uníssonos: nem todos estão sendo enganados! Quanto a nós, que buscamos o Novo Céu e Nova Terra – Céu e Terra unidos num só coração e Amor – temos, pelo menos, uma forte esperança. Triste é para aqueles aos quais o demônio cegou. Carneiros ignaros, com vendas nos olhos, indo ao abismo.
 
     Terminando dizemos: Deus é a Verdade! Verdade só em Deus! Então, tudo o que se faz para este mundo, e para esta vida, que nos distancie Dele, é em síntese uma mentira. E se tudo neste mundo é uma mentira – sendo Deus a realidade – isso quer dizer que este mundo realmente é virtual, e que no eterno, somente lá, se encontra o Verdadeiro.
 
     Felizmente este mundo mentiroso está terminando. Deus o exterminará para sempre, quando expulsar daqui o mentiroso. Somente então haverá paz na terra, porque reinará para sempre a Verdade. Nunca mais alguém mentirá... e seremos felizes! Para sempre!
Arnaldo
     
 
 
 
 


 
 
 

Artigo Visto: 2044 - Impresso: 57 - Enviado: 10

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 503 - Total Visitas Únicas: 3.118.978 Usuários online: 75