Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
31/05/2016
O Triunfo de Maria
Por fim o Meu Imaculado Coração vencerá! (Mensagem de Fátima)
 

O TRIUNFO DE MARIA!

(Segue uma mensagem que retirei do site de alguns sacerdotes, vinda de uma confidente anônima à qual eles acompanham e confiam. Normalmente não coloco mensagens de outros profetas no site, mas como já avisei, todas as matérias que caem no display <diversos> são matérias colocadas para discernimento, o que significa que temos confiança na mensagem, embora não sendo nossa, do Movimento Salvai Almas. Mas desta mensagem vou fazer exceção. Ela é especialmente importante, porque fala de um assunto que me apaixona, o Triunfo de Maria. Ao final teço os comentários).

Eis a mensagem, traduzida do espanhol:

Meus amados: quanta alegria Eu encontro em vossa companhia e oração sincera, oração que brota dos vossos corações, que dão consolo ao vosso Salvador, porque, nesta hora, o Filho de Deus sofre terrivelmente por ver a noite escura que chega para a Minha Igreja, e poucos são os que se preparam para esta hora. Vós, Meus fiéis, que tanto Me amais e Me dais consolo, pelo desamor de tantos homens, eu vos digo que, também vós sereis consolados em vossa paixão dolorosa, e o bálsamo do Meu Amor, que é Meu Precioso Sangue derramado, vos fortalecerá para que também vós bebais do Cálice Amargo que está para derramar-se sobre os homens desta geração, malvada e perversa; porque os pecados desta geração já ultrapassaram os de Sodoma e Gomorra.

Existe um que é Pastor Universal da Minha Igreja, Meu Vigário, a quem o Pai Celestial, em uma noite escura, tal como a Mim, lhe dará de beber o Cálice amargo, e bebendo-o, ele se entregará à morte, porque cairá nas mãos dos inimigos, daqueles que lhe darão a morte, para que com seu sangue derramado, como mártir e Santo, sele a Verdadeira Igreja, ao Rebanho fiel, ao qual ele pastoreia em Espírito, porque a Cátedra de Pedro está ocupada pelo impostor, o Judas traidor deste tempo, o que se diz Bispo de Roma, quando é o falso profeta.

O poder do Altíssimo o cobrirá, ao Meu Verdadeiro Vigário, fazendo-o saber que chegou a hora de exaltar Maria, a Rainha dos Céus e da Terra, a Mãe do Salvador, cumprindo-se, com este anúncio e proclamação, o ÚLTIMO DOGMA DA IGREJA, para que Maria seja exaltada como CORREDENTORA, a qual por Ela e Nela, Esposa do Espírito Santo, o Paráclito e Consolador, Se manifeste novamente ao mundo inteiro num Segundo Pentecostes, para dar à Sua Amada esposa, o TRIUNFO DO SEU IMACULADO CORAÇÃO, que deve triunfar neste final dos tempos, junto com Meu Coração Sagrado, de Filho do Homem.

Assim, Meu servo e Vigário, terá cumprido fielmente a sua missão, a missão que lhe confiou o Altíssimo, neste ato de amor, de valentia e fidelidade ao Único e Verdadeiro Deus e à Única e Verdadeira Igreja, que Eu, Jesus Cristo, o Filho de Deus, fundei sobre uma rocha firme. Com isso Meu Vigário marcará o início da noite escura, o Getsêmani da Minha Igreja, para que se cumpra tudo quanto vos tem sido anunciado da parte do Altíssimo, e que Minha Mãe vos profetizou.

O Pastor e Vigário da Minha Santa Igreja, a que Me é fiel, anunciará e proclamará a Maria, Minha Santíssima Mãe, como a Corredentora, em uma festividade da Igreja da Mulher Santa e Bendita, a quem na Cruz do Calvário, sendo traspassado o Seu Coração, tornou-se Ela a Mãe de Deus, como Mãe da IGREJA, Mãe dos homens, a nova Eva, que também Ela, com o seu Fiat, com sua humildade e Obediência, redime ao mundo junto Comigo, o Filho de Deus, a Corredentora, a Mãe de todos os homens, a Mãe de todos os povos.

Quando o vosso Santo Vigário romper o silêncio, será visível ao mundo inteiro a oposição entre os dois papas, tornando-se descoberto e cumprindo-se aos olhos do mundo inteiro, o Terceiro Segredo de Fátima. A consequência deste feito fará com que se derrame a Ira do Meu Pai, porque terão Me crucificado a Mim em Pedro, a quem Eu dei a chaves da Minha Igreja.

Ó, Mãe Minha, Mãe Dolorosa aos pés da Cruz, chega o dia em que Teu Coração traspassado será exaltado na Cruz da Redenção. Velai com Maria, que Ela vos trará este fogo ardente, o Paráclito, o qual vos revelará tudo aquilo que está oculto e velado, porque Ele é o Consolador, o Renovador e o Doador da Vida, A TERCEIRA PESSOA DA TRINDADE, O ESPÍRITO SANTO, ESPOSO DE MARIA. Deixai-vos abraçar por este Doce Hóspede da alma, Senhor e doador da Vida, o Fogo ardente dos corações dos filhos do Deus Altíssimo.

Aclamai com gozo e júbilo, a chegada do Espírito Santo, porque este segundo Pentecostes será também para toda a humanidade o TRIUNFO DO PARÁCLITO, da SANTÍSSIMA TRINDADE em MARIA, a CORREDENTORA. Deixai-vos abraçar e habitar pelo Espírito Santo, e assim sabereis reconhecer, cada um, qual é a missão que vos tem sido confiada e devem levar a cabo. JESUS!

+++++++++++

OBS > A leitura desta mensagem pode nos fazer pensar numa proximidade muito grande destes eventos, que são da mais tremenda importância para que tudo se cumpra. Nós sempre falamos daqui, que para que haja o triunfo da Igreja Católica Apostólica Romana é preciso que antes Triunfe Maria, Mãe da Igreja. Mas Maria nunca irá triunfar sozinha: Ela jamais estará desvinculada do Seu Filho, nem triunfará sem Ele. E o triunfo de Maria nos reporta sem sombra dúvidas ao Triunfo de Jesus Eucaristia. Tudo está interligado e coeso, inseparável: Igreja, Maria, Eucaristia!

Acima a confidente menciona a proclamação do Último Dogma Mariano, o da Medianeira e Corredentora do Gênero Humano – são duas partes – o que já foi previsto através da confidente Ida Peerdemann de 1945 a 1959, nas chamadas aparições de Nossa Senhora de Todos os Povos, acontecida em Amsterdam na Holanda. Esta confidente via um futuro Papa, de cabeça bem branquinha, elevando a mão aos Céus diante de alguns cardeais ali presentes e anunciando o Dogma. A mão sinalizava em “V”, anunciando os dois aspectos do Dogma, “Medianeira” e também “Corredentora”, porque havia ainda a intenção de acrescentar o aspecto de “Advogada”, o que não se faz necessário, diante da mediação que Ela já faz, entre nós e Jesus.

Isso não somente me fascina como me dá a entender muitas outras coisas. Efetivamente não temos uma data para este acontecimento, nem se pode prever uma proximidade iminente, entretanto a proclamação deste Dogma irá provocar um verdadeiro terremoto no mundo. A batalha vem desde o Gênesis e começa com o veredicto do Eterno: a Mulher te esmagará a cabeça. Quando a Igreja proclamar este Dogma, não somente ele irá desentupir o canal de graças, como provocará e atrairá a ação arrasadora do Espírito Santo, através do Grande Aviso de Deus. E é por isso que tantas vezes tenho dito que este aviso não é tão iminente como muitos fazem crer. É preciso que antes aconteçam certas coisas, para que tenham curso as seguintes.

Uma vez desentupido o canal de graças, que hoje está obstruído não somente pelo fato de que este Dogma, já desde o Vaticano II tinha sido aprovado, e poderia e até deveria ter sido proclamado pelos Papas que vieram depois dele – não o fizeram não por falta de vontade, mas pelo impedimento da fortíssima besta vaticana – mas também porque a Cátedra de Pedro está ocupada, em sua linha horizontal, como diz a mensagem acima, pelo impostor, o Judas traidor deste tempo, o que se diz Bispo de Roma, quando é o falso profeta. Ele obstrui o canal de graças, que já não sobem aos céus, e tudo ainda não ruiu, porque Sua Santidade o Papa Bento XVI, instruído pelo Céu, exigiu de permanecer no Vaticano. É ele que mantém ainda a união entre o Céu e a Terra.

Mas como também alerta a mensagem acima, chegará o momento em que Bento XVI irá se levantar contra isso tudo. Não podemos ainda afirmar que será ele a liderar a rebelião contra a falsa igreja bergogliana, ou se algum cardeal de peso o fará, mas sem dúvida não está longe o momento em que ficará visível aos olhos do mundo católico a oposição ferrenha que há entre os dois papas, embora todas as falsas aparências de amizade. O que estão ali ocorrendo é um verdadeiro teatro: Bento XVI sabe de tudo – Bergoglio idem – ele apenas aguarda a ordem do Céu para agir em atenção ao Dogma.

Há que lembrar ainda de outro evento importantíssimo, e para o qual raríssimas pessoas se dão conta, e que trata da conversão do povo judeu. Jamais haverá um triunfo completo de Maria e da Eucaristia, sem que ele venha fora da aceitação da maioria daquele povo, de Jesus Cristo como o Verdadeiro Messias. Jesus e Maria não irão triunfar sem o seu povo, sem que eles acolham a Nova Aliança. Pela profecia de São Malaquias, o Papa Bento XVI é citado como a Glória da Oliveira, que muitos autores renomados interpretam como o Papa, durante cujo mandato se daria esta conversão, embora não total, mas quase.

Acima a mensagem fala do martírio de Bento XVI. A parte do Terceiro Segredo que foi revelada pelo Cardeal Sodano fala de um Bispo vestido de branco, que é assassinado ao subir uma montanha. Nas mensagens ao nosso Movimento e que constavam do livro O MILAGRE DO FIM, está dito que, depois da grande Guerra Mundial, o Papa irá celebrar uma Missa no Calvário, até como agradecimento pelo fim da guerra – que de fato ainda não havia terminado completamente – e que correrá sangue do altar. E este evento espantoso, do sangue escorrendo sobre o Altar, irá desencadear a conversão do povo escolhido, tirando deles aquele anátema que os feria desde que, diante do patíbulo onde os Mestres da lei condenaram Jesus eles gritaram: caia o Seu Sangue sobre nós e nossos filhos!

Assim, se cumprirá também o Oráculo de Zacarias, que está em 12, 9. Naquele dia, procurarei exterminar todo o povo que vier contra Jerusalém. 10. Suscitarei sobre a casa de Davi e sobre os habitantes de Jerusalém um espírito de boa vontade e de prece, e eles voltarão os seus olhos para mim. Farão lamentações sobre aquele que traspassaram, como se fosse um filho único; chorá-lo-ão amargamente como se chora um primogênito! 11. Naquele dia haverá um grande luto em Jerusalém, como o luto de Adadremon no vale de Magedo. 12. A terra inteira celebrará esse luto, família por família; a família da casa de Davi à parte, com suas mulheres separadamente...

Ou seja, a grande vitória da Israel – por força e ação de direta e ostensiva de Deus – somada a este evento do Calvário, farão com que se abram os olhos e o coração destes irmãos nossos e de Jesus, que ainda agora permanecem na obstinação da Aliança Antiga. Há, pois, uma série de eventos espantosos que nos aguardam, até que tudo se cumpra. O que lamentamos é a morte anunciada de Sua Santidade o Papa Bento XVI, mas devemos seguir o exemplo de Maria, que aceitou humildemente e sem contestação a morte do Seu Filho. Misteriosamente assim tudo se completa, se encaixa e finaliza.

 E não é preciso dizer que, diante da iminência destes acontecimentos, o inferno está em fúrias, treme e ruge, porque sabe perfeitamente que a promulgação deste Dogma significará o literal esmagamento da cabeça de Satanás, conforme o veredicto divino, ditado lá no Gênesis. Porque significa a aceitação Universal pela Igreja, de que Maria é não apenas um mero veículo para trazer à Terra o Filho de Deus, mas com a doação do seu sangue ao mesmo Filho, ela participa ativa e diretamente da Obra da Redenção, conseguida pelo Sangue de Cristo. Óbvio, não como divina, e sim como criatura, e é aqui que se esconde o fulcro central deste mistério: é uma criatura de carne, considerada inferior por Lúcifer, e uma Mulher que ele tem por mais inferior ainda, aquela que o esmagará.

De fato, este acontecimento espetacular, que será ainda protagonizado por Bento XVI, abrirá espaço para a ação arrasadora do Divino Espírito Santo, que com o Sopro de Sua Boca, acabará por desbaratar as hostes inimigas, destruindo todas as suas obras, e barrando em definitivo todas as suas pretensões de domínio. Daniel prevê isso quando afirma que a derrota dos inimigos se dará sem o esforço de mãos humanas e também São Paulo afirma, em uma de suas Cartas (II Tess 2,8), que Deus os destruirá com o sopro de sua boca e os aniquilará com o resplendor de sua vinda gloriosa. Tudo isso se fará por Maria que age não por si, e sim nas Fortalezas do Altíssimo, porque sua humildade, suprema entre as criaturas adquiriu pleno direito de esmagar a cabeça de Lúcifer, o orgulhoso supremo.

Haverá então um novo Pentecostes, mas este, Universal, e que atingirá todas as criaturas inteligentes, estejam elas onde estiverem: no Céu, na Terra, no Purgatório, na Mansão Pagã ou no Inferno. Todos nós passaremos pelo crivo esplendoroso do Espelho da Justiça divina, que penetrará até o mais recôndito de nossas almas, e então o Espírito Santo nos revelará, a cada um, o estado de nossa alma. Será um curto tempo, menos de meia hora, onde todos nós, esmagados pela Verdade, finalmente veremos desabar pelos abismos todas as mentiras que o demônio tem impingido sobre a humanidade, e cada um terá então a prerrogativa da escolha: acreditar na Verdade de Bento XVI, ou nas mentiras da falsa igreja bergogliana.

Veja bem, daqui nós recebemos as profecias de centenas, vindas de todo mundo. E dentre aqueles que são coerentes com a Verdade, coerentes com as Sagradas Escrituras, coerentes com a Doutrina da Igreja, coerentes com a sua ação profética, difundida na humildade, tantas vezes no escondimento – como é o caso acima – dentre estes todos não achamos um só que não fale a mesma linguagem: atualmente no Vaticano está o impostor, o Judas traidor deste tempo, o que se diz Bispo de Roma, quando ele é o falso profeta. E isso nos dá toda segurança de afirmar que, a situação atual que se dá no Vaticano, com dois papas ao mesmo tempo, é aquela predita para os últimos dias desta atual civilização, aquela que ousou ultrapassar os limites do desafio contra Deus, ao ponto de uma de suas criaturas autoproclamar-se um deus.

Reafirmo, esta situação é a final das finais. Observem a idade dos dois ocupantes do Vaticano e façam as contas. Observem a saúde deles e perceberão que, para nenhum dos dois resta muito tempo. E como é situação final, podem aguardar o atropelo dos acontecimentos, porque uma vez iniciado um, será como um renque de dominós: caída a primeira pedra, nada mais segura a queda da seguinte, e assim até o fim. Realmente não vejo a hora de chegar o momento em que o Espírito Santo finalmente abrirá os olhos dos clérigos cegos, dos católicos desprevenidos e mal catequizados, que não percebem o que está acontecendo com a Santa Igreja Católica: ela está sendo demolida, a pretexto de uma reforma. Mas Deus não permitirá que levem a cabo sua obra.

A nós compete então apenas rezar, e rezar muito, rezar como nunca, para que sejam acabrunhadas as ações maléficas dos inimigos, porque não adianta esbravejar valentias contra os demolidores, pois isso somente os enfurece mais; importa rezar, porque as orações inibem os assaltos do inferno, ele que comanda toda esta obra do mal. E quanto a isso, podemos ter certeza de que Deus está no comando milimétrico de absolutamente tudo. Nem um só demônio se movimenta, sem que Deus o permita, nem age sem que Ele autorize. E o Pai simplesmente não permite uma ação de mal se houver uma pessoa rezando. Uma só Ave Maria é capaz de afastar legiões de malvados.

Falando nisso, neste momento enquanto eu escrevo as nossas valentes senhoras estão em nossa Matriz rezando as Mil Ave Maria, ao final das quais deverão coroar Nossa Senhora, nossa Mãe e Rainha, a vencedora dos infernos. Pode ter certeza de que, neste mesmo momento, ao redor daquela igreja está esvoaçando um exército de espíritos das trevas, rugindo de fúria. Que em todas as cidades e famílias se faça isso. Os mesmos profetas que nos alertam quanto ao Vaticano, nos suplicam pela boca de Deus, que rezemos o tempo inteiro. Que façamos de cada ato de nossa vida uma oração, porque disso Deus Se aproveitará para inferir derrotas seguidas aos inimigos.

Com isso nós daremos armas espirituais aos nossos Cardeais e Bispos, aos padres valentes e ainda não cegados pela falsa luz bergogliana, para que se levantem, junto com Sua Santidade o Papa Bento XVI, e mostrem ao mundo católico que chegou a hora da escolha definitiva: A Verdade de Cristo, ou a mentira do Inferno. Porque hoje no Vaticano impera a mais terrível, a mais tenebrosa, a mais escabrosa de todas as mentiras, mas que está levando aos abismos um universo católico, narcotizado pela baba venenosa de Satanás.

Por isso, finalizamos clamando: como Moisés: “Levantai-vos, Senhor, e sejam dispersos os vossos inimigos! Fujam de vossa face os que vos aborrecem!” Como também está escrito em Marcos 13, 14: Quando virdes a abominação da desolação no lugar onde não deve estar o leitor entenda, então os que estiverem na Judéia fujam para os montes; Não, nós não devemos fugir da batalha e sim enfrentar o inimigo, cumprindo, cada um, a missão que Deus lhe confiou. Devemos fugir desta Babilônia infernal que nós criamos, porque isso nos dará direito de entrar na Nova Terra, onde nunca mais haverá males e injustiças, a Jerusalém Celeste que virá depois que passar este tempo final, e de trevas.

Por último, se nós tivermos que ter medo de alguma coisa este é de não fazer nada. De fato, tendo sido alertado pelo Espírito Santo sobre estes sinais dos tempos, não podemos mais nos calar, nem deixar de rezar, porque, quem não consegue fazer uma, pode fazer outra coisa. Todos os soldados são importantes! (Aarão)

 

 

 
 
 

Artigo Visto: 2122 - Impresso: 87 - Enviado: 28

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 306 - Total Visitas Únicas: 3.274.801 Usuários online: 57