Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
14/02/2014
Milagre de Seefeld
 
Eucaristia - Milagre de Seefeld
14/2/2014 22:09:41

Eucaristia - Milagre de Seefeld


  Milagre Eucarístico de Seefeld, Áustria, 1384
     Na diocese de Innsbruck, entre as montanhas arborizadas da província do Tyrol, na aldeia de Seefeld, Áustria, a Paróquia de São Oswaldo deve sua popularidade a um milagre que aconteceu na QUINTA-FEIRA SANTA do ano 1384.
     Naquela época o senhor Knight Milser era o guardião do Castelo de Schlossberg, localizado ao norte do lugarejo. O castelo foi estrategicamente construído para proteger uma importante estrada de acesso e servir como uma fortaleza, para defender os moradores da localidade. O senhor Knight sempre se mostrou orgulhoso da posição que ocupava e de sua autoridade. Por isso mesmo estava sempre em evidência, nos encontros sociais e nos albergues de maior frequência. Todos os fatos que aconteciam com ele ou com pessoas aparentadas, ou de sua relação de amizade, forçosamente eram publicados no jornal da comunidade: A Crônica Dourada de Hohenschwangau.
     Certa manhã, ele foi com alguns de seus seguidores à igreja paroquial. CERCOU O PADRE E A CONGREGAÇÃO COM HOMENS BEM ARMADOS. POR SUA AUTORIDADE, EXIGIU do sacerdote que ia celebrar a santa missa, COMUNGAR COM A HÓSTIA GRANDE (Magna), aquela utilizada pelo padre na cerimônia. Segundo ele, a HÓSTIA PEQUENA TINHA POUCO VALOR (!!!!!!!!!!). 
     O Padre sentindo-se pressionado ficou apreensivo, porque recusar um pedido ao senhor Knight poderia significar a morte.
     No momento da Comunhão, o profanador, com a espada puxada e a cabeça coberta, estacionou à esquerda do altar e ali permaneceu. O Padre, vendo aquela ameaça, lhe deu a Hóstia Grande Consagrada.
     No mesmo momento em que o senhor Knight a colocou na boca, impressionantemente o SOLO SE ABRIU EMBAIXO DE SEUS PÉS, FAZENDO COM QUE ELE SE AFUNDASSE ATÉ OS JOELHOS.
     Assustado e com uma palidez mortal, quis sair dali; segurou-se no Altar com decisão, com ambas as mãos como se segurasse numa tabua de salvação, e TANTO ESFORÇO FEZ QUE SUAS IMPRESSÕES DIGITAIS FICARAM GRAVADAS NA MESA DO ALTAR e podem ainda hoje serem vistas. Mesmo assim, não conseguiu sair daquele lugar.
     Cheio de terror, IMPLOROU AO PADRE PARA REMOVER A HÓSTIA CONSAGRADA QUE ESTAVA EM SUA BOCA, porque ele também não a conseguia engolir, ela estava lhe sufocando. O sacerdote se aproximou dele e assim que retirou a Sagrada Espécie, o chão ficou firme novamente. A Hóstia retirada da boca do senhor Knight estava TOTALMENTE VERMELHA, IMPREGNADA COM O SANGUE DE JESUS.
     O profanador aflito, logo que conseguiu sair daquela posição incômoda, apressou-se em chegar ao Mosteiro de Stams, onde chamou um sacerdote e, arrependido, confessou os seus muitos pecados.
     A partir daquele dia, mudou o seu comportamento e o seu proceder, vivendo uma existência santa, dedicada às orações, aos exercícios de penitência e também, ajudando aos mais necessitados da comunidade.
     Morreu dois anos após e conforme o seu desejo, foi enterrado numa área próxima a capela do Santíssimo Sacramento do Mosteiro. 
     O manto aveludado que usava durante a Santa Missa naquela quinta-feira Santa em que ocorreu o Milagre, mandou-o cortar e fazer uma casula sacerdotal, a qual doou ao Mosteiro de Stams. A Hóstia do Milagre foi guardada num Cibório por determinação da autoridade eclesiástica, até a confecção de um belíssimo Relicário de Prata em estilo gótico, muito bonito, também encomendado pelo convertido.
     A relíquia sagrada é preservada até hoje na Igreja de São Oswaldo e está disponível à visitação pública.
     Na cena do milagre ainda é MANTIDO O BURACO NO PISO, onde o senhor Knight afundou até os joelhos. Por motivo de segurança, o buraco foi coberto com um grelha de ferro para evitar que alguém
distraidamente caísse nele. Entretanto a grelha pode ser removida, e assim, as pessoas que desejarem podem examinar minuciosamente o interior do buraco.
     O Altar de pedra, onde aconteceu o Milagre, está localizado na sua posição original. Ficou um pouco distante do Altar Novo que é mais alto e foi construído quando a Igreja foi aumentada. O Altar Novo está mais alto propositalmente, a fim de ficar separado do Altar do Milagre.
     Tudo foi organizado de forma que uma diferença na altura da laje dos dois altares e uma distância de alguns metros que os separam, permite uma visão clara do Altar do Milagre. Nele ainda se podem ver as IMPRESSÕES DIGITAIS das mãos do senhor Knight cujos dedos afundaram na pedra na hora do acontecimento sobrenatural.
     Não se sabe quando a Igreja de São Oswaldo foi construída, mas a ocorrência é mencionada numa crônica de 1320. A igreja atual teve sua construção concluída em 1472.
     Em 1984 a Igreja de São Oswaldo festejou 600 anos de aniversário do Milagre Eucarístico.
     Numa lápide se relata que a RELÍQUIA DO SANTO SANGUE AJUDOU A CONSERVAR O CREDO CATÓLICO DURANTE O CISMA PROTESTANTE: “Quando, por volta do ano de 1593, os dogmas de Lutero se difundiam por todos os lados no Tirolo, foi pedido aos monges de São Georgenberg pregar o Credo a todos. O Abade Michael Geisser pregava com grande êxito diante de uma grande multidão na igreja paroquial de Schwaz e não hesitava em citar o Milagre do Santo Sangue como prova da existência da real presença de Jesus Cristo no Santíssimo Sacramento do Altar. Ele respondia em modo tão convincente que os seus adversários foram obrigados a abandonar o campo. Esta vitória completa sobre o credo errado era vista pelos fiéis como uma graça especial que o Senhor concedia aos seus devotos, adoradores do precioso Sangue”.
     Fonte: http://agnusdeigyn.com/ & www.therealpresence.org. 
     Retirado de: Só na Igreja Católica: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=494114287354520&set=a.450456598386956.1073741826.450440358388580&type=1.
     ++++++++++++++
     OBS> Nossa Igreja, Santa Católica Apostólica Romana tem milhares de milhares Eucarísticos em todo mundo, mas infelizmente isso é pouco divulgado. Há locais onde aconteceram milagres estupendos, as relíquias continuam guardadas, mas mal se abre uma vez o local para visitação, no dia anual do acontecimento, uma tristeza.
     Estes milagres todos, se analisados não somente pelos católicos e pelos cientistas, mesmo ateus e agnósticos, e também pelas pessoas de outras religiões e seitas, poderiam converter milhares delas, caso nossa Igreja não fosse tão relapsa em tratar destas preciosidades. Que tristeza! Deus Se manifesta, Se oferece, Se doa, e amorosamente Se entrega... E a humanidade atoa, O nega!
     Há espécies consagradas que varam os séculos sem perderem nem a cor, nem a forma, nem o sabor, o que física e quimicamente é impossível. A Igreja testou já diversos destes acontecimentos, pondo as espécies consagradas e as não consagradas, feitas num mesmo dia e da mesma forma, do mesmo exato trigo, colocadas em um relicário igual, nas mesmas condições de temperatura. 
     Que aconteceu? Abertos ambos nas mesmas condições ambientais, na mesma hora, as espécies consagradas continuavam exatamente iguais, enquanto as não consagradas tinham virado um farelo. Ou seja: podem se passar séculos, milênios, elas continuarão lá como testemunho aos incrédulos. Deus está ali, e continua vivo, Ele É o Eterno vivo...
     Aqui nos perguntaram o que fazer com as sobras, os pedacinhos que ficam depois da distribuição! Uma senhora muito devota, Ministra da Comunhão, de uma cidade do Nordeste, vez por outra recebia do seu Pároco um pacote com as "sobras" do Sacrári
o e lhe dizia: Pega isso e joga fora, porque já está estragado! Ai ai, que fazer?
     De fato, ela tinha pudores em ficar com aquele tesouro em casa sem autorização, então lhe foi dito que levasse para casa, e fosse consumindo aos poucos, dia após dia, até terminar. E a resposta veio do próprio Jesus, com este complemento: EU NÃO ESTRAGO!
     Infelizmente isso não acontece apenas numa cidade, mas em muitas. Há casos em que nos avisaram de que as hóstias estavam "mofadas". Nestes casos, de duas uma, ou existe um grande relaxamento na guarda do Sacrário e Jesus mesmo permite que isso aconteça, ou ali não está o Corpo de Cristo, numa provável consagração inválida, um Sacramento sacrílego.
     Enfim, toda Paróquia onde não existe, pelo menos uma vez por mês, adoração pública com bênção do Santíssimo, mereceria mesmo ficar sem a presença de Jesus, para verem aumentar os desastres, as desgraças, os acidentes, as mortes, os roubos, a prostituição, drogas, as bebidas e os vícios, coisas que sempre são atenuadas pela presença de Deus naquele meio.
     Eu que já tive a graça, por duas vezes, de poder sentir esta presença, só posso atestar: Deus está ali SIM! Jesus é SIM a Eucaristia! Ele não apenas está presente, Ele É a Eucaristia Viva, pulsante, sangrante! Que mais dizer?...
     Graças e louvores sejam dadas a todo Momento: A Jesus nosso Deus, o Santíssimo Sacramento!


 
 
 

Artigo Visto: 1506 - Impresso: 21 - Enviado: 11

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 356 - Total Visitas Únicas: 3.361.798 Usuários online: 70