Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
17/07/2014
Carta de um Sacerdote
 
Cartas - Carta de um Sacerdote
17/7/2014 14:10:04

Cartas - Carta de um Sacerdote


      CARTA DE UM SACERDOTE

      Bom caro irmão, em Cristo Jesus! Salve Maria.
      Venho para parabenizá-lo pelos maravilhosos conteúdos dos livros seus, que já tenho lido com bastante atenção e humildade, e confesso que os mesmos tem trazido para meu Sacerdócio que tento com a ajuda de Nossa Senhora e Nosso Senhor Jesus Cristo, levar a sério, muita ajuda. Eu acredito piamente e tenho falado em minha Paróquia para o povo que Paroquiano, que é preciso acordar  e mudar de vida, levando a sério os Sinais dos Tempos e procurar ouvir os profetas dos últimos Tempos, que são pessoas assim como o senhor que leva a sério os apelos de Deus, que continua a bater na porta do caração da humanidade.  Senhor peço com toda a humildade reze pelo meu Santo Sacerdócio, e pelos outros que se encontram em perigo. e Juntos rezemos pela Santa Igreja de Deus que está passando pelo vale de lágrimas, sendo vilipendiada toada hora pelos que estão dentro dEla a ultrajando com os piores suplícios.
      Como havia falado acima, tenho lido os livros que me enviou, e por último tenho lido o livro A Grande Barreira, confesso que realmente é assustador, o o maldito espiritismo, eu já falava sobre o espiritismo em alguns sermoes, procurando admoestar o povo do perigo, e as vezes fui chamado até de louco, por que falo muito sobre o demônio, e sobre estas coisas, por parte de alguns paroquianos evasivos. Mas não me preocupo por que minha missão como padre é salvar as almas para Deus e que Ele me ajude sempre. Recentemente li o Mateus que muito abriu-me a mente com relação as fatos e acontecimentos que já estão presente no mundo, e só posso dizer e me unir convosco em oração pela conversão de nossas almas, em geral. Portanto para não alongar muito, quero dizer e parabenizar o senhor pela grande e maravilhosa obra em prol das almas e da igreja, que o senhor como Cristão que ama verdadeiramente a Santa Igreja de Deus tem feito, e por que não oferecer as minhas pobres orações pelo senhor sua família, e todos os que o ajudam nesta grande obra de Deus. Deus o abençoe sempre irmão e reze por mim.
      Seu irmão em Cristo

      Segue minha resposta:
      Padre é uma alegria ler suas palavras, ainda que não me caiba o elogio porque esta obra é divina, o Espírito Santo é que a conduz, e sim por saber que ainda existem sacerdotes santos, que estão com olhos e ouvidos abertos, especialmente aqueles que são humildes e não se deixam afogar pelas elevadas teologias, tão altas que nem Deus as alcança. Ai se todos os sacerdotes agissem desta forma! Na mensagem que segue, Jesus pede ao Padres, que sejam os mais humildes de todos, ou não serão seus apóstolos.
      Felizmente, temos já uns 300 sacerdotes que nos acompanham, muitos nos pedem livros e pedem orações, inclusive explicações - o que alguns julgam absurdo, leigos auxiliando sacerdotes - porque tantas vezes nos seminários eles são formados em tudo aquilo que não precisam saber, somente naquilo que os vai encher de vento espiritual. E o bom fica de lado!
      Falando com o nosso bispo, lembrei a ele que este é um dos maiores males da Igreja de hoje, o fato de que se difundiu a ideia de que não é preciso dar ouvidos a nenhuma das aparições, nem acreditar nas mensagens dos profetas atuais, então colocam tudo na conta das loucuras, e simplesmente empurram para a vala do esquecimento os alertas do Céu.
      Ele disse que a Igreja tem que ser prudente, e é nestes casos, porque tem sempre o lado humano em todos eles, mas a Igreja não pode ignorar o lado divino da questão: os sinais que acompanham os anúncios proféticos! Tanto que São Paulo diz: não sufoqueis o Espírito, não desprezeis as profecias! Observai tudo atentamente e
retende o que for bom!
Ora, ele não fala aqui das profecias bíblicas - que são matéria de fé - e sim das atuais. Afinal, se Deus não alertasse o mundo ainda hoje e sempre, já nem restariam homens na face da terra. Então o Espírito Santo teria falhado na condução da Igreja.
      Infelizmente a arrogância do clero, quase em geral, realmente sufoca a ação de Deus pelo Espírito Santo e o anúncio profético, e é tal a arrogância que um bispo do nosso país teve a ousadia de dizer: penso que o Espírito Santo falou na condução da Igreja, então compete a nós agora concertá-la! Outro disse: sinto que a Igreja nunca esteve tão bem como agora!
      Ó Céus, isso é acompanhar o grito de Lúcifer: Non serviam! É superar o próprio inimigo em orgulho, e é falar pela boca dele!
      Por isso que o Céu insiste tanto nas orações! Coloque-nos sempre em sua intenção particular, em cada Santa Missa, porque sabemos que a perseguição virá e precisaremos de toda força espiritual possível para conseguirmos a vitória, em Cristo Jesus.
      Sua Bênção Sacerdotal



 
 
 

Artigo Visto: 1787 - Impresso: 22 - Enviado: 15

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 306 - Total Visitas Únicas: 3.274.801 Usuários online: 56