Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título
Você está em: MENU PRINCIPAL / Cartas / Santa valentia




 
 
22/03/2010
Santa valentia
 
Cartas - Santa valentia
22/3/2010 15:09:55

Cartas - Santa valentia



PAZ!
Hoje quero contar a minha aventura desse Domingo.
O Email vai ser um pouco longo, pq a historia é até interessante...rs...vendo pelo ponto de vista da salvação de almas.
Queria visitar todos os Cemitérios daqui de Recife, mas não tenho carro e não sei andar nessa cidade.
Aí decidi alugar um carro , tendo meu marido como meu motorista.
Visitei Cemitérios em Olinda, Paulista e Recife.
Qdo acordei de manhã, já sentia dor de cabeça...mas decidi que por nada desistiria de fazer minhas visitas.
Peguei uma lista de Cemitérios pela net e fui em frente .
Meu marido não rezou comigo, mas de longe dava pra ver q ele estava rezando tbm.
O primeiro que visitei foi em Olinda e até aí tudo bem, tudo tranquilo.
Depois visitei um que mais parecia um hotel 5 estrelas para descanso de almas...lindo demais!...Tinha até uma piscina com peixes vivos...
Era um Cemiterio no estilo daqueles de filmes americanos, com cadeiras debaixo das árvores , com sombrinha em cima das cadeiras... que a gente poderia levar junto até o túmulo e não ficar exposto ao sol...parecia coisa de cinema..rs.s..
Até aí tudo bem.
No terceiro Cemitério a coisa começou á pegar feio pro meu lado.
Comecei á sentir um mal estar e achei que fosse por causa do calor.
Depois de um tempo a ficha começou á cair e foi então que percebi q estava sendo atacada pelos encardidos.
Sr. Arnaldo, nunca passei por essas coisas, foi terrível, terrível!...
Fizeram de tudo pra me impedir de rezar nos Cemitérios.
Vou ver se consigo descrever o que senti, pq realmente foi mto complicado.
Mas, depois que percebi q eram eles a causa do meu mal estar, eu dizia: Não vou desistir, vou até o fim, nem que pra isso eu reze deitada no chão...vou até o fim.
Pedia ajuda pra S. Miguel, chamava N. Senhora, Jesus..e meu outro Anjinho.
Sr. Arnaldo, sentia falta de ar e ao mesmo tempo parecia q eu estava sendo inflada como um balão desses de aniversário...minha barriga ficou toda dura...parecia que ia explodir ali Sr Arnaldo!
A dor de cabeça era terrível, parecia q ia partir em cacos.
Me pressionavam pra baixo com força, me sufocavam, me travavam as pernas.
Alguns Cemitérios sempre tem corpos sendo velados no caixão e costumo sempre dar um jeitinho de chegar perto e rezar.
Em um deles até que consegui fazer isso.
Mas no outro , me travaram de uma tal maneira que pra eu conseguir rezar ali foi só mesmo pela graça de DEUS que estava comigo.
Eu olhava pro velório, queria ir lá e não conseguia dar um passo sequer e dizia...tudo bem, se não posos ir lá rezo daqui mesmo de onde estou e dali mesmo  intercedi por aquelas almas, oferecendo tudo que estava passando pela libertação delas.
Sentia vontade de vomitar, dores abdominais,fraqueza nos braços, e parecia que tinha grilhões nos pés. e a cabeça parecia explodir.
Pedi ao meu marido que ficasse de longe me olhando, pq eu poderia cair , pq estava passando mto mal.
O carro estava á uns 30 m de onde eu estava, mas eu olhava pra ele e pensava....será que vou conseguir chegar até ele?
Tamanha a pressão em cima de mim...Ave Maria!
Decidi continuar e não desistir por nada...e pedi á meu marido...vamos em frente....ao próximo.
Meu DEUS do Céu!...
Qdo cheguei nesse Cemitério...tinha um corredor estreito no meio dele...e fui descendo indo em direção aos túmulos e rezando...
Minha voz saía com mta dificuldade, tinha que respirar a cada palavra rezada...e o peso que sentia em cima de mim, me dificultava andar....parecia ter uma barreira invisível na minha frente, não conseguia passar dali...tentei e qto mais eu tentava ir em frente, mais mal estar sentia...
Fiquei parada tentando respirar e pensava:__Não vou desistir nunca, estrebuchem se vcs estão incomodados...estou com JESUS, não tenho medo...e vou até o último Cemitério e ninguém vai me impedir...e mesmo com mta dificuldade consegui terminar as orações.
E JESUS é tão bom pra mim, que ao lado desse Cemitério, havia um outro ...onde só estão enterrados ali , os judeus.
E ali é fechado o tempo todo, me
informaram....e decidi rezar no Portão mesmo.
Sr Arnaldo...tive que rezar agarrada nas grades...a  coisa me pressionava....parecia apertar meus pulmões....parecia q eu ia cair ali na calçada .
Mas eu dizia....enquanto não terminar, não saio daqui e se eu cair....rezo deitada mesmo....ninguém vai me impedir de ajudar essas almas, ninguém e pedia ajuda pra S. Miguel.
Ufaaaaa.....consegui, mas só DEUS sabe á que custo!...Que alívio meu Pai do Céu!
E dali fui pra um outro Cemitério, que já fui mtas vezes, pq era próximo de minha casa.
Ali não senti nada Sr. Arnaldo...tudo era leve, suave, a brisa gostosa,  e mta tranquilidade.
E aí veio a certeza absoluta de que eram mesmo os encardidos me atacando.
Qdo cheguei em casa e olhei pra foto de N. Senhora...ELA me deu aquele sorriso e vi que tudo valeu a pena.
E disse pra ELA :_já vou contar minha aventura pra Senhora.
Mas ELA me botou pra deitar e disse Descanse!
Dormi durante 2 hs e acordei como se nada disso tivesse acontecido.
Sem nenhuma dor de cabeça.....sem dor alguma no meu corpo ...nada....absolutamente nada...
E DEUS seja louvado pq me deu forças pra continuar mesmo com toda aquela barreira á minha frente.
Agora me diga se tenho razão?
Qdo o Claudio é atacado, ele se sente assim tbm?
Me explica isso tudo Sr. Arnaldo.
Forte abraço!
Deus te abençoe!
E vamos em frente, sempre salvando almas.
========================================================
OBS: Obviamente que nem todos os que visitam cemitérios são atacados desta forma, a maioria nao sente nada. Mas aqui está um modelo de persistencia. Muitos de nós, quem sabe a maioria, logo iria dessitir deixando os malignos entre risadas. Ah se tivessemos milhares de valentes assim... Quem mais vem? Claro, nao devem ter medo, porque Nossa Senhora e São Miguel vão sempre junto.

 
 
 

Artigo Visto: 1976 - Impresso: 31 - Enviado: 10

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 597 - Total Visitas Únicas: 3.385.632 Usuários online: 102