Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título
Você está em: MENU PRINCIPAL / Cartas / Cabelo raspado




 
 
15/01/2008
Cabelo raspado
 
Cartas - Cabelo raspado
15/01/2008 10:47:16

Cartas - Cabelo raspado


CABELO RASPADO.



Depois da carta sobre o piercing recebi esta abaixo sobra o cabelo de homem raspado. Dei a resposta que segue, também com comentários adicionais. Como me perguntaram também sobrr brincos a resposta já estava embutida. de qualquer forma, brinco em homem é um horror e não adianta espernear. É uma agressão inominável, a si mesmo e a Deus.





Eis a cartinha de um jovem:



Você respondeu a um jovem sobre a questão do piercing, e no fim de sua missiva fala sobre o corte de cabelo a zero. Lhe pergunto: até onde 'raspar' a cabeça se constitui pecado? Não costumo fazê-lo por 'vaidade', mas por uma questão de praticidade corto o cabelo com máquina 'um'.



Deus o abençoe no seu apostolado.



resposta:



Veja, em toda a Bíblia você achará indicativos de como Deus quer ver seus filhos e filhas. Existe um modo normal e geral de os filhos de Deus manterem a sua aparência: Homens, com cabelos cortados normais, curtos, mas não raspados, que isso é ANORMAL.



E fica feio, sei por mim quando criança e para meu desespero meu pai nos cortava ele mesmo o nosso cabelo. Uma vez jurei a ele que se me raspasse mais uma vez daquela forma fugiria de casa e nunca mais iria a Missa... rss... Eu me achava um horror e cheguei a chorar um dia inteiro diante do espelho!



Para mulheres fica horrível e até mesmo o corte curto, "a lá homem" tem a ver com rebeldia. Tem a ver com desafiar as regras. Sim, embora elas em si não saibam e até esperneiem quando se fala isso, importa saber que estes modismos não procedem de Deus e sim do maligno.



E entre elas vai desde o uso de calça comprida e colante, quanto a usar transparências e decotes ousados. Elas sabem que isso ofende a Deus! E notam isso a cada olhar libidinoso e concupiscente que recebem dos homens ao seu redor. Se não notam isso é porque já perderam a virgindade da alma, o pudor natural das filhas de Maria Santíssima, eis um dos grandes desastres da humanidade.



Mas São Nilo já no ano 430 previu que depois de 1950 os homens e mulheres se tornariam irreconhecíveis, por causa da moda de vestir e de cortar os cabelos, pois não mais se diferenciariam uns dos outros. Acertou!



Quando jovem, já deixei meus cabelos mais compridos e hoje fico pasmo vendo as fotos, por ter-me sujeitado a ficar tão mais feio do que já sou, mas como carinhosamente Deus me quer. Numa época usei cabelo escovinha, noutra usei calça boca de sino, e sapato de tacão alto. Que tolo eu fui! Justo nesta época é que tive mais dificuldade com as mulheres.



Quando percebi isso adiante, NUNCA MAIS, nunca mais eu te garanto, a moda me convenceu de algo, nem mesmo a propaganda. Há se as pessoas descobrissem o quanto satanás está por trás disso tudo...



Mas, você é livre, e se o fez antes por desconhecer e até por praticidade, agora sabe o sentido rebelde que se encontra por trás destes difereciamentos. Mesmo que não brote do seu coração, cumpre um desejo que não vem de Deus. Entendes?



Por outro lado você dirá: sim, quanto a Nossa Senhora, que continua aparecendo sempre com seus cabelos compridos... mas e quanto a Jesus que continua a se mostrar com barbas, bigode e cabelos mais longos, o que já não é comum?



Bem, aquela era uma tradição judaica, e até mundial, que vigorou até a Idade Média, mas hoje a humanidade em peso assumiu um tipo de comportamento que permite maior asseio, até porque o uso de cabelos muito longos, e longas barbas, carrega junto um infindável número de bactérias, que só trariam mais doenças. Os cortes normais, tanto do homem como da mulher, permitem melhor aparência e maior asseio. E neste caso, os cortes anormais, se encaixam no plano que já mostrei. sim?



Agora complemento o que não estava na carta:



Vejam, existe uma postura, um comportamento tácito da sociedade atual, quanto ao comum e a maioria dos homens e mulheres. Isso vigorou durante quase um século, entretanto, começou a crescer, devagar, depois de 1950 um maldito germe de rebeldia, que explodiu com os beatles, o rock, e com os horrores, drogas, sangue, satanismo, urina e fezes do festival de Woodstock. E vejam como começou mal, e quem está por trás disso tudo!



Ou seja, nascia ali um ciclo de rebeldia! Aliado a isso, vieram as drogas, cada vez em maior quantidade e maior poder destruidor, tanto do corpo como da alma. Esta rebeldia trouxe consigo comportamentos discrepantes, que no início sempre são tratados como modismos passageiros, mas jamais são algo que não deixa amargas seqüelas. Temos aí desde os skinheads, até as gangs com suas tatuagens, e até gente que se pendura em ferros pelos músculos, em praça pública, apenas para aparecer.



De início chocam as pessoas, agridem. Depois alguns se acostumam aqui, outros acolá. E surgem ainda os que encontram comportamentos intermediários, de modo que aos poucos a sociedade não tem mais condições de voltar atrás. Importa saber de uma coisa: modas e modismos não vêm de Deus, e sim, TODOS de satanás.



Então, hoje, da parte do homem, o corte de cabelo raspado, não é, ainda, um comportamento que se pode achar normal, primeiro porque sempre será fora de padrão, e segundo porque aceitar isso como bonito, significa a perversão do efeito visual. As pessoas passaram a achar normal, ou até bonito, aquilo que de fato é feio, que agride a sociedade como um todo, e que em síntese, visa atingir a Deus. Não a pessoa em si, mas tal modismo tem exatamente este sentido. Jesus jamais se apresentará a alguém com a cabeça raspada. Deu para entender? Ele Se mostrará sempre como era, quando esteve entre nós! Limpo, asseado, como postura de homem, jamais como anômalo.



Quando o Ronaldinho “fenônemo” começou com esta moda careca, o fez como rebeldia, como algo para aparecer e se destacar, no que foi seguido por milhões de homens. Estive na Holanda há um tempo atrás e achei aquilo um horror. Há milhares de raspados por lá. Cheios de piercings e tatuagens! E isso não somente é anormal, como é agressivo, e mesmo aberrante!



Não agride somente a própria pessoa, como agride a sociedade e agride também e muito mais a Deus. Macula sim, a imagem de Deus, da qual o homem é feito semelhança. Não podemos fugir desta realidade. E não se poderá alegar diante de Deus que não se sabia.



Veja, quanto às tatuagens, tenham absoluta certeza disso: quem hoje coloca uma tatuagem indelével em seu corpo, sabendo que as Escrituras condenam isso, com certeza plena não entra no céu sem tirar aquela marca no fogo do Purgatório. Ela queimará profundamente, até as carnes, ninguém escapa! Isso porque, adiante, quando todo recebermos nossos corpos, ninguém aparecerá com tatuagens. Sim, os que persistirem e se tornarem demônios, estes quem sabe continuarão usando em seu corpo podre, a marca horrenda daquele que os cativou. Para seu desespero eterno! Rebeldia por rebelde, Lúcifer foi o primeiro e pai de todos!



Da mesma forma quem morre com um ferro espetado no corpo: a pessoa pode até se salvar, mas somente depois que este espeto tiver se fundido, no fogo da purificação. E fundido junto da pele, com todos os horrores de um fogo incomparavelmente mais forte do que as fogueiras da terra.



Todas estas modas, e todos estes modismos, OFENDEM profundamente a Deus Altíssimo. Deus jamais estará numa passarela de moda, antes ali povoam os demônios. Bilhões de dólares são gastos nestas loucuras, que o fogo em breve queimará, sem deixar nem ramos nem tronco, nem raiz.









 
 
 

Artigo Visto: 2250 - Impresso: 27 - Enviado: 13

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 597 - Total Visitas Únicas: 3.385.632 Usuários online: 102