Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
28/06/2017
Poder do exorcismo
Em todo mundo explode o número de possessões e ataques dos demônios.
 

Trevas - 117 No Exorcismo - REAPRESENTANDO

2050830 NO EXORCISMO (214)
 
     Relatamos a seguir, como seqüência da série de revelações sobre o inferno, o que acontece quando se reza as Orações de Exorcismo, notadamente quando elas são rezadas por um sacerdote, que recebeu de Jesus o poder de expulsar os espíritos imundos e de curar todo o mal e toda enfermidade (Mt 10,1). Quando um sacerdote, verdadeiramente imbuído de sua missão, consciente do poder quase ilimitado que Jesus lhe deu, e munido daquela fé mínima, aquela do grão de mostarda, de fato exercer este ministério com amor e fervor, o inferno treme, os demônios fogem e se acabrunham, até a própria natureza se curva diante dele. Este o grande poder dos padres e Bispos!
 
     Mas hoje, quantos deles estão realmente conscientes de que podem e devem expulsar os demônios, de que podem e devem curar todas as enfermidades? Quantos nem mais acreditam no demônio, quando Jesus por 19 vezes nos Evangelhos falou sobre eles e sua malícia e maldade? E os mandou expulsar em seu Nome. Quantos ainda exercem seu eterno sacerdócio, com verdadeiro poder e plena força? Um em um milhão? Grande culpa nos deve caber nestes sentido, porque se o clero está fragilizado ou mal instruído, isso é certamente porque o povo católico já antes o está. Está e não reza mais!
 
     Além disso, muitos acham que o Exorcismo se deve fazer e rezar, apenas quando temos um caso de possessão diabólica, mas na verdade ele pode e deve ser rezado, para expulsar o maligno e toda a sua corja, de toda uma diocese, de uma cidade, de uma vila, de uma família. Os padres têm poder e autoridade para tanto. O grande Papa Leão XII, que teve a visão do demônio, nos pediu e nos Deus instruções precisas quanto a isso, recomendando orações que poderiam ser feitas até por leigos, para exorcizar o maligno e sua caterva. Sim, existem orações especiais  no Ritual de Exorcismo Oficial, que apenas os padres as podem rezar, pelo poder da Ordem Sacerdotal e da estola, mas existem também outras destinadas aos simples leigos. Então nós podemos e devemos fazer nossa parte. Vejamos primeiro então, o relato das visões:
 
     Dia 04 de julho 2005, entre 12:30 e 13 horas. Neste tempo Nosso Senhor me mostrou a visão que relato a seguir, e que mostra o que acontece com o inferno e com os demônios, mesmo com os mais poderosos deles, quando se reza o Exorcismo:
 
     Vi, no alto, satanás em pé, junto a um batalhão de demônios. Alguns deles tinham em suas “mãos”, um ferro pontiagudo. Satanás estava um pouco à frente dos demais, e os outros estavam de pé, ao seu lado esquerdo. De repente semeou-se a confusão no meio deles, e eu podia ver que também satanás estava confuso e cheio de grande aflição. Ele falava exasperadamente a todo aquele batalhão de demônios, e estes lhe cobravam uma resposta sobre o que estava acontecendo. Estavam todos oprimidos e confusos!
 
     Eles olhavam para todas as direções tentando descobrir o que lhes acontecia, e sem entender até o próprio satanás se afligia. Ele mesmo se encontrava como que apagado, aniquilado e sem forças, e desta vez não estufava o peito para se fazer maior e mais poderoso do que ele é, como sempre me tem sido mostrado. Também não tinha forças para se enfurecer e nem avançar contra quem quer que fosse, pois também ele parecia esmagado por uma força desconhecida, que os amarrava e os impelia para trás, e que eles não sabiam o que era, nem donde vinha.
 
     Então os outros começaram a gritar e percebi que uma força descomunal os impelia de volta e eles, mesmo presos no chão, dobravam inteiramente os seus “corpos” para trás, como se impelidos por uma ventania que os vergasse. Então satanás, como que extraindo novas forças de seu ódio, passou a gritar exigindo que os outros permanecessem de pé, mas embora todo esforço eles se dobravam novamente.
 
     Então Nosso Senhor me ia mostrando a força do Exorcismo, à medida
que ele é rezado. Num dado momento o próprio satanás foi atingido por aquela força, que os atirava para trás, e ele dobrou seus “braços” diante de sua carranca, como para se proteger de algo terrível para ele, chegando a retroceder alguns passos, dobrando também ele o corpo. Mas não caiu, ao passo que todos os outros sim, foram até quase o chão, dobrando-se ainda mais do que na primeira vez.
 
     Quando satanás se recuperou, estava ainda sem entender o ocorrido, mas diante do alvoroço dos seus comandados, olhou para trás e isso lhe pareceu dar novas forças, pois todos se levantaram. Ele próprio – satã – demonstrava medo! Eu podia ver isso estampado em sua cara horrenda, onde se notava a insegurança. Ele se mostrava muito sério e pela primeira vez, desde que tenho tido estas visões, pude notar claramente, nele também, este sentimento de pavor. Ele tentava a todo custo descobrir o que se passava..
 
     Enquanto isso a visão prosseguia sem interrupção. E me foi mostrado que também a Oração de Exorcismos deve prosseguir sem interrupção, em todos os lugares do mundo, Paróquias e Dioceses, também nos lares, pois ela tem a força de dobrar o poder do inferno. Neste momento vi os demônios, agora interrogando ao próprio Lúcifer: o que está acontecendo? E se mostravam completamente desesperados! 
 
     Num último assomo daquela força invisível vejo que, repentinamente, todos eles foram atirados de costas no chão, em meio a gritarias aterrorizantes, e ali ficaram imobilizados e sem forças por uns instantes. Satanás, vendo-os assim derrubados, voltou-se e olhou para mim, mas não conseguia dizer nada: estava insatisfeito por aquilo ter me sido mostrado, tinha o olhar carregado de ódio, sua aparência estava acabrunhada, pois nem ele tinha forças para entender aquele fenômeno, embora ainda permanecesse de pé. Afinal, o Exorcismo estava sendo rezado por um simples grupo de leigos.
 
     Neste momento a visão se desfez e Nosso Senhor me apareceu e falou:
 
     Agora podeis ver, filha, a força dos Exorcismos. Escrevei! É preciso relatar isso aos meus filhos sacerdotes. É preciso alerta-los: muitas vezes, determinadas situações em suas paróquias poderiam ser evitadas. Sem os Exorcismos, satanás tem liberdade de ação. É ele quem provoca estímulos ao suicídio, ao desejo de matar, ao estupro, aos abortos, ao sexo desenfreado, aos roubos, que muitas vezes são cometidos por bons filhos, embora pouco confessados. Até nas fofocas e intrigas que aparentemente não têm o “dedo” de satanás, ele se faz presente, provocando assim todos estes desajustes sociais.
 
     Deveis lembrar, que estas ações de satanás não se fazem somente naqueles que são tidos como possessos, e que por vezes até o são, porém não somente estes necessitam de Exorcismos. Neste tempo em que a batalha  se trava são necessários os Exorcismos. Dizei isso aos meus Bispos, ainda não são afeitos a reza-lo, que os peço agora nestes tempos. E que o façam não somente eles, os Bispos, mas também os seus Sacerdotes. E não só nas necessidades, quando procurados, mas durante a semana, pelo menos uma vez, que rezem o Exorcismo, pela sua Paróquia, pela sua Diocese.
 
     E a vós, filhinhos leigos, Eu peço: rezai cada dia pelas vossas Dioceses, as orações de Exorcismo que vos são permitidas rezar. Vossas orações substituirão as que deixarem de ser feitas por alguns de meus sacerdotes. Foram mostradas a vós, nesta visão, as reações de satanás diante da força da Oração do Exorcismo, força dada por Mim, aos filhinhos que a rezarem em estado de graçaE quando meus filhos Sacerdotes, pela unção sacerdotal fazem alguma Oração de Exorcismo, nem o próprio satanás fica de pé.
 
     Dizei aos meus Bispos, aos meus sacerdotes, que não desprezem Meu pedido, pois rezando o Exorcismo, as vossas Paróquias e Dioceses, receberão forças de Deus, na luta que (hoje) se trava, e dia a dia se intensifica. A perseguição já se faz – e meus filhos sabem disso – mas aumentará, e os Exorcismos serão a proteção para a Diocese, pois enfra
quecerão a ação de Lúcifer e dos seus demônios.
 
     É necessário, também, que voltem a fazer o “asperges-me”, antes das Missas, pelo menos no corredor central, para que os demônios não adentrem a Igreja, nas celebrações, como já acontece. Abençôo a todos vós que se empenharão (neste pedido). Dizei a todos os meus filhos, que estarei com eles nesta batalha, apesar das discordâncias de alguns sacerdotes. A luta é árdua e a batalha se trava. + Em nome do Pai, + em nome do Filho, + em nome do Espírito Santo! Amém! Sou Jesus!
 
     Um pouco mais tarde, vi satanás tentando impedir que eu passasse no vão da porta. Ele me apareceu com aquela mesma cara que tinha quando do encerramento da visão acima descrita e me disse: não revelarás isso a ninguém! E com ódio, rangendo os dentes, ainda ameaçou: “nem aos sábios, nem aos pequeninos!” Então simplesmente ergui o crucifixo e lhe disse: afasta-te, estou com Deus! Ele ainda me xingou, arreganhou os dentes como um cachorro bravo preste a atacar, mas se foi. De fato, não lhe é dado me fazer qualquer mal físico!
 
     Desde este pedido de Nosso Senhor, nós aqui estamos rezando mesmo somente em família, estas Orações de Exorcismo, que são permitidas aos leigos. Na primeira vez que as fizemos, já no dia seguinte, tive a seguinte visão que relato agora:
 
    Vi satanás com um exército imenso, maior ainda que o de ontem, que avançava contra nós, silenciosamente. Quando começamos a rezar o Exorcismo, pude vê-los, mesmo estando todos em um ambiente escuro. Repentinamente eles pararam e satanás virou-se para eles, gritando com grande agitação: “Agora não dá mais! Voltem! Voltem!” Porém tanto ele, quanto seu exército estavam todos paralisados, não conseguindo ir nem para frente nem para trás. No final das Orações de Exorcismo, quando eu ia aspergir o ambiente com água benta e exorcizada, vi todos eles fugirem em debandada, quando desapareceram junto com o chefe deles. Antes ele prometeu voltar mais tarde! 
 
    Mas a todos digo: não se preocupem, porque não devemos ter medo dele! Mas também não devemos afrontá-lo, sozinhos, sem a força da oração e sem o estado de graça, porque assim ele ganhará forças e espaço para agir. Ele, de fato, ameaça, mas alegremo-nos, porque ele só vai até onde o Bom Deus lhe permite. E a quem pertence a Deus, jamais ele toca! Sim, aos que estão com o sacramento da Confissão em dia!
 
     E a pedido de Nosso Senhor estou escrevendo estas visões e as enviando. Louvado seja Deus que nos revela tais coisas, e nos permite vê-las – a nós pequeninos servos – e desta forma deixa escoar Sua Graça para os filhos que Ele tanto ama. Devemos então, revelar isso tudo, tanto aos sábios quanto aos pequeninos, não somente para que todos vejam as astúcias e as artimanhas de satanás e seu exército maléfico, mas também para que saibam as formas que Deus colocou em nossas mãos para vence-los! Sempre com Deus!
 
     E para que os leitores vejam e sintam o estado em que está o mundo, e as coisas, até na nossa Igreja Católica, termino relatando uma pequena visão, e as palavras de satanás. Há poucos dias atrás, ele me apareceu em visão. Apresentava-se todo glorioso, de cabeça erguida e disse a seguinte frase: Agora já sou REI do mundo, não apenas príncipe! (fim)
 
    Este texto não ficaria completo se junto não acrescentássemos as orações próprias, que as pessoas e famílias, também os grupos de oração podem e devem recitar, pelo menos uma vez por semana como Jesus nos pede. Trata-se, não de exorcismo sobre pessoas – que isso compete apenas aos Sacerdotes consagrados – mas sobre situações e ambientes, e podem ser oferecidas pelas localidades, paróquias, dioceses e também famílias.
 
ORAÇÃO CONTRA SATANÁS E OS ANJOS REBELDES  (gentileza Carlos José Longo)
Publicada por ordem de Sua Santidade o Papa Leão XIII.

O Santo Padre, Leão XIII, anima aos sacerdotes para que rezem esta oração tão freqüentemente quanto lhes seja possível, como um exorcismo simples para limitar o poder 
do diabo e prevenir a sua ação maligna. Os fieis também podem invocar esta oração individualmente e coletivamente, com o mesmo objetivo. Recomenda-se quando se suspeite de ações demoníacas causadas pela malicia entre os homens, tentações violentas e até tormentas e outras calamidades. 

ATENÇÄO! Pode-se usar como um exorcismo solene - uma cerimônia oficial e pública em Latim - para repelir a ação demoníaca. Neste caso deve ser invocada por um sacerdote, no nome da Igreja e só com autorização especifica do Bispo. (A versão em Inglês leva o Imprimatur de + Henri, O.M.I., Vigário Apostólico de James Bay - 15 de Agosto de 1967) 
 
[NOTA: "+" indica uma benção que é dada se um sacerdote invoca o exorcismo. Se um leigo a invoca, então a "+" indica o lugar onde o símbolo da Cruz é feito silenciosamente pelo fiel que esteja a oferecer essa secção específica. De preferência que estas orações sejam recitadas pelos fiéis, estando em estado de graça, porque sobre as pessoas que se acham neste estado o demônio não tem poder. Elas são flores de Deus]

ORAÇÃO A SÃO MIGUEL ARCANJO

+ Em nome do Pai, + em nome do Filho, + e em nome do Espírito Santo. Amém!
Ó Grande e glorioso Príncipe dos exércitos celestes, São Miguel Arcanjo, defendei-nos "Porque para nós a luta não é contra a carne e o sangue, mas sim contra as potestades, contra os poderes mundanos destas trevas, contra os espíritos da maldade celeste." [Efes. 6, 12]. Vem e assiste ao homem que foi criado à imagem e semelhança de Deus, e a quem Ele redimiu da tirania do demônio a um grande preço.  A Santa Igreja vos venera como seu guardião e protetor. A ti o Senhor confiou as almas dos redimidos, para que as dirijas ao Céu. Ora, portanto, que o Deus da Paz, atire satanás para debaixo dos nossos pés, para que ele não possa manter o homem em pecado e fazer mal à Igreja. Oferece as nossas orações ao mais Alto, que sem demora elas atraiam a sua misericórdia sobre nós, que vença o dragão, "...a serpente antiga, que é o demônio, satanás, e acorrente-o por mil anos... Lance-os, no Abismo, a fim de que não seduzam mais as nações." [Apoc. 20: 2-3]. 

E X O R C I S M O> Em nome de Jesus Cristo, nosso Deus e Senhor, fortalecido pela intercessão da Imaculada Virgem Maria, Mãe de Deus, do Bendito Miguel Arcanjo, dos Benditos Apóstolos, Pedro e Paulo, e de todos os Santos, confiadamente neles nos dispomos à tarefa de repudiar os ataques e enganos do diabo. 
 
Deus levanta-se; Os seus inimigos são derrotados e os que O odeiam, fogem diante Dele. Como o fumo é expulso, eles são expulsos; como a cera se derrete ante o fogo, também os malvados perecem com a presença de Deus. [Salmo 67] >

V. - Contemplando a Cruz do Senhor, que fujam todos os Seus inimigos. 
R. - Ele o conquistou. O Leão da tribo de Judá. O rebento de David. 
V. - Permite ó Senhor Deus que a vossa misericórdia desça sobre nós. 
R. - Em proporção á nossa Esperança e nossa fé em Vós. 

Expulsamos-vos de perto de nós, quem quer que sejam, todos os espíritos imundos, todos os poderes satânicos, todos os invasores infernais, todas as legiões malvadas, assembléias e seitas; em nome e pelo poder de Nosso Senhor Jesus Cristo, + que sejam extirpados e sacados da Igreja de Deus e das almas feitas á imagem e semelhança de Deus, e redimidas pelo precioso sangue de Divino Cordeiro. + Astuta serpente: não te atrevas mais a enganar a raça humana, a perseguir a Igreja, a atormentar aos eleitos por Deus e ceifá-los como se fossem trigo. + O Deus Pai te ordena + Ele, como quem, na tua grande insolência, ainda arrogas ser igual. Deus quer que todos os homens sejam salvos e cheguem ao pleno conhecimento da verdade. [ 1Tim. 2: 4]. 

O Deus Pai ordena-te. + O Deus Filho ordena-te. + O Deus Espírito Santo ordena-te. + Cristo, a Palavra de Deus encarnada, ordena-te; + Ele, que para salvar a nossa raça perdida por conseqüência da tua inveja, ...humilhou-se Ele mesmo, fazendo-se obediente até à morte... [Fil. 2: 8]. Ele que construiu a sua Igreja numa rocha firme e declarou que as portas do inferno não triunfariam contra ela, porque Ele estará com ela; e conosco estará todos os dias, até á consumação dos tempos. [S. Mateus 28: 20]. 
 
O sagrado Sinal da Cruz ordena-te, + como também o faz o poder dos Mistérios da fé cristã, + a gloriosa Mãe de Deus, a Virgem Maria, ordena-te; + Ela, que pela sua humildade e desde o primeiro momento da sua imaculada Concepção, já esmagou a tua orgulhosa cabeça. A fé dos santos Apóstolos Pedro e Paulo e dos outros Apóstolos ordenam-te. + O sangue de Mártires e a piedosa intersecção dos Santos ordenam-te.+ 

Portanto, maldito dragão, e vós, legiões diabólicas, ordenamos pelo Deus vivo, + pelo Deus verdadeiro, + pelo Deus Santo, + pelo Deus que assim amou Deus ao mundo até dar o Seu Filho único, para que todos aqueles que acreditam Nele, não se percam, mas sim tenham a vida eterna; [S. João 3: 16]; deixa de enganar as criaturas humanas e derramar sobre elas o veneno da condenação eterna; deixa de ferir a Igreja de Cristo interferindo com a sua liberdade. Vai-te embora satanás, inventor e mestre de todas as mentiras e enganos, inimigo da salvação do homem. 

Sai do caminho de Jesus Cristo em quem não pudeste enganar com nenhum dos teus artifícios; sai do caminho da Igreja, Única, Santa, Católica e Apostólica Igreja adquirida por Cristo ao preço do seu sangue. Rebaixa-te por baixo da poderosa mão de Deus; treme e foge quando invocarmos o Santo Nome de Jesus, este Nome, que faz tremer o inferno, este Nome, ao qual as Virtudes, Poderes e Domínios do Céu estão humildemente submetidos, este Nome ao qual os Querubins e Serafins dizem constantemente repetindo: Santo, Santo, Santo É o Senhor, O Deus dos exércitos. 


V. - Oh, Senhor, ouve a minha oração. R. - Permite que o meu clamor chegue até vós. 
V. - Que o Senhor esteja contigo. R. - Ele está no meio de nós

Oremos... Deus do Céu, Deus da terra, Deus dos Anjos, Deus dos Arcanjos, Deus dos Patriarcas, Deus dos Profetas, Deus dos Apóstolos, Deus dos Mártires, Deus dos confessores, Deus das Virgens, Deus que tem o poder de dar a vida depois da morte e descanso depois do trabalho, porque não há outro Deus além de Ti e não pode haver outro, porque Tu És o Criador de todas as coisas, visíveis e invisíveis, cujo reino não terá fim, prostramo-nos humildemente perante a Tua Gloriosa Majestade e te rogamos que nos libertes com o teu poder, de toda a tirania dos espíritos infernais, das suas ciladas, das suas mentiras e da suas furiosas maldades; propícia, oh, Senhor, que desça sobre nós a Tua poderosa proteção e nos mantenhas seguros e saudáveis. Rogamos-te através de Jesus Cristo Nosso Senhor. AMÉM

Das ciladas do demônio >  liberta-nos, oh , Senhor. 
Que a Tua Igreja possa servir em paz e liberdade > rogamos que nos ouças, Senhor. 
Que afastes a todos os inimigos da Tua Igreja > rogamos que nos ouças, Senhor. 

[Agua benta e exorcisada deve ser salpicada no lugar onde se pronuncia a oração.)
Em nome do Pai, + do Filho + e do Espírito Santo + . Amém! 
     Para finalizar, devemos esclarecer que existem muitas dúvidas em relação ao que se pode ou não rezar como Exorcismo. Há uma batalha dentro da própria Igreja, onde certas correntes parecem querer evitar que estas orações sejam feitas. 
 
     Um amigo a quem consultei a respeito, me disse genericamente assim: “O Novo Ritual de Exorcismo provocou protesto dos exorcistas, em especial do Padre Amorth, presidente da Associação Mundial dos Exorcistas. Em conseqüência, a Santa Sé autorizou, àqueles que pedissem (não sei como seria a tramitação desta petição, provavelmente através do Bispo) a continuarem a usar o antigo. Mas isto diz respeito ao exorcismo solene, oficial. No caso de um uso mais particular, como imagino ser a oração anexa, o sacerdote tem bem mais liberdade. Especificamente a nós, leigos é vedado nos dirigirmos diretamente ao demônio. Entretanto, não sei interpretar sobre a jaculatória da medalha de São Bento: 
(A Cruz sagrada seja minha luz, não seja o dragão meu guia, retira-te satanás, nunca me aconselhes coisas vãs, bebe tu mesmo o teu veneno). Quando o Padre Afonso Rodrigues SJ foi proibido de exorcizar, ele simplesmente rezava o terço e o diabo caia fora...”
 
    Pessoalmente eu penso que devemos fazer o possível como leigos, já que aqueles que não fazem o impossível – e que poderiam fazer – como consagrados, perdem tempo em suas intermináveis discussões, que parecem querer negar o óbvio: negar que o demônio existe, que ele é mau e quer somente o nosso mal e mal da nossa Igreja! Como poderemos reagir e agir contra esta força estupenda que Deus conferiu aos espíritos malditos – porque a deu quando eram anjos e não a tirou mais – se não podemos sequer mencionar tais nomes, invocando sobre eles o poder do Altíssimo?
 
     De qualquer forma, achamos que tais orações devem sempre ser rezadas com humilde cuidado, com uma submissão completa e absoluta ao primado de Deus, nada fazendo como arrogante e pretensa força de algum poder humano. Milhares de pastores evangélicos têm se dado mal neste sentido. Na verdade, nenhum homem tem poder de Exorcismo, sem que ele venha do próprio Deus. Nenhum homem, sozinho, pode lutar contra o inferno, sem antes a fortaleza do Altíssimo. Mas com Deus pode sim, e os santos, que saíram vencedores nestas batalhas, já demonstraram isso. 
 
     E este mesmo Deus conferiu a Sua Igreja, aos seus ministros consagrados, o Poder de expulsar tais espíritos malignos, de todas as esferas e poderes, afastando-os dos limites e proximidades, quebrando seu poder de sedução, esmagando e oprimindo sua ação. Na verdade, muitos santos, leigos, também venceram aos demônios. Para eles é bem mais difícil, pois o verdadeiro poder de Exorcismo está na estola sacerdotal, que só podem usar os que recebem o Sacramento da Ordem. O que nos compete, então, é rezar para que os padres e bispos, sem imbuam da necessidade de usar as armas do Exorcismo, porque isso com certeza diminuirá sensivelmente o alcance da tribulação que vem.
 
     Os que puderem, pois, levem estes textos aos sacerdotes, aos bispos, em especial a parte relativa às visões e as palavras de Jesus, que explicam tudo. E os que se sentirem na graça de Deus, rezem pelo menos uma vez por semana estas orações, que são eficazes e trazem grandes frutos no combate contra os poderes infernais. De qualquer forma, nenhuma das orações acima é pronunciada no próprio nome da pessoa, nem é jamais ordenada pela própria autoridade pessoal, e sim e sempre pelos Poderes de Deus. Não vejo problema algum em reza-las! Se algo de mal acontecesse, agora mesmo já as rezei por três vezes, enquanto relia e preparava os textos. Que Deus esteja com todos!
 
    Muitos serão beneficiados com estas revelações. Levem ao máximo de pessoas possível!
Lembrem: o Rosário é uma das maiores armas contra as trevas.
 
Arnaldo

 
 
 

Artigo Visto: 1595 - Impresso: 38 - Enviado: 9

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 688 - Total Visitas Únicas: 3.178.031 Usuários online: 89