Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
12/09/2007
Dentro do inferno
 
Trevas - Dentro do inferno
12/09/2007 08:45:15
Trevas - Dentro do inferno

DENTRO DO INFERNO
 
(Abaixo seguem partes do depoimento de um americano, protestante, que teve uma visão do inferno. Temos que continuar alertando as pessoas, e estes testemunhos dão ânimo para que lutemos pela salvação das almas, até as últimas conseqüências. A descrição dele bate com outras e não importa que não seja católico. Importa é que são mais explicações sobre aquele horror. Que nenhum dos nossos seja alvo da Justiça Divina. Lutemos e rezemos para que isos não aconteça.)
 
Testemunho de Bill Wiese – 23 Minutos no inferno!
(http://www.spiritlessons.com/Documents/Bill_Wiese_23_Minutes_In_Hell/Portuguese_Bill_Wiese_23_Minutos_no_Inferno.htm
 
Por volta das 3 da manhã fui arrebatado. Eu não saberia disso até voltar e então o Senhor me explicou tudo. Eu me vi dentro de uma cela presidiária, exatamente como numa prisão normal com paredes rústicas de pedra e barras de ferro na porta. Até então eu não sabia onde me encontrava. Tudo o que sabia era que estava extremamente quente, terrivelmente quente. Era tão quente que não conseguia sequer acreditar que ainda estivesse vivo. Eu sentia que poderia desintegrar com um calor tão intenso, mas estava vivo.
 
Eu me encontrava numa cela e havia 4 criaturas comigo dentro dela. Nessa hora eu não tinha consciência de tratar-se de demônios, pois me encontrava na posição de uma pessoa não-salva. Deus tirou de minha mente a lembrança de que eu era cristão. Eu não sabia o porquê disso, mas depois Ele me explicou tudo.
Eles eram todos escamosos. Um dele tinha escamas por todo seu corpo, mandíbulas gigantescas com dentes enormes e garras projetadas para fora, além de olhos profundos. Eles eram simplesmente enormes. O outro tinha como que nadadeiras cortantes e finas por todo seu longo braço que era desproporcional em relação a seus pés. Eles eram deformados e fora de proporção, sem nenhuma simetria, um braço maior que o outro, criaturas bizarras e horrendas, horríveis, horríveis. 
E eles blasfemavam a Deus. O tempo todo eles maldiziam a Deus. Eu me perguntei "por que eles amaldiçoam a Deus? Por que eles odeiam a Deus tanto assim?" Então eles tiveram suas atenções voltadas para mim e senti o mesmo ódio que eles tinham por Deus, o que me fez pensar novamente "por que eles me odeiam? Eu não fiz nada." Mas eles me odiavam com um ódio que eu jamais havia experimentado na Terra; um ódio que homem algum teria capacidade de sentir. Eles realmente me odiavam e eu sabia que estavam ali para me torturar.  
Não tenho consciência de como vim a saber algumas coisas da qual irei falar agora. No Inferno os seus sentidos são mais apurados, a única coisa que você não tem é o corpo físico. Eu tinha perfeita noção de distância, de tempo e etc, muito mais noção disso tudo do que vocês que estão aqui. E também sabia que essas coisas estavam destinadas a mim e que deveriam me torturar eternamente naquele lugar.
Eu me encontrava deitado no chão daquela cela e não tinha força nenhuma em meu corpo. Perguntei a mim mesmo "por que não consigo me mover, o que há de errado comigo?" Apenas tinha consciência de minha falta de força e estava ali deitado sem nenhuma chance de ser ajudado. Um dos demônios me puxou e me ergueu para me jogar na parede como quem joga um copo de vidro. Ele conseguia me erguer como se eu fosse um simples copo de vidro. Ou eu era muito leve ou ele é quem era muito forte. Quando ele me jogou na parede, pude sentir todos os ossos do meu corpo partindo em pedaços. E pude sentir dor! Fiquei deitado ali no chão clamando por misericórdia, mas aquelas criaturas não tinham nenhuma misericórdia.  
Um deles me pegou e o outro com suas garras afiadas como naval
ha começou a retalhar toda a minha carne em pedaços. Ele me picava por inteiro e não se importava em retalhar um corpo que Deus havia feito perfeito. Eu podia sentir toda a sua intensa raiva contra mim. Perguntei-me: "como eu posso estar vivo, como estou vivo após isso tudo? Não entendo como ainda não morri." A minha carne despedaçada pendia de meu corpo, mas não havia sangue algum, havia apenas a carne, pois a vida está no sangue e não há vida alguma no Inferno. Também não havia água no Inferno.
Lembro daquela passagem da Bíblia que falava de um possesso. Ninguém conseguia prendê-lo, pois ele quebrava as correntes em pedaços. E era apenas um homem com uma força demoníaca. Creio que esses demônios possuem força equivalente a 1000 homens. Mesmo que eu estivesse em minha forma plena, jamais conseguiria derrotá-los. Eu estava totalmente à sua mercê, mas eles não tinham misericórdia alguma. Os demônios passam sua vida toda no Inferno.
O cheiro desses demônios e o cheiro do Inferno em si é algo terrivelmente ruim; sequer posso descrever esses cheiros para vocês. É como se fosse o odor de carne queimada, de enxofre. O cheiro dos demônios é como esgoto aberto, pútrido, carne podre, ovos estragados, leite azedo e tudo o mais que vocês possam imaginar. Agora pegue isso, multiplique por 1000 e coloque no seu nariz. É algo tão tóxico que mataria qualquer um que esteja em seu corpo físico. Por isso eu me perguntava "como eu posso continuar vivo com esse cheiro tão horrendo?" Mas no Inferno a pessoa não morre, ela tem de suportar esse cheiro. Aquele é um lugar cruel, miserável, horrível e que as pessoas têm de suportar. Você é obrigado a suportar todas essas coisas.
Deus criou o ser humano, a maior forma de criação, e esses demônios são a forma de criação mais inferior que existe. Conforme o homem trabalha duro a fim de prosseguir sua vida, nós nos aperfeiçoamos, estudamos. Mas no Inferno a sua vida é comandada pelos demônios. Essas criaturas têm QI igual a zero, são criaturas totalmente ignorantes. Tudo o que eles sabem fazer é odiar a Deus, odiar a você e torturá-lo. Além disso, eles comandam sua vida e você não pode fazer quanto a isso.  
Eu estava naquela cela e então tudo começou a escurecer, uma escuridão tão intensa que tudo ficou completamente em trevas. Uma escuridão que jamais havia visto antes, e olha que eu já entrei em cavernas, em minas de extração de ferro no Arizona. Mas a escuridão desse lugar era algo que vocês sequer podem imaginar. Tentei engatinhar naquele lugar, pois pelo menos conseguia engatinhar e aparentemente as criaturas haviam me deixado. Como me lembrava onde a porta se situava, fui engatinhando até a porta até que consegui sair da cela. Quando olhei para fora, tudo era negro e a única coisa que podia ouvir eram gritos, bilhões de pessoas gritando naquele lugar. Eu tinha consciência de que tratava-se de bilhões (1) de pessoas pois o som era altíssimo. Se você já viu uma pessoa gritando, sabe que é uma coisa irritante. Mas quando você escuta bilhões de pessoas gritando, imagine o quanto isso afeta sua mente. Você sequer consegue agüentar. Simplesmente você tapa seus ouvidos de tão alto e penetrante que é esse barulho. Mas nesse lugar você não consegue escapar desses gritos. 
 
(1) Não acreditamos que o número dos perdidos chegue a casa dos bilhões de humanos, mas certamente dos milhões sim. Se apenas 1% se perder, então apenas dos vivos de hoje teríamos o astronômico número de 65 milhões de almas perdidas.
  
O medo que toma conta de você é inacreditável. Tudo é dominado pelo medo. Não há a presença de Deus nesse lugar, você é obrigado a suportar o medo e o tormento da escuridão. Você não consegue enxergar nada, nem mesmo aquilo que está vindo contra você.
Eu estava fora da cela e então ol
hei para certa direção e pude ver que havia chamas de fogo a aproximadamente 10 milhas de distância de onde me encontrava. Além disso, havia um poço de fogo que media 3 milhas por toda sua extensão, com chamas tão altas que atingiam certa altura que era suficiente para se ter um pequeno panorama do Inferno.  
A escuridão era tremenda, capaz de absorver qualquer resquício de luz. Mas era suficiente para se ver um pouco da linha do horizonte. Tudo era marrom e desolado! Quero dizer que não havia nenhuma folha verde, nenhuma forma de vida, apenas pedras, um céu sujo e negro, além de neblina pela linha do horizonte. As chamas eram tão altas que pude enxergá-las.
Tudo isso está acontecendo no Inferno, é muito quente. Todas essas coisas são capazes de matar qualquer um, mas lá você não morre! Você tem de suportar isso tudo o tempo todo. Eu queria paz de espírito para fugir dos gritos e escapar desse lugar. Exatamente como você se sente quando quer voltar pra casa à noite depois de um dia estafante, você simplesmente quer paz de espírito. Porém você tem de agüentar todos esses gritos e todo esse tormento. E você nunca vai conseguir fugir desse lugar.
 
Além disso, você se encontra nu no Inferno. Outra coisa que a pessoa tem de suportar é a vergonha! Isso significa que Deus pode ver o Inferno. Mas você está nu no inferno, e essa é apenas mais uma das coisas que você tem de passar.
Não existe água alguma no Inferno. Não há umidade no ar e nenhuma forma de água. Por isso é tão seco; você fica desesperado por uma gota de água, apenas uma única gota. É difícil de imaginar o quanto sua boca fica seca naquele lugar. Se você consegue se imaginar correndo numa maratona no Vale da Morte com algodão na sua boca por vários dias, e continuar assim, apenas sequidão absoluta, você vai ficar desesperado por uma gota de água.
Outra coisa que me foi revelado através dessa passagem é que existe um grande vão no Inferno entre o Paraíso e o Hades. E que o homem rico podia ver Lázaro do outro lado. Como ele poderia reconhecer Lázaro e Abraão? Primeiramente, ele nunca havia encontrado Abraão, e vendo uma pessoa de tão longe, você jamais poderia saber quem ela é. Mas há coisas que você compreende quando está no Inferno. Exatamente da mesma forma quando eu lhes contei sobre a profundidade, a distância e etc.
Então um dos demônios me agarrou, me jogou dentro da cela e começou a me atormentar novamente, mas essa é uma coisa da qual não gosto de falar, pois não gosto de lembrar daquele tormento. Eles começaram a quebrar meu crânio. Um dos demônios me agarrou e tentou quebrar minha cabeça. Eu gritava e clamava por misericórdia, mas eles não tinham misericórdia! Nessa hora cada um deles pegou um dos meus braços e pernas para destroçá-los. Eu pensei "não posso suportar isso, não posso suportar!"
Subitamente algo me agarrou e jogou para fora da cela. Agora sei que foi o Senhor, mas na hora eu não sabia disso. Eu estava na posição de uma pessoa não-salva, portanto não tinha noção do que estava acontecendo. Estava naquele lugar como se fosse alguém que nunca havia aceitado o Senhor. Eu me encontrava próximo ao fogo que havia visto antes, bem ao lado do poço de fogo. Ele ficava um nível abaixo de uma caverna, como se fosse uma caverna gigantesca com um túnel que dava para cima.
Perto do fogo, pude ver através das chamas corpos de pessoas gritando em meio ao fogo, clamando por misericórdia, queimando naquele lugar! E eu tinha noção de que não queria ir para lá. A dor que fui obrigado a suportar era terrível, mas o calor proveniente das chamas era ainda pior. As pessoas lá imploravam para sair dali.
Então aquelas criaturas enormes apareceram ao redor daquele poço de fogo e enquanto as pessoas se arrastavam para tentar sair dali, as criaturas empurravam as pessoas de volta ao fogo e não permitiam que elas saíssem de lá. Nessa h
ora eu pensei “oh, este lugar é tão terrível, tão terrível e horrendo”.
Tudo isso acontece ao mesmo tempo. Você tem sede, fome e sente-se exausto. Você também não pode dormir no Inferno. Mas você precisa dormir do mesmo modo que precisa dormir quando está vivo. Seu corpo precisa do sono.
Você jamais poderá dormir. Você consegue imaginar o que é nunca poder dormir? Eu tinha consciência de que o Inferno ficava no centro da Terra. E é lá que se encontra, no centro da Terra. Eu compreendia que estava a aproxidamente 3.700 milhas de profundidade. Sabemos que o diâmetro da Terra é de 8.000 milhas. A metade disso é 4.000 milhas. E eu estava 3.700 milhas abaixo da Terra. Em Efésios 4:9 vemos que Jesus desceu às partes mais baixas da Terra.
 
Eu estava próximo ao poço de fogo e vi todos aqueles demônios alinhados pelas paredes, demônios de todas as formas e tamanhos, deformados, criaturas feias, tudo o que você possa imaginar. Eles eram decrépitos, criaturas deformadas, grandes e pequenos. Alguns pareciam aranhas gigantes, enormes assim (1,50 m de altura). Outros eram como ratos, cobras e vermes, aliás, a Bíblia fala sobre vermes em Isaías 14:11. Havia todo tipo de criaturas abomináveis por todos os lugares e algumas pareciam estar presas às paredes. Eu me perguntei "por que essas coisas estão acorrentadas nas paredes?".
Pode ser que esta descrição se refira ao que eu via, mas não tenho certeza, pois isso ainda está para acontecer. Pelo menos assim eles não podiam se aproximar de mim. Todos eles me odiavam com toda sua força! Outra coisa que eu não entendia o porquê, é que eles não eram simples criaturas, mas possuíam um ódio especial pelos seres humanos. Pelo menos eu estava aliviado por vê-los presos às paredes.
Comecei a subir pelo túnel que havia nesse poço e as chamas ficaram para trás. O caminho foi ficando mais escuro, mas ainda conseguia ver demônios pelas paredes e eles tinham uma força incrível. Pensei "quem pode contra uma criatura dessas. Ninguém consegue vencer essas coisas." Ainda assim, o medo me dominava e sequer conseguia tolerá-lo. 
A pior coisa no Inferno, pior do que todos esses tormentos, é que eu compreendia que, primeiramente, a vida continuava aqui na face da Terra. E as pessoas aqui, a maioria delas não tem nem idéia de que aquele mundo existia bem debaixo delas! Elas sequer sabem que aquele é um mundo real bem debaixo delas, com bilhões de pessoas sofrendo e clamando por uma segunda chance, como se elas tivessem oportunidade de sair de lá. Mas elas jamais terão a chance de escapar daquele lugar, e então elas passam a ter raiva de si próprias por terem desperdiçado a oportunidade de aceitar a Jesus, que é o único que poderia livrá-las daquele lugar para sempre.
Essa é a pior coisa do Inferno, saber que não absolutamente nenhuma esperança de sair de lá. Eu compreendia isso e também compreendia que seria por toda a eternidade. Aqui na Terra nós não temos noção do que é isso. Mas naquele lugar eu compreendia tudo. Sabia que ficaria ali por toda a eternidade e não tinha nenhuma esperança de escapar de lá. Então pensei em minha esposa. Eu jamais poderia vê-la novamente! Eu sempre dizia a ela que caso um terremoto ou qualquer calamidade viesse a nos separar que iria procurá-la e encontrá-la de qualquer jeito e que jamais ficaríamos longe um do outro. Mas lá eu não poderia encontrá-la. Jamais poderia vê-la novamente. Ela jamais teria idéia de onde eu estava e eu jamais poderia falar com ela novamente. Esses pensamentos me aborreciam de forma terrível! Não poder falar com ela, estar com ela e ter consciência de que ela não sabia onde eu estava e não ter absolutamente nenh
uma esperança de escapar dali! Você sabe que nunca vai conseguir sair daquele lugar! Na Terra sempre há alguma esperança. Mesmo pessoas em campos de concentração têm a esperança de escapar, ou de pelo menos morrer e acabar com tudo aquilo. Mas nós aqui jamais poderemos experimentar a sensação de total falta de esperança.
Enquanto eu subia pelo túnel, sentia uma sensação de medo absoluto, sem nenhuma esperança, perdido e temendo aqueles demônios. De repente, Jesus apareceu! Louvado seja o Senhor, Jesus apareceu. Sua luz iluminava todo o ambiente. Eu podia ver apenas seu contorno, o perfil de um homem. Não pude ver sua face de tão brilhante que era. Apenas pude ver seu contorno no meio de toda aquela luz. Prostrei-me caído de joelhos, eu não poderia fazer outra coisa a não ser adorá-lo. Eu tinha um enorme sentimento de gratidão. Há um segundo atrás eu estava perdido para sempre, mas agora subitamente me encontrava fora daquele lugar, pois havia conhecido a Jesus. Aquelas pessoas jamais poderiam sair de lá, mas eu pude, pois já era salvo. Então pude entender que não há outro modo de sair dali, a não ser através de Jesus. Ele é o único caminho para fugir daquele local. 
Em Apocalipse 1;6, João diz que foi para o Céu e viu a face de Jesus que refulgia como o Sol brilhando em sua força máxima. Então João caiu prostrado aos Seus pés como se tivesse sido morto. Foi exatamente o que eu fiz. Eu caí a Seus pés como se fosse um homem morto. Vocês podem achar que eu deveria ter feito milhões de perguntas à Ele, mas quando você O encontra, a única coisa que consegue fazer é adorá-Lo e louvar Seu Santo Nome e agradecê-Lo por ter nos salvado.
 Quando recuperei minha compostura, e voltei à minha consciência, pensei em falar ao Senhor, mas antes que eu pudesse abrir minha boca, Ele me respondeu. Eu pensei "Senhor, por que eu fui enviado a esse lugar? Por quê?"  Ele me disse "Porque as pessoas não acreditam que esse lugar existe. Nem algumas das pessoas da igreja acreditam que esse lugar é real." Fiquei chocado com suas palavras. Eu acreditava que todo cristão deveria acreditar na existência do Inferno. Mas nem todo mundo crê num Inferno que literalmente arde em meio às chamas. Eu disse "Senhor por que eu fui escolhido?"  Mas Ele não respondeu essa pergunta.
Eu não fazia idéia do porquê de eu ter sido escolhido. Sou a pessoa menos indicada para ir lá. Minha esposa e eu detestamos filmes de terror ou qualquer coisa ruim. Nem gosto do verão, muito menos do calor. Acho repulsivo. Não há nenhuma ordem, tudo desordenado e enojante. Eu amo tudo bem ordenado e de limpo. Mas Ele não me respondeu esta questão. Ele disse "Vá e conte a eles que Eu odeio esse lugar, não é do Meu desejo que qualquer uma das minhas criações vá para esse lugar, nenhuma delas! Eu não criei isso para o homem. Esse lugar foi criado para o Diabo e seus anjos. Vá e conte! Eu te dei uma boca, então vá e conte tudo para eles.
Pensei comigo mesmo "mas Senhor, eles não vão acreditar em mim. Vão pensar que sou doido ou que tive um pesadelo." Você também não pensaria dessa forma? Mas assim que essa pergunta me veio à mente, o Senhor me respondeu e disse "Não é seu dever convencê-los ou não. Isso é trabalho para o Espírito Santo. Você deve apenas ir e falar!" Eu respondi dentro de mim "Sim Senhor! É claro que irei e contarei." Nessas horas você não teme o que o homem pode dizer de você, mas apenas vai e faz o que o Senhor mandou, pois o resto Ele mesmo faz. Amem?
Também perguntei, "Senhor, por que eles me odiavam tanto? Por que aquelas criaturas me odeiam?"  Ele disse "É porque você foi feito à Minha semelhança e eles Me odeiam." Vocês sabem que o Diabo não pode fazer nada contra Deus. Ele não pode ferir a Deus, mas pode ferir a Sua criação. É por isso que o Diabo odeia a humanidade e engana as pessoas a fim de tragá-las para o Inferno. Além disso, ele aflige as pessoa
s com doenças e qualquer outra coisa que possa ferir a criação de Deus.
Subitamente minha mente foi inundada pelos pensamentos de Deus. Foi-me permitido tocar uma parte de Seu coração ao sentir o quanto Ele ama a humanidade. É inacreditável, um sentimento incomensurável de tão imenso que é. O amor que Ele sente pelo ser humano é algo que você jamais poderia sentir em seu corpo mortal. Sabe o amor que todos nós sentimos por nossas esposas e filhos? Pois o amor que nós humanos sentimos não tem comparação com o amor que Deus tem por nós. Seu amor é infinitamente maior que nosso amor e nossa capacidade de amar.
É exatamente como está escrito em Efésios 3:19 ”...e conhecer o amor de Cristo, que excede todo o conhecimento...”  Ele vai muito além de todo o conhecimento existente, você não faz idéia. Eu não conseguia acreditar no quanto Ele ama a humanidade, a ponto de morrer a fim de que nem uma única pessoa sequer fosse para aquele lugar. E dói em Seu coração ver uma de Suas criações indo para lá. É tão doloroso para o Senhor que Ele chora copiosamente por cada pessoa que para lá vai. Nesse momento senti muito por Ele. 
Pude sentir Seu coração, pois Ele havia me permitido tocar em apenas uma parte de Seu coração. Ele estava profundamente triste por ver Sua criação indo para lá. Então pensei "devo mesmo ir e testemunhar a plenos pulmões para o mundo sobre Jesus e o quão bondoso."  Vejam, nós temos o Evangelho, palavra cujo significado é boas novas. Há boas novas, no entanto o mundo não sabe disso. Essas boas novas têm de ser pregadas! Vocês sabem que nós temos que dividir esse conhecimento. As pessoas não têm conhecimento nesta area. E Deus quer que nós compartilhemos com as pessoas sobre o quão bondoso Ele é e o quanto Ele detesta aquele lugar.
Ele também me disse "Diga-lhes que estou voltando muito, muito em breve."  E Ele disse isso mais uma vez, " Diga-lhes que estou voltando muito, muito em breve."  Agora eu me pergunto o porquê de não ter perguntado "O quê o Senhor quer dizer?  O quê significa 'breve' para o Senhor?"  É o que todo mundo quer saber, mas eu não perguntei. Nessas horas não tem como você perguntar essas coisas. A única coisa que você quer fazer é glorificá-Lo o tempo todo. A paz de Deus que você sente ao Seu lado é algo inexplicável. Sempre vou aos cultos com muita unção, mas não dá para comparar com o amor e a paz de Deus que você sente estando ao Seu lado.
Então olhei para cima e vi demônios ferozes pelas paredes, como se fossem formigas na parede! Eles se pareciam com formigas! Eles ainda eram enormes, mas com o poder de Deus ao seu lado, todo o poder criativo de Deus fazia com que aqueles demônios enormes se parecessem com formigas andando pelas paredes. Pensei "Senhor eles não passam de formigas!"  Ele me disse "Basta você amarrá-los e expulsá-los através do Meu nome."  Pensei  "cara, esse é o poder que Ele deu à igreja." Aquelas coisas eram tão ferozes que ninguém seria capaz de enfrentá-los sem Jesus, absolutamente ninguém. Eles eram ferozes, mas com Ele, eles eram nada! Uma intrepidez me fez levantar e ir até onde eles estavam, então quando olhei aquelas criaturas pensei "vocês são as criaturas que me torturaram e queriam me fazer em pedaços? Pois então venham! Venham!" Nessa hora senti algo me erguendo, e pensei ”Jesus acabou com eles." 
(Saindo do Inferno)
À medida que saíamos de lá, íamos para a superfície terrestre. Nós seguíamos para cima, pois ainda estávamos em um túnel. Eu não conseguia ver, mas podia sentir um redemoinho gigantesco à nossa volta. Nós continuamos subindo cada vez mais a fim de sair daquele lugar. Quando chegamos ao topo, olhei para baixo e pude ver a Terra a partir de uma altura incrível. A curva da Terra era algo assim. É realmente inacreditável olhar a Terra de cima! Sei que foi Deus quem me permitiu essa visão. Ele poderia fazer com que eu saísse daquele túnel da maneira que Ele quises
se. Mas Ele sabia que dentro do meu coração, desde criança eu sempre quis ver a Terra a partir do espaço sideral. Talvez eu tenha visto muito Star Trek e similares, sabe? Eu apenas pensava como devia ser legal ver a Terra flutuando.
Quando você vê esse cenário, você pensa, "o quê segura esta coisa? O quê a faz girar de modo tão perfeito?" Deus é quem está no controle. O poder de Deus invadia meu corpo, de forma a me mostrar o quanto Ele é grandioso. Ele tem muito poder. Todas as coisas estão no Seu controle. Nem um fio de cabelo da sua cabeça cai no chão sem que Ele o saiba. Esses pensamentos inundavam minhas idéias. Deus tem tanto poder. Esse poder tomava conta de mim. Isaías 40:22 diz que o Senhor se assenta sobre o globo da Terra. E era lá que eu estava, acima do globo da Terra. Cheguei a pensar, "Senhor, eles poderiam saber que a Terra era redondo antes de Cristóvão Colombo se tivessem lido as Escrituras."  Vocês me entendem? As pessoas faziam conjecturas, e como é que podiam acreditar que a Terra era plana? 
Mas voltando ao assunto, conforme descíamos na volta, nós atravessávamos por camadas; eu tinha consciência de que passávamos pela barreira de calor que existe ao redor da Terra. Cheguei a ter um pensamento idiota, lá estava eu e Deus, então me veio à mente, "mas como é que Ele vai fazer para atravessarmos essa barreira?" Não sei se vocês sabem, mas existe um ângulo ideal para que você possa penetrar na atmosfera terrestre. Nós passávamos através dela sem problema algum. Que surpresa há nisso? Tenho certeza de que o Senhor deve apenas ter me olhado e dito 'Eu posso manipular tudo isto'. 
Ele está no controle de absolutamente tudo o que há. Eu não queria vê-Lo partir. Queria apenas poder continuar em Sua presença. Rapidamente chegamos na Califórnia. Era realmente muito rápido, nós nos movíamos muito depressa e logo chegamos em minha casa. Olhei ao redor e puder enxergar tudo através do telhado de casa. Então vi meu corpo estendido no chão. Isso me abalou profundamente, ver meu próprio corpo ali jogado, e eu pensava "aquele não pode ser eu! Eu estou aqui, este aqui sou eu!" Vocês sabem, é difícil ver a si próprio duplicado. Lá estava eu deitado e aqui eu pensando "aquele ali não sou eu de verdade."
Eu via meu corpo deitado como se tivesse saído do meu carro e olhasse para trás a fim de vê-lo. É como se não fosse você, mas sim uma espécie de carro. É apenas um meio que serve para transportá-lo pela Terra, pois eu era o eu real. Pensei, "Senhor não me deixe, não me deixe". Eu queria ficar só mais um minuto com Ele, mas Ele se foi. Aproximei-me de meu corpo e algo me sugou para dentro dele, como se tivesse sido sugado para dentro de meu nariz ou minha boca.
Quando Ele partiu, todo o medo, a tortura e tormentos voltaram à minha mente! Isso porque, diz a Bíblia (1 João 4:18), "o perfeito amor lança fora o temor." Antes eu estava próximo daquele que é o perfeito amor, mas quando Ele partiu, subitamente todo o medo e os horrores do Inferno penetraram minha mente. Eu não conseguia suportar! Eu gritava, estava em agonia, não poderia viver daquele jeito. Eu compreendia que meu corpo não era capaz de suportar aquele tipo de medo. Você não consegue agüentar tamanha pressão, seu corpo não é forte o suficiente. Como ainda tinha capacidade de orar, eu orei pedindo "Senhor, tire isto de minha mente!"
Pelas vias naturais, você tem de passar por vários tipos de consultas médicas a fim de lidar com esse tipo de trauma, mas Deus tirou-me o trauma instantaneamente. Ele deixou-me a memória do evento, mas o trauma e o medo foram levados por Ele. Fiquei tão agradecido por isso. Depois disso muitas coisas aconteceram e quem dera tivéssemos tempo para contar todas as coisas que Deus me confirmou.
Se há alguém aqui esta noite que não conhece o Senhor, há uma pergunta que você deve fazer a si mesmo. Pode ser que você esteja dizendo "como é que eu vou acreditar que isso tudo que esse pessoal diz é verdade?”  Porém o mais importante é
o que Deus diz sobre o Inferno. Você prefere correr o risco e dizer "Não, eu não acredito nisto, não creio que isto seja real."  Se for assim, você vai ter de tirar toda a autoridade contida na Palavra de Deus e naquilo que estamos falando para você. Você quer arriscar a oportunidade que tem agora, assim como sua eternidade? Isso me parece tolice. Não deixe o demônio te enganar. Aquela criatura no final estava rindo É assim que o demônio vai te receber quando você for pro Inferno. Ele irá rir, pois você teve a oportunidade de aceitar o Senhor, mas você recusou. Uma vez que você está lá, não há mais volta. Não vai ter como voltar atrás de modo algum. Você estará naquele lugar perdido para sempre.
Você pode estar se dizendo "ah, mas eu sou uma boa pessoa. Não mereço aquele lugar."  Provavelmente você é uma boa pessoa quando comparada às outras. Mas você não deve se comparar às outras pessoas. Nós precisamos comparar a nós mesmos de acordo com o padrão estabelecido por Deus. Seu padrão é muito mais elevado do que o nosso. Ele diz em Sua Palavra que se você mente uma vez, apenas uma vez em toda sua vida, você é um mentiroso.  Se você rouba uma única coisa em toda sua vida, nem que seja um clipe de papel, alguns minutos de seu chefe, qualquer coisa, então você é um ladrão. Se você fica irado sem nenhum motivo, se você não perdoa alguém que fez algo ruim à você, se você teve desejos impuros em relação à alguma mulher, qualquer uma dessas coisas, mesmo que tenha sido somente uma vez, faz de você um pecador e portanto você não é merecedor do Céu. Veja como tudo isso nos torna seres inferiores. Tão inferiores que não podemos nos redimir através de nossas próprias obras.
Gostaria de saber se há alguém aqui que não conhece o Senhor, alguém que nunca tenha aceitado a Jesus como Senhor e Salvador. Se você nunca teve a oportunidade de achegar-se a Deus e pedir com seus próprios lábios que Ele venha e entre em sua vida, você poderia se levantar agora? Você poderia fazer isso por Jesus? Não deixe que o Diabo ria de você. Levante-se, pois esta é a sua chance, já que ninguém sabe quanto tempo a mais você terá aqui na Terra. Você não sabe se vai morrer amanhã e ir para aquele lugar.
Deixe-me te dizer uma coisa: só o calor daquele lugar já é uma coisa terrível e insuportável. Lembrem-se das pessoas que pularam das torres gêmeas em chamas. Elas davam-se as mãos e pulavam em direção à morte. Imaginem o quanto deve ter sido horrível. Ninguém pularia de uma altura daquelas em condições normais. Mas eles fizeram isso por causa do tremendo calor que enfrentavam. Em apenas cinco segundos eles seriam incinerados vivos por chamas cuja temperatura era de dois mil graus. Cientistas dizem que a temperatura no centro da Terra é de doze mil graus. Imagine-se sendo obrigado a suportar tamanho calor por toda a eternidade. Mas se você deseja ir para lá, isso me parece tolice. Agora é tempo de arrependimento…
 


 
 
 

Artigo Visto: 3381 - Impresso: 96 - Enviado: 82

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 210 - Total Visitas Únicas: 3.236.918 Usuários online: 58