Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
26/09/2008
Os 40 Pai Nosso
 
Orações - Os 40 Pai Nosso
26/09/2008 11:55:16

Orações - Os 40 Pai Nosso


 
OS 40 PAI NOSSOS
 
Oferecidos em combate contra a impureza do corpo, da mente, dos sentidos, do coração e do espírito, pedindo a santa pureza. Rezar durante 40 dias seguidos, apenas aos sábados não é obrigatória.
 
EXPLICAÇÃO: No Domingo de Páscoa, dia 18 de abril de 1936, escreveu a irmã Imaculada Virdis, Jesus falou-me do amor que é devido para com Pai o Eterno, que é tantas vezes deixado de lado, pois muitas almas não se interessam por Ele dedicando sua maior devoção aos santos. “Quando necessitas de alguma graça, recorre ao eterno Pai, como nas tuas necessidades materiais recorres ao teu pai terreno. Freqüentemente rezarás em Sua honra o Pai-Nosso; e nas necessidades extraordinárias rezarás quarenta, que Lhe oferecerás pelos quarenta dias de jejum que fiz, quando Eu estava sobre a terra.” “Com esta oração os devotos alcançarão qualquer graça que pedirem: especialmente devem repeti-la as almas que desejarem progredir no espírito de mortificação. Existem muitas almas que não conseguem vencer os estímulos da gula. Pois bem: com esta oração, tornar-se-ão vencedoras.”
 
ORAÇÃO (Antes de cada dezena)

1 - Eterno divino Pai, humildemente prostrado diante de Vossa divina majestade, ofereço-Vos os merecimentos das cruciantes dores que o coração imaculado de Jesus sofreu, quando se retirou, por quarenta dias, no deserto, a fim de que todos aqueles que deixaram o mundo e os pais, para corresponder ao chamado divino, alcancem de Vós a força para vencer a separação e suportar tudo com santa paciência. Amém. (Rezar: 10 Pai-Nosso.)

2 - Eterno divino Pai, humildemente prostrado diante de Vossa divina majestade, ofereço-Vos os merecimentos de todo o grande sofrimento do corpo imaculado de Jesus, causado pelo extenuante jejum de quarenta dias e quarenta noites, para reparar todos os pecados de gula e de intemperança que muitos homens cometem ao satisfazer as doentias exigências de seu míse¬ro corpo. Amém. (Rezar: 10 Pai-Nosso.)

3 - Eterno divino Pai, humildemente prostrado diante de Vossa divina majestade, ofereço-Vos os merecimentos de todas as múltiplas e dolorosas provações e mortificações a que voluntariamente se submeteu o imaculado Jesus nos quarenta dias de jejum no deserto, para repara o espírito de mortificação e desonestidade de muitos homens, e também para que as almas generosas suportem com paciência as provações e abracem de boa vontade as cruzes que Nosso Senhor lhes mandar. Amém. (Rezar: 10 Pai-Nosso.)

4 - Eterno divino Pai, humildemente prostrado diante de Vossa divina majestade, ofereço-Vos os merecimentos das cruciantes dores que o coração imaculado de Jesus sofreu durante os quarenta dias de jejum no deserto, prevendo que, não obstante o Seu jejum e os Seus grandes sofrimentos, a maior parte da humanidade se entregaria à intemperança e aos prazeres dos sentidos. Ofereço-Vos os méritos de Suas grandes penas, para que os homens se arrependam dos seus pecados e imitem a Jesus na Sua vida de pobreza, na mortificação e na temperança. Amém. (Rezar: 10 Pai-Nosso.)
 
Venha a nós o vosso Reino!
 

 
 
 

Artigo Visto: 39802 - Impresso: 667 - Enviado: 112

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 265 - Total Visitas Únicas: 3.194.931 Usuários online: 56