Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título




 
 
13/09/2007
Reparação e desagravo
 
Orações - Reparação e desagravo
13/09/2007 09:05:13
Orações - Reparação e desagravo

Oração Reparadora ao Santíssimo Sacramento
Divino Salvador Jesus, dignai-Vos baixar um olhar de misericórdia sobre Vossos filhos que, reunidos em um mesmo pensamento de fé, reparação e amor, vêm chorar a Vossos pés suas infidelidades e a de seus irmãos, os pobres pecadores. Possamos nós, pelas promessas unânimes e solenes que vamos fazer, tocar o Vosso divino coração e Dele alcançar misericórdia para o mundo infeliz e criminoso e para todos aqueles que não têm a felicidade de Vos amar!
Daqui por diante, sim, todos nós Vô-Lo prometemos:
Do esquecimento e da ingratidão dos homens, …
Nós Vos consolaremos Senhor! (Repetir após cada verso).
Do abandono em que sois deixado no santo
tabernáculo, …
Dos crimes dos pecadores, …
Do ódio dos ímpios,…
Das blasfêmias que se proferem contra Vós, …
Das injúrias feitas à Vossa divindade, …
Dos sacrilégios com que se profana o Vosso Sacramento do amor, …
Das imodéstias e irreverências cometidas em Vossa presença adorável, …
Da tibieza do maior número dos Vossos filhos, …
Do desprezo que se faz a Vossos convites cheios de amor, …
Das infidelidades daqueles que se dizem Vossos amigos, …
Do abuso das Vossas graças, …
Das nossas próprias infidelidades, …
Da incompreensível dureza do nosso coração, …
Da nossa longa demora em Vos amar, …
Da nossa frouxidão em Vosso santo serviço, …
Da amarga tristeza em que sois abismado pela perda das almas, …
De o Vosso longo bater às portas do nosso coração, …
Das amargas repulsas de que sois saciado, …
Dos Vossos suspiros de amor, …
Das Vossas lágrimas de amor, …
Do Vosso cativeiro de amor, …
Do Vosso martírio de amor, …
 
ORAÇÃO
Divino Salvador Jesus, que de Vosso coração deixastes escapar esta queixa dolorosa: “Eu procurei consoladores e não os achei”, dignai-vos aceitar o pequeno tributo das nossas consolações e assistir-nos tão poderosamente com o socorro da Vossa graça que para o futuro, fugindo cada vez mais de tudo o que Vos poderia desagradar, nos mostremos em tudo, por toda a parte e sempre, Vossos filhos, os mais fiéis e devotados. Nós Vo-Lo pedimos por Vós mesmo que, sendo Deus, com o Pai e o Espírito Santo, viveis e reinais nos séculos dos séculos Amém.
(Orações de todos os tempos da Igreja “Professor Felipe Aquino”) 
Reparação das blasfêmias contra o Imaculado Coração de Maria
Ó Maria, Minha Mãe Santíssima, desejando desagravar-Vos das ofensas que Vosso Coração Doloroso e Imaculado recebe, e em especial das blasfêmias que se dirige contra Vós, ofereço-Vos estes pobres louvores com o fim de vos consolar por tantos filhos ingratos que não Vos amam, e consolar o Coração Santíssimo de Jesus. Vosso Filho e Senhor nosso, a quem tanto ofendem e entristecem as injúrias feitas contra Vós.
Dignai-Vos, Mãe Dulcíssima, receber este meu pobre e humilde obséquio; fazei que Vos ame e sacrifique-me por Vós, cada vez mais; e olhai com os olhos de misericórdia para tantos infelizes afim de que não tardem em acolher-se, arrependidos, ao Vosso colo materno. Amém.
Bendito seja Deus!
Bendita seja a excelsa Mãe de Deus, Maria Santíssima!
Bendita a Sua Santa e Imaculada Conceição!
Bendita a Sua gloriosa Assunção!
Bendito o nome de Maria Virgem e Mãe!
Bendito o Seu Imaculado e Doloroso Coração!
Bendita a Sua Pureza Virginal!
Bendita a Sua Divina Maternidade!
Bendita a Sua Mediação Universal!
Benditas as Suas lágrimas e as Suas Dores!
Benditas as graças com que o Senhor A coroou Rainha do Céu e da Terra!
Glória a Maria Santíssima, Filha Primogênita do Pai!
Glória a Maria Santíssima, Mãe Imaculada do Filho!
Glória a Maria Santíssima, Esposa Virginal do Espírito Santo!
Virgem Santíssima, minha boa e terna Mãe, eu Vos amo pelos que não Vos amam; louvo-Vos pelos que Vos blasfemam; entr
ego-me totalmente a Vós, pelos que não querem reconhecer-Vos por sua Mãe.
Ave-Maria…
Ó Maria concebida sem pecado.
Rogai por nós que recorremos a Vós.
Coração Imaculado de Maria
Sede a nossa Salvação!
Dulcíssimo Jesus
Dulcíssimo Jesus, cuja infinita caridade para com os homens é por eles tão ingratamente correspondida com esquecimentos, friezas e desprezos, eis-nos aqui prostrados na Vossa presença, para Vos desagravarmos, com especiais homenagens, da insensibilidade tão insensata e das nefandas injúrias com que é, de toda parte, alvejado o Vosso amorosíssimo coração.
Reconhecendo, porém, com a mais profunda dor, que também nós, mais de uma vez, cometemos as mesmas indignidades, para nós, em primeiro lugar, imploramos, a Vossa misericórdia, prontos a expiar não só as próprias culpas, senão também as daqueles que, errando longe do caminho da salvação, ou se obstinam na sua infidelidade, não vos querendo como pastor e guia, ou, conculcando as promessas do batismo, sacudiram o suavíssimo julgo da Vossa santa lei.
De todos estes tão deploráveis crimes, Senhor, queremos nós hoje desagravar-Vos, mas, particularmente, da licença dos costumes e imodéstia do vestido, de tantos laços de corrupção armados à inocência, da violação dos dias santificados, das execrandas blasfêmias contra Vós e Vossos Santos, dos insultos ao Vosso Vigário e a todo o Vosso clero, do desprezo e das horrendas e sacrílegas profanações do Sacramento do divino amor, e, enfim, dos atentados e rebeldias das nações contra os direitos e o magistério da Vossa Igreja.
Oh! Se pudéssemos lavar, com o próprio sangue, tantas iniqüidades!
Entretanto, para reparar a honra divina ultrajada, Vos oferecemos, juntamente com os merecimentos da Virgem Mãe, de todos os santos e almas piedosas, aquela infinita satisfação, que Vós oferecestes ao eterno Pai sobre a cruz, e que não cessais de renovar, todos os dias, sobre nossos altares. 
Ajudai-nos Senhor, com o auxílio da Vossa graça, para que possamos, como é nosso firme propósito, com a vivencia da fé, com a pureza dos costumes, com a fiel observância da lei e caridade evangélicas, reparar todos os pecados cometidos por nós e por nosso próximo, impedir, por todos os meios, novas injúrias de Vossa divina Majestade e atrair ao Vosso serviço o maior número de almas possíveis.
Recebei, ó benigníssimo Jesus, pelas mãos de Maria santíssima reparadora, a espontânea homenagem deste nosso desagravo, e concedei-nos a grande graça de perseverarmos constantes, até à morte, no fiel cumprimento de nossos deveres e no Vosso santo serviço, para que possamos chegar à pátria bem-aventurada, onde Vós com o Pai e o Espírito Santo viveis e renais, Deus, por todos os séculos dos séculos. Amém. 
(Ato de Reparação “Papa Pio XI” - Para ser rezado na festa do Coração de Jesus e nas primeiras sextas-feiras)
 
As Doze Promessas
Eis aqui o Coração que a tal ponto amou os homens, que nada poupou, até esgotar-se e consumir-se, para testemunhar-lhes seu amor; e, entretanto só recebo da maior parte deles ingratidões, pelas irreverências, sacrilégios, desprezo e tibieza com que me tratam no meu Sacramento de amor. O que me é ainda mais sensível, é serem corações que me foram consagrados, os que assim me tratam. Por isso te peço que se dedique a primeira sexta-feira depois da oitava do Santíssimo Sacramento a uma festa particular com o fim de venerar o meu Coração, fazendo-lhe ato de reparação, comungando-se nesse dia em desagravo pelas indignidades recebidas durante o tempo em que esteve exposto sobre os altares.
As outras promessas do Coração de Jesus a Santa Margarida Maria Alalcoque:
1- Darei às almas dedicadas ao meu Coração todas as graças necessárias ao seu estado.
2- Farei reinar a paz em suas famílias.
3- Eu as consolarei em suas penas.
4- Serei seu refúgio seguro durante a vida e, sobretudo na hora da morte.
5- Derramarei copiosas bênçãos sobre todas as suas empresas.
6- Os pecador
es acharão em Meu Coração a fonte e o oceano infinito da misericórdia.
7- As almas tíbias se tornarão fervorosas.
8- As almas fervorosas elevar-se-ão rapidamente a uma grande perfeição.
9- Abençoarei as casas em que se achar exposta e for venerada a imagem do Meu Coração.
10- Darei aos sacerdotes o dom de tocar os corações mais endurecidos.
11- As pessoas que propagarem esta devoção terão seus nomes escritos indelevelmente no Meu Coração.
12- O amor todo-poderoso do Meu Coração concederá a todos os que, por nove meses seguidos, confessarem-se e comungarem na primeira sexta-feira, a graça da perseverança final.
(Orações de todos os tempos da Igreja “Professor Felipe Aquino”) 
Ato de Reparação ao Sacratíssimo Coração de Jesus
Ato de Reparação ao Sacratíssimo Coração de Jesus
Sacratíssimo Coração de Jesus, humildemente prostrados aos vossos pés, prometemos, agora e sempre, oferecer humilde reparação pelas ofensas que, infelizmente, vos são infligidas da parte dos homens.
Assim o prometemos, ó Sacratíssimo Coração.
Coração de Jesus, santificação de nossas almas, quanto mais forem vossos mistérios ultrajados pelos ímpios, tanto mais queremos oferecer a estes mesmos mistérios o tributo de nossa fé.
Assim o prometemos, ó Sacratíssimo Coração.
Coração de Jesus, única esperança dos homens, quanto mais a incredulidade se empenhar em roubar-nos a esperança nas coisas do céu, tanto mais havemos de por em vós toda a nossa esperança.
Assim o prometemos, ó Sacratíssimo Coração.
Coração de Jesus, infinitamente amável, quanto mais os pecadores resistirem aos impulsos de vossa graça e aos afagos de vosso divino Coração, tanto mais vos havemos de amar.
Assim o prometemos, ó Sacratíssimo Coração.
Divino Coração de Jesus, quanto mais os homens se esforçarem em negar vossa divindade, tanto mais havemos nós de adorá-la com profundo respeito.
Assim o prometemos, ó Sacratíssimo Coração.
Coração de Jesus, fonte de toda a Santidade, quanto mais forem infringidos e olvidados os vossos divinos mandamentos, tanto mais os havemos de cumprir e observar.
Assim o prometemos, ó Sacratíssimo Coração.
Liberalíssimo Coração de Jesus, quanto mais os homens desprezarem os vossos sacramentos, contanto mais amor e reverência havemos de recebê-los.
Assim o prometemos, ó Sacratíssimo Coração.
Coração de Jesus modelo de todas as perfeições, quanto mais desconhecidas forem as vossas admiráveis perfeições, tanto mais queremos esforçar-nos para que em nós resplandeçam.
Assim o prometemos, ó Sacratíssimo Coração.
Coração de Jesus, salvador das almas, quanto mais o inferno se esforçar por perverte as almas, tanto mais havemos de empenhar-nos na sua salvação.
Assim o prometemos, ó Sacratíssimo Coração.
Coração de Jesus, saturado de opróbrios, quanto mais o sensualismo e o orgulho conduzirem os homens ao esquecimento de seus mortais destinos, tanto mais havemos de imolar-nos como vítimas de mortificação.
Assim o prometemos, ó Sacratíssimo Coração.
Dulcíssimo Coração de Jesus, quanto mais os homens combaterem a vossa santa Igreja, tanto mais nos esforçaremos por mostrar-nos seus filhos dedicados.
Assim o prometemos, ó Sacratíssimo Coração.
Coração de Jesus, atravessado pela lança, quanto mais perseguido for o vosso representante na terra, o Santo Papa João Paulo II, tanto mais havemos de cerca-lo de honra e de amor como chefe infalível da Igreja.
Assim o prometemos, ó Sacratíssimo Coração.
Oração:
Divino Coração de Jesus concedei-nos a graça, de que temos mister, para sermos agora e sempre filhos dedicados de vossa Igreja, vossos apóstolos neste mundo e depois vossos escolhidos na bem-aventurança eterna. Assim seja.
Ato de desagravo e Consagração ao Coração de Jesus
Oh! Coração clementíssimo de Jesus, pelo qual prometeu o Eterno Pai que ouviria sempre nossas orações: eu me uno convosco para oferecer a vosso Eterno Pai este meu pobre e mesquinho coraçã
o, contrito e humilhado em seu divino acatamento, e desejoso de reparar completamente as ofensas, em especial as que vós recebeis continuamente na Eucaristia, e principalmente as que eu, por minha desgraça, também tenho cometido.
Quisera, Divino Coração, lavar com lágrimas e apagar com sangue de minhas veias as ingratidões com que todos temos pagado vosso terno amor.
Junto minha dor, ainda que tão leve, com aquela angústia mortal que vos fez no horto suar sangue à vista de nossos pecados.
Oferecendo meu coração, Senhor, a vosso Eterno Pai, unido com vosso amabilíssimo Coração.
Dando-lhe infinitas graças pelos grandes benefícios que nos faz continuamente, e complete com vosso amor essa nossa ingratidão e esquecimento.
Concedei-me a graça de apresentar-me sempre com grande veneração ante o acatamento de vossa divina Majestade, para ressarcir de algum modo as irreverências e ultrajes que em vossa presença me atrevi a cometer, e que de hoje em diante me ocupe com todo meu empenho em atrair com palavras e exemplos muitas almas para que vos conheçam e tenham as delícias de Vosso Coração.
Desde este momento me ofereço e dedico todo a dilatar a glória deste sacratíssimo e dulcíssimo Coração.
Vos elejo por objeto santo de todos os meus afetos e desejos, e desde agora para sempre constituo Nele minha perpétua morada, reconhecendo-lhe, adorando-lhe e amando-lhe com todas as minhas forças, o Coração de meu amabilíssimo Jesus, de meu Rei e soberano dono, Esposo de minha alma, Pastor e Mestre, verdadeiro Amigo, amoroso Pai, Guia seguro, firmíssimo Amparo e Bem-aventurança. Amém
Novena ao Sagrado Coração
Primeiro Dia
Oração Preparatória:
Ó Coração amável de Jesus, Coração puríssimo e santíssimo, todo cheio de amor, Coração que reinam todas as perfeições e virtudes, vos mereceis o amor de todos os corações.
Destruí no meu coração todas as afeições que impedem de ser todo vosso.
Eu vos amo, ó meu Jesus, e não quero amar senão a vós.
Meditação:
O Coração de Jesus, templo da Santíssima Trindade.
Um só ato de adoração e de amor, ou de outra qualquer virtude, que saísse do Coração de Cristo, pela sua missão a pessoa do Verbo Divino, era para Deus infinitamente mais valioso do que os atos de todas as pessoas deste mundo, ainda as mais santas.
Nós também devemos ser templos vivos de Deus pela graça: peçamos ao Sagrado Coração que faça o nosso coração semelhante ao dele.
Recitatório:
Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.
Oração Final:
Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação.
Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém!
Segundo Dia
Oração Preparatória:
Ó Coração de Jesus, Coração inflamado de amor para com os homens, por que é que eles correspondem tão mal e só com desprezo vos tratam?
E eu também fui do número desses ingratos que não vos sabem amar.
Não permitais que, para o futuro, viva ainda esquecido do vosso amor.
Meditação:
O Coração de Jesus, artífice da Eucaristia. A Eucaristia é o maior presente do Coração de Cristo.
Fonte e coroa de toda a vida da Igreja, a Eucaristia-Sacrifício da Missa renova no altar a Obra da Redenção, a Eucaristia-Sacramento é vida, Eucaristia-presença real é o amor vivo de Cristo na nossa caminhada para o Pai.
Recitatório:
Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.
Oração Final:
 Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação.
Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.
Terceiro Dia
Oração Preparatória:
 Ó Coração de Jesus, desejoso de ser amado, Coração que achais vossas delícias em ser amado pelos 
homens, eu merecia, pelos meus pecados, viver privado da vossa graça, mas vejo que ainda continuais a pedir-me o meu amor.
Fazei que muito vos ame um pecador que muito vos tem ofendido.
Meditação:
O Coração de Cristo, sarça de penetrantes espinhos.
Toda a vida de Cristo até a sua gloriosa Ressurreição, foi Cruz e martírio, porque desde o primeiro instante Cristo aceitou o preço da Redenção marcado pelo Pai, marcado no seu plano salvífico.
A visão dos seus sofrimentos redentores foi tão viva que, no Jardim das Oliveiras, lhe fez suar sangue.
Saibamos transformar os nossos sofrimentos em prova de amor.
Recitatório:
Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.
Oração Final:
Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação.
Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.
Quarto Dia
Oração Preparatória:
Ó Coração aflito de Jesus, detesto o que vos desagrada.
Dai-me tal horror ao pecado, que eu tenha medo até das mais leves faltas, unicamente porque desgostam a vós que sois digno de amor infinito.
Concedei-me a graça, meu amável Salvador, de sempre me dirigir a vós com esta súplica: Ó meu Jesus dai-me o vosso amor.
Meditação:
O Coração de Jesus, fornalha ardente de caridade.
Assim O invocamos na Ladainha do Sagrado Coração.
Só Deus pode medir o amor de Cristo para com o Pai e para com os homens. Ele o demonstrou cumprindo fidelissimamente a vontade do Pai e entregando-se inteiramente pela Salvação dos homens.
Como procuramos nós imitar esse amor e corresponder-lhe na nossa vida diária?
Recitatório:
Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.
Oração Final:
Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com Ele o dever de reparação.
Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.
Quinto Dia
Oração Preparatória:
Ó Coração Misericordioso de Jesus, quando me achava na desgraça, vossa bondade me iluminou e me ofereceu o perdão, concedei-me a graça de chorar os meus pecados e de desejar o vosso o amor.
Não deixeis, ó meu Jesus, de ter piedade de mim.
A misericórdia que vos peço é me comuniqueis luz e força para que nunca mais vos seja ingrato.
Meditação:
O Coração de Jesus, paraíso de delícias celestes.
O Coração de Cristo é um oceano para onde flúem todos os rios da caridade do Pai, e donde saem todos os rios de graças que santificam as almas, porque nele se encerram todas as riquezas do amor divino.
Esses tesouros infinitos de amor e de vida estão sempre à nossa disposição.
Recitatório:
Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.
Oração Final:
Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação. Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.
Sexto Dia
Oração Preparatória:
Ó Coração generoso de Jesus, está no vosso poder tornar o meu coração inteiramente vosso.
De mim mesmo nada tenho e nada posso, mas vós me destes um coração que pode e deseja amar-vos.
Fazei pois, ó meu Jesus, que de hoje em diante a vossa santa vontade seja a única orientação de todos os meus pensamentos, desejos e ações.
Meditação:
O Coração de Jesus, riquíssimo de virtudes.
O Coração de Cristo é um coração adornado de todas as virtudes, inocência, humildade, fortaleza, mansidão, sabedoria… Basta ler o Evangelho para descobrir as virtudes e as graças do seu Coração divino.
Procuremos ter na nossa vida, todos os dias os mesmos sentimentos que animam e que enriquecem esse Coração divino.
Recitatório:

Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.
Oração Final:
Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação.
Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.
Sétimo Dia
Oração Preparatória:
Ó Coração reconhecido de Jesus, tenho-me mostrado sempre reconhecidas as criaturas, ao passo que só convosco tenho sido um ingrato. Amável Jesus, quero agora amar-vos sobre todas as coisas e mais que a mim mesmo, o resto da minha vida, quero empregá-lo unicamente em vos amar, ó bem supremo da minha alma.
Fazei que conheça a vossa santa vontade e pronto estou para tudo, com o socorro de vossa graça.
Meditação:
O Coração de Jesus, abismo de misericórdia.
Basta lembrar como Cristo acolhia e tratava os pecadores: os publicanos, o paralítico, a Madalena, a adúltera, o bom ladrão e tantos outros. Ele mesmo afirmou: “Eu vim a este mundo para salvar os pecadores”.
Essa atitude de Cristo nos inspira confiança e nos ensina de que maneira devemos tratar os pecadores.
Recitatório:
Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.
Oração Final:
Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação.
Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.
Oitavo Dia
Oração Preparatória:
Ó Coração Desprezado de Jesus, abismo de misericórdia e de amor, não permitais que para mim as dores sejam como que perdidas.
Lembrai-vos, ó meu Jesus, das lágrimas e do sangue que derramaste por meu amor e perdoai-me. Fazei que eu morra para mim mesmo, a fim de viver unicamente para vós uma vida fervorosa no vosso santo amor.
Meditação:
O Coração de Jesus, atrativo dos nossos corações.
Do lado aberto de Cristo, no Calvário, jorraram sangue e água. Sangue e água que simbolizam a Igreja e os Sacramentos. A Igreja é o caminho normal para Cristo, os sacramentos são canais que nos comunicam as graças da Redenção. Cristo nos atrai continuamente a si pela Igreja e pelos Sacramentos. Apreciamos suficiente o tesouro espiritual que temos na Igreja e nos Sacramentos?
Recitatório:
Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.
Oração Final:
Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação.
Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.
Nono Dia
Oração Preparatória:
Ó Coração de Jesus, fiel para com aqueles que chamais ao vosso amor, quantas vezes, depois de ter prometido ser todo vosso, vos neguei o meu amor. Reconheço a minha ingratidão e penitencio-me sinceramente.Inflamai meu pobre coração no fogo daquele amor em que o vosso está abrasado por mim. Ó Maria, mãe do belo amor, ajudai-me a amar vosso Filho Jesus.
Meditação:
O Coração de Jesus, penhor da vida eterna.
Assim como o coração humano é o motor da nossa vida física, assim também a caridade é motor da nossa vida sobrenatural e eterna. Quem vive no Amor não pode condenar-se, porque o Amor é a vida de todos os que são realmente filhos de Deus, em Cristo e no Espírito Santo.
Somos herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo. Amém. Aleluia.
Recitatório:
Sagrado Coração de meu Jesus, fazei que vos ame cada vez mais.
Oração Final:
Ó Deus, que no Coração de vosso Filho, ferido por nossos pecados, vos dignais prodigalizar-nos os infinitos tesouros do amor, nós vos rogamos que, rendendo-lhe o preito de nossa devoção e piedade, também cumpramos dignamente para com ele o dever de reparação. Pelo mesmo Cristo Senhor nosso. Amém.
Terço ao Sagrado Coração de Jesus
<
/B>Nas contas grandes:
Lembrai-Vos, ó misericordiosíssimo Jesus que sois um com o Pai bondosíssimo e cheio de ternura para com os seus filhos, certos de Vosso infinito amor, eu me entrego ao Vosso Coração, onde encontro a força, a perseverança, a paz, a alegria e a doce confiança em minhas súplicas, segundo Vossas palavras:
“Pedi e recebereis… Buscai e achareis… Batei e abrir-se-vos-á…” Eu bato, procuro e peço esta graça que me é tão necessária (…), tudo para maior glória de Deus e bem de Vossos filhos. Amém.
Nas contas pequenas:
Sagrado Coração de Jesus, eu confio em Vós!
(Observação: 300 dias de indulgência plenária nas condições habituais a quem recitar esta invocação diariamente durante um mês)
Desagravo ao Sagrado Coração de Jesus
Ó Jesus, bem dissestes que recebeis dos homens ingratidões, frieza e desprezos. Muitos não querem Vos adorar, louvar e agradecer!  Diante de Vós, queremos desagravar o Vosso Sagrado Coração com a homenagem do nosso amor.  Nós também pecamos e imploramos Vossa misericórdia, primeiramente, para nós.  Aqui estamos, Senhor, a implorar Vossa graça para todos os que rejeitam a salvação e não aceitam os apelos da Vossa bondade. Queremos desagravar-Vos dos maus costumes, das imoralidades, da imodéstia dos vestidos, dos pecados contra a moral familiar, e da profanação dos lugares sagrados e dos Sacramentos.
Para reparar a honra divina, tão ultrajada, oferecemos ao Pai Eterno os merecimentos da Virgem Maria e de todos os Santos e, sobretudo, os méritos infinitos do Vosso Santo Sacrifício na Cruz, perpetuado em nossos altares. Recebei, ó Sagrado Coração de Jesus, pelas mãos de Maria Santíssima Reparadora, a espontânea homenagem deste nosso desagravo. Concedei-nos a perseverança no fiel cumprimento dos nossos deveres cristãos, até à morte, para que possamos chegar à Pátria Eterna, onde Vós, com o Pai e o Espírito Santo, viveis e reinais pelos séculos dos séculos. Amém.


 
 
 

Artigo Visto: 3680 - Impresso: 49 - Enviado: 13

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 693 - Total Visitas Únicas: 3.383.318 Usuários online: 119