Sejam Bem Vindos! Que Deus vos abençoe!

Página dedicada aos que amam as almas do Purgatório.
FAMÍLIA, FUNDAMENTO DA SALVAÇÃO
Documento sem título
Você está em: MENU PRINCIPAL / Recados / Um alerta




 
 
13/03/2018
Um alerta
Cuidado com tudo aquilo que dizem sobre o Papa Bento XVI
 

UM ALERTA

Corre pela internet nos últimos dias uma notícia de que Sua Santidade o Papa Bento XVI teria emitido uma carta onde enaltece a reforma de Francis e critica os seus opositores.

Pessoalmente, sem sequer ter acesso ao texto da carta, eu de pronto alertei a todos os que me enviaram esta notícia, de que duvidava do teor desta tal carta, porque não é isso que ele tem deixado transparecer. Bento está quieto, mas eles são completamente antagônicos de fato em termos de ação de doutrina.

Hoje já começam a circular as opiniões de sacerdotes fiéis e duvidam do teor da carta, e o vaticanista Antonio Socci, um dos mais ferrenhos opositores de Francis – e por isso um homem que merece respeito e credibilidade, e desconfiem de quem paparica este “papa” e o idolatra – pede para conhecer o verdadeiro teor da carta e a caligrafia, porque ele mesmo duvida que Bento XVI tenha cometido esta que seria uma traição.

Socci lembra que tempos atrás, uma entrevista, Bento XVI afirmou exatamente o contrário do que agora esta tal “carta” insinua. Para mim, devido a pressão da direita contra as más novas que partem todos os dias do vaticano, este é um golpe dos inimigos da Igreja para enganar e dividir os que combatem o atual antipontificado.

Lembro: Qualquer um pode escrever uma carta e dizer que foi outro. E devido a importância desta, é preciso que sua grafia seja tornada pública e seu teor abertamente divulgado. Mais que isso é preciso confirmar se Bento XVI realmente a escreveu, com liberdade. Embora isso fosse a negação de tudo o que temos visto e sabido dele nos últimos cinco anos.

Hoje a tarde eu meditava neste assunto, que seria gravíssimo, e me veio diante dos olhos a imagem de um homem com revolver apontado para a sua cabeça. Eu não posso garantir qual das duas situações que me vieram a mente é a verdadeira, porque sem dúvida se refere a este assunto: ou Bento foi forçado a escrever sob ameaça, ou o mais certo, nem sob a ameaça de um revolver apontado na cabeça ele escreveria tal coisa. Então a coisa toda é forjada.

Vejam que as mensagens proféticas que falam de dois papas ao mesmo tempo, falam de uma tremenda apostasia na época, e que os dois seriam de fato antagônicos, com doutrinas de todo conflitantes.

Sem entrar no mérito da questão, e sem dar mais detalhes da contenda, eu termino este recado dizendo: quem é capaz de criar sósias de papas para enganar o povo católico, e que tem a audácia até de matá-los como foi o caso de João Paulo I, muito mais facilmente escreve cartas em nome de outros, para enganar os cegos. Cuidado então!

Portanto, por tudo o que conheço de Sua Santidade o Papa Bento XVI, eu duvido que ele de fato tenha escrito, de livre vontade e plena consciência esta carta. Não acredito e peço a todos os leitores que fiquem alerta quanto a qualquer tentativa de fazê-los amigos. (Aarão)

 

 
 
 

Artigo Visto: 1449 - Impresso: 17 - Enviado: 7

ATENÇÃO! Todos os artigos disponíveis neste sítio são de livre cópia e difusão desde que sempre sejam citados a fonte www.recadosdoaarao.com.br

 

 
Visitas Únicas Hoje: 348 - Total Visitas Únicas: 3.197.125 Usuários online: 56